Hello I Com iPhone caro demais, imagem da Apple começa a rachar no Brasil (21/11/14)

por Leandro Beguoci e Nadiajda Ferreira

Camila Gadelha é publicitária e aproveitou uma viagem aos EUA para comprar o iPhone 6. O aparelho anterior dela, um 4S, durou três anos. Esse foi um dos fatores que fizeram com que ela optasse pela Apple novamente.  Ela tem outros aparelhos da marca e a convergência do ecossistema também valeu pontos na hora de escolher o novo celular. Mas Camila é categórica quando perguntamos se ela compraria o iPhone 6 pelo preço que ele está sendo vendido no Brasil. Não, é claro.

Já André Ferraz topou trocar de aparelho porque sua operadora ofereceu a chance de ele receber o telefone sem pagar nada por isso, usando somente seus pontos de cliente. Ele tinha um iPhone 5S – que também veio de uma promoção da operadora – e aceitou a proposta porque não ia gastar nada e também aprecia o ecossistema Apple. Ele conta que quase voltou para o Android no começo do ano (a escolha seria o MotoX), mas acabou mudando de ideia por causa da câmera de vídeo. Ele também não compraria o iPhone no preço cheio, mas pensaria no caso dependendo das condições que a operadora oferecesse e se parte do valor pudesse ser pago em pontos.

Esses são apenas alguns dos dilemas de quem se acostumou com os iPhones ou gostam do ecossistema da Apple. Só dá para comprar lá fora ou com um baita subsídio. O balanço entre apreço e preço começa, cada vez mais, a pesar na hora de escolher o próximo aparelho.

Milhares de reais no bolso

Na semana passada, os iPhones 6 foram lançados no Brasil. Bem diferentões dos modelos 4, 4S, 5 e 5S, os novos iPhones deram uma boa sacudida no paradigma do smartphone que a Apple vinha lançando nos últimos anos. E, além disso, rolou toda aquela coisa de que o iPhone 6 Plus pode entortar só de ser colocado no bolso - além de outros probleminhas. Pô, Apple. Assim fica difícil. Mas não basta ficar difícil tecnologicamente falando, tem que ficar muito complicado financeiramente também: estourar a barreira dos três mil reais num smartphone é, no mínimo, controverso – para ser gentil.

Mesmo quem tem uma boa grana pra sair gastando por aí vai pensar duas (ou três, quatro, oitenta e sete) vezes antes de fazer um investimento desse porte num telefone, por mais esperto, maravilhoso e cheio de experiências que ele seja. Afinal, são muitos mil reais que você vai carregar no bolso ou na bolsa todo dia. Por mais dinheiro que você tenha, convenhamos, essa grana é muita grana num país em que a maior parte da população não ganha isso por mês.

Quando um estrangeiro descobre quanto custa um produto da Apple no Brasil é provável que ele precise recolher o queixo do chão em seguida. Nós simplesmente temos o iPhone mais caro do mundo. Na Europa, os produtos da Apple não são exatamente baratos, mas também não são exorbitantes. Nos Estados Unidos, os iPhones são celulares como quaisquer outros, com preços à prova de desmaio.

Claro, tem a carga tributária, e tals. Sim, tem. Mas por que outros aparelhos muito bons conseguem ter preços bem mais baixos do que os iPhones? Você pode dizer, claro, que a tecnologia Apple é infinitamente superior e, portanto, é cara mesmo. Mas com outras marcas desenvolvendo aparelhos cada vez mais high end, essa conversa não cola mais. Então vale a pena cogitar outras possibilidades. Afinal, o preço de um aparelho não é formado apenas pelo que tem dentro dele. Pergunte para o seu amigo economista como é feita a formação de preços. O cálculo é muito mais complexo.

O preço Apple

No Brasil, a Apple corre em três pistas: nicho, fetiche e ostentação.

Nicho porque existem vários profissionais de áreas como design, edição de vídeo e animação que, em geral, tendem a usar os computadores da Apple para trabalhar. Os argumentos mais comuns são de que os programas funcionam melhor nessas máquinas, a usabilidade é incrível, a diferença entre o resultado final e a máquina é ínfimo. Ótimo: há um valor claro no uso da Apple.

A outra pista é o fetiche. Em alguns casos, pagar o preço cheio de um aparelho Apple – seja celular, laptop, desktop – só é opção para a pessoa que não abre mão da marca de jeito nenhum e está disposta a abrir mão de outras coisas por isso. De novo: jogo jogado. Há pessoas que realmente conseguem explicar passo a passo porque só faz sentido ter um computador se ele for Apple. É normal. Há um valor emocional, de identificação, com a marca. Há várias coisas na vida que são assim.

Por fim, a última pista é a da ostentação. Vários malucos por Apple se ressentem da “orkutização” da marca nos últimos anos. A Apple virou símbolo de ostentação – especialmente os modelos brancos – para uma parte das pessoas. Não é questão de nicho ou de fetiche. É porque a Apple, para essas pessoas, é uma marca como Rolex, Ferrari ou Ray Ban. A marca é um valor em si porque te diferencia das outras pessoas. Simples assim.

O tiozão do carro

Se você tem mais de 20 anos de idade, é bem provável que já tenha ouvido seus tios discutindo sobre carros no churrasco da família. E não numa discussão de boa, mas uma conversa esquentada, quase uma briga: de um lado, um cara sacudindo um espeto cheio de picanha dizendo que os carros da Fiat sempre foram os únicos veículos realmente confiáveis neste país; do outro, um sujeito brandindo um facão de cortar carne e um pacote de sal grosso enquanto responde aos gritos que Fiat é apenas uma Fábrica Italiana Atrapalhando o Tráfego. Nada se compara a um baita Volkswagen.

Você pode até ter rido (ou participado ativamente…) de uma cena dessas. Mas já parou para pensar como os celulares estão se tornando os novos carros? A gente vê bem aqui no Gizmodo. Os aparelhos polarizam as discussões tal como petistas e tucanos, fãs de um carro versus adoradores de outro. Na nossa seara, na maior parte das vezes a Apple é o pivô das polêmicas tecnológicas. É ame ou deixe-o total e absolutamente.

A Apple sempre trabalhou com um foco muito grande em design e usabilidade. A marca use esses trunfos para se diferenciar nos EUA e em outras partes do mundo de uma infinidade de outros fabricantes. Já aqui, no Brasil, o posicionamento da marca parece ter ficado meio torto: se lá fora a Apple atende a uma gigantesca gama de clientes que vão dos profissionais de design até mães de família, por aqui MacBooks, iPhones e até mesmo iPads são considerados artigos de luxo, por conta do preço praticado.

Só que é preciso ter um balanço. Se você colocar o preço muito nas alturas, pode começar a criar rachaduras nessa imagem. As pessoas desconfiam da aura: é aura mesmo ou jogada de marketing? Quem era fã e já não pode mais pagar aquela grana começa a flertar com outras opções.

E é aqui que a Apple se prejudica: quando o iPhone 6 chega aqui custando R$3.000, é comum que a questão da qualidade do aparelho nem entre na discussão, porque ela é completamente ofuscada pelo preço astronômico. Justamente aquilo que era mais importante para a Apple começa a se diluir. A diferenciação cede lugar ao sentimento de exploração — não importa que você crie uma máquina que conversa com você, penteia seu cabelo, vira seu amigo e resolve todos os seus problemas. Parece que tem algo errado. Vira piada.

E, convenhamos, a discussão para nós, do Gizmodo, é simples. Nós queremos tecnologias que funcionem, tecnologias para pessoas reais. Com ou sem maçã, coreana ou chinesa, com fetiche ou sem fetiche. O lance é recolocar a discussão: o valor é compatível com o benefício que a marca, qualquer marca, entrega para você? O preço gigante da Apple é uma boa oportunidade para driblar as torcidas organizadas de celular e começar a fomentar discussões tecnológicas que realmente valem a pena.

**
Hello  I iPhone 6 chega ao Brasil no dia 14 de novembro     (31/10/14)

O iPhone 6 deve chegar ao Brasil no dia 14 de novembro. A data foi confirmada pelas operadoras Claro e TIM. Tanto o modelo com tela menor, o iPhone 6 de 4,7 polegadas, quando o iPhone 6 Plus, com tela de 5,5 polegadas estarão disponíveis.

A Claro anunciou que, a partir de amanhã, dia 1º de novembro, os clientes poderão se cadastrar para obter informações sobre o lançamento.

A operadora não é a única que já trabalha com cadastro de interessados. A Nextel também já divulgou que fará uma lista com clientes que pretendam comprar o smartphone. A data de início do cadastro da Nextel, que deverá ser feiro no site da operadora, será o dia 7 de novembro.

A loja de varejo Fast Shop também enviou e-mail a seus clientes anunciando que o iPhone 6 está prestes a chegar às lojas. A loja oferece uma pré-inscrição aos interessados em seu website.

A operadora Vivo também aceita inscrição de clientes interessados. O cadastro deve ser feito em uma página especial da operadora.

Apesar da informação sobre a data de lançamento, nenhuma informação sobre os preços foi divulgada.

Anteriormente, rumores afirmavam que ele sairia a partir de 3.199 reais. Esse preço seria para um iPhone 6 com tela de 4,7 polegadas e 16 GB de armazenamento.

O mais caro deles, o iPhone 6 Plus com 128 GB de armazenamento sairia por 4.399 reais, de acordo com o site MacMagazine.

O iPhone 6 foi lançado pela Apple no dia 19 de setembro. Apenas no primeiro final de semana, a empresa vendeu 10 milhões de unidades do smartphone.

Entre suas principais novidades estão o novo design, a menos espessura e o sistema de pagamento Apple Pay.

**
Hello  I iPhone 6 chega a 36 países em outubro, mas Brasil está fora da lista   (13/10/14)
OGLOBO

CUPERTINO — A Apple anunciou nesta segunda-feira que os iPhones 6 e 6 Plus serão lançados em 36 novos mercados em outubro, chegando a 69 países até o fim do mês, mas o Brasil está fora da lista. É o lançamento mais rápido da história do iPhone e, até o fim do ano, o aparelho estará à venda em 115 países.

A nova lista incluis países da Europa, Ásia, América Latina e África, sendo o principal mercado o chinês, que tem lançamento previsto para o dia 17, junto com Índia e Mônaco. No dia 23, os aparelhos chegam a Israel e no dia 24, a República Checa, Antilhas Francesas, Groenlândia, Malta Polônia, Ilha Reunião e África do Sul.

No dia 30, os novos iPhones começam a ser vendidos no Bahrein e no Kuwait e no dia 31, na Albânia, Bósnia, Croácia, Estônia, Grécia, Guam, Hungria, Islândia, Kosovo, Letônia, Lituânia, Macau, Macedônia, México, Moldova, Montenegro, Sérvia, Coreia do Sul, Romênia, Eslováquia, Ucrânia e Tailândia.

O Brasil ainda não tem data de lançamento confirmada. No ano passado, os iPhones 5S e 5C chegaram às lojas no dia 22 de novembro.

**

Hello  I Alguns donos estão dizendo que o iPhone 6 Plus entorta no bolso da frente da calça   (23/09/14)

Por:

Usuário mostra que é fácil dobrar iPhone 6 com pouca força (Foto: Reprodução/Unbox Therapy)

Ops: alguns donos de iPhone 6 Plus estão relatando que seus novos aparelhos estão entortando quando deixados no bolso da frente das calças. Você sabe, como quase todos nós fazemos com qualquer celular.

Um novo dono de iPhone 6 Plus conta no fórum MacRumors:

Ontem, eu saí de casa às dez da manhã com meu iPhone no bolso dianteiro esquerdo da minha calça social. Eu dirigi quatro horas até um casamento, que também envolveu ficar sentado um tempo durante o jantar etc além de duas ou três horas de dança. Eu saí às duas da manhã e fui pra cama, dirigindo de volta quatro horas. Então, no total, o 6 Plus esteve no meu bolso por cerca de 18 horas, a maior parte deste tempo sentado. Eu o coloquei na mesinha de centro e sentei no sofá para descansar um pouco (sim, sentar de novo), vi no reflexo da janela que o iPhone estava ligeiramente distorcido. Agora, eu coloco ele com a tela para baixo na mesa. Dê uma olhada. Será que ele é fino demais para 5,5 polegadas?

xngo1kmuxqfypayva7h9

Mas este cara do casório não parece ser o único. Outro usuário relatou a um amigo que o aparelho estava no bolso da frente e ele estava saindo do carro. O iPhone ficou assim:

ofsusggdsij01iksd8hq

Algumas horas depois desses relatos, Lou do Unbox Therapy resolveu testar os rumores com suas próprias mãos, e apesar de precisar de um pouquinho de força, ele conseguiu dar uma bela envergada no iPhone. Ainda não está claro se é algo que iria acontecer com o uso normal, mas o fato de ser algo que pode acontecer é preocupante.

Uma coisa seria se essas entortadas e dobradas fossem o resultado de colocar o aparelho no bolso de trás. Mas, nos dois casos, a culpa recai sobre o bolso da frente. É fácil jogar a culpa em alguém que senta sobre o smartphone, mas o bolso da frente é um local bem seguro para os aparelhos. Assumindo que estes relatos são verídicos e não um monte de gente usando Photoshop para fazer uma pegadinha, isto pode ser um problema e tanto.

E aí, você que já viajou para o exterior e comprou seu iPhone 6 Plus? Ele entortou? Conte para a gente. [MacRumors]

**

Hello I Apple vende 10 milhões de iPhones 6 e 6 Plus em apenas três dias   (22/09/14)

Mais um ano, mais um recorde: a Apple vendeu 10 milhões de novos iPhones nos três primeiros dias de lançamento. Esse número é mais expressivo do que vimos no passado, por dois motivos.

Primeiro: o iPhone 6 e 6 Plus ainda não foram lançados na China continental, só em Hong Kong, e mesmo assim as vendas foram fortes. (Na verdade, tem muita gente nas filas com a intenção de revender os celulares para a China.) No ano passado, a Apple vendeu 9 milhões de iPhones em três dias, mas a China foi um dos primeiros países a recebê-los.

Além disso, aparelhos antigos normalmente não entram nesse número de vendas. Mas no ano passado, a Apple basicamente relançou o iPhone 5 como iPhone 5c, colocando seus componentes em um corpo duro de plástico, e contando-o como um novo aparelho. Desta vez, temos de fato dois novos smartphones saindo da Apple – e ambos estão vendendo muito bem.

A Apple perdeu, há algum tempo, a liderança na venda de smartphones para a Samsung. Mas os números dela ainda impressionam: a Microsoft, por exemplo, levou 66 dias para vender 5,8 milhões de Lumias no último trimestre.

Em última análise, os 10 milhões de iPhones vendidos significam que eles continuam atraindo um interesse enorme do mercado, especialmente agora que a Apple enfim cedeu a certas tendências – como telas maiores.

O iPhone 6 e 6 Plus estão disponíveis em dez países, e serão lançados em mais 20 nesta sexta-feira (26). Os smartphones chegarão a 115 países, no total, até o final do ano. Ainda não há informações sobre o lançamento no Brasil. [Apple]

**

Hello  I 4 milhões de iPhones são encomendados em 24h de pré-venda    (15/09/14)

A expectativa de fontes do mercado brasileiro é que os novos iPhone 6 e iPhone 6 Plus cheguem ao país em novembro

 

iPhone 6 Plus: vendas em lojas físicas começarão na próxima sexta em dez países

São Paulo - Os novos iPhone 6 e iPhone 6 Plus bateram o recorde de encomendas desta linha de smartphones da Apple no primeiro dia de pré-vendas: mais de 4 milhões de unidades foram encomendadas na sexta-feira, 12, quando o processo foi aberto nos sites da fabricante e de algumas operadoras móveis nos EUA.

Parte dos consumidores receberá o produto na próxima sexta-feira, 19, e outros somente em outubro.

As vendas em lojas físicas começarão na próxima sexta-feira em dez países: EUA, Reino Unido, Austrália, Canadá, França, Alemanha, Hong-Kong, Japão, Cingapura e Porto Rico.

E uma semana depois, dia 26, será a vez de outros 22 mercados: Áustria, Bélgica, Dinamarca, Finlândia, Ilha de Man, Irlanda, Itália, Liechstenstein, Luxemburgo, Holanda, Nova Zelândia, Noruega, Portugal, Quatar, Rússia, Arábia Saudita, Espanha, Suécia, Suíça, Taiwan, Turquia e Emirados Árabes Unidos.

A expectativa de fontes do mercado brasileiro é que os novos iPhones cheguem ao país em novembro.

**

Hello  I Galaxy Note 4 e Gear S: pagamentos no PayPal poderão ser feitos 'com o dedo'    (10/09/14)

Por

A Samsung vai estender o recurso de autenticação biométrica para pagamentos com PayPal para o Galaxy Note 4 e Gear S. A função, que já estava presente no Galaxy S5, Tab S, Gear 2 e Gear Fit, permite que usuários façam compras sem precisar digitar qualquer senha. Basta tocar na tela do dispositivo para que ele reconheça a impressão digital do dono, realizando o pagamento.

Galaxy Note 4 terá sistema de autenticação digital do PayPal (Foto: Fabricio Vitorino/TechTudo)

A novidade foi anunciada no Unpacked Episode 2, evento da Samsung realizado durante a IFA, em Berlim. Na ocasião, a fabricante adiantou que a funcionalidade estará disponível para o Note 4 em 27 países. O smartwatch Gear S contará com o aplicativo em vários mercados, entre eles o Brasil.

O sistema é mais seguro que as senhas convencionais, pois não armazena as informações financeiras do usuário no dispositivo. O PayPal dá ao usuário uma carteira virtual na nuvem, com a qual se comunica o software FIDO Ready. O único dado detido pelo PayPal é uma chave criptografada exclusiva, com a qual é possível verificar a identidade do comprador.

Gear S e Galaxy Note 4 com cristais Swaroviski. Autenticação digital aumenta segurança dos usuários PayPal (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)

De acordo com o PayPal, o aplicativo também será disponibilizado para outras fabricantes. A empresa tem projetos de implementar a tecnologia em dispositivos móveis de outras empresa, sem especificar quais.

**

Hello  I "Apple da China", Xiaomi prepara vinda ao Brasil    (08/08/14)

A fabricante chinesa de smartphones Xiaomi (lê-se Xáomi), quinta maior no mundo, começou a estruturar sua operação no Brasil. Segundo a revista Veja, a empresa abriu escritório em São Paulo e desde maio está registrada com a razão social Xiaomi do Brasil Tecnologia Ltda. 

Considerada a "Apple da China", a novata Xiaomi tem apenas quatro anos e se destaca por oferecer smartphones com especificações em linha com os melhores aparelhos das grandes marcas, mas com preço amigável. Sem nenhum contrato com operadoras ou subsídio, o valor de um produto de topo de linha chega a custar cerca de US$ 300, metade de um Galaxy S4 ou um iPhone. Todos os produtos são vendidos pelo site oficial da companhia.
A estratégia é simples. A empresa quase não lucra com a venda dos celulares. Para fazer valer o investimento com uma margem de lucro tão apertada, eles mantêm os produtos no catálogo por mais tempo. Além disso, também vendem acessórios optativos para maximização dos lucros. A companhia não possui um Moto X, completamente personalizável (embora o recurso não exista no Brasil), mas é possível comprar diferentes tampas traseiras e baterias extra ao comprar o celular. 
O vice-presidente global da Xiaomi é brasileiro: Hugo Barra, que no ano passado trocou o Google, onde representava o Android, pela promissora fabricante chinesa. Há alguns meses, ele promove os planos de trazer os aparelhos da empresa para o Ocidente, começando pela América do Sul, onde o Brasil é o maior mercado consumidor.

Reprodução

Recentemente, a Xiaomi apresentou seu novo top de linha, o Mi4, anunciado como o "smartphone mais rápido do mundo". Logo vieram as comparações com o iPhone 5s, que foram imediatamente rebatidas por Barra: segundo ele, a Apple tem a equipe de designers mais talentosa do mundo e, por isso, deve ser alvo de inspiração, não cópia. [olhar digital]

**

Hello  I Nokia e National Geographic capturam belas imagens com um Lumia 930   (03/08/14)

Quando lançou o Lumia 1020, a Nokia firmou uma parceria com a National Geographic para mostrar a todos imagens das Sete Maravilhas do mundo capturadas pela lente de um smartphone. O Grand Canyon, nos Estados Unidos, e a Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro, foram as primeiras localidades visitadas.

Desta vez, a parceria entre as duas companhias levou um fotógrafo para o Nepal, mais precisamente ao Monte Everest. Equipado com um Lumia 930, Stephen Alvarez conseguiu belas imagens do pôr do sol visto do alto do monte. O vídeo acima mostra os detalhes da jornada enfrentada por ele, e neste link você pode conferir todas as fotos tiradas com o celular. [Techmundo]

**

Hello I Galaxy Alpha, top 'de metal', será lançado antes do Note 4, diz site "SamMobile"   (03/08/14)

O Galaxy Alpha, especulado top da Samsung, chegará antes do Note 4 - ao menos é isso o que garante o site "SamMobile". O smartphone até já teria data para ser revelado: 13 de agosto, cerca de um mês antes do foblet. A nova linha de smartphones da Samsung faria uso de metais em sua construção, substituindo o criticado plástico da traseira do Galaxy S5.

Galaxy Alpha seria uma espécie de Galaxy S5 com traseira de metal (Foto: Luciana Maline / TechTudo)

Além da data de apresentação, o site adiantou as especificações do aparelho. Apesar de mais potente, ele não seria o sucessor direto do Galaxy S5. O Alpha viria equipado com um novo processador Exynos 5433 de oito núcleos ativos, aliado à memória RAM de 2 GB, que levaram o aparelho ao topo do benchmarks de smartphones. O novo Galaxy marcou 38658 pontos no AnTuTu, superando com facilidade aparelhos como Note 3, S5 e HTC One M8.

Ainda de acordo com as informações, o smart teria um display OLED HD (720p) de 4,8 polegadas, 32 GB de espaço para dados e duas câmeras digitais, uma traseira de 12 megapixels e uma frontal de 2 megapixels. O site aponta ainda que o aparelho teria uma entrada para nanoSIM, como no iPhone 5S, e os mesmos sensores de batimentos cardíacos e de digitais do Galaxy S5.

Apesar de já ter confirmado a chegada do aparelho através de seu vice-presidente, a Samsung não se pronunciou sobre as especificações ou a data do anúncio.

Via SamMobile 

**

Hello  I Vaza nova imagem do Galaxy F, sucessor do S5    (06/07/14)

Uma nova imagem do Galaxy F, suposto sucessor do Galaxy S5, vazou na Internet, exibindo sua carcaça de alumínio brilhante. O perfil do Twitter @evleaks, famoso por seus vazamentos certeiros, mostrou novamente o aparelho, que terá display Super Amoled Quad-HD de 5,3 polegadas.

O suposto Galaxy F e seu corpo de alumínio brilhante (Foto:Reprodução/@evleaks/GSMArena)

O Galaxy F deverá ser o primeiro produto de uma nova linha de smartphones top da Samsung, adotando design e materiais mais nobres na carcaça. O adorado e também odiado uso de plástico em seus tops de linha, dará lugar, ao alumínio como no iPhone 5S e Xperia Z2. 

Na lista de novidades especuladas para aparelho, constam além do novo display Super AMOLED Quad-HD de 5,3 polegadas, como no LG G3, o processador Snapdragon 805 e 3 GB de memória RAM. Tudo indica que o Galaxy F será apresentado na feira de tecnologia IFA 2014, em Berlim, onde historicamente, a Samsung sempre anuncia novos produtos.

Para o mesmo evento é aguardada a chegada do Galaxy Note 4, que vazou recentemente em um teste de benchmark. Até o momento a companhia não se pronunciou sobre nenhuma destas informações. Mais novidades devem surgir nos próximos meses.

Via @evleaks

**

Hello  I Vazou o Moto E, novo smartphone de entrada da Motorola   (10/05/14)

Por: Daniel Junqueira

O novo smartphone de entrada da Motorola aparentemente vazou com alguns dias de antecedência. A Fast Shop postou acidentalmente a página de vendas do Moto E, um smartphone que só vai ser anunciado oficialmente na terça-feira, dia 13.

A página já foi apagada, mas o Google Discovery conseguiu guardar todas as informações. Seu design segue o que a Motorola fez nos últimos tempos com o Moto G e Moto X – um dispositivo compacto com a traseira levemente curvada para encaixar melhor na mão. A traseira plástica é removível e pode ser trocada, como no Moto G.

motoe

O Moto E se encaixará em uma categoria inferior ao ótimo Moto G. Ele terá um processador Snapdragon dual-core de 1,2 GHz, 4GB de memória interna, tela de 4,3 polegadas, câmera de 5MP e TV digital. O anúncio da Fast Shop ainda prometia bateria que dura o dia inteiro (ela terá 1980mAh), e Android 4.4 KitKat.

O vazamento deu até um preço para o dispositivo: a versão dual chip custará R$ 548,74. É possível que exista ainda versões mais baratas com um chip, mas de qualquer forma ele já se mostra um smartphone bem em conta.

O anúncio oficial do Moto E será na terça-feira em um evento em São Paulo. O Gizmodo Brasil estará lá e trará todas as informações dele. Ainda falta saber muita coisa – ele terá armazenamento expansível? Ou versões com mais de 4GB de memória? Dentro de alguns dias saberemos tudo sobre o primeiro smartphone da Motorola pós-Google. [Google Discovery]

**

Hello  I O (possível) smartphone da Amazon: iPhone na frente, Nexus 4 na traseira    (02/05/14)

Por: Felipe Ventura

Os boatos de que a Amazon lançará um smartphone em breve estão se multiplicando. Foi só nas últimas semanas que começaram a surgir imagens (aparentemente) reais do dispositivo. No entanto, elas mostram o dispositivo em um case, para esconder o verdadeiro design – que, segundo o BGR, é o da imagem acima.

Na frente, há muitos elementos que lembram o iPhone. O formato geral do aparelho, as bordas chanfradas, e a parte inferior – tudo evoca o design usado pela Apple há anos. Mas no outro lado, ele lembra… o meu Nexus 4!

Claro, há algumas coisas únicas aqui. Na parte frontal, você pode ver as quatro câmeras que supostamente vão monitorar seu rosto para a tela exibir imagens 3D. Também há um botão físico Home, mas estranhamente nada de Voltar ou Multitarefa/Menu. Será que a Amazon preferiu colocá-los no software, como faz nos tablets Kindle Fire?

Rumores dizem que o “Kindle Phone” terá processador Snapdragon e 2 GB de RAM, mais uma tela de 4,7 polegadas com resolução 720p. E segundo o BGR, a Amazon pretende lançar um plano chamado Prime Data para quem comprar seu smartphone. Seria algo restrito aos EUA, em acordo com a operadora AT&T, permitindo streaming gratuito de música e vídeos da Amazon.

Não há como ter certeza se estas são realmente imagens da Amazon, nem se elas são recentes. Mas o BGR tem um bom histórico quando se trata de prever hardware da Amazon, então há uma boa chance de que este é o aparelho real. O Wall Street Journal diz que o smartphone será lançado em setembro. [BGR]

**

Hello  I Galaxy S5 bate recorde de vendas da Samsung no lançamento   (14/04/14)

Em média, as vendas do Samsung Galaxy S5 foram 30% superiores às do Galaxy S4 em seu lançamento; alguns países chegaram a vender o dobro de unidades

São Paulo – As vendas do Samsung Galaxy S5 foram 30% mais fortes se comparadas às vendas do modelo anterior, o S4, em seu final de semana de lançamento. A informação foi publicada pelo site sul-coreano ZD Net.

De acordo com eles, o Galaxy S5 chegou a esgotar em alguns grandes mercados, como em regiões da França e . Em diversos países europeus, foi observada uma venda 100% maior do que no lançamento do Galaxy S4. A Samsung, no entanto, não informou os números oficiais das vendas do Galaxy S5.

No ano passado, a Samsung afirmou que havia vendido 10 milhões de unidades do Galaxy S4 em menos de um mês. Com as fortes vendas iniciais, a marca deve ser batida em menos tempo.

O Galaxy S5 foi lançado mundialmente no dia 11 de abril. No Brasil, as vendas iniciaram no sábado, 12 de abril. Ao todo, 150 países já têm o smartphone topo de linha da Samsung à venda.

Ele tem tela de 5,1 polegadas, roda Android KitKat 4.4 (a versão mais recente do sistema), tem processador quad-core, leitor de digitais e monitor de batimentos cardíacos. No Brasil, ele é vendido por 2.600 reais.

**

Hello  I LG poderá bater recorde de vendas de smartphones no trimestre   (12/04/14)

Canaltech

Os bons ventos estão soprando para a LG, segunda maior fabricante de smartphones da Coréia do Sul. No trimestre anterior, a empresa já havia batido recorde de vendas de aparelhos, com 12 milhões de unidades entregues. E para o trimestre atual, a expectativa de analistas é que o número cresça ainda mais, para 15 milhões de smartphones.Isso significa que será a primeira vez na história que a empresa venderá 5  milhões de telefones em um mês. Com isso, a empresa espera ter lucro da divisão de smartphones, que tem estado estagnada por anos por causa dos altos custos com marketing, uma necessidade para concorrer com Samsung e outras fabricantes. No último trimestre do ano passado, a divisão teve prejuízo de 42 milhões de dólares.

Os modelos de baixo custo são os principais aparelhos da LG, que fazem  sucesso em mercados emergentes da Ásia, África e América Latina. Porém, os  aparelhos topo de linha – G Pro 2 e G2 – também são importantes para aumentar a presença global da marca, principalmente nos países desenvolvidos.

**

Hello  I Samsung lança Galaxy S5 em todo o mundo   (11/04/14)

AFP

A versão mais recente do smartphone Galaxy 5 da Samsung foi lançada em todo o mundo nesta sexta-feira, pouco depois da empresa sul-coreana ter anunciado um segundo trimestre consecutivo de queda no lucro.

No Brasil, as vendas oficiais do Galaxy S5 começarão amanhã (12) nas lojas de varejo e operadoras. Alguns locais devem realizar eventos de lançamento na madrugada de sexta-feira para sábado.

O Galaxy S5 vai competir com outras empresa em um momento de desaceleração do crescimento das vendas de smartphones, com mercados como Estados Unidos e Europa quase saturados.

As críticas ao S5 afirmam que o modelo é um dos melhores smartphones do mercado, mas também existe um consenso geral de que falta algo para provocar o entusiasmo dos clientes e estabelecer uma diferença com os antecessores e com os rivais.

"Pode nadar, mas não provocará ondas", afirmou o Wall Street Journal, em referência à maior resistência à água que as versões anteriores do dispositivo.

"O Galaxy S5 é um bom telefone. Recebe uma recomendação incondicional", destacou o Washington Post.

"Mas a verdade é que não existe nada aqui que mereça o rompimento de um contrato para comprá-lo", completa o jornal.

A unidade de telefones celulares da Samsung foi a principal força da empresa nos últimos anos, o que permitiu lucros sem precedentes, e precisa do S5 para responder aos pessimistas que afirmam que a companhia não tem uma estratégia clara para avançar em um mercado cada vez mais competitivo e saturado.

Em 2013, a Samsung teve uma cota superior a 30% no mercado mundial dos smartphones, quase o dobro da principal rival, Apple.

**

Hello  I Não temos o iPhone que as pessoas querem, reconhece Apple   (07/04/14)

Uma apresentação interna da Apple revela que, um ano atrás, ela já considerava vital desenvolver um iPhone com tela de mais de 4 polegadas

Maurício Grego, de

São Paulo -- Documentos da Apple que eram sigilosos têm se tornado públicos graças à disputa entre ela e a Samsung na justiça americana. Um deles é uma apresentação que mostra que, um ano atrás, a Apple já considerava vital desenvolver um iPhone com tela maior.

A apresentação, descoberta pelo noticiário re/code (veja no final do texto), mostra que as vendas do iPhone crescem cada vez menos, algo que certamente fez acender um sinal amarelo para Tim Cook e sua turma.  

Em 2012, o crescimento anual foi de 74%. No terceiro trimestre fiscal de 2013, já tinha caído para apenas 8%, comparando-se esse trimestre com o mesmo período do ano anterior.

O diagnóstico da Apple é claro sobre as razões para essa desaceleração nas vendas do iPhone: “Os consumidores querem algo que não temos”, diz um dos slides. A apresentação cita números que comprovam isso. 

Em 2012, foram vendidos 722 milhões de smartphones no mundo, 228 milhões a mais que em 2011. É um crescimento excepcional, mas a Apple ficou fora dessa festa.

Desses 228 milhões, 91 milhões são aparelhos com tela de mais de 4 polegadas e preço superior a 300 dólares. Como se sabe, os vários modelos do iPhone têm telas de 3,5 ou 4 polegadas. 

Os outros 159 milhões de smartphones que foram vendidos a mais em 2012 são modelos que custam menos de 300 dólares (sem subsídio de operadora), outra faixa do mercado da qual a Apple está ausente.

O slide ainda exibe outro dado preocupante para a turma de Cupertino. No caso dos aparelhos que custam mais de 300 dólares e têm tela de até 4 polegadas – como o iPhone – houve queda de vendas de 22 milhões de unidades de 2011 para 2012.

É pouco provável que a Apple resolva entrar no segmento de smartphones baratos. É algo que não combina com o modelo de negócios da empresa. Já o lançamento de um iPhone com tela de mais de 4 polegadas (que vem sendo chamado de iPhone 6 ou iPhone Air) é praticamente certo.

Sem ele, as vendas do iPhone tenderiam a se estagnar. Na apresentação, a Apple admite que os concorrentes melhoraram drasticamente seus aparelhos e, em alguns casos, também o ecossistema em torno deles. 

Além disso, na visão de Tim Cook e companhia, esses concorrentes (ou seja, a Samsung) gastam quantias “obscenas” em publicidade. Confira, a seguir, os quatro slides da apresentação que se tornaram públicos:

Apple Fy 14 Planning

**

Hello I Nokia Lumia 930: o primeiro grande smartphone com Windows Phone 8.1    (02/04/14)

Por: Felipe Ventura

A Nokia acaba de anunciar o primeiro aparelho com Windows Phone 8.1: conheça o Lumia 930.

O aparelho possui tela Full-HD de 5 polegadas, laterais planas e uma traseira levemente curvada – e também colorida. Há uma câmera PureView de 20 megapixels com flash dual-LED e estabilização óptica de imagem.

Por dentro, temos um processador Snapdragon 800 quad-core de 2.2 GHz, 2 GB de RAM e 32 GB de armazenamento interno (sem microSD). Ainda há suporte a Dolby Surround Sound. Ele é compatível com 4G LTE e possui bateria de 2420 mAh com carregamento Qi sem fio.

O Lumia 930 estará disponível em junho na Europa, Ásia, Índia e Oriente Médio por US$ 599 sem contrato.

A empresa também anunciou o Lumia 630 e 635: eles também rodam Windows Phone 8.1 direto da caixa. Ambos possuem tela ClearBlack de 4,5 polegadas com resolução 854 x 480, e nela ficam os botões virtuais de Voltar, Home e Busca.

Por dentro, há um processador Snapdragon 400 quad-core de 1,2 GHz, 512 MB de RAM e 8 GB de armazenamento interno expansível por microSD. Neles, também há o novo “SensorCore”, para detecção de movimentos enquanto você pratica esportes. Ele funciona junto ao app Bing Saúde e Bem-Estar, e dará suporte a apps de terceiros através de um SDK.

Ambos têm câmera de 5 MP sem flash, e nada de câmera frontal. Há duas principais diferenças entre eles: o Lumia 635 tem acabamento reflexivo e suporte a 4G; enquanto o Lumia 630 tem acabamento fosco e apenas 3G.

O Lumia 630 será lançado em maio na Ásia, Rússia, China, Índia e Europa a partir de US$ 159 (um chip) e US$ 169 (dual-chip). O Lumia 635, por sua vez, estará disponível “globalmente” a partir de US$ 189.

A Nokia também aproveitou para anunciar que levará o Windows Phone 8.1 a todos os seus dispositivos com WP8; a atualização Lumia Cyan chega ”este verão” (inverno no Brasil), segundo Stephen Elop. A Microsoft anunciou hoje as novidades do Windows Phone 8.1, que incluem a assistente Cortana, uma central de notificações e um novo teclado swipe. [Nokia ConversationsGizmodo

**

Hello  I Galaxy S5 chegará ao Brasil no dia 11 por R$ 2.599, confirma Samsung    (26/03/14)

O Galaxy S5 chegará às lojas brasileiras no próximo dia 11 por R$ 2.599, na versão de 16 GB. Fabricado no Brasil, o S5 será vendido nas cores preto, branco, azul e dourado e virá acompanhado dos novos relógios inteligentes Gear 2 e Gear Fit, que custarão R$ 1.299 e R$ 899, respectivamente. Além disso, a Samsung trouxe também a linha de tablets Galaxy NotePRO e TabPRO, que chegam às lojas já no dia 31.

Galaxy S5 chega ao Brasil no dia 11 por R$ 2.599

Apresentado à imprensa pelo "embaixador" da marca Dan Stulbach, em  evento realizado pela empresa sul-coreana em São Paulo nesta  quarta-feira (26), o preço do Galaxy S5 é apenas R$ 100 mais caro que o Galaxy S4 (quando ele chegou ao Brasil), mas ainda mais barato que seus maiores concorrentes nas versões de 16 GB: o iPhone 5S, que custa R$ 2.799; e o LG G Flex, a R$ 2.699.

Apesar da novidade, diversos usuários ficaram revoltados com o preço do Galaxy S5 e demonstraram revolta no Twitter e em outras redes sociais. Comparado aos EUA, o novo smart foi anunciado a US$ 649, valor US$ 50 abaixo do preço do Galaxy S4 na época do lançamento. Convertido em dólar, o Galaxy S5 brasileiro custa US$ 1.127, cerca de US$ 100 a mais que o até então mais caro S5 anunciado, na Austrália, a US$ 929.

Usuários reclamam do preço do Galaxy S5 no Twitter (Foto: Reprodução/TechTudo)

Usuários reclamam do preço do Galaxy S5 no Twitter (Foto: Reprodução/TechTudo)

Mesmo sendo fabricado no Brasil, o S5 não se enquadra  na Lei do Bem, pois custa mais de R$ 1.500. Quanto aos smartwatches, apenas algumas peças serão fabricadas no Brasil, como os carregadores. Segundo a empresa, se a demanda pelos relógios for alta, eles podem trazer a fabricação para o país, deixando o produto mais barato.

O Galaxy S5 virá completo, com todo o seu hardware avançado: tela de 5,1 polegadas Full HD (1080p) Super AMOLED, Android 4.4.2 (KitKat), câmera traseira de 16 megapixels com tecnologia ISOCELL e função HDR para vídeos, processador quad-core Snapdragon 801 rodando a 2,5 GHZ, 2 GB de RAM e opções de 16 ou 32 GB de armazenamento interno e compatível com cartões microSD de até 128 GB.

Dan Stulbach apresenta o Galaxy S5 no Brasil (Foto: Renato Bazan / TechTudo)Dan Stulbach apresenta o Galaxy S5 no Brasil (Foto: Renato Bazan / TechTudo)

Ele ainda possui alguns diferenciais interessantes, como o corpo com proteção IP67 (resistente à água e poeira), leitor de impressões digitais (para desbloquear o smartphone e autenticar pagamentos) e um sensor de batimentos cardíacos, voltado para a prática de exercícios.

Samsung marcou evento em São Paulo para anunciar as novidades do Galaxy S5 (Foto: Renato Bazan / TechTudo)Samsung marcou evento em São Paulo para anunciar as novidades do Galaxy S5  (Foto: Renato Bazan / TechTudo)

Para quem é interessado em fotografia, a câmera trouxe novas  funcionalidades, como foco seletivo, junção de fotos, disparos contínuos e o HDR+ - isso tudo combinado a um foto automático capaz de se ajustar em 3 milisegundos e um sensor capaz de produzir filmagens em 4K.

Além de todos os atrativos em termos de hardware, o Galaxy S5, assim como S3 e S4, também dá aos usuários uma série de benefícios em softwares. Na conectividade, o Galaxy S5 é um dos primeiros eletrônicos do mercado a combinar o uso de dados do 4G e do Wi-Fi para aumentar a velocidade de  download. Além disso, ele possui a nova interface TouchWiz, mais simples, e vários programas da Samsung pré-instalados, como o monitor de saúde S Health, conteúdos bônus e descontos em outros serviços. Dentre eles, a Samsung lançará o serviço de streaming de web rádio Milk Music no segundo semestre deste ano, com 13 milhões de estações e curadoria nacional.

O aguardado smartphone da Samsung foi lançado durante o MWC  2014, realizado em fevereiro, em Barcelona. Nos últimos dias, ele recebeu a homologação da Anatel para começar a ser comercializado no Brasil e, nesta quarta-feira (26), foi apresentado à imprensa nacional e ao público, oficialmente.

Tablets Galaxy Pro também chegam ao Brasil

Uma surpresa para o evento foi a chegada da linha de tablets Galaxy Pro, comporto pelos modelos Galaxy NotePRO 12.2, Galaxy TabPRO 10.1 e Galaxy TabPRO 8.4. Com processamento interno semelhante ao Galaxy S5, mas com telas em resoluções superiores ao FullHD, os três modelos chegam nas lojas já no dia 31 de março, nas cores branca de preta, por R$ 2.899, R$ 1.699 e R$ 1.399, respectivamente.

Tabela comparativa das versões do Galaxy S5, Galaxy S4 e Galaxy Note 3 vendidos no Brasil (Foto: Arte / TechTudo)Tabela comparativa das versões do Galaxy S5, Galaxy S4 e Galaxy Note 3 vendidos no Brasil (Foto: Arte / TechTudo)

**

Hello  I Sistema para bloquear celulares piratas não deve afetar seu smartphone importado    (18/03/14)

Por: Felipe Ventura

Em 2012, as quatro principais operadoras de celular se reuniram para bloquear aparelhos piratas no Brasil – você sabe, aqueles xing-ling com marca Nckia, Vaic e outros. Elas prometeram iniciar os trabalhos no ano passado, mas só em janeiro começaram os testes do Siga (Sistema Integrado de Gestão de Aparelhos).

Infelizmente, uma falha de comunicação na Anatel deixou alguns preocupados: será que aparelhos adquiridos no exterior podem ser bloqueados também? Há muitos motivos para não se preocupar.

O problema está em uma cartilha divulgada pela Anatel: ela diz que “não basta o produto importado ser certificado por órgãos reguladores de outros países; é necessária a homologação da Anatel”. Ora, mas alguns aparelhos bem interessantes – como o HTC One, e até mesmo a versão americana do iPhone 5S – não têm selo da Anatel, pois não são vendidos aqui.

Só que uma nota oficial da Anatel meio que desmente a cartilha: “não há nenhuma definição… se haverá bloqueio de aparelhos”. A agência explica que, até junho, o sistema funcionará “em fase experimental” e não vai bloquear o celular de ninguém.

As operadoras só poderão tomar alguma atitude quando a Anatel definir e aprovar regras para aparelhos importados – o que só deve acontecer após a Copa. Só que a Sinditelebrasil, órgão que representa as operadoras de telefonia, já disse que não pretende bloquear aparelhos legítimos comprados no exterior.

Celular chinês com dois SIM cards.

Na verdade, esta é uma polêmica antiga, e uma medida que as operadoras já descartaram há quase um ano. Eduardo Levy, diretor-executivo da Sinditelebrasil, disse em abril de 2013 que o objetivo não é “causar constrangimento” em quem adquire aparelhos de forma legítima – em vez dos contrabandeados da China.

Além disso, por que a Anatel e as operadoras iriam bloquear telefones de estrangeiros, justo num momento de projeção internacional do Brasil? Se um turista vier para as Olimpíadas e usar um chip brasileiro, não faria sentido bloquear o aparelho se ele não for homologado na Anatel. Segundo Levy, a Sinditelebrasil não quer algo assim: isso está sendo considerado ao elaborar o sistema de bloqueio de celulares piratas.

Ontem, o conselheiro da Anatel Marcelo Bechara reforçou esta ideia: “não haverá problema com aparelhos de origem conhecida”, diz ele ao IDG Now. Ele explica mais sobre o sistema:

De acordo com o conselheiro… o sistema que identifica celulares “irregulares” usa uma espécie de whitelist de aparelhos certificados/homologados pela Anatel e também por organização internacionais de países com os quais o Brasil tem boas relações comerciais… “Os iPhones fabricados no Brasil e seus similares importados, ainda não homologados pela Anatel mas certificados lá fora, por entidades reconhecidas internacionalmente, vão funcionar”, garantiu.

Ou seja, se o aparelho for homologado em certos países, ele poderá funcionar no Brasil também. Quanto a aqueles MP20 com entrada para 3 chips e TV digital, aí é outra história.

E como funciona o bloqueio? Basicamente, ele utiliza o código IMEI do aparelho e o procura em uma lista de dispositivos liberados pela Anatel. Se encontrá-lo, ótimo; senão, o sinal será bloqueado e ele não vai funcionar. A verificação será constante, então não adianta colocar o chip em um aparelho legítimo e depois usá-lo num xing-ling. No entanto, falsificar o IMEI não é tão difícil assim – resta ver como a Anatel lidará com isso.

O bloqueio não deve ser retroativo, ou seja, não deve afetar quem já usa um celular pirata – só quem comprá-lo quando as novas regras entrarem em vigor. Mas antes que o sistema de bloqueio seja ativado, a Anatel fará uma campanha educativa.

A medida vai atingir todos os aparelhos com chip que acessam a rede celular, incluindo tablets 3G/4G e até maquininhas de cartão. Em nota, a Anatel diz que “não há nenhuma definição quanto a prazo de implementação das medidas”. [Anatel; IDG Now]

**

Hello  I Mais de 3 milhões de iPhones 5c estão encalhados     (06/03/14)

Um levantamento divulgado nessa semana indica que os estoques do iPhone 5c estão acumulando entre os fornecedores e parceiros de vendas da Apple, enquanto a demanda pelo aparelho segue abaixo do esperado. 

Segundo o site Digitimes, mais de 3 milhões de aparelhos iPhone 5c aguardam por compradores. Destes, 2 milhões se encontram estocados nos armazéns da Pegatron (uma das linhas de produção chinesas usada pela Apple) e outro 1 milhão estão empoeirados nos depósitos de operadoras e revendas. 

No entanto, mesmo com este cenário não há nenhuma sinalização da Apple em reduzir o preço do iPhone 5c — mas os próximos meses podem ser decisivos para a empresa conseguir dar conta do montante do smartphone em estoque. 

“Devido a contratos com a Apple e altos preços de compra, a maior parte das operadoras e revendas não conseguem oferecer reduções significativas no preço do aparelho”, diz o site. 

Atualmente, nos Estados Unidos, o iPhone 5c pode ser encontrado a partir de US$ 99 (modelo de 16GB) sob contrato com operadoras ou a partir de US$ 549 (16GB) para a versão desbloqueada. 

Visto como um aparelho de baixo custo da Apple, o iPhone 5c nunca foi oficialmente rotulado como um smartphone com iOS barato e seus preços evidenciam isso. Mas nem por isso deixou de ser uma opção para quem desejava ter um iPhone novo e mais em conta. 

Para especialistas ouvidos pelo Digitimes são muitos os motivos para que o iPhoen 5c não tenha sido tão bem sucedido. O alto preço por um modelo de tela com 4 polegadas e o erro estratégico da Apple em manter esse padrão podem ser um dos principais motivos para a baixa demanda pelo aparelho. Monica Campi, de INFO Online                 

**

Hello  I  Vazam em vídeo os detalhes do novo HTC One   (05/03/14)

Por: Felipe Ventura

O sucessor do ótimo HTC One deve dar as caras oficialmente em 25 de março. Mas, como sempre acontece, vazaram inúmeros detalhes antes do evento no final do mês. O que esperar do “All New HTC One”? O vídeo acima traz diversos detalhes.

Ele foi inicialmente postado pela conta GadgetReviews e logo removido, aparentemente porque revela o número IMEI do aparelho – e talvez a fonte do vazamento. No entanto, outras contas do YouTube repostaram o vídeo.

As especificações internas não são mencionadas, mas vemos o corpo metálico, as duas câmeras traseiras do aparelho, botões virtuais de navegação incorporados à tela, e a inclusão bem-vinda de uma entrada para cartão microSD. Além disso, temos a interface Sense 6.0 atualizada, adotando ainda mais o flat design. Não encontramos aqui um leitor de impressão digital, presente no gigantesco HTC One Max.

m8_gray

Segundo o EvLeaks, o Novo HTC One (codinome M8) terá processador quad-core Snapdragon 800 e tela Full-HD de 5 polegadas. De acordo com benchmarks vazados, ele inclui 2GB de RAM e um desempenho excepcional em gráficos 3D. O aparelho deve rodar Android 4.4 KitKat, e estaria disponível em cinza, preto e dourado.

O novo HTC One teria duas câmeras, como vemos no vídeo acima: uma de 4 ultrapixels, e outra de 2,1 ultrapixels – ou seja, o sensor tem pixels maiores que a concorrência, o que ajuda a capturar mais luz. As duas câmeras permitiriam criar efeitos avançados de profundidade: duas fotos tiradas simultaneamente seriam combinadas para borrar elementos à frente, ou no plano de fundo. Elas também ajudariam a melhorar o foco e qualidade geral da imagem, segundo a Bloomberg.

O vídeo confirma muito do que ouvimos sobre o novo HTC One; agora só falta a taiwanesa lançá-lo. Como sempre, lembramos que a empresa não tem mais representação no Brasil, então ele não deve chegar oficialmente por aqui. Mas os produtos da HTC são bons, e podem inspirar os concorrentes – mesmo que a empresa ainda esteja em apuros. [YouTube]

Imagem via evleaks

**

Hello  I  Segundo IDC, mercado de smartphones deve saturar já em 2018    (05/03/14)

A IDC voltou a publicar previsões pouco otimistas sobre a continuidade do  crescimento no mercado de smartphones. De acordo com a consultoria, esse aumento  deve chegar à casa dos dígitos únicos em alguns anos, registrando apenas 8,3% em  2017 e um baixíssimo 6,2% em 2018. São sinais de profunda saturação do  segmento.

Para a empresa, cujo relatório foi replicado pelo site Tech Radar, 2014 já será um ano difícil, com o menor  crescimento registrado desde que os smartphones chegaram ao mercado. Até dezembro, 1,2 bilhão de aparelhos devem chegar às lojas, um aumento de 19,3% em  relação ao ano passado. Apenas nos Estados Unidos serão 200 milhões de celulares, com o Android permanecendo como o campeão em  números.

Segundo a IDC, uma alternativa para reverter essa queda nos números é  desenvolver parcerias entre fabricantes e operadoras de telefonia para reduzir  os preços dos smartphones. No mercado de hoje, os aparelhos de baixo custo são  carentes de funções para gerar verdadeiros booms de interesse, enquanto os  dispositivos que trazem as grandes novidades tecnológicas apresentam preços  altos demais para se tornarem verdadeiros best sellers.

Em 2013, o preço médio dos smartphones disponíveis no mercado era de US$ 335, aproximadamente R$ 780. Nos próximos quatro anos, porém, esse valor deve cair para US$ 260, pouco mais de R$ 600, e continuar em queda, enquanto as empresas investem em preços mais em conta para os aparelhos de topo de linha e uma maior quantidade de aparelhos de entrada. [canaltech]

**

Em vídeo, assistente Cortana da Microsoft mostra o que pode fazer (mas ainda não revela sua voz)      (05/03/14)

Por: Felipe Ventura

Ouvimos há algum tempo que a Microsoft prepara uma assistente de voz para o Windows Phone 8.1. Segundo rumores, ela pode combinar o melhor da Siri e do Google Now. Eis um vídeo que parece mostrar a Cortana em ação.

Você certamente está ansioso para saber como será a voz da Cortana, só que ela não aparece no vídeo. Mas não fique chateado: há várias coisas notáveis aqui.

A Cortana é descrita como “uma assistente pessoal em seu celular, pronta para ajudar com lembretes, sugestões, tarefas e muito mais”. Você pode ativá-la a partir da tela inicial, ou segurando o botão de lupa no Windows Phone.

A Cortana requer acesso à sua conta Microsoft, e usa seu local, contatos, e-mails, mensagens de texto e histórico de navegação para aprender seus hábitos. O Verge diz que você terá opções para decidir quais dados podem ser acessados.

cortana settings

Vemos que ela é uma assistente verdadeiramente pessoal: ela pergunta sobre seus interesses, gostos e preferências. O vídeo vazado pelo site UnleashThePhones mostra algumas dessas perguntas: por exemplo, “selecione duas das partes mais agradáveis ​​de suas noites”, com as opções “ler”, “cozinhar”, “ouvir música” e outras.

Depois das perguntas, a Cortana guarda os detalhes no “Caderno”, e ativa as funções de busca e comandos por voz. A interface circular gira e salta quando está pensando, e o som da Cortana sendo ativada é bem gratificante. Ela vai aprendendo com seus hábitos para fornecer sugestões, lembretes e outros de forma automática.

Segundo o The Verge, a Cortana emitirá notificações de voos e de outras coisas importantes que apareçam no seu e-mail, tal como o Google Now. Ela usará o Bing, Foursquare e outros serviços para oferecer informações contextuais, dependendo de onde você esteja ou do que você esteja procurando.

Vale lembrar que “Cortana” ainda é um nome provisório para a assistente pessoal do Windows Phone: a Microsoft pode mudá-lo antes do lançamento oficial. (A empresa pode usá-lo porque é dona da franquia Halo.)

Por algum motivo, o vídeo acima não mostra a Cortana realizando tarefas. Será que os servidores da Microsoft ainda não permitem isso? Mesmo assim, esta é uma prévia bacana do que veremos no Windows Phone 8.1, previsto para abril. [UnleashThePhones via The Verge]

**

Hello  I [Hands-on] Samsung Galaxy S5: um pequeno passo para o futuro   (24/02/14)

Por: Leslie Horn

No papel, o novo Samsung Galaxy S5 pode não parecer um grande avanço em relação ao seu antecessor. Mas entre a câmera extremamente rápida, o sensor de impressões digitais, o monitor de batimentos cardíacos e o novo corpo com covinhas que até parece um retrocesso, vale a pena olhar para ele com bastante atenção. Eis as nossas primeiras impressões:

Hardware

A primeira coisa perceptível, quase que literalmente, é que o design do S5 é bem diferente do S4 do ano passado. A Samsung chama a traseira brilhante e perfurada que lembra couro mas na verdade é policarbonato de “visual de glamour moderno”, mas na verdade ele beira o brega. Não é o moderno que uma pessoa com ideias do fim dos anos 90 consideraria ser moderno. Até fica ok na versão cinza escuro, ou é menos chamativo, mas o azul elétrico não caiu bem.

samsung galaxy s5 hands-on (3)

Mas o S5 passa a sensação de robustez, como se fosse mais resistente que smartphones Galaxy anteriores. Também é resistente a água e poeira, o que infelizmente não pudemos testar enquanto éramos vigiados por representantes da Samsung. Ele é leve, mas não de uma forma que você esquece da sua existência quando está no seu bolso. É até melhor assim, ajuda a reforçar a ideia de que este smartphone consegue resistir a algumas quedas.

Outro ponto chave, segundo a Samsung, é o monitor de batimentos cardíaco, que está posicionado na traseira do smartphone, logo abaixo do flash LED. Para contar seus batimentos cardíacos por minuto, abra o app S Health e posicione seu dedo no módulo na parte de trás do aparelho. Teoricamente, ele faria isso em alguns segundos, mas precisei de exatas três tentativas antes de fazer funcionar. É possível que seja um efeito colateral do fato do S5 que testamos estar preso a um pequeno cabo ligado a uma mesa, o que dificultava um pouco quando tentávamos movimentá-lo.

Vale ressaltar que o S5 mantém a mesma tela Super AMOLED 1920×1080 do S4, mas em um display levemente maior (5,1 polegadas, contra 4,99 do S4), o que é um pouco decepcionante, apesar dela continuar sendo uma tela bem nítida e de qualidade.

O que não foi testado? O sensor de impressões digitais, outro ponto chave do dispositivo, completamente integrado ao botão home do S5. Seria curioso ver como ele funciona, mas infelizmente vamos precisar esperar o review completo do S5 para testá-lo de verdade. Vimos um representante da Samsung mostrando a tecnologia. Ele precisou deslizar algumas vezes o dedo para sua impressão digital ser registrada. O sensor está na tela – e não em um sensor separado, como no iPhone 5S -, o que significa que o dispositivo precisa estar acordado antes do leitor ser ativado.

samsung galaxy s5 hands-on (2)

Software

samsung galaxy s5 hands-on (4)

É verdade que a Samsung deu uma limpada na TouchWiz UI, mas é mais ou menos como se o inferno ficasse um pouco menos quente. A skin está mais clean, mais de acordo com o Android puro, mas ainda está lotada de apps S da Samsung que não servem para muita coisa. S Voice, S Pen, todos eles. O My Magazine – o Flipboard da Samsung – também foi incorporado ao S5.

O software da câmera é um dos recursos que ganharam mais atenção no S5. Do pouco que pudemos fotografar, a câmera de 16 MP conseguiu umas imagens com bastante nitidez. A velocidade do foco automático foi bem rápida, como prometido. Nosso especialista em câmeras, Michael Hession, disse que não viu muita diferença entre o AF do S5 e de outras câmeras de smartphones high-end.

samsung galaxy s5 hands-on (5)

A Samsung adicionou alguns bons truques de software por aqui. O Selective Refocus permite mudar o foco de algo em primeiro plano ou plano de fundo após a foto ter sido capturada, para conseguir aquele efeito de campo de profundidade que você estava sofrendo para conseguir. Isso funcionou muito bem, e será muito útil para pessoas que tremem demais ou para bêbados. Também há o Shot & More, que rapidamente tira diversas fotos em sequência e junta tudo em uma única imagem perfeita a partir de todas elas. Isso existia em outros smartphones da Samsung, mas agora está mais automático.

O S5 também tem vídeo HDR, e a Samsung diz ser o primeiro smartphone a fazer isso. Quando você toca o botão HDR, a imagem imediatamente se torna mais clara e as áreas escuras ficam mais visíveis. Funciona bem quando você está vendo através da tela do smartphone, mas não pudemos ver arquivos em outras telas para conferir o resultado final.

samsung galaxy s5 hands-on (7)

Encontrei alguns problemas com a interface da câmera em si. Não achei super intuitiva, e mesmo que alguns dos novos recursos sejam bacanas, você precisará procurar por todos eles. Uma hora você se acostuma, mas é meio constrangedor ter que sair caçando tudo.

No geral, a experiência de usar o S5 não foi muito diferente de nenhum outro Android, o que significa que essa atualização incremental não é nem excelente nem ruim – é melhor que seja refinado em pontos que precisam de ajustes do que incorpore diversos recursos inúteis para tentar forçar a inovação, e, desta vez, a Samsung fez muito bem em apenas refinar o que já era bom. Mas não gostei dos buracos. Eles são horríveis.

samsung galaxy s5 hands-on (12) samsung galaxy s5 hands-on (11) samsung galaxy s5 hands-on (10) samsung galaxy s5 hands-on (9) samsung galaxy s5 hands-on (8) samsung galaxy s5 hands-on (6)

**

Hello  I BlackBerry oferecerá BBM a Windows Phone e Nokia X   (24/02/14)

BBM será disponibilizado como um download gratuiro no Windows Phone Store a partir da metade deste ano

 

São Paulo - A BlackBerry disse que disponibilizará seu serviço de mensagens BBM para o Windows Phone, da Microsoft, e à futura plataforma Nokia X nos próximos meses.

O BlackBerry Messaging, ou BBM, é uma plataforma de mensagens que oferece ferramentas de colaboração como BBM Groups, BBM Voice e BBM Channels e compete com serviços como o WhatsApp, que o Facebook comprou na semana passada por 19 bilhões de dólares.

O BBM será disponibilizado como um download gratuiro no Windows Phone Store a partir da metade deste ano, enquanto que o BBM para o Nokia X estará disponível no Nokia Store quando a plataforma Nokia X for lançada, disse a BlackBerry em um comunicado nesta segunda-feira.

O BBM era um serviço de mensagens móveis pioneiro, mas sua base de usuários não conseguiu acompanhar o ritmo do WhatsApp e outros arrivistas, em parte pois o BlackBerry se recusava a abrir o serviço para usuários em outras plataformas.

O BBM ainda é popular, mesmo que a popularidade dos aparelhos BlackBerry tenha caído. No final do ano passado, a companhia de Waterloo, Ontario, finalmente abriu a plataforma de mensagens para usuários de iPhones e Android, e o número de usuários ativos do serviço cresceu para mais de 80 milhões.

**

Hello  I HTC anuncia M8, o sucessor do elogiado HTC One   (18/02/14)

O M8, novo smartphone da HTC, será lançado no próximo dia 25 de março. A informação foi confirmada pela fabricante ao site Cnet.com. O novo modelo será o sucessor do HTC One, que já foi considerado por especialistas um dos melhores smartphones do mundo.

HTC One: antecessor do M8 foi considerado por especialistas o melhor smartphone do mundo

Com eventos simultâneos em Londres e Nova York, o lançamento do M8 está marcado para acontecer um mês depois da apresentação do Galaxy S5, que deve ser um concorrente direto do novo smartphone da HTC. O celular da Samsung será lançado na próxima segunda-feira, dia 24 - com cobertura ao vivo de EXAME.com.

O M8 não deve ser vendido no Brasil, uma vez que a HTC não comercializa seus produtos no país. Apesar de ter a qualidade de seus gadgets reconhecida, a fabricante vai mal das pernas e esteve perto de ser comprada pela Lenovo no ano passado.

**

Hello  I Novo Galaxy terá tela maior e resolução mais nítida   (18/02/14)

Segundo fonte, novo telefone será lançado na mesma época que uma versão aprimorada do relógio inteligente Galaxy Gear

Jungah Lee e Marie Mawad, da

Mulher gravando um vídeo com o Galaxy S4: Samsung poderia começar a vender o novo telefone por menos do que modelos anteriores da série S

Paris/Seul - O novo smartphone exclusivo da Samsung Electronics terá uma tela maior, de 5,2 polegadas, e uma resolução mais nítida do que a do atual Galaxy S4, segundo uma fonte direta do setor.

O novo telefone, com câmera e bateria melhores, será lançado na mesma época que uma versão aprimorada do relógio inteligente Galaxy Gear, disse a pessoa, que pediu para não ser identificada porque as especificações são confidenciais. A Samsung poderia começar a vender o novo telefone por menos do que modelos anteriores da série S, após ter sido encorajada por pelo menos uma operadora de telefonia celular, disse outra fonte do setor.

A Samsung adicionará recursos a mais nova versão do seu dispositivo mais popular no intuito de contrarrestar a desaceleração da demanda por smartphones premium, os novos modelos da Apple Inc. e uma superabundância de concorrentes chineses que vendem dispositivos por apenas US$ 100. A maior fabricante de smartphones do mundo lançará seu novo telefone, que poderia se chamar S5, depois que as vendas do S4, seu predecessor apresentado no ano passado, ficaram abaixo das estimativas dos analistas.

“Para mim, especificações melhores não bastam", disse Roberta Cozza, analista da Gartner Inc., em uma entrevista. "Eles precisam encontrar um modo de fazer com que os usuários escolham a marca Samsung entre os distintos tipos de aparelhos para concorrer melhor com a Apple”.

A maior empresa de tecnologia da Ásia estreará o novo dispositivo no Congresso Mundial de Telefonia Celular, que começa na semana que vem em Barcelona.

Sul Jong In, porta-voz de Seul que trabalha com a Samsung, não quis comentar as especificações do novo dispositivo.

A Samsung estudou a possibilidade de usar tecnologia de reconhecimento da retina pela primeira vez no novo telefone, disse Lee Young Hee, vice-presidente executivo do negócio de tecnologia móvel, em entrevista dia 6 de janeiro. As vendas do S4 desaceleraram após o lançamento em setembro do iPhone 5s da Apple, que inclui um sensor de identificação de impressão digital.

A empresa com sede em Suwon, Coreia do Sul, enfatizará na publicidade do novo telefone os recursos aprimorados de segurança, a câmera atualizada e a integração com dispositivos usáveis como o Galaxy Gear, disse uma das fontes. A Samsung quer posicionar o telefone no segmento superior do mercado para competir com concorrentes como a HTC Corp., com sua série One, disse a fonte.

A Samsung ainda não deu um preço de venda às operadoras, em meio a um debate sobre se o novo telefone deveria ser mais barato do que os modelos S anteriores. Um dispositivo Galaxy S4 com 16 gigabytes de memória é vendido a US$ 199.99 na Verizon Wireless com um contrato por dois anos, segundo o site da operadora.

A Samsung, que vende cerca de um de cada quatro celulares no mundo, sofreu uma queda em suas remessas e em sua participação de mercado no último trimestre de 2013 em relação ao ano anterior, segundo dados da International Data Corp. publicados dia 27 de janeiro. A Samsung despachou 112 milhões de celulares no trimestre, menos que os 113,6 milhões de unidades um ano atrás.

Sua participação de mercado nos envios declinou para 22,9 por cento no quarto trimestre frente a 23,5 por cento no ano anterior.

Desde seu lançamento em abril, a Samsung vendeu 63,5 milhões de unidades do S4, que possui uma tela de cinco polegadas e uma câmera de 13 megapixels, segundo a mediana de estimativas de três analistas consultados pela Bloomberg News. A cifra se compara a 65,6 milhões para o predecessor, o S3, segundo a pesquisa com analistas. A Samsung não divulga dados de remessas para dispositivos individualmente.

As menores vendas do aparelho de marca da Samsung contribuíram para o menor crescimento dos seus lucros desde 2011 nos três meses finalizados em 31 de dezembro. A renda líquida aumentou 5,4 por cento para 7,22 trilhões de wons (US$ 6,8 bilhões). A renda operativa na unidade de dispositivos móveis, o maior motor de lucros da empresa, foi de 5,47 trilhões de wons, quase sem alterações se comparada ao ano anterior e abaixo do recorde de lucros de 6,7 trilhões de wons no trimestre finalizado em 30 de setembro.

**

Hello  I Nokia divulga preços do Lumia 1520 e Lumia 1320 no Brasil   (17/02/14)

Na tarde desta segunda-feira (17), a Nokia realiza um evento para a imprensa brasileira confirmando a chegada dos modelos  Lumia 1520 e Lumia 1320 ao Brasil. Segundo informações adiantadas pelos  executivos da empresa ao Tecmundo, os produtos serão disponibilizados ainda hoje  na loja oficial da Nokia e em demais sites de comércio eletrônico.

Com tela Full HD de 6 polegadas, o Lumia 1520 chega ao Brasil com  preço de lançamento de R$ 2.399. O aparelho tem processador quad-core  Qualcomm Snapdragon 800 de 2,2 GHz, GPU Adreno 330, 2 GB de RAM e 16 GB de  espaço de armazenamento (expansível com cartão micro SD de até 64 GB). O  aparelho estará disponível nas cores preta e branca.

Já o Lumia 1320, que possui tela HD de 6 polegadas,  chega ao Brasil oficialmente por R$ 1.399. O aparelho tem  processador dual-core Qualcomm Snapdragon S4 de 1,7 GHz, GPU Adreno 305, 1 GB de  RAM e 8 GB de espaço de armazenamento (expansível com cartão micro SD de até 64  GB). Assim como a versão mais potente, o aparelho também estará disponível nas  cores preta e branca.

**

Hello  I Windows Phone ultrapassa iPhone e conquista segunda colocação no Brasil, diz IDC   (16/02/14)

O Windows Phone conquistou o segundo colocado entre os sistemas operacionais móveis mais populares do Brasil, neste último trimestre de 2013. Segundo um relatório da International Data Corporation (IDC), o número de vendas de smartphones com a plataforma da Microsoft superou o de iPhones (iOS) entre outubro e dezembro. A notícia pode ser um banho de água fria para a Apple na semana da inauguração de sua primeira loja no Brasil.

De acordo com o relatório da IDC, o número de aparelhos com Windows Phone vendido no Brasil cresceu 1,6%, alcançando uma participação de mercado total de 6% no país, contra 4,7% do iOS. Em comparação ao mesmo período do ano interior, o Windows Phone dobrou de tamanho no país, saindo de 3% para os atuais 6%. Já o iPhone, que tinha 6,9% de participação, apresentou uma queda de 2,2%.

O crescimento do Windows Phone no Brasil segue uma tendência em outros países da América Latina, como Peru e México, onde a plataforma ultrapassou o iOS desde agosto. No entanto, o Android segue imbatível por aqui, com presença em quase 90% nos smartphones brasileiros.

Dentre as razões que podem ter ajudado no crescimento do Windows Phone no Brasil, pode-se dizer que a oferta de modelos com preços mais acessíveis contou muito. Enquanto o iPhone 4, modelo mais barato disponível no Brasil, pode ser encontrado por R$ 989; o Lumia 520, aparelho básico da Nokia, tem preço inicial de R$ 384.

Outro fator que pesa nessa conta é a quantidade de modelos disponíveis no Brasil. Oficialmente, a Apple trabalha somente com quatro versões de iPhones no país: 5S, 5C, 4S e 4. Já a Nokia oferece oito aparelhos com Windows Phone 8, que vão desde o 520 até o top 1020, e deve lançar ainda os foblets 1520 e 1320 na próxima segunda-feira (17). Isso, claro, sem contar com o Ativ S, da Samsung.

Ao contrário do Brasil, porém, o Windows Phone ainda está longe de roubar a segunda colocação do iOS mundialmente. O sistema operacional da Microsoft tem apenas 3% de participação do mercado, contra 17,6% do iOS e 78,1% do Android, segundo a IDC. Apesar disso, o sistema da Microsoft foi o que apresentou o maior crescimento no ano: 90,9%, em comparação a 2012.

Via Windows Phone Central

**

Hello  I  HTC vê smartphones baratos como tábua de salvação em 2014    (10/02/14)

Reuters

PEQUIM e HONG KONG - A fabricante taiuanesa de smartphones HTC disse que  novas linhas de celulares de preço intermediário ajudarão a empresa a voltar a  lucrar em 2014. A previsão da companhia é de que produtos mais baratos podem  ajudá-la a reconquistar participação no mercado e colocar um fim a mais de dois  anos de vendas em queda.

O otimismo da HTC surge apesar de 27 meses consecutivos de receitas em queda  na comparação anual em meio a uma dura concorrência com pesos-pesados como a  Apple e a Samsung. A HTC disse nesta segunda-feira que as vendas em janeiro  caíram 38% ante o ano anterior para 9,67 bilhões de dólares taiuaneses (US$  319,23 milhões).

O vice-presidente financeiro Chialin Chang disse em um briefing de analistas  e investidores nesta segunda-feira que 2014 deve ver um crescimento nas margens  de lucro bruto devido a um mix melhorado de produto.

Chang disse que após o primeiro trimestre novos aparelhos de baixo custo para  consumidores de renda mais baixa devem responder pela maior parte da receita,  ainda que as vendas de seu principal aparelho, o HTC One, tenham uma  participação importante.

Para o período de janeiro a março, a HTC espera que a receita fique entre 34  bilhões e 36 bilhões de dólares taiuaneses, ante 42,8 bilhões de dólares  taiuaneses no ano anterior.

**

Hello  I  Como a Lenovo ajudou a Samsung e prejudicou a Apple   (31/01/14)

A Lenovo sacudiu o mercado de smartphones com a compra da Motorola Mobility, a unidade de celulares da empresa, que pertencia ao Google. Fechado por cerca de 3 bilhões de dólares, o negócio pode terminar ajudando a Samsung e prejudicando a Apple.

Com uma fatia de 29% do mercado mundial de smartphones, a Samsung tem agora uma preocupação a menos. No período em que a Motorola pertencia ao Google, a fabricante sul-coreana tinha no criador do Android, sistema operacional do Google presente em seus aparelhos, um concorrente potencial.

Agora, a líder de vendas de smartphones vai poder fortalecer (sem medo) sua parceria com o Android, sistema operacional mais usado do mundo. Num possível sinal disso, a Samsung fechou uma parceria com o Google na última segunda.

"Ao colaborar mais com a Samsung, o Google põe os outros fabricantes em desvantagem", afirmou The New York Times.

Apple

Para a Apple, a compra da Motorola pela Lenovo representa o fim de uma era em que o Google era um fabricante concorrente. A consequência disso é que, agora, o Google deve se dedicar mais ao Android - o que pode tornar os rivais da Apple que usam o sistema mais atraentes para os consumidores na briga com o iOs, sistema operacional da empresa.

De acordo com CNET.com, a Lenovo gerou assim uma dupla dor de cabeça para a fabricante do iPhone - que já tinha dificuldades de penetrar no mercado chinês por conta do forte domínio da Lenovo por lá.

Eles querem mais

Não contente em bagunçar o jogo de forças no mundo dos smartphones, a Lenovo quer mais. Até 2016, a empresa espera superar a Samsung no topo desse mercado e, dentro de cinco anos, pretende tirar dele 50% de sua receita.

"As aquisições não são um fim por si mesmo, são ferramentas”, afirmou à Bloomberg Yang Yuanqing, presidente da Lenovo, em novembro. Outra meta é triplicar a presença dos smartphones da empresa pelo mundo - chegando a 30 países.

Entre eles, está o Brasil - onde a Lenovo contratou 900 funcionários e investiu 50 milhões de dólares afim de iniciar a produção de smartphones e TVs inteligentes, segundo dados de EXAME. A empresa é hoje líder na venda de PCs no país e controla cerca de 20% do mercado.

**

Hello  I  Preço do Nexus 5 cai em R$ 1 mil após chegada ‘polêmica’ no fim de semana    (27/01/14)

O Nexus 5 apareceu nas principais lojas online do Brasil com um preço polêmico, de R$ 2.799, no último domingo (26). No entanto, nesta segunda-feira (27), o gadget recebeu um generoso desconto, de R$ 1 mil, tendo seu valor reduzido para R$ 1.799.

Nexus 5 está à venda por preço bem mais barato (Foto: Reprodução/Submarino)

Não se sabe se este era o preço que deveria ser cobrado inicialmente e houve algum tipo de erro dos sites Submarino, Americanas e Shoptime, que iniciaram as vendas neste final de semana, ou se o valor caiu por conta das reclamações dos usuários.

O fato é que, em todos os sites, o preço está listado como “de R$ 2.799 por R$ 1.799″. Com isso, eles dão a entender que foi feita uma promoção, com o desconto de R$ 1 mil em cima do valor original. Além disso, para quem compra à vista, ele sai por R$ 1.619,10.

Sites deram R$ 1 mil de desconto (Foto: Reprodução/Aline Jesus)Sites deram R$ 1 mil de desconto para o smartphone Google / LG (Foto: Reprodução/Aline Jesus)

Agora, o preço do Nexus 5 é bem mais adequado com os objetivos do Google, de lançar aparelhos top de linha com o Android puro e com preços mais baixos do que os rivais. A chegada do Nexus 4, no ano passado, foi com valor semelhante: R$ 1.699.

O Nexus 5, feito em parceria do Google com a LG, tem tela de 4,95 polegadas Full HD, processador quad-core de 2,3 GHz, memória RAM de 2 GB e 16 GB de espaço interno. Conta ainda com câmera de 8 megapixels e flash LED, bateria de 2.300 mAh e sistema operacional Android 4.4. [techtudo]

**

Hello  I  Smartphone Oppo N1 com sistema CyanogenMod chega por US$ 599   (30/12/13)

Câmera do aparelho  pode rotacionar 206 graus, para a parte da frente ou para a parte de trás, tem 13 megapixels e conjunto com 6 lentes

Monica Campi, de

Oppo N1: aparelho é o único dispositivo a vir com o CyanogenMod pré-instalado e liberado pelo Google

São Paulo - O smartphone Oppo N1, primeiro a sair de fábrica com o sistema CyanogenMod pré-instalado, está à venda em edição limitada por US$ 599.

A câmera do Oppo N1 é a responsável por torná-lo um aparelho singular. Ela pode rotacionar 206 graus, para a parte da frente ou para a parte de trás. A resolução é de 13 megapixels (sensor stacked CMOS) e o conjunto tem 6 lentes (o normal hoje nos topos de linha é ter 5).

Mas seu feito mais significativo é a opção de sair de fábrica com o sistema Android ou com sua versão modificada CyanogenMod, indicada para usuários que gostam de personalizar o smartphone.

O Oppo N1 é o único dispositivo a vir com o CyanogenMod pré-instalado e liberado pelo Google: a companhia certificou o aparelho e permitiu a inclusão da loja Google Play e seus respectivos aplicativos.

A Cyanogen também liberou o código fonte da sua versão para que os usuários do Oppo N1 possam customizar seus smartphones. A empresa espera que assim sua versão modificada do Android se torne o terceiro sistema móvel mais popular.

Esta edição limitada virá na cor azul bebê e já está disponível em revendas autorizadas e pelo site da empresa.

**

Hello  I  Sony lança smartphone Xperia M dual chip por R$ 899 no Brasil     (14/12/13)

A Sony anunciou o lançamento do Xperia M no Brasil, um smartphone intermediário por R$ 899 com duas entradas de chip.

Ele tem especificações bem modestas, com um processador Qualcomm Snapdragon S4 Plus dual-core com clock de 1GHz, 1GB de RAm, câmera traseira de 5 megapixels (e frontal VGA). Com 4GB de armazenamento interno, ele também conta com entrada de cartão micro SD, possibilitando expansão da memória para mais 32GB.

sonyxperiam2

A tela TFT tem 4 polegadas e resolução FWVGA (854×480), e ele sai de fábrica com o Android 4.1 (Jelly Bean) com as modificações de interface que já vimos em outros aparelhos da empresa.

Em operadoras, o Xperia M dual será exclusivo da TIM, mas ele também será vendido em redes de varejo por R$ 899 (preço sugerido pela Sony).

sonysbh20

Para acompanhar o smartphone, a Sony também lança no Brasil o fone de ouvido Bluetooth SBH20, que conta com botões para chamadas e controle de música. Ele está disponível nas lojas oficiais Sony Store, tanto na versão física quanto online, e custa R$ 239. [Gizmodo]

__________________________________________________________________________________

Hello  I Samsung Galaxy Note 3 supera 10 milhões de unidades vendidas    (10/12/13)

Samsung Galaxy Note 3 se tornou o membro da linha Note mais rapidamente vendido na história da empresa ao bater marca em apenas dois meses

O Samsung Galaxy Note 3 atingiu a marca de 10 milhões de unidades vendidas em apenas dois meses de mercado. O número foi divulgado nesta terça-feira pela Samsung, que informou ainda que seus antecessores, Note I e Note II, levaram nove e quatro meses, respectivamente, para ultrapassarem este montante.

O número impressiona e faz do Note 3 o modelo da família Note mais rapidamente vendido na história da empresa. Não é, contudo, o dispositivo que precisou de menos tempo para conquistar a marca: este posto pertence ao Galaxy S4, que levou cerca de um mês para vender 10 milhões de unidades.

Galaxy Note 3

Lançado em 25 de setembro e prontamente colocado à venda em 58 países, o Galaxy Note 3 trouxe novidades em relação ao seu antecessor. Uma delas diz respeito à tela, que passou de 5,5 para 5,7 polegadas.

O processador que equipa o Note 3 também está mais potente e é um quad core de 2,3 GHZ. Além disso, o dispositivo desembarcou no mercado acompanhado do novíssimo Galaxy Gear, o relógio inteligente da Samsung. [Gabriela Ruic]

__________________________________________________________________________________

Hello  I Samsung deve iniciar a fabricação do Galaxy S5 em janeiro    (29/11/13)

São Paulo -- A Samsung se prepara para iniciar, em janeiro, a fabricação do Galaxy S5, sucessor do bem sucedido Galaxy S4, diz o noticiário sul-coreano ET News. O novo modelo deve ser apresentado ao público em fevereiro ou março, no que deve ser um dos lançamentos mais importantes do ano nessa área.

Se forem confirmadas, as datas divulgadas pelo ET News representarão um pequeno adiantamento no calendário habitual de lançamentos da Samsung. O Galaxy S4 foi anunciado em 13 de março mas só chegou às lojas no final de abril. Teve 20 milhões de unidades vendidas nos dois meses seguintes.

O ET News diz que haverá duas variantes do Galaxy S5. Uma será parecida com o Galaxy S4, com corpo plástico rígido. A outra teria corpo metálico e tela flexível. Ela vem sendo chamada de Galaxy F (os nomes, assim como as informações, não são oficiais). Por dentro, as duas variantes seriam muito parecidas.

Rumores indicam que o Galaxy S5 vai usar um novo processador Samsung Exynos de 64 bits. Seria uma resposta ao iPhone 5s, da Apple, o primeiro smartphone com processador de 64 bits. O próprio CEO JK Shin confirmou, em setembro, que a Samsung está desenvolvendo esse chip.

Para isso, porém, a Samsung teria de empregar uma versão modificada do sistema Android, já que a edição regular do software do Google não suporta chips de 64 bits. Além disso, pode haver uma variante do S5 com processador Qualcomm Snapdragon, como acontece com o Galaxy S4.

O site francês Nowhereelse publicou, há alguns dias, fotos do que seria o chassis de alumínio de um futuro smartphone da Samsung. Pelo tamanho, ele parece feito para uma tela de mais de 5 polegadas, que é quanto mede o display do Galaxy S4.

O Nowhereelse diz que o chassis pode ser do Galaxy S5, mas adverte que não há certeza disso. Se for, isso confirma a existência de uma variante com corpo metálico. As fotos teriam sido fornecidas por uma pessoa que trabalha num fornecedor da Samsung. 

O ET News ainda afirma que o Galaxy S5 vai ser anunciado junto com uma nova geração do relógio inteligente Galaxy Gear. Mas achamos que há poucas chances de isso acontecer. 

Lançado em setembro, o Gear teve 800 mil unidades vendidas em dois meses, o que faz dele o relógio inteligente mais bem sucedido comercialmente até agora. Mas esse gadget foi duramente criticado por ser grandalhão e pouco funcional.

A Samsung deve estar, com certeza, trabalhando num modelo mais avançado para sucedê-lo. Mas parece improvável que esse lançamento aconteça já no primeiro trimestre. 

__________________________________________________________________________________

Hello  I Foxconn encerra produção do iPhone 5c na China   (18/11/13)

Xangai - A Foxconn, empresa com sede em Taiwan e que fabrica produtos da Apple, parou a produção do novo iPhone 5c na China. Os motivos, de acordo com a imprensa taiwanesa, são as muitas falhas encontradas no aparelho.

O iPhone 5c, da Apple, na China: novo smartphone representa 21,4% das vendas totais da Apple na China

A produção do novo aparelho na Foxconn de Zhengzhou, na província de Henan, é de 50 mil telefones por semana. Lançado em 20 de setembro juntamente com o 5s, o 5c seria o primeiro iPhone low cost, mas não encontrou o sucesso esperado.

O 5c, de fato, representa 21,4% das vendas totais na China, enquanto o 5S representa 78,6%.

No mercado global, para cada 5c são vendidos 2,23 iPhone 5s, fator que impulsionou a Apple a reduzir em 20% a produção do aparelho na Pegatron, outra fornecedora da empresa. Não é descartada a possibilidade de haver ainda mais reduções na produção. [Exame]

______________________________________________________________________________

Hello  I  TIM começa a vender novos iPhones no dia 22   (08/11/13)

São Paulo – Os novos iPhones 5S e 5C deverão chegar no Brasil ainda neste mês, no dia 22. Segundo comunicado enviado pela TIM, a operadora deverá começar a vender os novos smartphones da Apple nas “principais lojas do país”, mas sem detalhar quais e nem o preço.

iPhone 5s, da Apple: gadget foi lançado setembro, junto com o iPhone 5c

Os interessados já podem se cadastrar no site da companhia, onde poderão receber informações sobre os lançamentos e os valores.

As outras operadoras do país ainda não oficializaram uma data de lançamento.

Novos iPhones

A nova versão do smartphone da Apple foi apresentada no dia 10 de setembro, e foi a primeira vez que a fabricante fez um lançamento duplo. Além de um modelo mais avançado, foi lançado um com configuração mais modesta para atender o mercado com um preço mais barato.

O iPhone 5c tem os mesmos componentes internos do iPhone 5. Logo, ele roda o iOS 7 com um processador A6, tem câmera traseira de 8 megapixels e tela retina de 4 polegadas.

Já o iPhone 5s tem mais desempenho em um visual já conhecido. O conceito de design para o corpo de alumínio é o mesmo do iPhone 5 atual, mas há três opções de cores: slate (cinza), gold (dourado) e silver (prateado).

Segundo a Apple, o novo processador A7 oferece 40 vezes mais capacidade de processamento do que o primeiro iPhone. O chip é o primeiro a trabalhar na arquitetura de 64 bits e traz 1 bilhão de transistores. A câmera mantém os 8 megapixels da geração anterior, mas traz um sensor maior, gravação de vídeo HD (720p) a 120 quadros por segundo e um modo de câmera lenta.

_______________________________________________________________________________

Hello  I  Moto X, do Google: o novo desafiante do iPhone     (24/08/13)

Por David Pogue

Está cada vez mais difícil inventar o Matador do iPhone. Inclusive para a Apple.

A verdadeira ideia magnífica, imensa e radical do iPhone, na época de seu lançamento, em 2007, foi acabar com os botões. Transformar o celular inteiro em uma tela sensível ao toque retangular.

Atualmente, todas as empresas já fizeram isso. Todos já acrescentaram reconhecimento de voz, GPS e navegação. Todos já aprimoraram as telas ao ponto de precisarmos de um microscópio para perceber a diferença.

Então e agora? Como distinguir seu telefone dos outros 4 mil aparelhos com tela sensível ao toque? (Isso não é uma piada. Hoje existem 3.997 celulares Android diferentes. E seis iPhones e uma ampla variedade de aparelhos Windows e BlackBerry. Deus ajude os aterros sanitários.)

Com muito alarde, o Google orgulhosamente apresenta sua resposta? O Moto X.

Este telefone é o primeiro produzido pela Motorola desde que o Google a comprou, no ano passado, por US$12,5 bilhões (nota da redação: o Moto X ainda não é vendido no Brasil) .

Olhando para ele, você nunca diria que esse é o aparelho Android através do qual a Motorola espera mudar tudo. Sua traseira curva é plastificada, e não de metal (como o HTC One) ou vidro (como o iPhone 4 e 4S). Sua confortável tela de 4,7 polegadas parece ótima, mas não é tão grande ou nítida quanto o Samsung Galaxy ou o HTC One. O telefone é bastante rápido, mas seu processador não é o mais novo ou melhor.

Contudo, o Moto X oferece cinco recursos que nenhum celular jamais ofereceu.

Recursos

Recurso 1: é possível criar seu próprio esquema de cores. Você recebe uma escolha de 18 cores para o painel traseiro, preto ou branco para a frente, e sete cores para alguns detalhes (os botões e o anel ao redor da lente da câmera). As opções de cores são excelentes; a probabilidade de você e seu inimigo aparecerem em uma festa com um Moto X idêntico é de uma em 252.

Clientes nos EUA recebem seus telefones customizados em até quatro dias, cortesia do Recurso 2: ele é montado nos Estados Unidos. Os componentes ainda são feitos na Ásia, mas eles são finalizados no Texas – você pode perder menos sono se preocupando com trabalhadores chineses mal pagos.

O Recurso 3 é o mais útil: o modo sem toque. Assim como a Siri no iPhone, você pode mandar o aparelho discar um número, enviar uma mensagem, abrir um aplicativo, definir um alarme, procurar um fato na internet e assim por diante.

Comandos de voz

Porém, diferente da Siri, não é preciso pressionar um botão para falar. O celular está sempre escutando, mesmo quando estiver no porta-copo de seu carro.

E funciona incrivelmente bem, desde que você inicie seu pedido com uma saudação, "OK, Google Now". Sem tirar os olhos da estrada, você pode dizer: "OK, Google Now, me diga a rota até o Empire State Building". Ou "OK, Google Now, me lembre de dar o remédio para o cachorro às 20h00".

Essa ideia realmente inspirada é um salto adiante em segurança e conveniência. Ela deve seu sucesso a um chip especial que simplesmente escuta o dia todo. No entanto, ele vem com letrinhas miúdas.

Por exemplo, é preciso treinar o telefone a reconhecer sua voz. Em uma sala silenciosa, você precisa repetir "OK, Google Now" por três vezes, exatamente da mesma forma.

Se você protege o celular com senha, o recurso perde grande parte de sua força. Ele não executa a maioria dos comandos até você desbloquear o aparelho – e esse é o fim do conceito "sem toque".

E os comandos de voz do Android ainda não se comparam aos da Siri. O telefone reconhece o básico, como "Me acorde às 7h30", "Abra o Angry Birds", "Qual o valor das ações do Google?" e "Verifique a previsão do tempo para Memphis na sexta-feira".

Diferente da Siri, porém, ele não consegue criar respostas faladas a consultas sobre filmes, esportes e restaurantes. Ele não reconhece "Leia minhas novas mensagens de texto", "Acrescente picles na minha lista de compras" ou "Poste no Twitter, 'Acabo de ver um arco-íris duplo'". O Android não tem a mesma esperteza.

Ou a personalidade. Experimente dizer "Conte-me uma piada", "Você acredita no amor?" ou "Abra as portas do compartimento, Hal" para a Siri; você receberá respostas engraçadíssimas. Em comparação, o Moto X soa lobotomizado.

Ferramentas

Entretanto, o Moto X vem com uma percepção situacional soberba. Se você ligar o recurso Assist, o telefone alterna os modos de acordo com a hora e o local: dirigir, reunião e dormir.

No modo dirigir, o celular detecta quando você está em movimento. Ele começa a ler novas mensagens de texto em voz alta, direcionando chamadas ao modo viva-voz e, se você quiser, respondendo a chamadas com uma mensagem de texto automática: "Estou dirigindo e retorno assim que puder".

No modo reunião, o telefone sabe quando você está em um evento ou reunião consultando seu calendário. Durante esses períodos, ele ativa o silencioso e pode responder com uma mensagem de texto ("Estou em uma reunião, retorno quando puder"). Softwarezinho inteligente!

O modo dormir, como sugere o nome, coloca o aparelho no silencioso durante as horas que você especificar como de sono (nos modos dormir e reunião, você pode criar exceções para favoritos ou quando uma pessoa insiste por diversas vezes).

Recurso 4: a Motorola observou que muitas pessoas despertam seus telefones várias vezes ao dia apenas para conferir a hora ou mensagens perdidas. O Moto X exibe essa informação brevemente – a hora e um ícone para evento perdido – sempre que você o move. Não é preciso apertar nenhum botão; apenas puxe-o de seu bolso ou levante-o da mesa. A empresa diz que isso não gasta praticamente nada de bateria (que é mais ou menos igual à de seus rivais: você precisa recarregá-lo toda noite).

Se essa tela exibe um ícone (mensagem de texto, e-mail ou ligação, por exemplo), você pode manter o dedo pressionado sobre ele para visualizar os detalhes. Ou deslize para cima para abrir o aplicativo correspondente e responder. Infelizmente, este recurso mostra apenas uma notificação – a mais recente.

Câmera

Recurso 5: você pode abrir o aplicativo da câmera movendo o pulso umas duas vezes, como se tentasse espantar um mosquito; funciona com o telefone ligado ou desligado. Em dois segundos, você está pronto para tirar uma foto tocando em qualquer ponto da tela.

Isso é maravilhoso, assim como o próprio aplicativo simplificado. No entanto, a câmera deixa um pouco a desejar. Ela faz uma quantidade ridícula de busca por foco, e você acaba com algumas imagens borradas. Além disso, os vídeos são um pouco simplórios demais.

É ótimo que a Motorola esteja focada em aprimorar alguns recursos inovadores que você irá realmente usar; não é como o Samsung Galaxy S4, sobrecarregado com uma montanha de truques duvidosos. É ótimo que o telefone tenha uma proteção resistente a espirros de água. Também é ótimo que, por se tratar de um aparelho do Google, você poderá atualizá-lo a novas versões do Android conforme elas aparecerem. Isso é raro de acontecer em celulares Android de outras empresas.

Infelizmente, as cinco grandes inovações do Moto X não chegam a abalar a terra. Ele é um bom telefone, mas precisa competir com a beleza profundamente satisfatória (e alto-falantes superiores) do HTC One, o fervilhante poder (e tela superior) do Galaxy S4, e o ecossistema infinito de aplicativos e acessórios (e controle por voz superior) do iPhone.

Moto X, alguém se habilita?  NYT 

______________________________________________________________________________

Hello  I  Samsung diz que vendas do Galaxy S4 chegam a 10 milhões   (23/05/13)

Seul - A Samsung disse que as vendas da última versão de seu principal smartphone, o Galaxy S, atingiram 10 milhões de aparelhos desde o seu lançamento no final de abril, tornando o modelo seu smartphone vendido mais rapidamente.

Fãs testando o novo Samsung Galaxy S4: sólidas vendas ocorreram mesmo após problemas de abastecimento terem ameaçado o lançamento de algumas operadoras nos EUA

O S4, o desafio da empresa sul-coreana ao iPhone, da Apple, já está sendo vendido em 60 países, e a Samsung planeja expandir as vendas para 327 operadoras em 155 países no próximo mês, informou a maior fabricante de smartphones do mundo nesta quinta-feira.

As sólidas vendas ocorreram mesmo após problemas de abastecimento terem ameaçado o lançamento de algumas operadoras nos EUA.

Analistas esperam que as fortes vendas para a quarta versão do Galaxy, que impulsionou a Samsung para o topo do mercado de 225 bilhões de dólares de smartphones desde sua estreia em 2010, vão ajudar a empresa a registrar resultados recordes no trimestre atual.

Apesar das críticas divididas ao S4 por especialistas de dispositivos, a Samsung está se beneficiando com o marketing pesado, conforme tenta ganhar participação de mercado na ausência de novos modelos concorrentes da Apple.

A Samsung ganhou um recorde de 33 por cento do mercado de smartphones no primeiro trimestre, e analistas do JP Morgan esperam que seu lucro operacional supere o da Apple neste trimestre, pela primeira vez em anos.   

_______________________________________________________________________________

Hello  I  Roubo de celulares aumenta à medida que indústria ignora problema  (05/05/13)

Quando um adolescente roubou o iPhone da mão de Rose Cha em uma parada de ônibus, no Bronx, em março, ela relatou o furto para sua operadora de celular e para a polícia - assim como já havia feito nas duas outras vezes em que foi vítima de roubo de celular. Novamente, a polícia disse que não poderia fazer nada para ajudá-la.

 

O celular de Cha foi inserido em um novo banco de dados nacional de celulares roubados, que acompanha o número de identificação de um celular para impedir que ele seja ativado, teoricamente desencorajando furtos.
Mas os policiais disseram que o banco de dados não tem ajudado a combater os números crescentes de furtos de aparelhos celulares, em parte porque muitos celulares roubados acabam sendo enviados para o exterior, fora do alcance do banco de dados, e em parte porque os identificadores são facilmente modificados.
No entanto, algumas autoridades disseram que existe um problema maior - que as operadoras e fabricantes de celulares têm pouco incentivo para corrigir o problema.
"As operadoras não são inocentes neste cenário. Elas acabam lucrando com isso", disse Cathy L. Lanier, chefe do departamento de polícia de Washington, DC, onde o recorde de 1,829 celulares foram levados em assaltos no ano passado.
George Gascon, procurador do distrito de São Francisco, disse que os fabricantes de celulares como a Apple deveriam explorar novas tecnologias que poderiam ajudar a impedir o roubo. Em março, ele disse ter se encontrado com com um executivo da Apple, Michael Foulkes, que lida com suas relações com o governo, para discutir maneiras de como a empresa poderia melhorar sua tecnologia anti-roubo. Mas ele foi embora da reunião, disse ele, sem nenhuma promessa de que a Apple estava trabalhando para realizar melhoras.
Ele acrescentou: "Ao contrário de outros tipos de crimes, este é um crime que pode ser facilmente corrigido com uma solução tecnológica".
A Apple não quis comentar a respeito do assunto.
O mercado de celulares é extremamente lucrativo, com a venda de aparelhos que arrecadaram US $ 69,000 milhões nos Estados Unidos no ano passado, de acordo com a IDC, a empresa de pesquisa. No entanto, furtos de smartphones continuam aumentando, e as vítimas continuam comprando novos aparelhos.
Em São Francisco no ano passado, quase metade de todos os assaltos envolveram o furto de um celular, contra 36 % um ano antes; em Washington, os celulares foram levados em 42% dos roubos, um recorde. Em Nova York, o roubo de iPhones e iPads no ano passado representaram 14 % de todos os crimes. NYT
Por Brian X. Chen e Malia Wollan

_________________________________________________________________________________

Hello  I  Galaxy S4 terá estoque limitado no lançamento pela alta demanda mundial    (25/04/13)

Quem quiser adquirir um Galaxy S4 no dia de seu lançamento vai ter que correr para as lojas bem cedo. Isso porque a própria Samsung confirmou que, devido à enorme demanda em todo o mundo, haverá uma limitação nos lotes das primeiras unidades do aparelho, que começa a ser vendido em alguns países na próxima sexta-feira (26). O aparelho chega ao Brasil no dia 30.

A empresa sul-coreana emitiu um comunicado oficial confirmando que tomará esta provicência somente nas primeiras semanas do S4 no mercado. A Samsung destacou, porém, que em pouco tempo o estoque de gadgets vai se normalizar e poderá atender a todos os compradores do smartphone.

“Devido à enorme demanda global pelo Galaxy S4, o estoque inicial pode ser limitado. Esperamos completar o estoque e torná-lo compatível com a demanda nas próximas semanas”, diz a nota dos sul-coreanos.

O Galaxy S4 "matou" a Apple ou o iPhone 5S pode surpreender? Participe do debate no Fórum do TechTudo!
Portanto, talvez garantir uma unidade do aparelho em pré-venda de uma operadora de telefonia pode ser uma boa opção para os mais “desesperados” em busca do S4. Nas lojas brasileiras, o novo smartphone da Samsung desembarca apenas no dia 30, mas pelo que mostra a nota, o país deve sofrer com o mesmo problema de estoque.  Feed Proxy

_________________________________________________________________________________

Galaxy Note 3 terá display de 6 polegadas feito de plástico     (22/04/13)

O Galaxy Note 3 deve trazer uma nova tela com um material diferente da geração atual, que usa vidro. De acordo com o site "SamMobile", o novo foblet Android da Samsung usará um display de plástico Super AMOLED de 6 polegadas. O painel permitiria a redução na espessura do apareho para 8 milímetros, bem menos que os 9,4 mm do Note 2.

Outra característica do novo display do Galaxy Note 3 é que o material plástico o torna inquebrável, mas nada foi dito sobre os rumores de que a tela seria flexível. As novidades não param por aí: com o ganho em espaço físico oferecido pela nova tela, a Samsung deverá utilizar uma bateria de capacidade superior aos 3100 mAh presentes no antecessor.
As últimas especulações sobre o Note 3 revelam que o aparelho pode ter tela com resolução Full HD (1080p) e fará uso do poderoso processador Exynos 5 Octa-core, que estreou no Galaxy S4. Assim como os dois primeiros aparelhos da linha Note, o novo foblet será apresentado pela Samsung na feira IFA 2013, dia 6 de setembro, em Berlim. Apesar dos rumores, a Samsung não se pronunciou oficialmente sobre o assunto. PhoneArena

_________________________________________________________________________________

Hello  I  Samsung Galaxy S IV pode ter tecnologia que acompanha movimento dos olhos  (04/03/13)

O site do jornal The New York Times levantou a hipótese do Samsung Galaxy S IV - que será lançado no dia 14 de março, em Nova York - ter uma tecnologia que o usuário role páginas na tela somente com o olhar. O smartphone vai acompanhar os olhos do proprietário e rolar o texto para cima e para baixo. A tecnologia utilizada para o recurso não foi revelada, mas a Samsung registrou em janeiro a marca "Eye Scroll" na Europa e em fevereiro a "Samsung Eye Scroll nos Estados Unidos, descrevendo o serviço como "aplicação de software de computador com um recurso para detecção dos movimentos oculares e displays de rolagem de dispositivos móveis".    

________________________________________________________________________________

Hello  I  Galaxy S4 terá botão físico mas virá sem caneta S-Pen, diz jornal sul-coreano Korea Daily    (14/02/13)

O Galaxy S4, próximo top de linha da Samsung, será lançado com um botão físico na sua parte frontal inferior, de acordo com informações do jornal sul-coreano Korea Daily. Ainda segundo a publicação, o aparelho não trará uma caneta S-Pen, como previam os rumores mais recentes.

As últimas informações sobre o Galaxy S4 cravavam que o modelo traria uma parte frontal totalmente livre de botões - diferenciando-o do Galaxy S3 - e uma caneta stylus para aproveitar a grande tela de 5 polegadas que o modelo deve trazer. Com as informações do Korea Times, porém, todos os rumores são desmentidos.

Ainda de acordo com o jornal, a compensação para a ausência da caneta seria a inclusão de uma tecnologia de controle que dispensa o toque na tela. O aparelho poderia ser controlado apenas com gestos dos usuários, sendo capaz de perceber a ponta dos dedos a uma pequena distância do vidro.

Em relação aos botões, o diário sul-coreano explica que o aparelho terá a mesma distribuição de teclas presente no Galaxy S3. O botão físico principal ao centro, do lado esquerdo o botão touch para acessar as funções de menu do Android e, no lado direito, o botão touch para voltar. Uma imagem vazada recentemente, aliás, mostra um suposto Galaxy S4 justamente com o botão "home" na parte frontal e não parece trazer nenhuma caneta especial.

A confirmação destes novos rumores relacionados ao Galaxy S4 deve acontecer no lançamento oficial do produto, previsto para a MWC 2013, que ocorre no fim de fevereiro em Barcelona, na Espanha. Outros rumores já ventilados na imprensa falam que o S4 terá tela de 5 polegadas com resolução Full HD e o processador dual quad-core Exynos 5 Octa.  Via GSM Arena

_______________________________________________________________________________

BlackBerry lança smartphone sem teclado, o Z10    (30/01/13)

Em uma quarta-feira agitada, e que contou até mesmo com o anúncio de troca de nome, a BlackBerry (que se chamava RIM até a manhã de hoje) lançou uma série de novidades. Entre elas, está sua aposta de smartphone topo de linha e que chegará ao mercado para bater de frente com iPhone 5 e Galaxy S III, o BlackBerry Z10.

“Este é o BlackBerry mais bonito que já lançamos”, disse Thornsten Heins, CEO da empresa, durante evento realizado em Nova York. Com tela sensível ao toque de 4,2 polegadas, o aparelho vem equipado com o novíssimo sistema operacional, também anunciado hoje, o BlackBerry 10 (BB10). Além disso, o aparelho conta com processador de dois núcleos, 2 GB de RAM. O smartphone ainda virá com duas câmeras, uma frontal de 2 MP e uma traseira de 10 MP, capaz de capturar vídeos em alta definição. Dentre outras novidades, o Z10 terá suporte para rede 4G LTE, Wi-Fi, NFC, Bluetooth 4.0.

De acordo com Heins, o modelo começará a ser vendido no Reino Unido amanhã e deve desembarcar nos Estados Unidos em março, por cerca de 199 dólares (valor do aparelho atrelado a contrato com operadora). O site CNET especula ainda que o preço do Z10 desbloqueado possa ser de até 600 dólares.

Além deste aparelho, porém sem maiores detalhes, a BlackBerry também lançou o smartphone Q10. O dispositivo tem tela de 3,1 polegadas e teclado QWERTY. Este modelo também virá com o sistema BB10.

Gabriela Ruic, de

________________________________________________________________________________

Nova versão do smartphone Galaxy pode ter tela inquebrável   (07/12/12)

Seul - A Samsung Electronics provavelmente vai antecipar o lançamento do novo modelo do smartphone Galaxy, que poderá ter uma surpreendente tela inquebrável.

Samsung Galaxy S III e o Galaxy S III Mini: novo modelo deverá ter tela maior, um poderoso processador quad-core e uma câmera de 13 MP e 441 ppi

Analistas e especialistas preveem que o lançamento do Galaxy S IV será em abril.

Como os smartphones estão cada vez mais parecidos uns com os outros, uma tela que nunca quebra seria um grande ponto a fator da companhia sul-coreana, que disputa com a Apple a liderança do mercado de smartphones, que movimenta mais de 200 bilhões de dólares por ano.

O Galaxy S IV deverá também ter tela maior, um poderoso processador quad-core e uma câmera de 13 MP e 441 ppi, acima dos 306 ppi do Galaxy S III e dos 326 ppi do iPhone 5.

"Há indícios de que a Samsung vai antecipar o lançamento do Galaxy S IV em relação a maio, mês em que lançou o Galaxy S III neste ano", afirmou Nicolas Gaudois, analista do UBS.

"Os preparativos para a fabricação em larga escala do material inquebrável já devem estar em andamento. É possível que vejamos o lançamento de produtos fortes no primeiro semestre", acrescentou.

A Samsung não quis comentar o assunto.

"No futuro haverá telas inquebráveis e flexíveis. O Galaxy S IV ou V terá tela inquebrável e talvez flexível ou dobrável. No máximo em 2014. Isso vai mudar o mercado", opinou Mark Newman, analista da Stanford Bernstein, em Hong Kong.  Reuters

_______________________________________________________________________________

Fotos de suposto iPhone 5S aparecem na web    (05/12/12)

Ainda é cedo para falar do iPhone 5S, o próximo smartphone da Apple. Mas supostas fotos desse aparelho apareceram, nesta quarta-feira, num fórum do site ETrade Supply. As imagens vêm sendo reproduzidas em vários noticiários online e identificadas como sendo do iPhone 5S. Mas há boas chances de que sejam falsas.

O iPhone 5S deverá ter aparência externa idêntica à do iPhone 5, mas espera-se que traga vários aperfeiçoamentos internos

As fotos mostram um iPhone com aparência idêntica à do iPhone 5. Na parte externa, a única diferença visível é que uma série de letras “x” aparece no lugar de algumas inscrições na traseira. Isso pode indicar que se trata de um protótipo. A imagem mais significativa exibe a parte interna do chassis do iPhone.

Comparando essa foto com uma do iPhone 5, notam-se diferenças nas posições de alguns parafusos que prendem componentes internos. Mas nada disso garante de que o chassis fotografado é mesmo do iPhone 5S. Pode ser, por exemplo, um protótipo do iPhone 5 elaborado durante a fase de desenvolvimento.

A expectativa no mercado é que o iPhone 5S seja apresentado em setembro de 2013. O nome segue a nomenclatura adotada até agora pela Apple. Depois do iPhone 3G, veio o 3GS. O iPhone 4 foi seguido pelo 4S. Assim, o sucessor do iPhone 5 deve ser o 5S.

Para Gene Munster, analista de mercado da empresa americana Piper Jaffray, o iPhone 5S deve manter o design do modelo atual. Mas deve incorporar melhoramentos como o futuro processador A7, um aumento na capacidade de armazenamento, uma câmera melhor e um transceptor NFC, que vai permitir usar o iPhone para pagamentos por aproximação.

A previsão é que o iPhone 5 seja apresentado em setembro. Munster também acha que a Apple será obrigada, pela concorrência, a soltar novos modelos do iPhone a intervalos mais curtos (hoje, as atualizações são anuais). Ele prevê que, começando em 2015, a Apple pode anunciar um modelo ligeiramente melhorado no primeiro semestre e outro com mudanças maiores no segundo semestre.

______________________________________________________________________________

Samsung já prepara telas FullHD dos seus próximos smartphones, diz site coreano ZDNet   (13/11/12)

De acordo com o site coreano ZDNet, a Samsung vai iniciar em breve a produção de telas Super Amoled FullHD para seus celulares e tablets que serão lançados em 2013. A informação reforça os rumores de que a empresa lançará no começo do ano um modelo com tela de 400 ppi de resolução - superior à Retina do iPhone 5 (que tem 326 ppi).

Para desenvolver os displays, a empresa teria optado por usar sua tecnologia de LEDs orgânicos em função do baixo custo e da alta durabilidade. No entanto, especialistas apontam que a Samsung teria de adotar um novo padrão de fabricação das suas telas Super Amoled para torná-las FullHD, o que pode causar atraso na entrega dos aparelhos - que, de acordo com os rumores, seriam o Galaxy S4 e o Galaxy Note 3.

A Samsung só deve lançar seus aparelhos com a tecnologia FullHD caso consiga mesmo produzir suas próprias telas. Isto porque, segundo o site Phone Arena, a empresa LG Display ofereceu seus displays de alta definição para serem utilizados caso a companhia sul-coreana não consiga desenvolver seus próprios. A Samsung, no entanto, recusou.

A geração de smartphones com telas FullHD, no entanto, não é mais novidade. A HTC apresentou recentemente seu J Butterfly, equipado com painel de 5 polegadas de alta resolução. Além disso, o site japonês Rbmen divulgou em outubro informações de dois smartphones Sony Xperia com telas FullHD, o C650X “Odin” e o foblet C660X “Yuga”, previstos para o início de 2013.

Como dois grandes eventos de tecnologia estão marcados para o primeiro trimestre de 2013 - a CES em janeiro e a MWC em março -, é possível que a companhia já revele seus primeiros telefones com a tela de alta definição nestas ocasiões. Tech Tudo

_______________________________________________________________________________

Nexus 4, da LG,  esgota poucos minutos após lançamento    (13/11/12)

Nesta terça-feira, 13, o Google iniciou as vendas do seu smartphone Nexus 4, da LG, e do tablet Nexus 10, da Samsung, em diversos países como Austrália, Reino Unido, França, Alemanha e Espanha.

No entanto, pouco menos de uma hora após o início das vendas, o smartphone Nexus 4 não era mais encontrado na loja online do Google no Reino Unido.

As vendas, que são realizadas apenas a partir da loja online Google Play, chegaram inclusive a congestionar os servidores da empresa, deixando o serviço fora do ar por alguns minutos.

O Google não revelou quantos aparelhos disponibilizou para o lançamento e não comentou quando irá restabelecer o estoque do Nexus 4. O aparelho ainda não é vendido nos Estados Unidos.

A alta procura pelo aparelho se justifica pelo baixo preço sugerido. A versão de 8GB desbloqueada pode ser encontrada por £239 (cerca de US$ 443) e o modelo de 16GB por £279 (cerca de US$ 617).

Lançado no final de outubro, o Nexus 4 é o primeiro da linha a ser fabricado pela LG. Traz uma tela de 4.7 polegadas, processador quad-core Snapdragon S4 Pro, 2GB de RAM, câmera de 8MP e roda sistema Android 4.2 Jelly Bean. Monica Campi

______________________________________________________________________________

Samsung vende 30 milhões de celulares Galaxy S III em cinco meses     (07/11/12)

A Samsung anunciou nesta quarta-feira (7) que atingiu a marca de 30 milhões de unidades vendidas de seu smartphone mais poderoso, o Galaxy S III. A marca foi atingida em um período de cinco meses.

Segundo a fabricante, o desempenho de vendas do S III é superior ao de seu antecesso, o Galaxy S II, que vendeu 10 milhões de unidades em período similar após seu lançamento, em 2011.

Apresentado em maio deste ano, o Galaxy S III tem tela de 4,8 polegadas e 1 GB de RAM para rodar aplicativos. Entre os vários recursos avançados do aparelho estão a ativação de funções por meio de comandos de voz, o carregamento de bateria por indução magnética e a capacidade de detectar se o usuário está ou não olhando para a tela.

iPhone é o maior rival

O maior rival da linha Galaxy é o iPhone, da Apple. A versão mais recente, o iPhone 5, está sendo um sucesso de vendas, com mais de 5 milhões de unidades vendidas apenas nos três primeiros dias de lançamento. Samsung e Apple são as duas maiores fabricantes de smartphones do mundo, à frente de rivais como Nokia, LG, RIM e Sony.

_______________________________________________________________________________

Razr i é o melhor smarphone intermediário com Android    (20/10/12)

O Razr i tem uma missão importante: representar a arquitetura dos chips Intel no mundo Android em grande estilo. Lançado no dia 4 de outubro, o aparelho é o primeiro a receber um processador Atom com núcleo de 2 GHz para o mercado Brasileiro.

Chamado de Medfield, esse Atom Z2480 é o resultado de uma forte parceria da Motorola Mobility com a Intel. Desde as primeiras especulações sobre o smartphones, as dúvidas sobre como o Android se comportaria com a arquitetura x86 eram grandes. O resultado põe um fim a todas as suspeitas negativas, em especial em relação ao desempenho, aquecimento e consumo de energia. Durante os testes, o aparelho resistiu por 11 horas e 31 minutos fazendo uma ligação, com Wi-Fi e Bluetooth ativados. Para uma bateria de 2.000 mAh, o resultado ficou bem acima da média.

Com preço sugerido de 1.299 reais (desbloqueado), a Motorola posiciona o Razr i como um smartphone intermediário. Essa é a categoria com o maior número de opções e discrepância de preços e qualidade de hardware. Se olharmos para as especificações do Razr i e, em especial, para sua construção, ele poderia se passar facilmente por um aparelho topo de linha. Com exceção de alguns recursos, como o LTE, uma exclusividade que ainda pertence ao Razr HD na Motorola.

Construído em alumínio e com acabamento em Kevlar na traseira, o aparelho pesa só 126 g e tem 0,8 centímetros de espessura. A pegada é muito confortável e firme. No geral, o Razr i aparenta resistência. Com 6,1 cm de largura e 12,3 cm de altura, esse smartphone não parece ter uma tela Super AMOLED de 4,3 polegadas com proteção Corning Gorilla Glass. Parte do truque foi eliminar os botões físicos e integrá-los à interface.

Dessa forma, a tela pode ser estendida para ocupar quase toda a face frontal da carcaça. Por esse motivo, seria justo dizer que a área útil oferecida ao usuário é de 4 polegadas, já que o restante servirá sempre aos botões. A resolução de 540 por 960 pixels exibe imagens nítidas, com ótima fidelidade nas cores e bom brilho. A sensibilidade também é um ponto forte. Mesmo nas bordas, ponto fraco da maioria dos aparelhos, o reconhecimento aos toques se mostrou muito preciso durante os testes.

Sem tampa traseira removível, o acesso ao cartão microSIM e microSD é feito por uma fenda com tampa de borracha em uma das laterais, ao lado da porta microUSB para recarga de bateria e dados. Na face oposta há controles para controlar o volume, ligar/desligar o aparelho e um botão dedicado para a câmera.

O conector P2 para fones ficou solitário na face superior. Uma característica peculiar é a dificuldade de inserir e remover o cartão microSD e o microSIM. Alcançar os dois com os dedos, a não ser que a unha esteja comprida, é uma tarefa praticamente impossível. A solução é recorrer a uma caneta ou clipe de metal.

Nos benchmarks, a Intel mostrou a que veio. Nos testes do INFOlab o Razr i cravou 4.408 pontos no Quadrant. O Galaxy S II Lite, até então o campeão dos intermediários do INFOlab, registrou 2.866 pontos. No GeekBench 2, único software de avaliação que roda tanto em iOS como em Android, o Razr i atingiu 1.011 pontos, contra 1.684 do iPhone 5.

Além do hardware bem equilibrado, a interface da Motorola para o Ice Cream Sandwich evoluiu muito. Seguindo a linha inaugurada com o Razr HD, a empresa abandonou a Motoblur e apostou em intervenções mais sutis e bastante úteis. Os ícones, menus e padrão de cores estão muito próximos da versão pura do sistema. A novidade é o acesso rápido a um menu de configurações. Ele é acessado ao deslizar a tela inicial para a esquerda.

Pelo painel é possível ativar/desativar o toque, Wi-Fi, GPS, Bluetooth, Dados móveis e modo avião. Depois de chegar até a última tela, se o usuário continuar deslizando irá ativar um assistente para criar mais áreas de trabalho. Há opções para adicionar uma em branco ou com widgets e atalhos pré-definidos. A Motorola também desenvolveu um pequeno widget chamado de Círculos, com previsão do tempo, relógio e nível da bateria. Apesar de simples, o visual é bem interessante.

Confiando no player de vídeo nativo do Android, o Razr i reproduz os formatos MP4, H.263, H.264 e WMV sem legendas. Isso faz dele uma plataforma não muito eficiente para acompanhar seus seriados ou filmes, pelo menos não sem instalar um player alternativo. Por outro lado, a execução de áudio merece destaque.

Além da boa interface do player, o aparelho reproduz AAC, AAC+, AAC+ Enhanced, AMR NB, AMR WB, MIDI, MP3, PCM, WAV, WMA, FLAC e OGG/Vorbis. Para acessar bibliotecas de outros dispositivos, ou mesmo enviar conteúdo para a TV por Wi-Fi, o Razr i conta com DLNA. A troca de arquivos e pareamento com acessórios também é um ponto forte, já que além do Bluetooth o smartphone conta com chip NFC.

Também acompanha uma versão do QuickOffice para criar e editar documentos do Microsoft Office, além dos games Shrek Kart e Fifa 12. O modo veicular oferece um layout interessante e que facilita o uso no veículo. Além de oferecer acesso rápido a aplicativos de mapa e navegação, é possível criar atalhos para aplicativos.

Com 8 megapixels e flash LED, a câmera do Razr i fez um bom trabalho em nossos testes. Além de capturar imagens com boa qualidade, ela faz vídeos em 1.080p a 30 quadros por segundo, tem recurso de HDR (que mescla duas fotos com valores de exposição diferentes), ajustes de luminosidade, balanço de branco e efeitos simples. Um destaque é o modo de captura contínua. Nele o aparelho registra 10 fotos em 1 segundo.

A câmera se comporta de acordo com a maioria dos smartphones: ótima com muita luz, mas com ruído bastante aparente à noite e em locais pouco iluminados. Cauã Taborda - info

_______________________________________________________________________________

LG Nexus 4 será mais pesado e grosso que o Galaxy X    (20/10/12)

O LG Nexus 4 teve novas informações vazadas na Internet. Segundo dados do perfil @evleaks do Twitter, o próximo representante da linha de smartphones com Android "puro" não vai ser tão compacto quanto o seu antecessor, o Galaxy Nexus (chamado no Brasil de Galaxy X). As informações revelam que o smartphone será um pouco mais grosso e pesado que o modelo da Samsung.

Se as especulações estiverem mesmo corretas, a lateral do mais novo Nexus vai medir 9,1 mm e pesará 139g, enquanto o Galaxy X tem uma espessura de 8,94 mm e o peso de 135g. Em termos de sistema operacional e hardware, no entanto, o modelo da LG leva boa vantagem.

O software que o LG Nexus 4 deve rodar é o Android 4.1, como confirmam todos os protótipos do produto surgidos até agora. No entanto, há especialistas que acreditam que a versão final do novo smartphone vai receber o ainda não anunciado Android 4.2 Key Lime Pie.

O gadget, de acordo com o perfil do Twitter, vai ser vendido com duas opções de capacidade de armazenamento: 8 e 16 GB. Não foi confirmado, porém, se haverá suporte a cartões microSD. Além disso, o novo integrante da linha Nexus deve ter processador quad-core e 2 GB de RAM, configurações bem superiores às do antigo Galaxy Nexus - com chip dual-core, 1 GB de memória e Android 4.0.

Na última quinta-feira (18), o Google publicou na página do Nexus do Google+ um anúncio que sugere uma nova linha de smartphones para ser apresentada em breve, no dia 29 de outubro. É muito provável que o LG Nexus 4 seja uma das novidades mostradas no evento. TechTudo

______________________________________________________________________________

Modelo Nexus da LG deve chegar em novembro   (07/10/12)

A LG e o Google devem anunciar em novembro um novo modelo de smartphone sob a linha Nexus.

Segundo o site MoDaCo, o smartphone será baseado no modelo Optimus G, mas com modificações implementadas pelo Google.

O LG Nexus possuirá tela True-HD IPS com resolução de 1280 x 768 pixels e cerca de 4.7 polegadas, processador quad-core Snapdragon S4, 2GB de RAM e memória interna entre 8GB e 16GB.

O aparelho também terá uma bateria lacrada e não removível e que poderá ser recarregada sem a utilização de fios. Se confirmada, será o primeiro Nexus com essa ferramenta.

De acordo com os rumores, o smartphone LG Nexus será anunciado no final de outubro deste ano. Monica Campi

_______________________________________________________________________________

Galaxy S Duos recebe ligações em dois chips ao mesmo tempo  (03/10/12)

A Samsu traz para o Brasil um novo smartphone para integrar sua já extensa linha Galaxy, o Galaxy S Duos. Como indica o nome, o aparelho tem espaço para até dois chips.

O destaque, contudo, fica por conta da possibilidade de manter o smartphone com ambos os números acionados, permitindo assim que o aparelho receba ligações em uma linha, mesmo quando o usuário estiver conversando com alguém na outra.

Com tela de 4 polegadas, o Galaxy S Duos vem equipado com Android 4.0 e 3 GB de memória, que pode ser expandida para até 32 GB com a inserção de cartão microSD. Além disso, conta com uma câmera de 5 MP, com foco automático e flash.

Em relação às suas dimensões, o smartphone tem 10,5 milímetros de espessura e pesa 120 gramas. De acordo com a Samsung, o Galaxy S Duos custará 1.049 reais.

_______________________________________________________________________________

Apple apresenta o iPhone 5 e novos iPods    (12/09/12)

Telefone tem tela de 4 polegadas, é compatível com 4G, tem processador 2x mais rápido e um novo conector de oito pinos

O CEO da Apple, Tim Cook, apresentou as novidades: novos iPhone, iPods e sistema operacional

SÃO FRANCISCO – A Apple apresentou nesta quarta-feira, 12, a nova geração do iPhone. O telefone, chamado de iPhone 5, terá tela um pouco maior, de 4 polegadas (a versão anterior tinha 3,5 polegadas). Com isso, o comprimento do telefone aumenta. Ele também está mais leve: pesa 112 gramas, 20% mais leve do que o antecessor. O telefone também tem suporte a redes 4G, com tecnologia LTE e HSDPA+.

O novo celular vem em três modelos, de 16 GB, 32 GB, 64 GB. Os preços nos Estados Unidos são respectivamente US$ 299, US$ 399 e US$ 399, com contrato de dois anos com as operadoras. O iPhone 4 de 8GB será oferecido gratuitamente pelas operadoras dos EUA e o iPhone 4S de 16GB custará US$ 99. Os preços dos aparelhos sem contrato não foram divulgados.

O vice-presidente sênior de marketing de produto da Apple, Phil Schiller, anuncia o novo iPhone 5

As vendas do telefone começam no dia 21 de setembro em nove países (Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, França, Alemanha, Austrália, Japão, Hong Kong e Cingapura). A partir do dia 14, já será possível encomendar um modelo nestes países. No dia 28, o iPhone chega a mais 22 países da Europa. Na apresentação, a Apple afirmou que o novo modelo estará em 100 países até dezembro deste ano, sem especificar quais.

O novo sistema operacional iOS 6 estará disponível para atualização nos modelos atuais a partir de 19 de setembro. Ele funciona no iPhone 4S, no iPhone 4, no iPhone 3GS, no novo iPad, no iPad 2 e no iPod Touch de 4ª geração.

iPod. Além do iPhone 5, a Apple também atualizou sua linha de iPods. Ela apresentou um novo modelo do iPod Nano de 16 GB (US$ 149), com uma tela multitoque de 2,5 polegadas widescreen, que também roda vídeos, e espessura de 5,4 milímetros. Ele tem um botão “home” semelhante ao do iPhone e vem em sete cores diferentes. Tem ainda tecnologia Bluetooth para se conectar a outros aparelhos e sua bateria pode suportar até 30 horas de música.

O iPod Touch agora chega à 5ª geração, mais fino (6,1 mm) e pesando 88 gramas. Ele usa o processor A5, da Apple, e inclui agora a tela com tecnologia Retina Display com as mesmas 4 polegadas do iPhone 5. Sua bateria suporta 40 horas de música. Ele tem câmera de 5 megapixels e é o primeiro aparelho além do iPhone a incluir o assistente de voz Siri. Vem em duas versões, de 32 GB (US$ 299) e 64 GB (US$ 399).

Ambos aparelhos serão lançados em outubro.

Além dos dois modelos, a Apple atualizou sua linha de fones de ouvido, que agora têm um formato mais anatômico que direciona o som por dois alto-falantes em cada fone. Ele também tem controle de volume no cabo.

Novidades. O iPhone 5 também está mais rápido, com um novo processador A6, que é duas vezes mais veloz do que o anterior. O desempenho gráfico também dobrou, possibilitando gráficos melhores e mais eficientes para, por exemplo, jogos.

O telefone, que é o sexto modelo do iPhone já lançado, também tem uma câmera de 8 megapixels que captura fotos com mais velocidade.

Um novo conector menor da Apple estreia agora no iPhone 5. Ele tem oito pinos e é mais fino do que o conector de 30 pinos usado desde os primeiros iPods, iPhones e iPads.

A assistente de voz Siri está mais inteligente de acordo com a Apple. “Você pode recomendar um bom filme em cartaz?”, pergunta Scott Forstall, vice-presidente sênior de iOS. “Essa é uma pergunta subjetiva”, responde a Siri, ao mostrar uma lista de filmes em cartaz. Facebook também está integrado à Siri. É possível publicar atualização de status usando apenas a voz.

A Apple também apresentou uma nova versão do iTunes, com novo design. O software apresenta os álbuns e as músicas de maneira maneira mais visual. A busca também foi aperfeiçoada e o iCloud está integrado ao iTunes. Link I Nayara Fraga, de São Francisco

_______________________________________________________________________________

Samsung lança o primeiro smartphone com Windows Phone 8   (29/08/12)

Enquanto o mundo aguardava movimentações da Nokia sobre o lançamento de smartphones com Windows Phone 8, a Samsung acelerou o passo e aproveitou o anúncio do Galaxy Note 2, feito hoje em Berlim, para apresentar a sua versão de aparelho que irá rodar o sistema operacional da Microsoft, o ATIV S.

A tela do aparelho, feita a partir de Gorilla Glass 2, é HD e tem 4,8 polegadas, um tamanho similar ao Galaxy S III. Além disso, o ATIV S será equipado com processador de dois núcleos e câmera de 8 MP e foco automático.

Segundo especificações divulgadas no site oficial do Windows Phone, o aparelho terá duas opções de armazenamento: 16 GB ou 32 GB. Ambos vão contar com espaço para cartão MicroSD.

Linha ATIV

Além do smartphone, a Samsung anunciou outros aparelhos que irão compor o portfólio de produtos Windows 8 da empresa. Entre eles está o ATIV Smart PC, o ATIV Smart PC Pro e o ATIV Tab.  Gabriela Ruic

______________________________________________________________________________

Samsung vende mais de 10 mi de unidades do Galaxy S III em 2 meses (23/07/13)

Seul - A gigante sul-coreana Samsung vendeu, em todo o mundo, mais de 10 milhões de unidades de seu smartphone Galaxy S III apenas dois meses após o lançamento, informou neste domingo Shin Jong-kyun, presidente da divisão de tecnologia e comunicação móvel da empresa.

O novo aparelho, equipado com o sistema operacional Android 4.0 (Ice Cream Sandwich) e processador de quatro núcleos, é a grande aposta da Samsung para tirar a liderança de mercado do iPhone, da Apple. Os números divulgados hoje mostram que a Samsung vendeu 190 mil unidades do Galaxy S III por dia desde que ele chegou às lojas, em 29 de maio.

Com isso, conseguiu superar a marca obtida pelo modelo anterior, o Galaxy S II, chegou à venda de 10 milhões em cinco meses. Segundo especialistas do setor consultados pela agência local "Yonhap", as vendas do Galaxy S III devem se manter sólidas no segundo semestre e apesar de a Apple lançar sua nova geração do iPhone ainda neste ano.

Para 2012, a Samsung espera chegar a 40 milhões de unidades do Galaxy S III vendidas, o que o transformaria no smartphone mais vendido da história da empresa sul-coreana. EFE

________________________________________________________________________________

Apple tenta barrar venda do Samsung Galaxy S3 nos EUA   (08/06/12)

Empresa foi a um tribunal da Califórnia e entregou um documento acusando a Samsung de violar patentes do iPhone no S3

A Apple fará uma manobra judicial para evitar que o Samsung Galaxy S3, lançado nesta semana, seja vendido em solo americano.

A Apple foi a um tribunal da Califórnia e entregou um documento acusando a Samsung de violar patentes do iPhone no S3. Entre elas, uma tecnologia similar à Siri no S Voice, o sistema de assistente de voz.

A empresa de Jobs também cita no documento que o smartphone da Samsung tem os recursos "slide to unlock" e "autocompletar", ambos do iPhone.

Estas novas acusações serão inseridas no caso que julga o Galaxy Nexus. Nele, a Apple acusa a Samsung também de quebra de patentes. Desse modo, a empresa de Tom Cook espera sensibilizar o tribunal e conseguir o bloqueio – já que seriam dois modelos infringindo patentes do iPhone.

Os advogados da Samsung reagiram: eles disseram que o caso Nexus já está em andamento e que, neste momento, é tarde para tentar ampliá-lo. E que se a Apple deseja banir o S3 dos EUA, que abra um novo caso na justiça.

No jornal coreano The Korea Times, um executivo da Samsung ainda provocou a Apple. Ele disse que os processos estão ajudando a empresa a ter mais publicidade e a vender mais. E que, por serem falsas, a Samsung estaria se divertindo com as acusações da Apple. Fabiano Candido

_______________________________________________________________________________

BlackBerry RIM deve perder mais mercado, diz o analista Mark Sue, do RBC Capital Markets  (01/05/12)

Toronto - A RIM, fabricante do BlackBerry que atualmente se encontra em dificuldades, pode ceder uma fatia maior de mercado nos próximos meses, disse o analista Mark Sue, do RBC Capital Markets, nesta segunda-feira, na véspera do evento anual da empresa, o BlackBerry World.

"No competitivo mercado de smartphones, Nokia, RIM, Motorola, Sony, LG e alguns outros estão perdendo fatia de mercado, enquanto a Samsung e a Apple continuam a crescer", escreveu Sue em nota a seus clientes.

Sue disse que embora a RIM deva lançar uma nova geração de smartphones BlackBerry 10 até o fim deste ano, a companhia pode ver em breve sua participação no mercado mundial de smartphones cair para abaixo de 5 por cento.

A RIM tinha uma fatia de 8,8 por cento do mercado mundial de smartphones no quarto trimestre, de acordo com a agência de pesquisa Gartner, uma queda ante 14,6 por cento no mesmo período no ano anterior. Smartphones da Apple ou que utilizam tecnologia Android equivaliam a quase três quartos do mercado, mais do que participação de menos de metade no ano anterior.

Sue, que estabelece como meta de preço para o papel da RIM o valor de 13 dólares, também transferiu a ação da categoria de "risco médio" para "risco especulativo".

O papel da RIM fechou a 14,30 dólares no Nasdaq na segunda-feira, 31.O aviso de Sue surge um dia antes do início do grande evento anual da RIM, o BlackBerry World, em Orlando, Florida. Reuters

_________________________________________________________________________________

Novo Samsung Galaxy S 3 usará processador de quatro núcleos   (27/04/12)

A Samsung Electronics vai aumentar o ritmo da produção de seu processador de quatro núcleos para usá-lo na terceira versão de seu smartphone Galaxy S, que será revelado na próxima semana.

A Samsung está oferecendo o processador para outras fabricantes, na medida em que procura expandir a base de clientes para além da Apple, incluindo Nokia, HTC e Motorola.

Galaxy S 2, a segunda geração da linha de smartphones da Samsung

A companhia sul-coreana é a maior fabricante do mundo de processadores para aparelhos móveis e se beneficia das crescentes vendas do iPhone e do iPad, da Apple, e de sua própria linha Galaxy de smartphones e tablets.

O The Exynos 4 Quad, baseado na tecnologia Cortex A9, da britânica ARM, permite mais tarefas em um menor período de tempo, como assistir a um vídeo via streaming, atualizar aplicativos, navegar na Internet e rodar antivírus ao mesmo tempo.

A Samsung planeja apresentar o Galaxy S 3 na semana que vem em Londres, apostando em um campanha publicitária voltada para as Olimpíadas na cidade. Reuters

_______________________________________________________________________________

Nokia grava comercial usando o smartphone 808 com câmera de 41 megapixels no Brasil   (20/04/12)

Para mostrar a capacidade da tecnologia PureView, que inclui uma câmera de 41 megapixels no Nokia 808, a finlandesa preparou um comercial gravado completamente com o aparelho. Como cenário para as gravações a empresa escolheu o Brasil.

Armado com um processador ARM 11 de 1,3 GHz e uma tela AMOLED de qualidade relativamente baixa (360 por 640 pixels), o Nokia 808 roda o sistema Symbian Belle. Seu principal atrativo é a câmera, que até agora traz promessas, mas nenhuma vantagem concreta.

Ainda não há previsão de preço ou mesmo data de lançamento para o aparelho no país.

_______________________________________________________________________________

Nomofobia: Medo de ficar sem celular à mão cria nova fobia  (10/04/12)

Sentir-se muito angustiado com a ideia de perder seu celular ou de ser incapaz de ficar sem ele por mais de um dia é a origem da chamada "nomofobia", contração oriunda do inglês "no mobile phobia", doença que afeta principalmente os viciados em redes sociais que não suportam ficar desconectados.

Em fevereiro, um estudo realizado com cerca de mil pessoas no Reino Unido, país onde a palavra "nomofobia" surgiu em 2008, revelou que 66% dentre eles se dizem "muito angustiados" com a ideia de perder seu celular.

A proporção chega a 76% nos jovens entre 18 e 24 anos, segundo uma pesquisa realizada pela empresa de soluções de segurança SecurEnvoy. Cerca de 40% das pessoas consultadas afirmaram possuir mais de um aparelho.

"Nomofobia" é comum especialmente entre os mais jovens, sugerem estudos

"O fenômeno aumentou com a chegada dos smartphones e de planos ilimitados. Cada um pode ter acesso a uma infinidade de serviços: saber onde está, se existem restaurantes nas proximidades, comprar passagem para o fim de semana, planejar a noitada, etc.", resume Damien Douani, especialista em novas tecnologias da agência FaDa.

"Há alguns anos, o SMS já era uma forma de nomofobia. Falávamos até da 'geração de polegadas' para descrever quem enviava mensagens sem parar. Contudo, a internet móvel via smartphone, é o SMS 10 mil vezes mais poderoso", explica.

"O reflexo do Google foi transferido para o mobile: se preciso de uma informação e encontro resposta para tudo, isso é a facilidade encarnada", ressalta Damien Douani.

VÍCIO

Aproximadamente 22% dos franceses admitem ser "impossível" ficar por mais de um dia sem celular, segundo uma pesquisa realizada em março pela empresa Mingle com 1.500 utilizadores. Esta porcentagem chega a 34% entre os jovens de de 15 a 19 anos.

Entre as pessoas consultadas, 29% afirmaram que conseguem ficar sem o telefone por mais de 24 horas, "mas dificilmente", contra 49% que acreditam conseguir "sem problema".

"Podemos compreender que as pessoas sejam viciadas em seus smartphones, pois elas têm toda a vida programada ali, e se, por acaso, perderem o aparelho ou ele quebrar, vão ficar isoladas do mundo", ressalta o escritor Phil Marso, organizador do Dia Mundial sem Celular, que acontece anualmente nos dias 6, 7 e 8 de fevereiro.

"É uma ferramenta que desumaniza. Um dia na rua, uma pessoa que procurava um caminho me mostrou seu smartphone com o mapa da área na tela ao invés de me perguntar onde era a rua que procurava", conta.

 

Cena do seriado norte-americano "How I Met Your Mother"

Cena do seriado norte-americano "How I Met Your Mother"

"Paralelamente a isso tudo, as redes sociais estão criando laços com as comunidades e há uma necessidade de constante atualização e consulta em todos os momentos. Se houvesse um pequeno contador em cada telefone contabilizando o número de vezes que cada pessoa acessa as redes, ficaríamos surpresos", acrescenta Damien Douani.

Este especialista fala de uma "real extensão do campo de vício": "Existe nessa síndrome 'eu estou o tempo todo conectado', 'eu verifico meu telefone sempre', entre outros".

"Estamos em uma sociedade robótica em que devemos fazer muitas coisas ao mesmo tempo. Uma parte da população acha que, se não estiver conectada, perde alguma coisa. E, se perdemos alguma coisa, ou se não podemos responder imediatamente, desenvolvemos formas de ansiedade ou nervosismo. As pessoas têm menos paciência", segundo Phil Marso, autor em 2004 do primeiro livro escrito inteiramente em SMS.

"O smarpthone destruiu uma forma de fantasia. Tudo está disponível em uma tela e não há mais espontaneidade ou surpresa, como encontrar um restaurante sem querer. Nós estamos matando o inesperado", acredita.

DA FRANCE PRESSE, EM PARIS

_________________________________________________________________________________

Samsung vende 20 milhões de Galaxy S II   (03/03/12)

Lançado em abril de 2011, o aparelho é o primeiro da empresa a portar um processador de dois núcleos. Desde o início o aparelho chamou atenção por sua tela de 4,3 polegadas, 1 GB de memória RAM, câmera de 8 megapixels e o peso de 116 gramas.

Entretanto, o grande número de vendas não foi o suficiente para ultrapassar o iPhone 4, da Apple. Segundo a comScore, o aparelho foi o mais vendido em 2011 nos Estados Unidos e Europa.

A história do Galaxy S II sempre gerou rivalidade com a Apple. Cada lado afirmando quebra de patentes, a disputa até culminou na proibição das vendas do aparelho da Samsung na Holanda. Em outubro de 2011 as vendas do aparelho foram proibidas em território holandês, mas não afetou a comercialização em outros mercados.

Os números, entretanto, colocam o Galaxy S II na liderança entre os aparelhos com Android. Cabe agora ao aguardado Galaxy S III manter o sucesso. Suas especificações já vazaram pela web, e devem incluir um processador de quatro núcleos, mantendo a empresa alinhada com as novidades apresentadas no Mobile World Congress, em Barcalona.

Com tablets de 5 a 10 polegadas, e smartphones que vão desde o básico Galaxy Mini ao aguardado sucessor do S II, a trajetória da empresa para 2012 parece promissora. Cauã Taborda

________________________________________________________________________________

Sucessos dos Beatles começam a ser vendidos como toques de celular  na iTunes Store   (23/02/12)

Os Beatles, em 1968; cada toque de celular baseado em uma música da banda custa US$ 1,29 na iTunes Store

Quase trinta sucessos dos Beatles já estão disponíveis como ringtones de telefones celulares na iTunes Store.

Trechos de "Can't Buy Me Love", "Let It Be" ou "Love Me Do", com duração de cerca de 30 segundos, custam US$ 1,29 cada.

A iTunes Store começou a oferecer títulos dos Beatles em novembro de 2010 após negociações entre a Apple Corps, o selo criado pelos Beatles em 1968, e a EMI, seu selo discográfico.

DA FRANCE-PRESSE, EM SAN FRANCISCO

________________________________________________________________________________

Samsung lança 3 novos modelos de celulares dual-chip  (19/02/12)

A Samsung trouxe três novos modelos de celulares com suporte a dois SIM ao mesmo tempo. São os novos Galaxy Y Duos, Galaxy Ace Duos e Galaxy Y Pro Duos. Os três modelos utilizam o sistema operacional Android e já estão disponíveis em alguns países, como Índia. No Brasil, dois já foram anunciados, mas ainda não há uma data precisa.

Os novos Galaxy são voltados ao consumidor de baixo orçamento e já estão disponíveis na Índia (Foto: Divulgação)

O Galaxy Ace Duos adota as mesmas linhas do antecessor Ace. A diferença é que a nova versão do celular é capaz de funcionar com redes GSM + CDMA em standby. O novo Ace Duos usa um processador de 800 MHz e roda o Android 2.3 Gingerbread. Ele é vendido ao equivalente a R$ 560.

Já em relação ao Galaxy Y Duos e Galaxy Y Pro Duos, a grande novidade em relação aos Y e Y Pro originais é o suporte dual-chip. Entre si, os dois novos Galaxy Y apresentam poucas diferenças. O modelo Pro tem uma tela maior, de 2,6 polegadas, e teclado físico. Dentro, os modelos Y apresentam o mesmo processador do Galaxy Ace Duos, bem como câmera de 3 megapixels, câmera frontal, a interface TouchWiz, Bluetooth, Wi-Fi, Samsung Apps, Social Hub e o serviço ChatON. O sistema operacional também é Android, na versão 2.3.

Em termos de preços, os Galaxy Y Duos são mais baratos. O modelo mais simples, Galaxy Y Duos, custa o equivalente a RS$ 365, ao passo que o Galaxy Y Pro Duos pode ser encontrado a preços próximos a R$ 390.

Agora resta saber quando a Samsung os lançará no Brasil. Dois deles já foram anunciados. Mas alguém tem dúvida de que esses três modelos não fariam sucesso por aqui?

Via Sammy Hub.

________________________________________________________________________________

Samsung anuncia os modelos que rodarão o Android 4.0  (20/12/11)

A Samsung anunciou no blog oficial da empresa quais modelos de smartphones e tablets que poderão ser atualizados com a última versão do sistema operacional Android, o Ice Cream Sandwich.

Samsung Galaxy S II será um dos primeiros a receber o Android 4.0

Segundo a companhia, o Android 4.0 (Ice Cream Sandwich) será liberado para os tablets e smartphones da linha Galaxy até o final de março de 2012. Os modelos são o Galaxy II, Galaxy S II LTE, Galaxy Note, Galaxy R, Galaxy Tab 10.1, Galaxy Tab 8.9, Galaxy Tab 7.7 e Galaxy Tab 7.0 Plus. Os outros dispositivos móveis da família Galaxy poderão ser atualizados após março de 2012.

Já o smartphone Galaxy Nexus, o primeiro a receber a versão Android 4.0, foi homologado pela Anatel neste mês. O modelo está liberado para ser comercializado pela Samsung no Brasil.

O Android 4.0 Ice Cream Sandwich traz recursos de desbloqueio por reconhecimento facial, pagamentos aproximando o smartphone do terminal de caixa, novo programa de edição de imagens, interface renovada com novas funções de recurso multitarefa, além do aplicativo People para gerenciamento de contatos com redes sociais. Rafael Ferrer - info

_________________________________________________________________________________
Android 4.0 chega sem suporte ao Flash  (22/11/11)
São Paulo – O Google iniciou as vendas do seu novo smartphone Galaxy Nexus na Europa e as primeiras impressões dos usuários revelam que a empresa teve seu “momento Apple” e não liberou o suporte ao Adobe Flash Player.
Muitos usuários tentaram rodar vídeos no smartphone e não conseguiram. Além de não trazer embarcado o Flash Player, os consumidores do Galaxy Nexus também não conseguiram baixar ou instalar o plugin da Adobe por meio do Android Market.
Segundo o Google, o novo sistema operacional Android 4.0 (Ice Cream Sandwich), que é o sistema nativo do Galaxy Nexus, só receberá o suporte ao Flash quando a Adobe liberar a atualização da versão móvel do plugin para o sistema.
O problema é que no início deste mês a Adobe anunciou que não iria mais dar suporte ao desenvolvimento do Flash Player para plataformas móveis. Porém, em um comunicado, o Google confirmou que o Android 4.0 receberá um update do plugin em breve.
Além da falta do Flash, muitos usuários também reportaram um bug com o controle de volume do aparelho (veja vídeo a seguir). Os relatos afirmam que o controle do Galaxy Nexus age por vontade própria, modificando o volume ou deixando mudo sem que o usuário realize qualquer ação.
Em fóruns online os usuários acreditam se tratar de uma falha no hardware e não no sistema, o que poderia gerar um recall prematuro do Galaxy Nexus. No entanto, nem o Google e nem a Samsung comentaram a falha até o momento.

Monica Campi

________________________________________________________________________________

Samsung vende 20 milhões de Galaxy S2 em menos de 6 meses  (17/10/11)

A sul-coreana Samsung Electronics, segundo maior fabricante do mundo de telefones celulares, vendeu em menos de seis meses desde seu lançamento 20 milhões de unidades de seu smartphone Galaxy S2, informou nesta segunda-feira a companhia.

O sucesso do último modelo de sua série Galaxy, apresentado no dia 29 de abril na Coreia do Sul e pouco depois no Japão, Europa e Estados Unidos, serviu para que a Samsung se posicione como o segundo maior fabricante de smartphones do mundo, só atrás da Apple, criadora do pioneiro iPhone.

Os dados, que se referem às unidades que a Samsung enviou aos operadores de telefonia no mundo todo e não ao número de aparelhos nas mãos do público, mostram a rápida evolução do fabricante sul-coreano no rentável nicho de mercado dos smartphones.

Além disso, a Samsung disse que vendeu mais de dez milhões de unidades da primeira versão do Galaxy S, lançado no ano passado, ao mesmo tempo em que apresentará esta semana um novo telefone com a última versão do sistema Android do Google para resistir à chegada do iPhone 4S pouco antes do período natalino. EFE

_______________________________________________________________________________

Veja as novidades do Iphone 4S, da Apple  (04/10/11)

O iPhone 4S funciona em redes celulares GSM, usadas no Brasil, e também no sistema CDMA, empregado por algumas operadoras nos Estados Unidos e na Ásia. Estará disponível nas cores preta e branca, e com 16, 32 e 64 gigabytes de capacidade

São Paulo — Apresentado nesta tarde, o esperado sucessor do iPhone 4 não tem aspecto visual redesenhado, como se esperava. Isso frustrou os fãs da Apple que esperavam um iPhone totalmente novo. No entanto, mesmo sendo idêntico ao seu antecessor na aparência, o iPhone 4S traz importantes aperfeiçoamentos a bordo.

O novo modelo tem câmera de 8 megapixels capaz de filmar em resolução full HD. Seu processador mais potente permite rodar jogos com maior qualidade visual. E a Apple consertou o problema da antena que prejudica a recepção do sinal telefônico no iPhone 4. O novo iPhone 4S tem duas antenas e um circuito inteligente que aciona aquela que permite melhor recepção em cada momento.

Além disso, há várias novidades trazidas pelo novo sistema operacional iOS 5 e pelo serviço de computação em nuvem iCloud. O iPhone 4S começa a ser vendido nos Estados Unidos no dia 14 deste mês e deve chegar ao Brasil até o fim do ano. O iPhone 4 e o iPhone 3GS continuam à venda como opções de preço mais baixo.

Confira as principais novidades abaixo.

A câmera do iPhone 4S fotografa em 8 megapixels (contra 5 megapixels do iPhone 4). As filmagens podem ser feitas em resolução full HD. Além disso, há aperfeiçoamentos como um filtro de luz infravermelha que melhora o contraste e a riqueza de cores das imagens

O processador A5 usado no iPhone 4S é o mesmo do iPad 2. Com dois núcleos de processamento, ele permite exibir animações com maior qualidade visual. Isso deve reforçar ainda mais o iPhone como plataforma para jogos

Segundo a Apple, o iPhone 4S suporta até 8 horas de conversa telefônica ou 6 horas de navegação na web, via 3G, sem recarga da bateria. O mérito é do processador A5, que usa a energia de forma eficiente, aumentando a bateria do aparelho

O novo sistema operacional iOS 5 traz, ao iPhone, novidades como a central de notificações (à esquerda), a agenda de tarefas Reminders (ao centro) e integração com o Twitter, que permite tuitar de dentro dos aplicativos (à direita)

O Siri, um assistente digital que aceita comandos de voz e responde também falando, foi a novidade que mais impressionou os fãs da Apple na apresentação do iPhone 4S. Esse recurso, porém, estará disponível apenas em inglês, francês e alemão

O iOS 5 inclui também um recurso de ditado, acionado por meio de um toque num ícone em forma de microfone no teclado. Assim, é possível pronunciar as palavras em vez de digitá-las. Mas essa função também não deve funcionar em português

O iCloud, que ficará disponível para usuários de iPhone, iPad e iPod touch junto com o iOS 5, no dia 12 de outubro, traz um conjunto de serviços de armazenamento de fotos, documentos, músicas, aplicativos e mensagens na nuvem, ou seja, em servidores na internet.

________________________________________________________________________________

Smartphone Motorola Milestone 3 chega ao Brasil com preços entre R$ 1.800 e R$ 2.000  (16/08/11)

A Motorola está lançando no mercado brasileiro um dos seus smartphones mais poderosos, o Milestone 3. O aparelho conta com um teclado Qwerty em formato slide embutido. Além disso, o celular já vem com a versão 2.3 (Gingerbread) da plataforma Android para smartphones. Segundo a Motorola, o smartphone estará disponível nas lojas dentro de dez dias e o preço ficará entre R$ 1.800 e R$ 2.000.

O Milestone 3 conta com processador de dois núcleos de 1 GHz e tela de 4 polegadas sensível ao toque. O aparelho tem 13 milímetros de espessura e pesa 167 gramas. O celular tem duas câmeras: uma frontal de 1,3 megapixel para videochamadas e uma traseira de 8 megapixels capaz de fazer vídeos em HD (1080p).

Um ponto positivo é o teclado deslizante, que conta com a parte numérica completa à parte e também com um pequeno LED ao lado das teclas Shift e Alt, que avisa quando elas estão acionadas.

O celular conta com 16 GB de memória interna, expansiva até 32 GB. Outro recurso encontrado é a saída HDMI do aparelho, que permite a reprodução de conteúdos em televisores HD. O smartphone também tem conexões Bluetooth e WiFi.

O Milestone 3 vem para substituir o seu antecessor, o Milestone 2. Segundo a Motorola, a versão antiga continuará nas lojas e futuramente terá uma atualização no sistema operacional.

Outros lançamentos

Para integrar os lançamentos do terceiro trimestre, a Motorola também anunciou outros dois aparelhos com sistema operacional Android 2.3, o Gingerbread: O Spice Key e Spice XT. Os celulares chegarão até o fim do mês no mercado braseileiro.

Outros quatro feature phones (celulares básicos) também foram anunciados pela empresa: Screen Mini, Motokey XT, Motokey Mini e o WX294. Segundo a Motorola, todos os celulares estarão disponíveis até o começo de Setembro.

Motorola Xoom

No mesmo evento, os executivos da Motorola enfatizaram a queda do preço do tablet Xoom. A versão com Wi-Fi teve uma redução de R$ 1.900 para R$ 1.600, e a versão com Wi-Fi + 3G, que custava R$ 2.300, agora custa R$ 2.000.

Google e Motorola

O Google comprou nesta segunda-feira (15/08) a Motorola Mobility, parte de dispositivos móveis da Motorola, por cerca de US$ 12,5 bilhões (aproximadamente R$ 20 bilhões). É esperado que a transação se complete até o final deste ano ou até no início de 2012. (Augusto Garcia - iG)

_______________________________________________________________________________

Hello I Samsung Galaxy S pode ser atualizado para Android 2.2 Froyo (17/01/11)

Samsung Galaxy S

São Paulo – O aplicativo Samsung Kies, disponível na loja Samsung Apps, permite atualizar o smartphone Galaxy S para a versão Android 2.2 (Froyo). Para o procedimento, é necessário primeiro instalar o Samsung Kies no PC, e após isso sincronizar o smartphone com o computador.

O aplicativo irá reconhecer o aparelho e identificará que há uma atualização de firmware para ser feita. O update se inicia e finaliza automaticamente. De acordo com a Samsung, “a versão encontrada do Froyo no Kies está em fase de melhoramento do software”. Por este motivo a empresa ainda não divulgou o programa, mas os usuários que quiserem já podem baixá-lo.

_______________________________________________________________________________

Clientes reclamam que falta iPhone 4 na Claro (15/01/11)

Apple iPhone 4

São Paulo - O iPhone 4 chegou ao Brasil no dia 17 de setembro e, em apenas cinco dias, já estava em falta em algumas lojas paulistanas de Oi, Tim e Vivo. Agora parece que chegou a vez da Claro.

A operadora tem oferecido a clientes, dependendo de sua pontuação, a oportunidade de trocar os aparelhos pelo mais novo smartphone da Apple. Entretanto, a reportagem recebeu reclamações de pessoas que foram até as lojas com o pedido em mãos e ouviram que não há mais estoque.

Mesmo sem ter o aparelho, afirmam os clientes, a Claro continua a ligar e oferecê-lo.

Um atendente da loja no Morumbi Shopping chegou a afirmar que não há mais iPhones 4 disponíveis em nenhuma unidade do Brasil. O Adnews entrou em contato com a Claro, mas ainda não obteve retorno. 

________________________________________________________________________________

Android passa iOS e é a 2ª plataforma móvel mais usada nos EUA (06/01/11)

Android

São Paulo – O sistema operacional Android, do Google, passou o iOS, da Apple, e já é a segunda plataforma móvel mais utilizada por norte-americanos em smartphones. A conclusão é da consultoria comScore, que divulgou nesta quinta-feira (6) sua última estimativa de marketshare de celulares inteligentes nos Estados Unidos.

O relatório se refere a uma análise do período entre setembro e novembro de 2010 e lista as cinco principais concorrentes. A Research In Motion (RIM), proprietária do sistema BlackBerry, lidera o ranking, com 33,5% de participação de mercado. O Google vem em segundo, com 26%, seguido pela Apple, que tem 25%. A Microsoft, que investe no mercado com o lançamento recente do Windows Phone 7, detém 9%, enquanto a Palm, adquirida em abril do ano passado pela HP, tem 3,9%.

No trimestre imediatamente anterior (junho a agosto de 2010), Google e Apple tinham as posições invertidas na tabela. Entre um relatório e outro da comScore, o Android foi também o sistema operacional cuja base de usuários mais cresceu: saltou 6,4 pontos porcentuais, contra 0,8 da Apple. RIM, Microsoft e Palm perderam mercado no mesmo período.

Fabricantes

A comScore traz no mesmo relatório uma pesquisa sobre a participação de mercado das fabricantes de celulares nos Estados Unidos. Os dados se referem ao mesmo período da análise de sistemas operacionais (setembro a novembro de 2010).

O ranking traz a Samsung na liderança, com 24,5% de marketshare e um crescimento de 0,9 pontos porcentuais em relação ao trimestre anterior. LG (20,9%), Motorola (17%), RIM (8,8%) e Nokia (7,2%) completam a lista das cinco principais fabricantes. O estudo inclui usuários norte-americanos de telefonia móvel com idade superior a 13 anos. (Célio Yano) 

_______________________________________________________________________________

Android foi o mais desejado de 2010  (03/01/11)

2010 foi o ano em que Steve Jobs ficou entre os 20 mais poderosos segundo a Forbes, foi louvado por Barack Obama; e sua empresa, a Apple, passou a ser a segunda mais valiosa do mundo. Mas 2010 também foi o ano de maior crescimento do Android, o sistema operacional (OS) do Google para smartphones. Segundo dados de recente pesquisa do instituto Nielsen, dos celulares comprados em novembro de 2010, 40,8% estava equipado com Android, um aumento de 13 pontos percentuais em relação a junho do mesmo ano.

A Apple ainda mantém o seu reinado, possuindo ainda 28,6% do mercado de smartphones com seu iPhone, que teve o lançamento da sua quarta versão neste ano que passou. A novidade para a empresa de Jobs é a proximidade do Google nessa corrida e a velocidade com que ele chegou até esse estágio. O Android tem 25,8% desse mercado, uma diferença de 2,8 em relação à Apple. Esse número, em junho, era de 18,9 pontos percentuais (Apple com 33,9% e Google com 15%).

Independente da disputa, ambas trabalham para um mercado extremamente favorável, com alta tendência de crescimento e que garante, em maior ou menor intensidade, alta nas vendas para as duas. Em junho, 34% dos consumidores preferiram smartphones a um celular tradicional; número que subiu para 45% em novembro.

Na outra ponta, a situação da RIM, dona do Blackberry, acumula quedas, deixando a liderança nos dois gráficos. Se em junho a empresa canadense detinha 33,9% do mercado de OS para smartphones, em novembro ela caiu para a segunda posição, com 27,1% (queda de 6,8). No que se refere a smartphones comprados, a RIM deixa o topo para o último lugar entre os três OS, indo de 35% em junho para 19,2% em novembro (queda de 15,8)  

[Murilo Roncolato]

________________________________________________________________________________

Samsung bate meta de 10 mi de Galaxy S vendidos (03/01/11)

SÃO PAULO – A Samsung vendeu 10 milhões de unidades do seu smartphone Galaxy S desde que o aparelho chegou ao mercado em junho de 2010.

A informação foi divulgada pela empresa via e-mail para a Bloomberg.

Com isso, a fabricante consegue atingir a meta de vendas do seu celular inteligente com o sistema Android, do Google.

O resultado ajudou a Samsung a impulsionar os seus ganhos no terceiro trimestre na sua divisão de telefonia em 20%.

Recentemente, a Information Week revelou que foram vendidos dois milhões de Galaxy S na Coreia do Sul, terra natal da Samsung, superando os 1,8 milhão de unidades de iPhone 4.

Apesar dos bons números, a empresa ficou atrás da rival Apple, cujas vendas do seu iPhone alcançaram 14,1 milhões no trimestre encerrado em setembro.

O Galaxy S conta com uma tela super AMOLED de 4 polegadas, câmera de 5 megapixels que grava em 720p e Android 2.1, que deve ser atualizado para o 2.2 (conhecido como Froyo), prevista para o início deste ano.

________________________________________________________________________________

Samsung vende 3 milhões de smartphones Galaxy nos EUA (09/11/10)

(Modelo mostra o smartphone Galaxy S e o tablet Galaxy Tab (à direita), ambos fabricados pela Samsung) Nova York - A Samsung Electronics anunciou que vendeu nos Estados Unidos 3 milhões de unidades do celular inteligente Galaxy S, de um total de 7 milhões despachados ao redor do mundo desde o lançamento do aparelho no mercado norte-americano em julho. As vendas foram elevadas em todas as quatro principais operadoras celulares dos EUA que oferecem o modelo, afirmou o vice-presidente de marketing da companhia sul-coreana, Paul Golden. O aparelho é baseado no sistema operacional Android, do Google. "Estamos em uma situação na qual queríamos ter mais fornecimento", disse Golden à Reuters durante evento em que a companhia revelou um novo modelo do Galaxy S.

O executivo não comentou o nível de escassez do aparelho ou quando a situação deve melhorar, mas afirmou que o principal gargalo está na tela AMOLED da Samsung que equipa o modelo. A Samsung tem trabalhado para ampliar a produção das telas AMOLED, afirmou Golden. O analista Mark Sue, do RBC, afirmou que os números da Samsung para o aparelho são "bons", mas o sucesso do modelo enfraquece em comparação com o iPhone 4, da Apple, que vendeu mais de 3 milhões de unidades nas primeiras três semanas de lançamento. (Reuters)

**

Hello I BlackBerry perde força entre as empresas (05/11/10)

TORONTO - As ações da RIM caíam mais de 3% na manhã de hoje em função das preocupações dos investidores quanto ao enfraquecimento do domínio do BlackBerry no mercado corporativo, resultado da pressão de concorrentes. O Bank of America e o Citigroup se uniram ao crescente número de companhias financeiras que estão considerando alternativas ao BlackBerry para seus serviços de e-mail. Os bancos estão testando um software projetado para tornar o iPhone da Apple seguro o bastante para uso empresarial, informou a agência de notícias Bloomberg, citando três fontes familiares aos planos. Uma fonte do Bank of America confirmou os detalhes da reportagem. Uma porta-voz do Citi preferiu não comentar o assunto. Os smartphones BlackBerry são há muito os aparelhos preferidos dos banqueiros, políticos e executivos que precisam de acesso seguro a e-mail e Internet quando estão fora de seus escritórios.

(O BlackBerry Torch, modelo lançado pela RIM como possível rival do iPhone, foi recebido sem grande entusiasmo pelo mercado) Mas a crescente popularidade dos celulares inteligentes voltados ao consumidor, como o iPhone e os aparelhos com o sistema operacional Android, do Google, somada aos esforços de seus fabricantes para melhorar a segurança, estão colocando o domínio da RIM sobre o setor empresarial em xeque. Permitir que os funcionários tenham acesso ao e-mail do trabalho por meio de seus celulares pessoais também permite que a empresa economize o custo de fornecer um BlackBerry a cada empregado. "Se as preocupações de segurança dos departamentos de informática puderem ser resolvidas, essa troca seria vantajosa" para empregadores e funcionários, disse James Cordwell, analista da Atlantic Equities, em Londres. Em pesquisa conduzida em setembro, a Bernstein Research constatou que 83 por cento das empresas norte-americanas permitem o uso de alternativas ao BlackBerry no acesso ao e-mail da empresa. Na quinta, a fabricante de computadores Dell anunciou que substituirá os BlackBerrys de 25 mil de seus funcionários por celulares inteligentes produzidos pela companhia, que planeja avançar no setor móvel.(Reuters)

Comentar

Você precisa ser um membro de universomovie para adicionar comentários!

Entrar em universomovie

Badge

Carregando...

U/Fashion Films

models.com

Changing Faces

1098028-(1)

Kendall Jenner represents fashion's changing face on the new cover of Dazed More...

Pussy Power

choup2

Choupette strikes again! Another day another Vogue cover, this time alongside Gisele More...

Vídeos

  • Adicionar vídeo
  • Exibir todos

We are so Droeë

Marine’s Love

Publication: Vogue Russia December 2014 Model: Marine Vacth Photographer: Matteo Montanari Fashion Editor: Margherita Moro Hair: Paolo Soffiatti Make-up: Marie Duhart

fashion editorials.com

For Sale

We are actively looking to sell the domain name along with our social media pages(Facebook, Tumblr, Instagram, & Twitter). The asking price is $10,000 by check, credit card, or bit coin :D Serious inquiries please email brian@dowlingphotography.com

Smile

Edita Vilkeviciute in WSJ. Magazine December/January 2014.15 by Lachlan Bailey


Night Moves - Lithuanian beauty Edita Vilkeviciute is taken back to the 1970's with a setting of a country house and a moonlight meadow captured by Lachlan Bailey, bohemian-inspired looks of sheer silks, fringed suede and enticing embellishments are styled together by Ludivine Poiblanc with the likes Gucci, Calvin Klein, Christian Dior & Altuzarra for the December/January Holiday issue of WSJ. MagazineHair by Rudi Lewis, Make-up by Francelle Daly.



Comment / Full Post

Geral Cinema

Ridley Scott afirma que não dirigirá sequência de "Blade Runner"

Ridley Scott revelou, em entrevista publicada nesta terça-feira pela edição digital da revista "Variety", que não dirigirá a sequência de seu clássico "Blade Runner, o Caçador de Andróides" (1982), mas será o produtor do projeto....

© 2014   Criado por universomovie.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço