Ficção Científica I ‘Novo 'Jogos Vorazes' tem Jennifer Lawrence 'revolucionária' (20/11/14)

Em 'A esperança: Parte 1', Katniss pede que distritos 'juntem-se à luta'.
Reencontro de heroína com Peeta garante 125 minutos de tensão.

Letícia Mendes

Do G1, em São Paulo

Liam Hemsworth e Jennifer Lawrence em cena de 'Jogos vorazes: A esperança – Parte 1' (Foto: Divulgação)

"Jogos Vorazes: A esperança - Parte 1", que estreia nesta quarta-feira (19), é claramente um aquecimento para o grande final que só chega aos cinemas em novembro de 2015. Mesmo assim, a divisão do terceiro livro de Suzanne Collins em dois filmes não decepciona. Desta vez, a Katniss Everdeen de Jennifer Lawrence é a figura revolucionária pela qual os fãs tanto esperavam.

A primeira parte de "A esperança" começa com uma Katniss deprimida, em estado de choque, refugiada no Distrito 13 após a completa destruição do Distrito 12. Sua obsessão é saber se Peeta Mellark (Josh Hutcherson) está vivo. Enquanto a preocupação de Alma Coin (Julianne Moore), presidente do 13, e de Plutarch Heavensbee (Philip Seymour Hoffman) é reunir os sete distritos que estão em greve contra a Capital, tendo Katniss como líder.

Todos vestem uniformes militares e a atmosfera é mais sombria. Afinal, é declarada uma guerra civil em Panem. Revoltada com os ataques comandados pelo presidente Snow (Donald Sutherland), Katniss aceita ser "a face da revolução", simbolizada pelo pássaro tordo, o "mockingjay" do título original, e pede que todos "juntem-se à luta". Na TV da Capital, é revelado que Peeta sobreviveu, mas seu discurso prega o cessar-fogo e, logo, ele é considerado traidor.

O personagem de Seymour Hoffman, ator morto em fevereiro e para quem o filme é dedicado, é um dos mais importantes nessa parte da história. Ele une as peças-chave da rebelião. A tutora Effie Trinket (Elizabeth Banks) é quem dá mais leveza à trama, com falas engraçadas como "agora sou uma refugiada política", "sinto falta das minhas perucas" e "Katniss vai ser a rebelde mais bem vestida da história". Haymitch (Woody Harrelson), no entanto, tem poucas aparições, mas novos personagens ganham destaque, como Cressida (Natalie Dormer), a diretora de propaganda da rebelião.

A jornada de Katniss para salvar Peeta dos vilões da Capital é o que garante os 125 minutos de tensão do filme. Ao menos duas contagens regressivas vão acelerar os corações dos fãs, além de uma recaída da heroína com seu primeiro amor Gale Hawthorne (Liam Hemsworth).

Segundo a assessoria da Paris Filmes, "A esperança: Parte 1" entra em cartaz em 1.300 salas do país. Dados da Agência Nacional de Cinema mostram que 1,9 milhões de pessoas viram o primeiro "Jogos vorazes" em 2012, e, no ano seguinte, "Em chamas" conquistou 3,5 milhões de espectadores.

**

Ficção Científica I ‘Interestelar’, a odisseia espacial de Christopher Nolan   (02/11/14)

O diretor da trilogia ‘Batman - O Cavaleiro das Trevas’ mistura astrofísica com uma história sobre um pai e seus filhos

Mariane Morisawa, de Los Angeles

Cena do filme 'Interestelar', do diretor Christopher Nolan, com os atores Matthew McConaghey, Anna Hathaway e Jessica Chastain - Melinda Sue Gordon/Warner Bros./Divulgação

Christopher Nolan adora um segredo. Não foi diferente com Interestelar, que estreia no Brasil na próxima quinta-feira, dia 6. E dá para entender: o novo longa-metragem do diretor de A Origem e da trilogia Batman Begins, Batman - O Cavaleiro das Trevas e Batman - O Cavaleiro das Trevas Ressurge é cheio de mistérios, surpresas e reviravoltas. Numa entrevista à imprensa internacional no hotel Four Seasons, em Beverly Hills, Nolan manteve a firmeza na hora de defender sua obra dos temidos “spoilers”. Foi simpático ao se recusar a responder a uma questão sobre algo que acontece mais adiante na história. “Não vou falar. Mas, muitos meses depois da estreia, podemos ter uma conversa mais profunda sobre o assunto”, disse. Seu protagonista, Matthew McConaughey, seguiu a linha do diretor e também se esquivou a dar detalhes da trama.

Em Interestelar, McConaughey é Cooper, um engenheiro e ex-piloto da Nasa transformado em fazendeiro. Em um futuro indeterminado, a única coisa que importa é salvar a Terra da fome. O planeta foi devorado pela poeira, que chega em tempestades assustadoras.“Há uma crise na agricultura. É algo plausível, provável, que já aconteceu antes. Não é nada específico, nada que estejamos fazendo agora causa isso”, disse o cineasta. Não existe espaço para exploradores ou sonhadores. Viúvo, Cooper mora numa casa no meio de uma plantação de milho – a única cultura que ainda sobrevive no mundo – com o sogro Donald (John Lithgow) e os dois filhos, Murph (Mackenzie Foy) e Tom (Timothée Chalamet). O menino leva jeito para a fazenda, mas a garota é sonhadora como o pai, interessada nos mistérios do universo. Um dia, aparece para Cooper a oportunidade de realizar seu sonho e voltar a pilotar uma nave espacial graças a um projeto do Professor Brand (Michael Caine) de procurar no espaço possíveis “casas” para a humanidade. Anne Hathaway é Amelia Brand, filha do professor e especialista em biologia, e também parte na mesma missão. Jessica Chastain vive outra cientista.

“Duas coisas me atraíram no filme: a relação do pai com os filhos, porque tenho filhos e me identifiquei, e o sentimento de inevitabilidade de que chegará o momento em que a humanidade precisará encarar qual seu lugar no espaço. Talvez até tenhamos de deixar nosso planeta”, explicou Nolan.

Para McConaughey, foi fácil topar fazer o filme. “Era um roteiro muito maluco, bastante ambicioso, que fazia muitas perguntas para as quais não tinha resposta”, disse. “Tenho um filho muito curioso sobre as coisas do universo, pude falar com ele sobre isso”, contou, referindo-se a Levi, 6, seu primogênito com a modelo brasileira Camila Alves – o casal também tem Vida, 4, e Livingston, 1. O ator pensou muito no drama do personagem, que deixa a família para trás para perseguir seu sonho. “Cada um tem os seus adeuses”, disse. “Pode ser um tchau na hora de ir para a escola.” Por sorte, como as crianças ainda são pequenas, a família toda o acompanha quando ele vai filmar longe de casa, como em Interestelar, rodado em Los Angeles e também na Islândia e no Canadá.

O astronauta Cooper é mais uma prova de que Matthew McConaughey está no melhor momento de sua carreira – ele ganhou o Oscar e o Globo de Ouro neste ano por sua performance em Clube de Compras Dallas, de Jean-Marc Vallée, e concorreu ao Emmy por seu elogiado trabalho na série True Detective, de Nic Pizzolatto. Foi uma virada e tanto para o astro, que ficou famoso pelas comédias românticas. “Eu me afastei do trabalho, passei a recusar aquilo que não queria fazer mais. Então apaguei minha marca e virei uma boa ideia”, disse. “Agora estou menos preocupado com o resultado do que com a experiência que posso ter em cada filme.”

Ousadia Interestelar não nasceu como um projeto de Christopher Nolan. Jonathan Nolan, autor de O Grande Truque, Batman - O Cavaleiro das Trevas e Batman - O Cavaleiro das Trevas Ressurge em parceria com o irmão Christopher, tinha sido contratado para escrever o roteiro de um filme baseado nas teorias do físico Kip Thorne para Steven Spielberg. Thorne acredita que os “buracos de minhoca”, atalhos hipotéticos através do espaço e do tempo, permitiriam viagens entre partes diversas do universo ou mesmo entre universos diferentes.

“Kip Thorne me ajudou por vários anos. Em dado momento, até consegui entender a teoria da relatividade”, disse Jonathan Nolan, em tom de brincadeira. Quando Steven Spielberg desistiu de Interestelar para fazer outros filmes, Christopher Nolan, que acompanhava os passos do irmão, ofereceu-se para dirigir o trabalho. Mas não sem antes realizar mudanças no roteiro.

Nolan disse que tentou limitar seu conhecimento das teorias ao básico para não atrapalhar a história. “Minha esperança é a de que as pessoas gostem do filme como entretenimento. Nós sempre trabalhamos para que haja clareza de sentimentos”, disse. “Se alguém se interessar em saber mais sobre as teorias, ótimo. Sempre digo que gosto que meus filmes tenham vários níveis de compreensão.” O longa-metragem trata de alguns de seus temas favoritos, como o tempo e a memória.

Diretor bem-sucedido, com uma bilheteria média de 200 milhões de dólares por filme, Christopher Nolan pode fazer o que bem entende. A escolha de Matthew McConaughey pode parecer tacada de mestre hoje, mas foi recebida com reticência na época em que foi feita, bem antes da atual onda de sucesso do astro. O cineasta filma tudo em película e resiste bravamente a render-se às câmeras digitais adotadas por quase todos. Em vez de usar os estúdios com telas verdes e depois substitui-las por efeitos digitais, ele prefere construir engenhocas verdadeiras – a nave espacial, por exemplo, chegou a ser transportada até a Islândia para determinadas cenas. Interestelar, com certeza, é seu trabalho mais ambicioso e, se for um sucesso, vai lhe dar ainda mais cacife. [Veja]

**

Ficção Científica I O Destino de Júpiter | Veja o novo trailer do filme dos irmãos Wachowski   (25/09/14)

Longa estrelado por Mila Kunis e Channing Tatum chega aos cinemas em fevereiro de 2015

André Zuliani

O Destino de Júpiter (Jupiter Ascending), novo filme dos irmãos Wachowski estrelado por Mila Kunis e Channing Tatum, ganhou um novo trailer e cartaz. Veja abaixo:

A trama envolve mulher pobre (Kunis) que descobre ter uma assinatura genética perfeita, o que a torna uma ameaça para o equilíbrio do cosmos. Também estão no elenco Sean Bean, Eddie Redmayne, Douglas Booth, Tuppence Middleton, Doona Bae, James D'Arcy e Tim Pigott-Smith.

O Destino de Júpiter  tem estreia marcada no Brasil para 5 de fevereiro de 2015.

**

Ficção Científica I McConaughey é astronauta na ficção científica 'Interestelar'; veja novo trailer   (01/08/14)

A Warner Bros. divulgou nesta sexta-feira (1º) um novo trailer legendado de "Interestelar", ficção científica do diretor Christopher Nolan, da trilogia "Batman" e "A origem".

Com Matthew McConaughey, Anne Hathaway, Jessica Chastain e Michael Caine, o longa estreia dia 6 de novembro no Brasil.

McConaughey vive o astronauta Cooper, que precisa deixar sua família para se unir a um grupo de exploradores em uma viagem espacial.

Segundo a sinopse oficial, eles fazem uso de um buraco negro recém-descoberto para superar limitações e conquistar grandes distâncias relacionadas a uma viagem interestelar.

**

Ficção Científica I Interstellar | Veja o trailer completo da ficção científica de Christopher Nolan  (16/05/14)

Interstellar, o novo filme de Christopher Nolan, ganhou o seu primeiro trailer completo:

A trama narra as aventuras de um grupo de exploradores que usam um "buraco-de-minhoca" no espaço para superar as limitações das viagens espaciais humanas e conquistar vastas distâncias em viagens interestelares. Christopher Nolan reescreveu o roteiro de Jonathan Nolan  (irmão e parceiro do diretor em Amnésia, nos dois últimos filmes de Batman e em O Grande Truque), baseado nas teorias científicas desenvolvidas por Kip Thorne, físico do Instituto de Tecnologia da Califórnia especialista em Teoria da Relatividade.

No elenco estão Matthew McConaugheyAnne HathawayJessica ChastainBill Irwin,John LithgowCasey AffleckDavid GyasiWes BentleyMackenzie FoyTimothée ChalametTopher GraceDavid OyelowoEllen BurstynMichael Caine.

A equipe conta com o diretor de fotografia Hoyte van Hoytema (O Espião que Sabia Demais), o diretor de arte Nathan Crowley (trilogia Batman), a figurinista Mary Zophres (Caça aos Gângsteres), o montador Lee Smith (trilogia Batman, Elysium), o compositor Hans Zimmer(trilogia Batman) e o supervisor de efeitos especiais Paul Franklin (A Origem, trilogia Batman).

Nolan produz Interstellar ao lado de Emma ThomasLinda Obst. O físico Kip Thorne será consultor do filme e assina a produção-executiva com Jake MyersJordan Goldberg.ParamountWarner Bros. dividem os custos e os direitos de distribuição do longa. A estreia acontece em 6 de novembro, com lançamento no formato IMAX. [Natália Bridi]

**

Ficção Científica I Guardiões da Galáxia | Novo teaser revela cenas inéditas - veja   (16/05/14)

Thiago Romariz

Guardiões da Galáxia ganhará um novo trailer na segunda-feira (19). Enquanto isso, um teaser foi mostrado e já contém cenas inéditas - confira:

Na trama de Guardiões da Galáxia, o piloto americano Peter Quill (Chris Pratt) se vê alvo de uma caçada quando ele rouba um objeto desejado pelo alien da raça kree Ronan, o Acusador (Lee Pace), o que termina juntando o humano com um grupo de renegados alienígenas, os Guardiões da Galáxia. Os Guardiões ainda terão Rocket Raccoon (Bradley Cooper), Groot (Vin Diesel), Drax - O Destruidor (Dave Bautista), além de Gamora.

James Gunn dirige Guardiões da Galáxia, que chega aos cinemas em 1º de agosto no Brasil.

**

Ficção Científica  I  Christopher Nolan cita Star Wars e 2001: Uma Odisseia no Espaço como influências para o filme Interstellar    (27/03/14)

Durante a CinemaCon, Christopher Nolan participou de um encontro com jornalistas para falar de Interstellar. Sem dar detalhes sobre a trama, o diretor revelou suas motivações para fazer o longa e falou sobre os aspectos técnicos da ficção científica.

Citando Star Wars e 2001: Uma Odisseia no Espaço, Nolan disse que a ideia é fazer um filme que agrade famílias e cinéfilos: "Cresci em uma época que foi basicamente a Era de Ouro do Blockbuster, quando um 'filme para a família' tinha uma base ampla e um apelo universal e era algo que eu queria rever. Algo que realmente nos via como o que éramos como pessoas, para onde iríamos, algo que tentava abordar a experiência humana...Para mim [Interstellar] é sobre voltar aos filmes com que eu cresci, que me levaram a lugares que eu nem podia imaginar".

O diretor também revelou ter usado uma abordagem parecida com a de Alfonso Cuarón em Gravidade para criar um ambiente mais realista para o elenco nas cenas espaciais. No exterior dos sets de naves, Nolan posicionou monitores com o ambiente criado pela equipe de efeitos visuais para que os atores pudessem ver o que acontecia fora da nave no momento da cena. Essa abordagem permitiu, segundo o cineasta, que o filme fosse rodado "como um documentário".

Além das cenas em IMAX, o filme promete criar uma experiência evolvente usando o som e não o 3D: "Filmamos boa parte do filme em IMAX, mais do que em qualquer outro filme. Teremos belas tomadas em IMAX em trechos importantes. E estamos realmente elevando ao máximo todos os recursos técnicos existentes, principalmente na mixagem de som. Temos planos ambiciosos sobre como vamos maximizar o potencial do som já existente nos cinemas...usando o equipamento que já está lá, você não precisará comprar nada novo. O que realmente estamos tentando fazer é dar ao público uma experiência melhor, uma experiência imersiva. Entramos em contato com os donos de cinema para realmente levar isso da melhor maneira possível para o público. Como dizem por aí, o projecionista é quem tem o corte final. Realmente acho que a forma como esse filme será apresentado será mais importante do que em qualquer outro filme que já fiz. Para tanto, será preciso criar uma parceria entre estúdios e cinemas", declarou.

Interstellar narra as aventuras de um grupo de exploradores que usam um "buraco-de-minhoca" no espaço para superar as limitações das viagens espaciais humanas e conquistar vastas distâncias em viagens interestelares. Christopher Nolan reescreveu o roteiro de Jonathan Nolan(irmão e parceiro do diretor em Amnésia, nos dois últimos filmes de Batman e em O Grande Truque), baseado nas teorias científicas desenvolvidas por Kip Thorne, físico do Instituto de Tecnologia da Califórnia especialista em Teoria da Relatividade.

No elenco estão Matthew McConaugheyAnne HathawayJessica ChastainBill Irwin,John LithgowCasey AffleckDavid GyasiWes BentleyMackenzie FoyTimothée ChalametTopher GraceDavid OyelowoEllen BurstynMichael Caine.

A equipe conta com o diretor de fotografia Hoyte van Hoytema (O Espião que Sabia Demais), o diretor de arte Nathan Crowley (trilogia Batman), a figurinista Mary Zophres (Caça aos Gângsteres), o montador Lee Smith (trilogia Batman, Elysium), o compositor Hans Zimmer(trilogia Batman) e o supervisor de efeitos especiais Paul Franklin (A Origem, trilogia Batman).

Nolan produz Interstellar ao lado de Emma ThomasLinda Obst. O físico Kip Thorne será consultor do filme e assina a produção-executiva com Jake MyersJordan Goldberg. ParamountWarner Bros. dividem os custos e os direitos de distribuição do longa. A estreia acontece em 6 de novembro de 2014, com lançamento no formato IMAX. Será um dos últimos lançamentos da Paramount Pictures em película. [Natália Bridi]

**

Ficção Científica  I  Matrix | Irmãos Wachowski podem criar nova trilogia    (01/03/14)

Os irmãos Lana e Andy Wachowski podem estar escrevendo uma nova trilogia Matrix. Segundo o Latino Review, os criadores da franquia já estaria sujeitando potenciais ideias para a Warner Bros.

Uma dessas ideias envolveria o surgimento da Matrix, mas por enquanto ainda    não há nada definido em relação à premissa; sabe-se apenas que as tramas paralelas - como as animações de Matrix - não serão levadas em consideração.

Depois do fim da trilogia, os Wachowski dirigiram dois filmes para a Warner, sem o mesmo sucesso: Speed Racer e A Viagem. O próximo, O Destino de Júpiter, chega aos cinemas em 7 de agosto.

**

Ficção Científica  I  O Destino de Júpiter | Filme dos irmãos Wachowski ganha novo trailer     (01/03/14)

O Destino de Júpiter (Jupiter Ascending), filme dos irmãos Wachowski estrelado por Mila Kunis e Channing Tatum, ganhou um novo trailer, editado para o mercado japonês:

A trama do novo filme dos Wachowski envolve uma mulher pobre (Kunis) que descobre ter uma assinatura genética perfeita, o que a torna uma ameaça para o equilíbrio do cosmos. Também estão no elenco Sean Bean, Eddie RedmayneDouglas BoothTuppence MiddletonDoona BaeJames D'ArcyTim Pigott-Smith.

O Destino de Júpiter tem estreia marcada para 25 de julho nos EUA e 7 de agosto no Brasil. [Natália Bridi]

**

Ficção Científica  I  Riddick 3 pode ter uma continuação   (28/01/14)

Riddick 3 pode ter uma continuação. Em seu Facebook, o ator Vin Diesel diz que a Universal está interessada em produzir mais um longa da franquia.

"A Universal acabou de me ligar para avisar que Riddick 3 está na liderança do ranking de DVDs [mais vendidos]", disse o ator. "Isso é uma vitória para todos nós    e eu quero agradecer muito a vocês. Estou empolgado e, claro, a Universal  também diz que quer desenvolver um próximo filme."

Riddick 3 custou cerca de US$ 38 milhões e já arrecadou US$ 98 milhões no mundo todo. O filme estreou no Brasil em outubro.

**

Ficção Científica  I  Planeta dos Macacos - O Confronto | Assista ao trailer da continuação   (18/12/13)

Planeta dos Macacos - O Confronto (Dawn of the Planet of the Apes), a sequência de Planeta dos Macacos - A Origem, ganhou o seu primeiro trailer, legendado em português. A prévia é igual à que foi divulgada durante a Comic-Con 2013:

Ambientado alguns anos depois do longa anterior, o filme acompanha César, líder da nação cada vez mais crescente de macacos geneticamente evoluídos, e um grupo de humanos sobreviventes da devastação virótica. Embora macacos e humanos tenham estabelecido uma trégua, ela não vai durar para sempre.

Gary Oldman vive o líder dos sobreviventes com Jason ClarkeJudy Greer vive a chimpanzé Cornelia por computação gráfica e Andy Serkis retorna para emprestar seus movimentos a César. Keri RussellKodi Smit-McPhee, Toby KebbellEnrique Murciano também estão no elenco.

O roteirista Mark Bomback (Duro de Matar 4.0) trabalhou em cima da última versão do texto, de Rick JaffaAmanda Silver (roteiristas do filme anterior), que por sua vez revisaram o script de Scott Z. Burns (Contágio). Matt Reeves (Cloverfield) dirige.

O lançamento de Planeta dos Macacos - O Confronto  está marcado para 25 de julho no Brasil. [Natália Bridi]

**

Ficção Científica  I  Interstellar | Veja o primeiro teaser trailer legendado do novo filme de Christopher Nolan    (14/12/13)

Interstellar, o novo filme de Christopher Nolan, ganhou seu primeiro teaser - confira:

A trama narra as aventuras de um grupo de exploradores que usam um "buraco-de-minhoca" no espaço para superar as limitações das viagens espaciais humanas e conquistar vastas distâncias em viagens interestelares. Christopher Nolan reescreveu o roteiro de Jonathan Nolan  (irmão e parceiro do diretor em Amnésia, nos dois últimos filmes de Batman e em O Grande Truque), baseado nas teorias científicas desenvolvidas por Kip Thorne, físico do Instituto de Tecnologia da Califórnia especialista em Teoria da Relatividade.

No elenco estão Matthew McConaugheyAnne HathawayJessica ChastainBill Irwin,John LithgowCasey AffleckDavid GyasiWes BentleyMackenzie FoyTimothée ChalametTopher GraceDavid OyelowoEllen BurstynMichael Caine.

A equipe conta com o diretor de fotografia Hoyte van Hoytema (O Espião que Sabia Demais), o diretor de arte Nathan Crowley (trilogia Batman), a figurinista Mary Zophres (Caça aos Gângsteres), o montador Lee Smith (trilogia Batman, Elysium), o compositor Hans Zimmer(trilogia Batman) e o supervisor de efeitos especiais Paul Franklin (A Origem, trilogia Batman).

Nolan produz Interstellar ao lado de Emma ThomasLinda Obst. O físico Kip Thorne será consultor do filme e assina a produção-executiva com Jake MyersJordan Goldberg.ParamountWarner Bros. dividem os custos e os direitos de distribuição do longa. A estreia acontece em 7 de novembro de 2014, com lançamento no formato IMAX.

**

Ficção Científica  I  Veja o novo trailer do remake de Robocop, dirigido por José Padilha   (07/11/13)

A responsabilidade é grande, ainda mais por conta da legião de fãs do filme original, praticamente um clássico do final dos anos 80. No entanto, o diretor brasileiro José Padilha – responsável por dois dos maiores sucessos do cinema nacional pós-retomada, Tropa de Elite e Tropa de Elite 2 – Agora o Inimigo é Outro – tem tudo para sair com o passaporte bem carimbado de Hollywood com o seu remake de RoboCop.

Isso é o que dá para perceber pelo novo trailer, que traz mais detalhes da nova versão, programada para estrear nos cinemas no ano que vem. Há mais detalhes da nova armadura do policial do futuro, papel de Joel Kinnaman (conhecido pela série The Killing). E também um vislumbre das cenas trepidantes de ação, uma marca registrada do cineasta.
No entanto, o grande destaque é realmente a atualização do enredo – a discussão ética se máquinas ou robôs devem ser usadas para controlar a criminalidade dentro das fronteiras dos EUA, nas ruas das grandes cidades, como servem de apoio em conflitos bélicos – se você acha muita viagem o que é mostrado no trailer de RoboCop: A Origem, não se esqueça dos drones, ok? Sabemos mais das participações dos astros Samuel l. Jackson, Gary Oldman e Michael Keaton também.
Assista ao novo trailer de RoboCop: A Origem:

**

Ficção Científica  I  Passengers | Rachel McAdams vai estrelar o sci-fi espacial com Keanu Reeves   (27/10/13)

A atriz Rachel McAdams está em negociações para estrelar Passengers ao lado de Keanu Reeves, de acordo com o Deadline. Ela pegará o papel que tinha sido oferecido antes a Reese Witherspoon.

Na trama, uma nave transporta milhares de passageiros para uma colônia distante. Uma falha em uma das câmaras de sono faz com que um dos passageiros (Reeves) acorde 90 anos antes do que os outros. Sob a perspectiva de envelhecer e morrer sozinho, ele decide acordar outro passageiro, transformando a ficção científica em uma improvável história de amor. McAdams faria a passageira despertada.

Jon Spaihts (Prometheus) assina o roteiro e Brian Kirk, que já dirigiu episódios de Game of Thrones e Boardwalk Empire, comanda o filme.

As filmagens de Passengers acontecem no início de 2014.

**

Ficção Científica  I  "Star Trek - Além da Escuridão" investe em ação na luta contra terrorismo   (13/06/13)

Em "Star Trek - Além da Escuridão", a jovem tripulação da Enterprise, liderada pelo capitão Kirk (Chris Pine), vai correr sérios riscos ao perseguir um terrorista de outro planeta que ameaça destruir a vida na Terra.

Movido por um espírito de vingança (seus motivos serão conhecidos na metade do filme), Khan (Benedict Cumberbatch) arma um plano eficiente para afastar Kirk da Terra para poder neutralizar sua espaçonave e colocar em prática seu projeto revanchista. O filme circula também na versão 3D.

Novos personagens foram criados pelo diretor J.J. Abraham (do seriado "Lost", e do anterior "Star Trek", de 2009), como a bela Carol (Alice Eve), filha do almirante Marcus (Peter Weller, de "Robocop"), a quem Kirk terá que se reportar.

Ela se incorpora à tripulação com a missão de encontrar Khan. A bordo, um arsenal bélico é despachado especialmente para a tarefa e sua origem continuará misteriosa durante boa parte do filme.

Como sempre, as atenções estão centradas em Kirk e Spock (Zachary Quinto). Quinto parece realmente uma versão jovem do carismático Leonard Nimoy (que faz uma aparição rápida), mas seu personagem passou por uma renovação tamanha que agora é até capaz de lutar como um ninja vulcano.

Também é pouco convincente seu romance com Uhura (Zoe Saldana), responsável pelas comunicações da nave. E Kirk é o jovem impulsivo que age mais sob a influência dos hormônios do que da razão. No final ele dará provas de seu espírito de sacrifício.

Talvez o melhor do segundo filme com a tripulação rejuvenescida seja o vilão Khan, que não tem nada de caricato. Ele é movido por sentimentos que, nos dias de hoje, seriam perfeitamente entendidos e até curtidos nas redes sociais, mesmo sem serem louváveis.

Em um momento, para defender sua causa, ele chega a se unir a Kirk, que aparenta ingenuidade, deixando o espectador com a pulga atrás da orelha: será que ele é mesmo confiável? Esse caráter dúbio, tão comum em vilões e heróis, é bem explorado pelo ator britânico.

Repleto de cenas de ação e perseguições espaciais, o filme visa os fãs da saga, iniciada nos anos 1960 no seriado televisivo que até hoje é reprisado. Mas, comparado ao espírito da série original - que chegou a inspirar versões cinematográficas com a tripulação já madura -, o novo filme pode decepcionar aos saudosistas.

A banalização no uso do 3D não acrescenta nenhuma novidade às cenas de luta, quando a técnica poderia ser utilizada para valorizar as imagens espaciais, que sempre exerceram grande fascínio sobre adultos e crianças.

Reuters 

**

Ficção Científica  I Diretor J.J. Abrams de novo "Jornada nas Estrelas" busca públicos mais amplos   (13/05/13)

O diretor J.J. Abrams espera persuadir o grande público cinematográfico a "audaciosamente ir aonde nenhum homem jamais esteve" e a assistir ao novo capítulo de "Jornada nas Estrelas", uma franquia habitualmente reservada aos fãs mais convictos de ficção científicos.

O homem por trás das séries de televisão "Alias" e "Lost" declarou à Reuters que teve dúvidas inicialmente quando a Paramount Pictures, da Viacom, propôs-lhe ficar a cargo da saga cinematográfica, cujas versões de 1998 e 2002 não conseguiram atrair o público.

Mas então começou a analisar como fazer um filme "Jornada nas Estrelas" que atrairia uma audiência mais ampla, esquecendo seu legado e centrando-se no drama.

Sua primeira tentativa de "reiniciar" a epopeia com "Jornada nas Estrelas" de 2009 foi um grande êxito, embora os analistas tenham se mostrado decepcionados com o faturamento do filme no exterior, de cerca de 130 milhões de dólares.

Agora ele espera avançar mais com a sequência em 3D "Jornada das Estrelas: Além da Escuridão", o décimo segundo da saga, que estreou em 9 de maio no Reino Unido e estreará em 17 de maio nos Estados Unidos e em julho na Espanha.

"A ideia era fazer um filme que funciona em seus próprios termos... Este filme não pretende ser só para poucos. É muito mais para o público geral e não apenas para fãs de Jornada nas Estrelas", disse Abrams, com seus característicos óculos de armação preta.

A trama trata das emoções do grupo e dos dilemas morais, resultando em "uma aventura de ação... um pouco mais visceral e emocionante", disse.  Reuters

**

Ficção Científica  I Na ficção científica "Oblivion", Tom Cruise é sobrevivente em mundo destruído    (12/04/13)

Uma vez que as ficções científicas pós-apocalípticas partem de um mesmo princípio, é no conteúdo que elas se diferenciam e se resolvem. "Oblivion", novo filme com Tom Cruise, prima pelo visual, mas não sabe direito onde e como quer chegar.

A trama, assinada pelo diretor Joseph Kosinski por outros dois roteiristas, coloca o astro como um dos poucos sobreviventes de uma Terra devastada depois de uma guerra contra alienígenas.

"Ganhamos a guerra, mas destruímos o planeta", diz Jack (Cruise) mais de uma vez. Como fazem todos os diretores/roteiristas incapazes de explicar a trama e o cenário por meio da ação ou diálogos, Kosinski se vale de longas narrações, que padecem de excesso de informação e, no fundo, mais atrapalham do que ajudam.

Jack é um técnico que conserta os drones, esferas mortíferas programadas para detectar e exterminar extraterrestres e terráqueos perigosos.

Identificado como "número 49", Jack vive numa casa futurista, numa plataforma no meio do nada, com sua mulher Vica (Andrea Riseborough). Logo alguns detalhes começam a desestabilizar a eficiência da dupla, que se reporta diariamente aos seus superiores através de uma tela. Num momento que remete ao clássico "Fahenreit 451", o técnico pega para si um livro nas ruínas de uma biblioteca destruída.

Mais tarde, quando encontra humanos dentro de receptáculos, depois da queda de uma aeronave, ele resolve salvar a única sobrevivente, Julia (Olga Kurylenko). Leva-a para casa, e não conta nada para os seus superiores - apesar do ciúme de sua mulher.

Se em alguns momentos "Oblivion" faz lembrar uma espécie de versão menos fofa da animação "Wall-e", em outros, também lembra "Planeta dos Macacos". Mas Kosinski, cujo currículo inclui "Tron, O Legado", não é diretor de muita especulação, e sim de correrias, tiros e explosões.

A subtrama dos rebeldes - liderados por Morgan Freeman - e da pirâmide invertida que flutua no céu - uma nova esperança, uma nova moradia, uma espécie de deus - não parece muito bem resolvida no longa.

Como de costume, tudo se encaixa no sentido de fazer Cruise triunfar como herói, também no sentido romântico, ainda que o enredo, nesse aspecto, mostre-se um tanto pueril.

Em tempo: o título original do longa, "Oblivion", traduz-se como "Esquecimento" - talvez o melhor motivo para a empresa distribuidora no Brasil não o traduzir tenha a ver com a tentativa de impedir piadas prontas. Reuters

**

Ficção Científica  I Avatar | Novos filmes terão captura de movimento debaixo d'água    (07/04/13)

Quando diz que as sequências de Avatar se passarão parcialmente em mundos submersos, James Cameron não está brincando. Segundo o produtor Jon Landau, o cineasta pretende até levar a tecnologia de captura de movimentos para debaixo d'água.

Durante o evento NAB Technology Summit on Cinema neste domingo, Landau    comentou: "Depois do final de Avatar  nós mantivemos uma equipe de artistas digitais trabalhando em testes de captura de movimento submarina. Nós podemos simular água em computação gráfica, mas não conseguimos simular a experiência do ator, por isso vamos fazer o processo de captura dentro de um tanque".

"Queremos tomar vantagem da tecnologia que as pessoas estão aprimorando por aí, para tornar os dois próximos filmes mais emocionantes e visualmente arrebatadores, e então finalizar o arco dramático de nossos dois protagonistas", finaliza Landau, provavelmente em referência aos personagens de Sam Worthington e Zoë Saldana.

Os oceanos são uma fixação de Cameron. Além de mergulhar em expedições - como aquela que desceu até o ponto mais fundo do planeta  - o diretor já desenvolveu tecnologias de computação gráfica para emular os mares, em O Segredo do Abismo (1989) e Titanic (1997).

Cameron mora na Nova Zelândia enquanto prepara a pré-produção de Avatar 23. Atualmente o diretor não confirma se seguirá a previsão de filmar ainda em 2013. Os longas serão produzidos simultaneamente.  MH

**

Ficção Científica  I  Veja o novo trailer de After Earth, ficção científica com Will e Jaden Smith   (08/03/13)

Pai e filho se unem novamente em mais uma superprodução para as telonas. After Earth (Depois da Terra, em português), do diretor M. Night Shyamalan, que traz os atores Jaden e Will Smith como dois sobreviventes em uma Terra pós-apocalíptica acaba de ganhar novo pôster e trailer.

No cartaz do filme, a legenda diz "O perigo é real. O medo é uma escolha". O longa estreia dia 7 de junho no Brasil e tem no elenco Zoe Kravitz, Sophie Okonedo e Isabelle Fuhrman. Confira o trailer abaixo:

 
**

Ficção Científica  I  "Ele está sendo um porco", brinca William Shatner, o eterno capitão Kirk de Star Trek, sobre J.J. Abrams em Star Wars   (12/02/13)

William Shatner  brinca sobre a escolha de J.J. Abrams  como diretor de Star Wars: Episode VII.

Em entrevista ao Movie Fanatic, o eterno James Kirk de Star Trek, diz: "Ele está sendo um porco. (...) Ele é provavelmente o diretor mais talentoso que tivemos, mas acho que ele foi longe demais dessa vez. Penso nele como um amigo, já o levei para comer sushi, e acho que é hora de eu e J.J. comermos outro sushi e conversar sério sobre ele ter duas das maiores franquias sci-fi e não me empregar em nenhuma", brincou.

Shatner atualmente divulga seu trabalho na animação Escape From Planet Earth. Confira o vídeo da entrevista:

**

Ficção Científica I Veja Tom Cruise correndo com traje robótico na primeira imagem de All You Need Is Kill     (09/11/12)

All You Need Is Kill, ficção científica estrelada por Tom Cruise e Emily Blunt que Doug Liman (A Identidade Bourne, Sr. e Sra. Smith) dirige, ganhou sua primeira imagem. Veja Cruise correndo com um traje robótico:

O filme é baseado no livro ilustrado de ficção científica escrito por Hiroshi Sakurazaka, que tem influência dos mangás e animes. Na trama, a Terra foi sitiada por uma raça alienígena e Bill Cage (Cruise), um recruta inexperiente, morre em combate. O contato direto com o alienígena o deixa preso no tempo, condenado a reviver o mesmo dia repetidamente - até que percebe uma melhora em sua habilidade como guerreiro, o que pode ser a chave para mudar o desfecho do dia.

Bill Paxton faz o chefe de Cruise no longa. All You Need is Kill chegará aos cinemas em 14 de março de 2014. Natália Bridi

**

Ficção Científica I Liv Tyler e Patrick Wilson vão estrelar Space Station 76, comédia dramática sci-fi    (27/10/12)

Liv Tyler e Patrick Wilson, que trabalharam juntos em A Tentação, estão no elenco de Space Station 76, comédia dramática sci-fi escrita e dirigida por Jack Plotnick. As informações são do Hollywood Reporter.

Descrita como uma visão no futuro na década de 70, a trama segue o dia a dia de uma estação espacial. Wilson faz o capitão da nave, um homem amargo e com tendências suicidas, Tyler vive sua assistente e Matt Bomer (Magic Mike) faz um técnico em robótica que é casado com uma mulher manipuladora (Marisa Coughlan). Jerry O’Connell, Kali Rocha e Kylie Rogers também estão no filme.

O filme já está em fase de pós-produção e deve estrear no circuito de festivais em 2013. Natália Bridi

**

Ficção Científica I Cloud Atlas | Assista aos novos comerciais de TV de A Viagem    (06/10/12)

A Viagem (Cloud Atlas), adaptação ao cinema do romance de David Mitchell que os irmãos Andy e Lana Wachowski  dirigem com o alemão Tom Tykwer (Corra, Lola, Corra, Trama Internacional), ganhou um novo comercial de TV e novas imagens:

Comercial #4


Comercial #3

Comercial #2

[22/10] A prévia de meio minuto aposta nas cenas futuristas e no volume de informações. Se piscar já foi:

A trama segue seis histórias que vão e voltam no tempo, com personagens que    se cruzam, desde o século 19 até um futuro pós-apocalíptico, cada um deles narrador de sua história, de um simples viajante no Oceano Pacífico em 1850 a um jornalista durante o governo de Ronald Reagan na Califórnia.

No elenco estão Tom Hanks, Halle Berry, Hugh Grant, Susan Sarandon, Jim Broadbent, Hugo Weaving, Jim Sturgess, Ben Whishaw,  Keith David, David Gyasi, Zhou Xun e Doona Bae.

Tykwer e os Wachowski não trabalharam juntos no set; a filmagem, que começou em setembro, foi dividida em duas equipes, com o alemão dirigindo as cenas de época e os irmãos cuidando do futuro de ficção científica. Tykwer adaptou o roteiro com supervisão dos Wachowski.

A Viagem sai pela Imagem Filmes em 28 de dezembro no Brasil.

____________________________________________________________________________

Prometheus: Critica, fotos, entrevistas, clipes, trailers…  (15/06/12)

Este é o filme mais aguardado do ano dentre todos os blockbusters da temporada, superando mesmo os que ainda faltam estrear, o último Batman e o novo Homem Aranha (que as pessoas olham com desconfiança achando que é cedo demais para uma refilmagem). Aqui é o contrário, há anos que os fãs de Alien, o Oitavo Passageiro (1979), estão aguardando o retorno do diretor Ridley Scott a franquia já que os filmes posteriores foram realizados por outros diretores (ainda que gente boa como James Cameron, David Fincher, Jeunet no último em 97) conservando-se apenas a presença da protagonista feminina mais viril do cinema, a Tenente Ripley de Sigourney Weaver (a Fox quase acabou com a franquia cometendo aquela estupidez que foi Alien vs Predador I (04) e II (2007). Ou seja, tudo por dinheiro, mesmo com o risco de desmoralizar e liquidar a franquia).

Também é preciso levar em conta que o diretor Ridley Scott teve seu auge no começo da carreira, quando encadeou suas três obras-primas (Alien, 79, Blade Runner, 82 e Thelma e Louise, 91). Desde então a produtora – que tem com o irmão e filhos – Scott Free, seja muito bem-sucedida, até de séries de TV como The Good Wife, nunca mais fez um grande trabalho, gastando tempo com filmes medianos em geral com Russell Crowe. Entre eles, Robin Hood (10), Rede de Mentiras (08), O Gângster (07), Um Bom Ano (06) e o que gerou tudo isso e que no final das contas em retrospecto não era tão bom assim, O Gladiador (2000). Os sem Crowe foram ainda piores: Cruzada (05), o esquecido Os Vigaristas (03), o confuso Falcão Negro em Perigo (01) e o dispensável Hannibal (01).

Reparando bem não é uma carreira tão bem-sucedida assim o que fazia temer que os bons tempos já tivessem passado e Ridley não tivesse fôlego para acertar de novo.

Felizmente este é o melhor filme de Ridley Scott desde seu apogeu. Tem uma excepcional direção de arte (parece que ele chamou novamente o designer H. R. Giger, que havia criado o inesquecível desenho do Alien “Xenomorpho” que ajudou a criar os aliens deste filme). Tem excelentes efeitos especiais, uma direção segura, suspense permanente, um ótimo elenco (depois entramos em detalhes) embora seu coração balance entre satisfazer as duas expectativas: a de fazer um filme mais profundo e mais sério do que a média do gênero e sem decepcionar os fãs jovens da série que esperam sangue, violência e monstros (e não vão se decepcionar).

E ainda por cima mantendo a fama de saber criar personagens femininos heróicos, com uma herdeira de Ripley, no caso, Elizabeth Shaw, feita pela sueca Noomi Rapace – famosa como a criadora do personagem de Millenium, versão original, a punk Lisbeth Salander e que pelo jeito será novamente a protagonista nas continuações que deverão vir por aí).

Se o filme não decepciona, ao contrário, mantém o clima, o suspense e por vezes impressiona (ele foi bem de bilheteria na estreia, com US$ 51 milhões de renda, embora tenha perdido para Madagascar 3) é preciso prevenir que ele tem uma segunda leitura que nem sempre é acessível. Na verdade, quem o seguir com mais cuidado vai se perder um pouco em sua mitologia, que atualmente está sendo alvo de debates nos sites americanos.

O fato é que é difícil seguir os nomes que ainda não decoramos e entender todos os meandros de uma trama complexa que lida com nada menos do que a criação do ser humano, sem ter nada a ver com a Origem das Espécies de Darwin como, aliás, um diálogo faz questão de citar). Ou seja, a primeira leitura é a de um filme de terror. Mas por trás está, não tão escondida assim, um viagem bem mais complexa, com referências muito claras a Nietzche, da busca da origem da humanidade (voltamos abaixo ao assunto).

Segundo as entrevistas, o filme foi concebido como um prólogo ao Oitavo Passageiro, mas depois foi sendo modificado e conservando sempre Noomi Rapace (que já estava contratada como um dos cinco protagonistas). Ou seja, o filme acontece no mesmo universo que Alien, mas não seria um prólogo assumido! O título não é à toa, faz referência direta a mitologia grega, onde Prometeu era o humano que roubou o fogo dos Deuses e por isso foi condenado ao sacrifício eterno. É a história da criação, dos deuses e do homem que os enfrentou.

Assim houve momentos em que Scott se inspirou no velho livro Eram os Deuses Astronautas?, de Erich von Daniken, afirmou ele: “Tanto a NASA quanto o Vaticano concordam que é quase matematicamente impossível que estejamos no atual estágio de ciência sem uma ajuda no meio do caminho. Dos engenheiros vindos do espaço. Será que os aliens eram uma forma de guerra biológica que poderiam limpar o planeta?, conclui. Inclusive por causa disso, em maio de 2012, Guilhermo del Toro declarou que seu projeto de At the Mountains of Madness foi cancelado porque era parecido demais com sua visão da novela de H. P. Lovecraft chegando a ter cenas quase idênticas.

Especialmente marcante e bonita é a sequência inicial, chamada de O Príncipio dos Tempos que foi toda rodada na paisagem gélida e fotogênica da Islândia. Assim como é muito forte a escolha do elenco. O que deixa a gente um pouco confusa é que Ridley escolheu para um dos papéis centrais o Charlie Holloway, o ator Logan Marshall – Green que é extremamente parecido com um astro do momento, o britânico Tom Hardy (a ponto de ter causado problemas na imprensa americana que foi forçada a diferenciá-los. Hardy está em Batman como o vilão e este Logan é mais esguio, mais magro, americano, não marcou em filmes como Across the Universe e Atraídos pelo Crime, nem a série de TV Dark Blue. De qualquer forma, é uma coisa que incomoda).

Por outro lado, a fita traz outro grande trabalho do ator alemão Michael Fassbender de Shame, que aqui interpreta uma figura central (com gestual e comportamento adequado ao papel), a do robô ou andróide (na falta de melhor nome) chamado David, que se inspira no ator Peter O´Toole (procurando ficar fisicamente parecido com ele, inclusive como o anjo de A Bíblia e com uma citação literal do filme Lawrence da Arábia, de David Lean, de quem vemos um trecho.

Há também frases que parecem ser do filme que David diz (por outro lado ele é saudado a bordo por uma voz igualzinha do Hal 9000, de 2001). Certamente numa segunda visão outras referencias serão encontradas).David também guarda segredos e desobedece ordens tornando-se assim a grande figura do filme. (Para preparar para o papel além de ver O´Toole, Michael Fassbender assistiu Blade Runner, O Homem que Caiu na Terra, O Criado. Também estudou os movimentos da campeão de saltoGred Louganis).

Outra figura marcante ainda que secundária é a sempre bela e marcante Charlize Theron, que foi instruída por Scott a ficar nos cantos e se mover com movimentos que acentuassem sua personalidade distante e enigmática. Por outro lado, há uma razão porque ele escolheu um ator relativamente jovem (44 anos) como Guy Pearce para fazer o milionário que patrocina o projeto. Acontece que houve uma campanha inovadora viral para promover o filme com diversos vídeos mostrando o mundo no futuro próximo do filme. O primeiro foi uma falsa (fake) conversa com esse personagem de Peter Weyland (ou seja, Guy Pierce), datado de 2028. Depois duas versões diferentes de uma promoção comercial do androide David 8 (Fassbander).

Foi Ridley Scott e Damon Lindelof que planejaram isso e foram dirigidos pelo filho do diretor, Luke Scott. Quem tiver paciência e checar os letreiros do filme verá um logotipo dessa fictícia Weyland Corporation. Com a frase “Construir mundos melhores desde 11. De outubro de 2012” e também um endereço para o “corporate timeline” da Weyland Industrie. É como se fosse um novo “Easter Egg” como tinha antigamente nos DVDs.

Os entendidos irão encontrar lá mais referências a obra do filosofo alemão Freidrich Nietzsche, em particular de Assim Falou Zaratrusta. De quem Weyland faz citação: “Eu sou lei apenas para minha espécie, nao sou uma lei para todos”. Isso parece relacionado com a intenção de encontrar a vida e juventude eterna.

Está evidente que estou certo em insistir de que o filme precisa ser visto uma segunda vez não apenas para saborear melhor certos detalhes técnicos (ele foi rodado no processo de 3D, mas sem procurar o efeito fácil mas aproveitando os melhoramentos introduzidos por Avatar) para tentar responder algumas questões que não ficam resolvidas. Ao menos à primeira vista.

De qualquer forma, até o final esperado mas ainda de impacto, Prometheus está longe de ser apenas uma banal e satisfatória aventura de terror. Rubens Ewald Filho

Prometheus (Idem). EUA, 012. Direção de Ridley Scott. 124 min. Scott Free/Fox. Com Charlize Theron, Guy Pearce, Michael Fassbender, Noomi Rapace, Logan Marshall –Green, Idris Elba, Sean Harris, Rafis Spall, Patrick Wilson.

**

Ficção Científica I Emily Blunt vai atuar com Tom Cruise na ficção científica All You Need Is Kill   (16/04/12)

Doug Liman adapta ao cinema o livro ilustrado de ficção científica escrito por Hiroshi Sakurazaka

All You Need Is Kill, ficção científica estrelada por Tom Cruise que Doug Liman (A Identidade Bourne, Sr. e Sra. Smith) dirigirá, acaba de encontrar a sua protagonista: Emily Blunt (Os Agentes do Destino).

O filme é baseado no livro ilustrado de ficção científica escrito por Hiroshi    Sakurazaka, que tem influência dos mangás e animes. Na história, a Terra foi sitiada por uma raça alienígena e Keiji Kiriya, um recruta inexperiente, morre em combate. No entanto, inexplicavelmente, ele acorda no dia anterior, antes da batalha, e fica preso no tempo, condenado a reviver o mesmo dia repetidamente - até que percebe uma melhora em sua habilidade como guerreiro, o que pode ser a chave para mudar o desfecho do dia.

Cruise interpreta o soldado em eterno retorno, e Blunt será uma companheira de combate.

O livro, inédito no Brasil, nos Estados Unidos é publicado pela VIZ Media, cujo diretor de produção, Jason Hoffs, será um dos produtores do filme. MH

**

Ficção Científica I Lock-Out | Assista aos cinco primeiros minutos   (08/04/12)

Lock-Out, ficção científica escrita e produzida por Luc Besson, está divulgando seus clipes. Assista abaixo:

No clipe abaixo, Guy Pearce enfrenta uma briga "sem gravidade". Assista:

Na história, Guy Pearce (A Estrada, Guerra ao Terror) vive um homem condenado injustamente por espionagem e conspiração contra os Estados Unidos. Ele recebe uma oferta  de liberdade, caso consiga resgatar a filha do presidente (Maggie Grace, que trabalhou com Besson em Busca Implacável) de uma prisão no espaço que foi dominada pelos presos. A prisão abrigava os 500 criminosos mais perigosos do mundo, que dormiam sob o efeito de uma sofisticada tecnologia.

A direção é da dupla James Mather e Stephen St. Leger. O filme tem estreia marcada 20 de abril nos EUA e 27 de abril no Brasil.  Natália Bridi

**

Ficção Científica I Veja o mundo no ano 2144 no filme 'Cloud Atlas' dos irmãos Wachowski  (27/12/11)

A adaptação ao cinema do romance Cloud Atlas, de David Mitchell, que os irmãos Andy e Lana Wachowski dirigem com o alemão Tom Tykwer (Corra, Lola, Corra, Trama Internacional), ganhou interessantes novas imagens.

São duas artes conceituais que mostram a paisagem de Seul, na Coreia  do Sul, em 2144, além de uma imagem da atriz Doona Bae no papel da clone Sonmi-451. Veja abaixo.

Tykwer e os Wachowski não trabalharam juntos no set; a filmagem, que começou em setembro, foi dividida em duas equipes, com o alemão dirigindo as cenas de época e os irmãos cuidando do futuro de ficção científica. Tykwer adaptou o roteiro com supervisão dos Wachowski.

Tom Hanks, Halle Berry, Hugh Grant, Susan Sarandon, Jim Broadbent, Hugo Weaving, Jim Sturgess, Ben Whishaw, Keith DavidDavid Gyasi, Zhou Xun e Doona Bae estão no elenco, interpretando várias personagens em diversas épocas da história, em seis segmentos ao longo dos séculos.

A Warner Bros. vai distribuir Cloud Atlas na América    do Norte enquanto a X Filme alemã financia a produção, que deve custar pouco abaixo dos US$ 100 milhões. No Brasil, o longa sai pela Imagem Filmes em 26 de outubro. MF

**

Ficção Científica I A Hora da Escuridão | Filme da invasão elétrica alienígena tem novo trailer  (07/12/11)

A Hora da Escuridão (The Darkest Hour) ganhou um novo trailer. O curto vídeo tem apenas um minuto, com efeitos visuais de todos os tipos:

O filme, produzido por Timur Bekmambetov (O Procurado, Guardiões da Noite) e estrelado por Emile Hirsch, segue um grupo de jovens tentando sobreviver na Rússia depois de uma invasão alienígena à Terra, que desintegra corpos humanos e suga energia. Chris Gorak (Toque de Recolher) dirige o longa. Ele é egresso de departamentos de direção de arte e trabalhou em filmes como Clube da Luta e Minority Report.

A Hora da Escuridão estreia em 30 de dezembro por aqui, uma semana após o lançamento nos EUA.

**

Ficção Científica I John Carter | Filme precisa gerar US$ 700 milhões para a Disney, segundo revista New Yorker  (12/10/11)

Um artigo na revista New Yorker afirma que John Carter, a adaptação para as telas de A Princesa de Marte (John Carter of Mars), precisa gerar nada menos que US$ 700 milhões  em bilheteria mundial se quiser dar lucro e gerar continuações. O valor colocaria o filme entre as 50 maiores bilheterias de todos os tempos, ao lado de Homem de Ferro e Transformers.

A Walt Disney Pictures precisa de tal montante considerando o altíssimo orçamento, US$ 250 milhões, e os maciços investimentos em marketing que serão necessários para vender a história, conhecida apenas por fãs de ficção científica e do autor Edgar Rice Burroughs (1875-1950, o criador de Tarzan).

A aposta é arriscada, considerando que o filme não têm nomes de peso como protagonistas (os mais conhecidos serão alienígenas e emprestarão apenas suas vozes ao filme). Pesa a favor do filme, porém, o fato de que a produção da Disney é o primeiro filme em live-action, com elementos de computação gráfica, na carreira do diretor Andrew Stanton (Wall-E), veterano das animações da Pixar, e também o tema, bastante próximo ao do sucesso arrebatador Avatar.

De qualquer maneira, com apenas dois vídeos até aqui e poucas imagens, é hora da Disney começar a aumentar a expectativa pela produção, já que a estreia está marcada para 9 de março de 2012. Faltam menos de cinco meses...

Na trama, John Carter (Taylor Kitsch) é um veterano de guerra abduzido e transportado até Marte, onde vira prisioneiro de bárbaros verdes e precisa libertar a princesa Dejah Thoris (Lynn Collins) da tirania local. Bryan Cranston, Willem    Dafoe, James Purefoy, Mark Strong, Ciarán Hinds, Samantha Morton, Dominic West, Polly Walker e Thomas Haden Church também estão no elenco.

Comentar

Você precisa ser um membro de universomovie para adicionar comentários!

Entrar em universomovie

Badge

Carregando...

U/Fashion Films

models.com

Twinsies

Eliza

The new issue of Twin features a sophisticated editorial mix led by an all-star talent roster More...

Natural Wonder

141004_VogueAustralia_070_085

Will Davidson shoots Lindsey Wixson in Resort's key looks amidst a backdrop of corn husks and clear skies. More...

Vídeos

  • Adicionar vídeo
  • Exibir todos

We are so Droeë

Natural High

Publication: Vogue US December 2014 Model: Karlie Kloss Photographer: Patrick Demarchelier Fashion Editor: Phyllis Posnick Hair: Julien D’ys Make-up: Dick Page

fashion editorials.com

For Sale

We are actively looking to sell the domain name along with our social media pages(Facebook, Tumblr, Instagram, & Twitter). The asking price is $10,000 by check, credit card, or bit coin :D Serious inquiries please email brian@dowlingphotography.com

Smile

Karlis Adlers & Laurie Harding in Hero #12 by Guy Aroch


For the twelfth issue of Hero magazine, male models; Karlis Adlers & Laurie Harding are dressed through out in spring/summer pieces by Dries Van Noten, styled together by Gro Curtis as the models pose in a laid-back manner in subdued imagery by Guy Aroch, with grooming by Lisa-Raquel.


Comment / Full Post

Geral Cinema

Apartamento de Lauren Bacall é posto à venda por US$ 26 mi em Nova York

O luxuoso apartamento do século XIX com vista para o Central Park, onde a estrela de Hollywood Lauren Bacall viveu por mais de 50 anos, está à venda por 26 milhões de dólares....

© 2014   Criado por universomovie.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço