FFTV News I Adriana Degreas inventa biquínis que enganam mamãe, papai, namorado… (19/03/13)

Se depender da Adriana Degreas, ousadia não vai faltar no verão 2014. Novos biquínis engana-mamãe vêm aí para apimentar o esconde-esconde. Cobrir o bumbum é coisa do passado. Modelos com perfume vintage vão invadir as areias com recortes profundos. E coloca profundo nisso!

Se sobrava confiança para desfilar hot pants, agora vai faltar. Enquanto a modelagem comportada cobre a parte da frente, são tiras finas e formatos inusitados que descobrem a parte de trás. Para não fazer feio a dica é se jogar na academia. E aí, vai arriscar? Confira as fotos abaixo para se inspirar!

Com elementos dos anos 1970, a Cavalera trocou as locações inusitadas - como o Minhocão ou um ferro-velho das edições passadas - e levou à Bienal um desfile divertido, com direito à performance dançante dos modelos, que entraram na passarela em casais.

A moda urbana da marca aparece em peças feitas de patchwork de denim reaproveitado, em muita camisaria - com destaque para as peças de duas cores -, saias com babados e fendas, vestidos, calças de cintura alta e boca larga e plataformas nos pés. As estampas incluem motivos psicodélicos e ópticos, flower power, cores vibrantes, animal print, besouros e ídolos da música, como Mick Jagger.

__________________________________________________________________________________

FFTV News  I  Obsessão por sapatos é tema de nova exposição no FIT, em NY    (03/02/13)

Por que as mulheres são tão atraídas por sapatos? Uma nova exposição no FIT, em Nova York, explora exatamente esta relação, através da análise de mais de 150 sapatos criados na última década e a influência de celebridades e programas de TV, como Sex And The City, na popularização de determinados modelos.

Alguns dos sapatos que estarão na expo Shoes Obsession (em sentido horário): sandália do inverno 2011 de Pierre Hardy (acima à esquerda), escarpin com tachinhas by Christian Louboutin, modelo com aplicação de cabelo de Masaya Kushino, com salto de 45 cm by Noritaka Tatehana e o divertido escarpin de Nicholas Kirkwood x Keith Haring (Foto: Reprodução)


 Com curadora de Valerie Steele (autora do livro Shoes: A Lexicon of Style), Colleen Hill e Fred Dennis, a mostra batizada de Shoe Obsession, reunirá modelos icônicos de designers estabelecidos, como os escarpins de Christian Louboutin, o sapato-foguete da Prada e os com detalhes em penas de Roger Vivier, ao lado de criações de novos talentos, incluindo os grafitados de Nicholas Kirkwood e o Kiss Me Dolores, de Charlotte Olympia. Criações do brasileiro Alexandre Birman também estarão entre os itens, junto com os de designers experimentais, como os sapatos com cabelo humano de Masaya Kushino e o modelo com salto de 45cm de Noritaka Tatehana.

Programa imperdível para as shoes maniacs na Big Apple, a expo entra em cartaz no próximo dia 08.02 e se estende até 13.04.

Escarpin com penas de Roger Vivier, sandália de píton by Alexandre Birman, anabela metalizada de Andreia Chaves e a sandália Aperlaï (Alessandra Lanvin) (Foto: Reprodução)

___________________________________________________________________________________

Vivienne Westwood cria vestidos para celebrar Jubileu de Diamante da Rainha Elizabeth   (23/04/12)

A estilista Vivienne Westwood no final de seu desfile mais recente, em Paris

Vivienne Westwood, comumente chamada de rainha do punk, fará parte das comemorações Jubileu de Diamante da Rainha Elizabeth 2ª, que será celebrado em junho. A estilista inglesa prepara uma coleção cápsula de vestidos como parte das comemorações que acontecem desde o início do ano no país. 

Modelos da coleção criada em homenagem ao Jubileu de Diamante da Rainha Elizabeth

Entre as peças, vestidos de comprimento nos joelhos e longos ganham drapeados e camadas volumosas, como costuma-se encontrar nas coleções de Vivienne, mas surgem em tons mais sutis como cinza, marinho e branco e também com modelos metalizados, como o vestido prateado usado pela atriz Amy Adams em uma after party do Oscar no início do ano.

Um destaque: o vestido longo com a estampa Union Jack de aparência desgastada, em uma das referências espertas que a estilista costuma levar para seus desenhos.

As peças estarão disponíveis nas lojas de Vivienne Westwood a partir de maio e serão acompanhados por uma pequena coleção de brincos inspirados nas peças clássicas e delicadas usadas pela Rainha Elizabeth.  Vogue

Fotos: Reprodução

__________________________________________________________________________________

Designer inglês Bill Gaytten fica na grife John Galliano   (12/04/12)

Estão todos falando do novo diretor criativo da Christian Dior, o talentoso Raf Simons, mas não podemos esquecer o primoroso trabalho que o inglês Bill Gaytten desenvolveu para a maison francesa, desde a demissão de John Galliano.
Gaytten é um verdadeiro artesão de muito talento, onde trabalhou por muitos anos ao lado de Galliano, sendo de fato seu braço direito.

Top brasileira Martha Streck no look book da Christian Dior.

Quando assumiu a direção criativa da Dior, Gaytten não era um nome reconhecido no mundo da moda e muitos acreditavam que ele não estaria pronto o suficiente para assumir o comando de uma marca poderosa como a Dior. De fato, sua primeira coleção concebida foi um tanto confusa, mas não afugentou Gaytten de se adaptar ao novo cargo, onde aprendeu rapidamente e suas coleções para a maison francesa foram bem recebidas pelos críticos.

Gaytten pode não ter a coragem e o talento dramático de Galliano, mas conseguiu imprimir emoção em suas criações, criando roupas incríveis, sem perder a essência da casa francesa, fazendo até mesmo as vendas da maison crescerem consideravelmente no último ano. Tal fato, fez com que muitos se perguntassem sobre uma possível permanência do inglês no comando da grife. Já Bill, parecia querer de fato permanecer como diretor criativo, trabalhando sobre uma pressão absurda e ainda rendendo lucros para Bernard Arnault, que comanda o grupo LVMH.
Com a chegada de Raf Simons, nada foi dito sobre o futuro de Gaytten, soando um tanto estranho. Mas o designer continua como o diretor criativo da grife Jonh Galliano. HoM

___________________________________________________________________________________

 Impossible Conversations: expo de Elsa Schiaparelli e Miuccia Prada ganha livro   (02/04/12)

Boa notícia: a aguardada expo de Elsa Schiaparelli e Miuccia Prada, que entra em cartaz em maio no MET, vai ganhar um livro – nos moldes do bem-sucedido Savage Beauty, livro resultado da mostra sobre Alexander McQueen, sucesso de público do Costume Institute no ano passado. Schiaparelli & Prada: Impossible Conversations (mesmo título da mostra) traz fotos, frases e textos que propõem o diálogo entre as duas criadoras.

Dentro do livro, um caderninho entre as páginas simula uma imaginária conversa entre as duas estilistas, ambas italianas, mas de diferentes épocas – Schiaparelli nasceu em 1890 e morreu em 1973, enquanto Miuccia nasceu em 1949.

As primeiras imagens do livro, que chega às prateleiras em maio, acabam de cair na rede. A mostra, que abre para o público no dia 10.05, logo após o concorrido baile de gala do MET, já ganhou um pequeno preview durante a semana de moda de Milão, em fevereiro, no Palazzo Reale, quando o curador Andrew Bolto reuniu sete looks de cada estilista para um pequeno teaser (veja abaixo).

Acima, os originais da década de 30 de Elsa Schiaparelli e, abaixo, os looks de Miuccia Prada que foram mostrados no preview da exposição em Milão. Vogue

Fotos: Reprodução

__________________________________________________________________________________

Direto de Paris: tons primários em alta nas ruas da capital francesa  (04/03/12)

Por Paula Rita Saady, em Paris / Fotos Daniela Fetzner e Paula Rita Saady - ffw

Tons de branco peas ruas de Paris

O blanc d’hiver (branco de inverno) pegou até a diretora da “Vogue” francesa, Emmanuele Alt, que estava de branco na primeira fila do desfile de Sônia Rykiel, na última sexta (02.03). A marca acabou de ser vendida para o grupo coreano Fung Brands e causou polêmica entre os fashionistas por ser uma das últimas empresas familiares francesas. “Eu levei a marca o mais longe que pude, mas chegou o momento em que precisávamos de investidores” disse Nathalie Rykiel em entrevista recente. A octogenária Sonia também estava na platéia assistindo a coleção de April Crichton, que passou sem grandes novidades e no melhor de estilo ladylike.

Fotógrafas com (muito) estilo

Enquanto isso no jardim de Tuileries, a turma da moda desfilava seus melhores looks. Em muitas ocasiões, a fotógrafa está mais bem vestida do que a fotografada.

Giovana Battaglia e seu casaco com foco na cintura

Casacos que marcam a cintura destacam a silhueta feminina, como o da stylist Giovanna Battaglia. Bolsas quadradas, estolas e casacos de peles dão um toque 70’s a qualquer look. E não dá para esquecer das saias longas. Aqui em Paris elas aprecem em versão urbana sem restrições, usadas com botas de cano baixo ou salto.

Saias midi e longas são hits no inverno europeu

Mais uma versão de saia comprida

O azul intenso, que foi muito falado na feira Première Vision como a aposta para o verão 2013, já está nas ruas e moderniza visuais mais neutros através de echarpes, jaquetas, sapatos e bolsas. O desfile da Comme des Garçons também apostou nesse tom.

Casaco de pelo azul, em ótima combinação com preto

Bolas azuis

Acessórios que fazem a diferença

Hanneli Mustaparta vai de jeans

O vermelho e o amarelo vêm em segundo lugar, como no look de Leigh Lezard, que roubou a cena, e o terno amarelo canário. “Nos dias de inverno não tem muita luz e cores fortes levantam qualquer um, até a pele parece melhor “ diz a blogueira Hanneli Mustaparta. Conclusão: preto, branco, ou peças chave em tons primários são investimentos certos para o inverno.

Vermelho para iluminar o dia cinza

Charlotte Dellal: sapatinho amarelo de sua marca, Charlotte Olympia
_________________________________________________________________________________

Empresária Eliana Tranchesi, símbolo da Daslu, morre em São Paulo aos 56 anos  (24/02/12)

Facebook e Twitter amanheceram sob a tristeza da notícia da morte da empresária Eliana Tranchesi, que faleceu na madrugada desta sexta-feira (24.02), aos 55 anos, em decorrência do câncer de pulmão que a acometia há 5 anos.

Ex-dona da Daslu, Eliana comandou a empresa fundada por sua mãe, Lucia Piva, durante muitos anos. Deu grande impulso à butique por meio da importação de artigos de luxo, numa época em que as grandes marcas internacionais esnobavam o país e seus consumidores terceiro-mundistas. A Daslu tornou-se um símbolo de status nacionalmente reconhecido, referência para o mercado, a moda e o high society. As “dasluzetes”, vendedoras da loja, eram de fato as primeiras “it girls” de uma pauliceia que ainda se descobria cosmopolita. Quando o Brasil entrava na moda e São Paulo ganhava ares de capital econômica da América Latina, a Daslu era invariavelmente citada pela imprensa internacional como prova da pujança econômica do país.

Quando a loja ganhou dimensões nababescas com a abertura de sua antiga sede, um prédio neoclássico às margens do Rio Pinheiros, Eliana tornou-se alvo. Denúncias de sonegação fiscal culminaram numa comentada prisão, em julho de 2005. Mais de um ano depois, a empresária passou por uma cirurgia para a retirada de um tumor. A doença e os problemas com a justiça a tiraram dos holofotes, mas Eliana seguia à frente dos negócios. Depois de uma nova prisão, em 2009, Eliana vendeu a Daslu para o Fundo Laep, do empresário Marcus Elias, que assumiu uma dívida de estimados R$500 milhões.

Eliana deixa três filhos, Bernardino, Luciana e Marcela, filhos do médico Bernardino Tranchesi. O velório acontece no horpital Albert Einstein, até as 14h desta sexta-feira. O enterro será no cemitério do Morumbi.

Abaixo, o comunicado oficial divulgado pela Daslu:

“É com imensa tristeza que a Daslu comunica o falecimento de Eliana Tranchesi, na noite desta sexta-feira (24/2/12), no Hospital Albert Einstein em São Paulo. Com sua personalidade marcante, Eliana esteve a frente de seu tempo, conduziu a Daslu por muitos anos de sua vida com profissionalismo, espírito pioneiro e paixão acima de tudo.

Transformou o pequeno espaço de algumas casas reunidas na Vila Nova Conceição, da loja criada por sua mãe Lucia Piva de Albuquerque e Lourdes Aranha, na maior referência do mercado de luxo no Brasil, o que hoje é a Daslu. Criou o “estilo Daslu”, a identidade tão forte desta marca que se preserva ao longo dos seus 54 anos de atividades; exclusividade, seleção única de produto e atendimento.

Eliana deixou a todos os colaboradores da Daslu um legado de dedicação absoluta e de profissionalismo e, ao longo destes anos, treinou e preparou aos gestores, que, desde já tempo estão dando continuidade ao seu trabalho.

Recentemente, teve um papel fundamental, que cumpriu com excelência, que foi o da transição para a nova gestão da marca Daslu.

Eliana lutava contra um câncer de pulmão desde 2006, com a cabeça erguida, muita força e perseverança. Deixa três filhos e saudades eternas naqueles que tiveram o privilégio de conviver com ela. Hoje, todas as lojas da Daslu (São Paulo – Shopping Cidade Jardim e Rio de Janeiro – Fashion Mall) estarão fechadas. A marca continuará o seu trabalho daqui em diante, sempre movidos pela lembrança de sua garra e seus sonhos. Descanse em paz”.

___________________________________________________________________________________
Conheça a estilista polonesa Joanna Przetakiewicz, a protegida de Karl Lagerfeld   (20/02/12)
 
Já conhece a nova queridinha de Karl Lagerfeld? Desta vez, não se trata do novo rosto da Chanel, mas sim de uma estilista polonesa ainda pouco conhecida. Joanna Przetakiewicz e sua marca La Mania chamaram sua atenção do kaiser, que não costuma apadrinhar novos estilistas.
Karl Lagerfeld com Joanna Przetakiewicz (à esq.), e looks da estilista (à dir.)

“Conheci Karl por meio de amigos comuns alguns anos atrás e nós tivemos uma química instantânea”, contou Joanna à Vogue Britânica. “Eu simplesmente fiquei apaixonada por ele. Karl tem dado um imenso apoio ao meu trabalho e me influenciado muito. Ele é como um verdadeiro padrinho para mim.”

A estilista criou a La Mania, que tem duas lojas na Polônia, há apenas 18 meses. Na última quinta-feira (16.02), Joanna lançou a marca fora do País, com festa em Londres.

Com foco em looks para noite, as criações da estilista tem pegada minimal e cortes estruturados — o couro está entre seus materiais preferidos. Com o empurrão de Lagerfeld, a lista de clientes de Joanna, que já conta com Paris Hilton, a top Anja Rubik e Fiona Swarowski, promete crescer.  Vogue

_________________________________________________________________________________
O boato virou notícia: Topshop abre primeira loja brasileira em abril  no Shopping JK Iguatemi, em São Paulo  (18/02/12)
Topshop abre loja no Brasil ©Reprodução

A marca britânica de fast fashion Topshop concretizou o sonho das milhares de fãs brasileiras e revelou finalmente que abrirá a sua primeira loja em abril no Shopping JK Iguatemi, em São Paulo. O ponto, primeiro dos três que a grife abrirá durante o próximo ano em território nacional, terá mil metros quadrados de espaço e contará com as suas principais linhas: Boutique, a linha fashion da marca; Dress Up, uma linha de roupas de festa; Make Up, só de maquiagem; e Petit, linha especial para as mais baixinhas.

A Topshop promete chegar exatamente com a mesma coleção que está em Londres, inclusive com as peças da sua mais recente parceria, com a designer grega Mary Katrantzou.

Dois dos looks de Mary Katrantzou para a Topshop ©Reprodução

Os preços vão ser um pouco mais altos do que na sua versão original e podem variar entre os R$ 900 por um vestido bordado e os R$ 200 por uma blusa estampada.

A marca, que é a única fast fashion que desfila na semana de moda londrina, é um case de sucesso do grupo Arcadia, gigante de varejo do Reino Unido adquirido em 2002 pelo visionário Philip Green: surgiu como a irmã caçula e cafona de uma outra marca maior e hoje é dos nomes mais cobiçados por fashionistas de todo o mundo. O segredo? Talvez a famosa combinação dos três “B’s”: Bom, Bonito e Barato — fórmula que define todas as redes de fast fashion, mas que com a Topshop ganha o seu real significado.

Depois do seu crescimento, a marca abriu a sua linha masculina, a Topman, e construiu todo um universo a sua volta. Apadrinhou novos talentos com o seu patrocínio ao projeto New Generation, de apoio a novos estilistas da semana de moda de Londres, firmou parcerias de sucesso, como a que teve com a top Kate Moss, que durou três anos e esgotava em três segundos, e criou desejo ao vestir nomes populares do cenário fashion, como Alexa Chung e Olivia Palermo.

A vitrine do lançamento de uma das coleções de Kate Moss para a Topshop onde a modelo (de vestido vermelho) aparece como manequim ©Reprodução

O resto “faz-se sozinho”. As mais de 400 lojas espalhadas pelo mundo veem filas formadas de madrugada sempre que lançam uma coleção especial ou parceria e vendem o que têm nas araras como se fosse água. Resta esperar para ver como será a reação do público brasileiro. Andreia Tavares - ffw

_______________________________________________________________________________
Blogueira Carla Lemos  percorre SPFW em busca dos hits do inverno  (22/01/12)
 
Carla Lemos, 26, tem passado um pouco de frio em pleno verão paulistano. Sorte a dela. O tempo chuvoso da capital paulista e o ar condicionado gelado da Bienal do Ibirapuera ajudaram a blogueira carioca a encarar a missão proposta pela Folha: circular pela SPFW em busca de looks que traduzissem as tendências das passarelas para o próximo inverno.

"Parece fácil, mas não é", brinca a criadora do blog Modices enquanto passa os olhos pela multidão que desfila pelas rampas, escadas e saguões do prédio. "Aquela ali, aquela ali!"

Há cinco anos no ramo dos blogs (o Modices nasceu em maio de 2007), Carla começou a lançar um olhar mais profissional para a moda em uma comunidade do Orkut. Ali, ela e algumas amigas discutiam o conteúdo das publicações especializadas. "A moda que a gente via nas revistas era muito conceitual, muito fashionista, então tentávamos adaptar aquilo para nossa realidade", lembra. "A gente queria moda da vida real".

Naquela época, fez um curso de produção e styling, o que despertou nela uma vontade de extravasar e compartilhar tudo o que estava aprendendo. "As marcas acessíveis não estavam nas revistas e minhas amigas gostavam do jeito que eu me vestia". Foi a deixa perfeita para começar a blogar. Hoje, a produção de moda lhe garante o pão de cada dia.

Veja abaixo o resultado do corre-corre atrás dos hits de inverno, com comentários da própria Carla Lemos.

Alexandre Rezende/Folhapress
Juliana Santos, 34, na SPFW
Juliana Santos, 34, na SPFW

ÉTNICO
Na foto: Juliana Santos, 34
A renda é uma tendência que está aí há um tempão e deve continuar em alta. Nesse look, ela vem com outras duas tendências do inverno: as franjas e o corte no estilo poncho. As franjas dão esse ar mais étnico, super rico. A calça flare, conhecida como boca de sino, também será hit na estação fria. E a bolsa de palha dá um quê de verão nesse tempo feio de São Paulo.

Alexandre Rezende/Folhapress
Nati Vozza, 27, na SPFW
Nati Vozza, 27, na SPFW

CONJUNTINHO
Na foto: Nati Vozza, 27
A mistura de texturas discretas é o mais legal desse visual: o short de couro dourado faz conjuntinho com o casaquinho de lã também dourada (no Rio, conjuntinho é o que há). Por dentro, ela optou por uma camisa de crepe georgette. A tiracolo, a bolsinha vermelha dá o toque final. Aliás, acessórios vermelhos estão em alta no street style.

Alexandre Rezende/Folhapress
Camila Leite, 26, na SPFW
Camila Leite, 26, na SPFW

ESPORTIVO CHIQUE
Na foto: Camila Leite, 26
Versátil, o esportivo chique segue em alta. Aqui, reforça a tendência do metalizado: na costura da camiseta, no tênis. O casaquinho sem gola é tendência. Um look sequinho, sem erro.

Alexandre Rezende/Folhapress
Victoria Ceridono, 25, na SPFW
Victoria Ceridono, 25, na SPFW

PRINCESISMO
Na foto: Victoria Ceridono, 25
O "princesismo" veio mesmo para ficar. Esse vestido, da coleção de verão do Alexandre Herchcovitch, é prova disso. Os tons são pasteis, e ele tem uma atitude mais moderna, você vê que ele tem um rock'n'roll. Para combinar sem erro, acessórios e calçados nude. Tenho percebido muito essa coisa da realeza nos desfiles. Acho que o casamento de Kate Middleton com o príncipe William fez todo mundo voltar a sonhar com contos de fadas.

Alexandre Rezende/Folhapress
Thássia Naves, 22, na SPFW
Thássia Naves, 22, na SPFW

A COBRA E O AMARELO
Na foto: Thássia Naves, 22
Esse amarelo é o tom do inverno, e aparece nas duas peças: a blusa de seda, que até as marcas mais despojadas estão aderindo, com a calça sequinha de alfaiataria. A estampa da camisa é tiro certo: é a vez da cobra tirar o reinado da onça. A bolsa azul na mesma saturação dá um contraste, sem pesar. O colar faz a diferença no resultado no final.

Alexandre Rezende/Folhapress
Juliana Tozzi, 26, na SPFW
Juliana Tozzi, 26, na SPFW

ANOS 50 E 60
Na foto: Juliana Tozzi, 26
A nova estrela das campanhas da Chanel é uma modelo de cabelo curtinho. Não precisa dizer mais nada, né? A blusa com manguinha bufante, abotoada no pulso, dá um charme diferente. A estampa de poá bem pequenininho da camisa combina com a trama da bolsa, também pequenininha. É uma forma interessante de misturar estampas discretamente.

________________________________________________________________________________
Ensaio de moda: da praia para os palcos em clima noir e muito glamour   (07/01/12)
Inspirados no universo da dança e com toda sensualidade do underwear, levamos a moda banho para os salões de baile em clima noir e muito glamour (criativa)
 

Fotos: Cassia Tabatini | Styling: Thiago Ferraz | Beleza: Agnes Mamede (Capa) | Modelo: Michele Gassen (WAY) | Produção de moda: Ariana Monteiro | Coordenação: Luigi Torre

Sutiã e body, American Apparel
Bata, Cavalera
Pulseiras douradas, 25 de março
Braceletes azuis, Claudia Marisguia
Sapato Studio, TMLS
Sutiã, American Apparel
Maiô, Amir Slama
Colar, Hector Albertazzi
Braceletes dourados, 25 de março

Sutiã e body, American Apparel
Maiô, Mizli
Gargantilha (grossa), Hector Albertazzi
Colar, Laázara Desing
Braceletes dourados, 25 de março
Braceletes pretos, TVZ
Photobucket
Sutiã e body, American Apparel
Maiô, Mizli
Gargantilha (grossa), Hector Albertazzi
Colar, Laázara Desing
Braceletes dourados, 25 de março
Braceletes pretos, TVZ
Biquini, Clube Bossa
Cinto usado com turbante, Lygia e Nanny
Colar, Lázara Design
Photobucket

Biquini, Clube Bossa
Cinto usado com turbante, Lygia e Nanny
Colar, Lázara Design
Calcinha, Despi
Bata, Cavalera

Photobucket
Biquini, Despi,
Calcinha, Clube Bossa
Colares, Hector Albertazzi (grande), Lázara Design (pequeno)
Bracelete, Hector Albertazi
Sapato Studio, TMLS
Sutiã, American Apparel
Maiô, Amir Slama
Colar, Hector Albertazzi
Bracelete vazado, Francesca Romana Diana
Bracelete com onda, 25 de março
Sutiã, American Apparel
Maiô, Amir Slama
Colar, Hector Albertazzi
Bracelete vazado, Francesca Romana Diana
Bracelete com onda, 25 de março
Sapato, Studio TMLS

Photobucket

Sutiã, American Apparel
Biquini, Despi
Vestido, Osklen
Colar, Marco Apollonio
Braceletes, 25 de março
Photobucket
Sutiã, American Apparel
Maiô, Amir Slama
Colar, Hector Albertazzi
Bracelete vazado, Francesca Romana Diana
Bracelete com onda, 25 de março
Sutiã, American Apparel
Biquini, Despi
Vestido, Osklen
Colar, Marco Apollonio
Braceletes, 25 de março
Photobucket

Sutiã, American Apparel
Maiô, Amir Slama
Colar, Marco Apollonio
Bracelete, 25 de março
Cinto, acerv do stylist

Obs.: algumas das imagens desse editorial estão em movimento, por isso, dependendo das condições de conexão, podem levar algum tempo para carregar.

Serviço:

American Apparel, tel. (11) 3894-3888
Amir Slama, tel. (11) 3061-0450
Cavalera, tel. (11) 2066-4188
Claudia Marisguia, tel. (31) 3281-9455
Clube Bossa, http://www.clubebossa.com
Despi, tel. (24) 2242-6418
Francesca Romana Diana, tel. (11) 3552-3010
Hector Albertazzi, tel. (11) 2292-9178
Lázara Design, tel. (31) 3047 5294
Lygia e Nanny, tel. (11) 3088-1346
Marco Apollonio, tel. (11) 6819-2118
Mizli, tel. (11) 5095-2300
Osklen, tel. (11) 3083-7977
Studio TMLS, tel. (11) 3063-5352

TVZ, tel. (11) 5181-4070
___________________________________________________________________________________

Daiane Conterato  I Top brasileira estampa as páginas da revista italiana Amica deste mês de dezembro  (06/12/11)

A top top brasileira Daiane Conterato (Ford) estampa as páginas da revista italiana Amica deste mês de dezembro. As fotos foram feitas em Nova York, clicadas pelo fotografo Chris Craymer, e traz a modelo em diferentes situações, vestindo looks de festa de várias grifes como: Valentino, Miu Miu, Roberto Cavalli entre outros no editorial intitulado de I Madden Rock.

Em tempo, Daiane está neste momento em Toquio e nesta terça-feira 6, a top top é uma das grandes estrelas do desfile da grife italiana Prada, que acontece na Terra do Sol Nascente. (HoM)

Foto: Cortesia Ford Models

____________________________________________________________________________________

 WGSN: conheça os conceitos que guiarão o Outono/Inverno 2012 (03/12/11)

“Um mundo, infinitas perspectivas” — esta é uma das provocadoras definições que abrem o report de macro-tendências Outono/Inverno 2012/2013 do WGSN. “Hipercultura”, “Neutralidade Radical” e “Eco-hedonismo” são os conceitos que devem guiar a próxima temporada, e cujos resumos você vê primeiro aqui:

Hipercultura

©Reprodução/WGSN

O cada vez mais importante design cross-cultural e as conversações sócio-econômicas criaram uma nova ordem visual. A web quebrou distâncias físicas e também acelerou a evolução cultural. Conexões globais de redes que ligam uma nova geração de artistas, designers e pensadores fazem uso de tradições antigas ao mesmo tempo em que transcendem seus limites para criar algo novo.

Amizades modernas: a internet e a mudança do poder econômico pelo mundo possibilitaram novas amizades e um novo entendimento cultural. A globalização muda de uma força às vezes negativa para uma que promove a troca positiva de habilidades, ideias e culturas. Uma das referências indicadas pelo WGSN é o projeto “Made In…” de Miuccia Prada, que envolve coleções de luxo do mundo todo – do Japão à Escócia, da Índia ao Peru. Produzido em workshops tradicionais, os itens exemplificam as habilidades de cada lugar. A ideia subverte a concepção comum do “made in China” ou “made in Italy” como identificadores instantâneos de produção em massa ou luxo. A Prada olha para as origens de uma roupa como um statement que destaca as habilidades especializadas dentro daquele país.

História 360: novos canais de acessibilidade tornam possível redesenhar a história global para incluir perspectivas múltiplas. Uma das referências indicadas pelo WGSN é uma reportagem publicada em agosto de 2010 na edição de aniversário de cinco anos da “Vogue” China, intitulada “100 Years of Chinese Women”. Ao lado da linha do tempo principal, ela tinha uma segunda linha do tempo que mapeava os acontecimentos culturais ocidentais correspondentes da época. As perspectivas múltiplas da reportagem mostram um olhar mais amplo do que é entendido como história tradicional por inserir paralelos e desenvolvimentos em outras culturas.

Herança global: a herança do futuro está sendo criada agora e será uma não-tradicional mistura super-híbrida de influências. Uma das referências indicadas pelo WGSN é o Die Antwoord, descrito como um “grupo rave hip-hop futurista” da África do Sul. Suas músicas e videoclipes absurdos misturam mitologia africana local com hip-hop americano com o kung-fu asiático com elementos do estilo trashy Euro-Afrikaan. +dieantwoord.com

Opostos se atraem: a possibilidade de criar uma nova estética cultural misturando-se marcas, estilos, valores e ícones que incorporem suas origens culturais. Uma das referências indicadas pelo WGSN é o coletivo de design We Make Carpets, que na feira Dutch Design Week 2010 apresentou um tapete turco tradicional construído com resíduos plásticos europeus de cuteleria made in China. +wemakecarpets.wordpress.com

Neutralidade Radical

©Reprodução/WGSN

Subjacente a essa tendência está um chacoalhão em alguns dos mais fundamentais entendimentos humanos. O gênero se torna mais aberto a traduções à medida em que os estilos de vida e sexualidades múltiplas se tornam mais comuns. O individualismo se infiltra no genérico e a uniformidade é usada como um inesperado veículo de statements complexos.

O terceiro gênero: as restrições impostas pelo gênero relaxam e permitem mais escolhas quanto ao que vestimos e como interagimos. Uma das referências indicadas pelo WGSN é o trabalho da fotógrafa e DJ Sincerely Hana; seu projeto Switcheroo é uma série de imagens que envolve casais convencidos a trocar de looks entre si, das roupas ao estilo do cabelo. Os casais então são fotografados duas vezes exatamente no mesmo lugar, criando uma composição quase idêntica. +sincerelyhana.com

Protesto silencioso: esta é uma nova forma de ativismo inteligente que opera de uma forma não-violenta e sob a bandeira da neutralidade. Uma das referências indicadas pelo WGSN é a situação referente à linha de trem que deve ligar Hong Kong a Shenzhen, na China — o projeto tem a resistência de ativistas e de moradores de uma vila que teve de ser evacuada para as obras. Um grupo de jovens estudantes, então, iniciou um inesperado método de protesto: todo fim de semana, eles se mudam para a vila e silenciosamente trabalham nas terras em um statement de preservação daquele modo de vida.

Ausência: pode ser mais radical remover o ponto focal de uma cena e mudar a relevância da imagem para comunicar uma nova mensagem. Uma das referências indicadas pelo WGSN é a câmera Buttons, que não tem lentes – quando você aperta o botão, a câmera memoriza o horário exato e procura na internet por outras fotos que tenham sido tiradas naquele mesmo momento. Essencialmente, é uma câmera que tira as fotos dos outros. A ideia é promover uma identidade global e resistir à tentação de adicionar cada vez mais imagens à internet fornecendo aos seus usuários uma fotografia que já existe. +blinksandbuttons.net

Falsa uniformidade: enquanto a superfície aparenta ser única ou repetitiva, sob a maquiagem há uma diversidade de texturas e culturas. Uma das referências indicadas pelo WGSN é a série “Between Red” do artista Sea-Hyun Lee. À primeira vista, são simples imagens monocromáticas de paisagens, mas olhando bem, percebe-se que são misturas de montanhas da Coreia do Norte e Coreia do Sul, combinadas a navios de guerra e cenas de bombas atômicas – dualidade que cria um elemento de tensão sob a aparência de beleza.

Eco-hedonismo

©Reprodução/WGSN

Os novos tipos de produtos e serviços que capturam os extremos e as contradições que regem a temporada.

Pós natureza: a sofisticada fisiologia da vida vegetal é celebrada e impulsionada para novos territórios que incluem o sintético, o produzido pelo homem e a engenharia. Uma das referências indicadas pelo WGSN é o trabalho da fotógrafa Jacqueline Di Milia, que mistura homem, natureza e um senso do sublime por meio de múltiplas sobreposições e exposições fotográficas. +jacquelinedimilia.com

Forrageamento: o que antes era uma técnica de sobrevivência é agora uma maneira luxuosa de comer e uma aventureira experiência de compras. Uma das referências indicadas pelo WGSN é a estratégia de marketing da marca de cosméticos Aēsop, que passou a disponibilizar frascos de testes na parede externa de suas lojas, convidando os passantes a experimentar o produto antes de entrar — uma espécie de forrageamento urbano.

Enigma: a estética do “quase” engloba música, arte mística, interiores fantasmagóricos e fotografia espectral. Uma das referências indicadas pelo WGSN é o artista Terence Koh, associado ao novo movimento artístico gótico, e que começou a trabalhar com o projeto coletivo Gagakoh! com Lady Gaga in 2010. Seus trabalhos incluem escultura, performance e livros que se referem a rituais e cultos antigos. Além do seu trabalho artístico, o visual de Koh é marcante: ele mistura Balenciaga, Gareth Pugh e Margiela para criar um look de “xamã contemporâneo”, como o WGSN definiu.

Luxo invertido: o subterrâneo se torna o novo território do luxo em contraste com as coberturas de arranha-céus do passado. Uma das referências indicadas pelo WGSN é o projeto de uma casa subterrânea fruto da colaboração entre os escritórios de arquitetura SEARCH e Christian Müller. Ela fica na Suíça, no vilarejo de Vals, inserida em uma montanha. +christian-muller.com

Sarah  Lee - ffw

____________________________________________________________________________________

Novo livro mostra fotos inéditas de Marilyn Monroe (25/09/10)

Uma coleção de mais de 100 fotos de Marilyn Monroe nunca antes publicadas poderá ser vista pela primeira vez no livro "Marilyn: August 1953". Lançado esta semana pela Calla Editions, o livro traz imagens em preto e branco digitalmente restauradas feitas no verão de 1953 de Marilyn Monroe, que tinha 27 anos na época.

(Marilyn Monroe em 1953, durante a filmagem de "O Rio das Almas Perdidas")As fotos foram tiradas por John Vachon para a revista LOOK em Alberta, Canadá, onde Monroe estava filmando "O Rio das Almas Perdidas" com Robert Mitchum. Um tornozelo machucado impediu Monroe de filmar, fato que permitiu que Vachon tivesse vários dias para fotografar a atriz, ícone de Hollywood. Apenas três fotos das sessões foram publicadas em um artigo da LOOK em outubro de 1953. O livro trará fotos de Monroe e seu então noivo, o jogador de beisebol Joe DiMaggio. Acredita-se que Vachon seja o único fotógrafo para o qual o casal posou formalmente. Em outra foto, Monroe está nas garras de um urso empalhado e sua aparência é de susto cômico. As imagens de Monroe feitas por Vachon foram incluídas no arquivo de 5 milhões de fotos doado à Biblioteca do Congresso depois de a revista LOOK ter sido fechada, em 1971.

Marilyn ao lado de seu noivo na época, Joe Di Maggio

Imagens estão reunidas no livro "Marilyn: August 1953"

As fotos foram feitas por John Vachon para a revista LOOK

Marilyn Monroe em foto inédita, tirada em 1953. (Foto: Reuters)

Imagens foram registradas pelo fotógrafo John Vachon, em Alberta, no Canadá. (Foto: Reuters) __________________________________________________________________________________

Bardot: moda e cinema se inspiram no mito (20/08/10)

Brigitte Bardot é uma musa viva. E agora, luta pelo direito de não ter sua biografia lançada no cinema. “Um filme sobre a minha vida? Mas eu não estou morta! Eles não se atreveriam a fazê-lo sem falar comigo. Se o fizerem vão chover faíscas”, disse ela, segundo o jornal inglês The Guardian. "Não concordo com um filme sobre mim sem eu ter sido anteriormente avisada e ter concordado sobre quem me interpretaria. Não há ninguém que o conseguirá fazer”, disse.

De Gisele a Lara Stone _Mas embora ela considere impossível reviver seu estilo, os fashionistas não acham o mesmo. A prova disso é a quantidade de modelos, editoriais de moda e eventos que giram em torno de Bardot. Um dos últimos exemplos foi Gisele Bündchen, que estrelou um editorial em que incorporava a francesa na revista Muse: da maquiagem e cabelo às poses, tudo era inspirado nela. Em maio, o Sunday Times também fez um editorial que tinha Bardot como referência. E na Allure de junho, Diane Krueger fez o mesmo – embora o resultado não tenha ficado tão óbvio. Em 2009, quando ela completava 75 anos, foram muitos também. Das campanhas da Topshop – esta estrelada por Kate Moss – a do Hudson Jeans – com Georgia Jagger que, aliás, é a cara de Bardot. Outra modelo que também se destacou pela semelhança foi Lara Stone.

E Deus criou... Gisele Bündchen: top posa como Bardot / Reprodução

Poses e estilo das fotos criam a semelhança/ Reprodução

Na Sunday Times Magazine, editorial recente usa a atriz como referência fashion / Reprodução

Lara Stone na W: musa foi revelada por causa da semelhança / Reprodução

Georgia Jagger e Bardot: semelhança reforçada na campanha do Hudson Jeans / Reprodução

Catálogo da Topshop com Kate Moss / Reprodução

Badge

Carregando...

U/Fashion Films

models.com

The Ideal

ines1

Style icon & model Inès de La Fressange serves as guest editor for Vogue Paris' latest issue More...

Changing Faces

1098028-(1)

Kendall Jenner represents fashion's changing face on the new cover of Dazed More...

Vídeos

  • Adicionar vídeo
  • Exibir todos

We are so Droeë

Laetitia Castée

Publication: Lui Magazine December 2014/January 2015 Model: Laetitia Casta Photographer: Mario Sorrenti Fashion Editor: Sabina Schreder Cover here.

fashion editorials.com

For Sale

We are actively looking to sell the domain name along with our social media pages(Facebook, Tumblr, Instagram, & Twitter). The asking price is $10,000 by check, credit card, or bit coin :D Serious inquiries please email brian@dowlingphotography.com

Smile

Catherine McNeil in Interview Magazine Germany December/January 2014.15 by Dario Catellani


Supreme - Australian model Catherine McNeil poses in a studio set-up for the December/January issue of the German edition of Interview Magazine. Sporting new designers, eclectic range of looks are put together with the likes of Thomas Tait, Esteban Cortazar, Alexander Lewis, & Marco De Vincenzo styled together by Andraes Krings, with photography by Dario CatellaniHair by Paolo Soffiatti, Make-up by Adrien Pinault



Comment / Full Post

Geral Cinema

Documentário de brasileiro exporá dor das vítimas da Operação Condor

A inquietação por zelar "pela verdade" sobre a Operação Condor inspirou o cineasta brasileiro Cleonildo Cruz a viajar pelos países do Cone Sul americano para registrar o doloroso testemunho das vítimas, que quase 40 anos depois seguem buscando respostas....

© 2014   Criado por universomovie.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço