Brasil I Cineasta Eduardo Coutinho é assassinado no RJ; filho é principal suspeito (02/02/14)

Morreu, neste domingo (2), Eduardo Coutinho, de 81 anos. O cineasta foi assassinado a facadas dentro de casa no bairro da Lagoa, zona sul do Rio Janeiro. O filho, Daniel Coutinho, é considerado o principal suspeito, que teria, inclusive, esfaqueado a mãe,  Maria das Dores de Oliveira Coutinho, e ainda tentado cometer suicídio.

Segundo informações da rádio CBN, a viúva de Coutinho está internada em estado gravíssimo no Hospital Municipal Miguel Couto. O filho, suposta vítima de esquizofrenia, também foi levado para o local com ferimentos menos graves.

O corpo do cineasta foi levado para o Instituto Médico Legal e a Divisão de Homicídios assumiu as investigações. Segundo primeiros detalhes, a esposa do documentarista também não é descartada como uma das suspeitas.

Coutinho era considerado um dos maiores documentaristas do Brasil, na qual se destacam títulos como Babilônia 2000 (2000), Edifício Master (2002), Jogo de Cena (2007) e As Canções (2011), seu último trabalho. Em 2007, o cineasta ganhou um Kikito de Cristal, principal premiação do cinema brasileiro, pelo conjunto de sua obra.

__________________________________________________________________________________

Brasil I  Passando uma tarde em Itapuã com a top sul-africana Candice Swanepoel    (07/01/14)

Apaixonada pelo Brasil, a angel da Victoria's Secret escolheu em Salvador a primeira causa social para apoiar em sua vida – e, à Vogue, revelou porque o gesto é muito mais importante para ela do que para as mulheres da comunidade carente baiana

Candice Swanepoel fala português, tem uma casa no Brasil, gosta de seu acarajé com pouca pimenta e planeja conhecer um terreiro de candomblé qualquer dia desses. Não foi, no entanto, nenhuma dessas razões que levou a sul-a fricana à Bahia em meados do ano passado. Em agosto, ela escolheu Trancoso (seu lugar “favorito no mundo”) como locação para o editorial de capa da edição de janeiro de Vogue. No mês seguinte, desembarcou em Salvador em uma viagem relâmpago na qual passou despercebida pelos paparazzi. Vestindo t-shirt de algodão, camisa xadrez amarrada na cintura, calça jeans e tênis Converse, a angel da Victoria’s Secret e quarta modelo mais sexy do mundo no ranking do Models.com seguiu até o bairro de Itapuã para conhecer as mulheres de uma comunidade carente responsáveis pelas tramas que dão graça aos acessórios da marca britânica Bottletop.

 (Foto: )

Sob o comando de Cameron Saul e Oliver Wayman, grife faz um intenso trabalho social por meio de sua fundação, promovendo a inclusão de jovens expostos a riscos como o vírus HIV, abuso de drogas e gravidez na adolescência através de programas de educação financiados com a venda de seus acessórios. No Brasil, atua em São Paulo com o projeto Ser Mulher, que presta assistência a adolescentes gestantes e em Salvador, onde capacita as artesãs que encantaram Candice – ali, sob o olhar do coordenador de produção Luciano dos Santos, elas receberam aulas de um designer trazido dos ateliês de prêt-à-porter de Paris para criar coloridas bolsas, clutches e cintos a partir de anéis de lata reciclados. Interessada na Bahia como em nenhum outro lugar – a top diz que é lá o único canto do mundo no qual se sente em casa –, ela posou para a campanha da marca sem cobrar e fez questão de ir até lá conhecer de perto um pedaço do primeiro projeto social que apoiou em sua vida.

 (Foto: )

“Depois de tanto tempo trabalhando por um cachê diário, o dinheiro passa a não te fazer mais feliz. Realizar algo assim é muito mais recompensador do que pegar um top job e aumentar minha conta bancária. Essas senhoras precisam de nós – mas eu preciso delas também”, refletiu Candice, durante a visita. "É a primeira vez em que me envolvo com trabalho social. Apoiei causas menores em Nova York, estive em noites de gala beneficentes e tal, mas nada tão significativo quanto isso. Por muito tempo procurei uma causa, mas queria que fosse algo que eu realmente quisesse fazer, não algo que me fizesse sentir at work. Quando vi quão apaixonadas e jovens – que, portanto, poderiam estar fazendo outras coisas agora – eram as pessoas por trás do projeto, e vi os lugares nos quais atuam – há Salvador, mas também um núcleo em Moçambique, o que me leva de volta à África –,  pareceu a coisa certa a fazer", completou.

"Na África do Sul não aprendemos muito sobre a América do Sul. Aprendemos Inglês, História – sobre o Brasil, eu não sabia nada", lembrou a top, que por influência do namorado capixaba conheceu (e bastante) o País durante os últimos oito anos. "Vitória, Belo Horizonte, São Paulo, Rio de Janeiro, Fortaleza, Conceição da Barra – até a um festival de reggae em Itaúnas eu fui. Sou gringa, mas adotei o Brasil. Quando vim para a Bahia, os sentimentos que foram avassaladores. É um lugar onde me sinto viva, vejo pessoas boas ao meu redor e isso faz com que eu me torne uma pessoa melhor".
"Para modelos, a vida está no modo fast-forward – posso garantir que fiz coisas que muitas pessoas de 30 anos nunca fizeram. E é tudo sobre você mesma; você é seu próprio negócio. Depois de um certo tempo na indústria, você se cansa disso. [Pausa] Acho que é por isso que muitas modelos têm filhos cedo, porque aí a história delas envolve também outra pessoa, sabe? Eu também preciso sentir que estou fazendo coisas para alguém além de mim".

 (Foto: )

Dona de uma casa no Espírito Santo e de um respeitável repertório de palavras do vocabulário nacional – ela adora, por exemplo, xingar em português –, Candice é apaixonada pela cultura que encontrou por aqui. Gosta de comer acarajé (com pouca pimenta, por favor), empadão, prefere sua carne com farofa durante um churrasco e diz que faz um bom vinagrete. Ouve muita  música brasileira, de modo que em seu iPod há Jorge Ben Jor, Tim Maia, mais um bocado de bandas de forró e reggae ("Liberdade pra Dentro da Cabeça", do Natiruts, é uma das faixas favoritas, que ela canta de cabeça).
Além disso, tem muito interesse em conhecer um terreiro do candomblé. Cito que há pessoas, até mesmo brasileiros, que se sentem amedrontados por essa vertente de nossa cultura. "Nah! Eu cresci na África, não tenho medo dessas coisas. Sou muito interessada em espiritualidade, na realidade. Gosto de saber no que as pssoas acreditam, suas diferentes religiões. Cresci cristã, mas agora me tornei espiritualizada de uma maneira através da qual me conecto com a natureza e a energia das pessoas – não me preocupo com o lugar para o qual irei quando eu morrer". E nós que achávamos que angels eram restritos ao céu.

Em tempo: vendidas em spots como a Harrods, em Londres, as bolsas da Bottletop desembarcam nas prateleiras da multimarcas Mares em fevereiro. E em breve um designer de peso da moda americana apoiará o projeto também. Fique de olho. [Antonia Petta - Vogue]

__________________________________________________________________________________

Brasil I  Morre a ex-miss Brasil e atriz Rejane Goulart     (28/12/13)

Morreu na última quinta-feira, dia 26, a atriz e Miss Brasil de 1972, Rejane  Goulart. Aos 59 anos, a gaúcha Rejane Vieira Costa sofreu um acidente vascular  cerebral (AVC) no dia 24 de dezembro e foi internada no Hospital Rio Mar, na  Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, onde veio a falecer um dia após o Natal.

Nascida em Cachoeira do Sul, Rejane foi Miss Brasil em 1972 e ficou em  segundo lugar no concurso de Miss Universo daquele mesmo ano. Em 1983 começou a  carreira na televisão na novela “Ti Ti Ti”, da Globo. Estrelou também  “Felicidade” (1991), “De Corpo e Alma” (1992), a “A Viagem” (1994) entre outras  obras. Seu último trabalho foi na Record, em 2010, na novela “Ribeirão do  Tempo”.

__________________________________________________________________________________

Brasil I  Taís Araújo fala do segundo filho: 'Quero muito, mas não será em 2014'    (24/12/13)

Taís Araújo pretende se dedicar ao trabalho no ano de 2014 e, por isso, vai adiar os planos de engravidar. A atriz foi escalada para "Geração Brasil", novela de Filipe Miguez e Izabel de Oliveira, e começará a trabalhar na produção no início do ano. Casada com Lázaro Ramos, ela é mãe de João Vicente, de dois anos e meio.

- Quero muito um segundo filho, mas não será este ano - afirma a atriz.

Além da novela, que sucederá a "Além do horizonte" na faixa das 19h da Globo, Taís tem planos de produzir uma peça no ano que vem. Seu último papel na TV foi em "O Dentista Mascarado", série de Alexandre Machado e Fernanda Young.

__________________________________________________________________________________

Brasil I  Luiza Brunet fala de experiência homossexual, dos abortos e da mania de fazer faxina    (07/12/13)

Nas últimas semanas, Luiza Brunet dedicou algumas boas horas diárias à limpeza  do seu apartamento de 600m² em Ipanema. É até difícil acreditar que esse  mulherão, de 51 anos, uma das maiores modelos da história brasileira e hoje  empresária bem-sucedida, saiba manejar um rodo e uma vassoura com a mesma  habilidade com que fotografava para revistas como “Manchete” e “Desfile” e para  a grife Dijon, nos anos 1980.

— Imagina! Faço faxina superbem. É uma forma de esvaziar a mente. Alivia a  tensão — diz Luiza, que já foi flagrada por paparazzi passando pano na  varanda.

O motivo da ansiedade que tomou conta da rotina da ex-modelo é o lançamento  de sua autobiografia, “Luiza”, da Primeira Pessoa/Sextante, que foi esta semana  para as livrarias. Não há sessão de terapia que resolva o desejo de que as  pessoas gostem do que está nas 256 páginas da obra.

— Já fiz análise por um tempo, mas não me adapto à rotina de ir ao  consultório, falar uma hora e ter que marcar para a semana seguinte. Gosto de  falar, mas tem que ser tudo na hora.

Luiza gosta mesmo de falar — sempre tudo de uma vez. E num livro sobre sua  vida não podia ser diferente. Sem medo ou pudor de remexer “num baú que, às  vezes, queria deixar quieto”, ela conta com riqueza de detalhes a infância pobre  no Mato Grosso, o alcoolismo do pai — que agredia e ameaçava a mãe, com facão em  punho, rotineiramente — e as dificuldades da adolescência já no Rio, como babá  em casa de família e depois vendedora em loja de sapato no subúrbio.

— Todo mundo da minha casa ficou junto comigo para lembrar as histórias.  Foram momentos de grande emoção — diz Luiza, que contou com a ajuda e a memória  da mãe e das quatro irmãs.

A responsável por colocar uma vida inteira no papel foi a jornalista e amiga  da família Laura Malin, que assina a autoria do livro. O prefácio ficou por  conta do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, de quem Luiza é fã.

— Ele é meu sonho de consumo da vida inteira — brinca a empresária, que é  filiada ao PSDB, mas diz não ter pretensões políticas.

Cinderela de Pilares

Se o início da narrativa é marcado por histórias dolorosas, a partir da  mudança para o Rio, o leitor começa a reconhecer a Luiza que conquistou o  Brasil.

Depois de ajudar no sustento da família com o emprego de babá (e ser  assediada sexualmente por um vizinho, aos 14 anos) e de vendedora, a  gata-borralheira Luiza Botelho da Silva vira princesa Brunet quando encontra o  rico Gumercindo Brunet no posto de gasolina onde o pai trabalhava.

Casada, saiu de Pilares para um apartamento no Jardim Botânico, com todo o  conforto e estabilidade que nunca conhecera em seus 17 anos de vida. O trabalho  de modelo veio pelos contatos de “Gugu”, e não demorou para ela despontar como  uma das mulheres mais desejadas do país.

Cobiçada por homens e mulheres

De garota da capa de revistas masculinas (o primeiro nu foi feito com 17  anos) para o posto de modelo exclusiva da Dijon, marca que ditava moda no  mercado brasileiro, Luiza foi, ao lado de Xuxa (com quem ela garante que a  rivalidade era apenas estratégia de marketing), “a” mulher a ser cobiçada.

— Quando olho fotos antigas, vejo que tinha um corpo perfeito. Achava o  máximo fotografar nua. Mas os homens pensavam que era uma forma de mostrar o  “corpitcho” para fazer programa — reclama Luiza, que chegou a passar por  situações desagradáveis para uma mulher casada, que costumava sair do estúdio  direto para os braços do marido. — Entrei em roubadas de ir para um lugar, achar  que era trabalho e lá ter um monte de revista “Ele Ela” espalhada.

Apesar de não ter nenhuma vergonha dos ensaios sensuais que fez, é do posto  na Dijon que mais se orgulha. Sob as asas de Humberto Saad, todo-poderoso da  grife, conheceu o mundo, ganhou dinheiro suficiente para mudar a vida da família  e teve sua primeira e única experiência homossexual, numa das viagens com outras  modelos da marca (“Ela estava na minha cama e me abraçava por trás. Senti seu  perfume e, em seguida, seu beijo. Eu me deixei levar”).

— Foi uma coisa natural, mais de curiosidade. Falei sobre isso para mostrar  que sou uma pessoa curiosa. E em biografia você tem que contar mesmo as coisas  que viveu — ela diz, ressaltando que é contra autorização prévia de  biografados.

Outro ponto polêmico foram os abortos. O primeiro foi feito aos 17 anos,  quando era casada com “Gugu”; o segundo, oito meses depois de nascer Antônio,  hoje com 15 anos, seu segundo filho do casamento com Armando Fernandez, que  durou de 1985 até 2008 — a mais velha é a modelo Yasmin Brunet, de 25 anos  (hoje, Luiza namora o investidor Lírio Parisotto).

— O aborto foi uma opção minha. Tinha plena noção do que tava acontecendo,  era jovem, mas muito madura — diz Luiza, explicando que se submeteu ao  procedimento porque não queria atrapalhar a carreira. — Quando fiz não passei  por nenhum trauma, isso só veio depois. É como se algo fosse arrancado de você,  e, no caso, fui eu mesma que arranquei de mim — filosofa, sem entrar muito em  detalhes sobre a segunda intervenção, dizendo apenas que teve medo de um parto  tão complicado como tinha sido o de Antônio, que “nasceu azul, sem  respirar”.

Se falar desses sofrimentos é pesado, o mesmo não acontece quando ela conta  as amarguras vividas nos estúdios de televisão. Com maturidade, Luiza acha graça  do tempo que aceitava fazer novela, era invariavelmente execrada pela crítica e  sofria com a obrigação de ir às gravações.

— Visivelmente, eu sabia que estava péssima, mas tinha que continuar fazendo.  Era terrível — lembra.

Quando recebeu o convite para participar do “Correio Feminino”, quadro do  Fantástico dirigido por Luiz Fernando Carvalho e baseado na obra de Clarice  Lispector, ela se surpreendeu, mas aceitou sem pestanejar.

— Quando ele falou que não tinha voz, pensei: “Menos mal, talvez” — gargalha  Luiza, provando, mais uma vez, que não tem medo de desafios. [Talita Duvanel - Ela]

_________________________________________________________________________________

Brasil I  Isabelli Fontana para revista do Shopping Iguatemi      (05/12/13)

Isabelli Fontana é a musa da edição #54 da revista do Shopping Iguatemi, em fotos de Nicole Heiniger, com edição de Marco Gurgel e beleza de Daniel Hernandez.

_________________________________________________________________________________

Brasil I  Jogos Vorazes - Em Chamas | Filme bate recorde em estreia no Brasil     (16/11/13)

Jogos Vorazes - Em Chamas (The Hunger Games - Catching Fire) estreou no Brasil uma semana antes do resto do mundo e já bateu recordes em relação ao filme anterior.

Segundo o Hollywood Reporter e a Variety, o longa, presente em 962 salas de cinema, faturou US$ 2,4 milhões (cerca de R$ 5,5 milhões) apenas na sexta-feira, o triplo do que foi arrecadado na estreia brasileira do primeiro filme.  Por aqui, Jogos Vorazes somou US$ 10 milhões ao total de US$ 691,24 milhões arrecados pela produção de 2012.

A continuação, que chega aos cinemas dos EUA e de outros mercados na próxima sexta, deve arrecadar mais de US$ 165 milhões na sua estreia doméstica e pode chegar a um total de US$ 950 milhões, de acordo com analistas do Evercore - espera-se que o filme arrecade US$ 375 milhões nos EUA e US$ 575 em outros países.

A trama dá continuidade a história de Katniss Everdeen (Jennifer Lawrence), depois que os tributos do Distrito 12 vencem os jogos. Em Jogos Vorazes - Em Chamas, enquanto uma rebelião contra a opressiva Capital é iniciada, Katniss e Peeta (Josh Hutcherson) são obrigados a participar de uma edição especial dos Jogos Vorazes, o Massacre Quaternário, que acontece a cada 25 anos.

Francis Lawrence (Água para Elefantes), que dirige Em Chamas, também vai dirigir A Esperança, o capítulo final da franquia, que será dividido em dois filmes.

________________________________________________________________________________

Brasil I  Produzido e estrelado por Brad Pitt,  "Guerra Mundial Z" lidera bilheterias do Brasil   (02/07/13)

Produzido e estrelado por Brad Pitt, "Guerra Mundial Z" ficou no topo do ranking de bilheterias do fim de semana (28 a 30 de junho). O longa sobre uma luta global contra zumbis arrecadou R$ 7,6 milhões e levou 517,7 mil ao cinema.

Com isso, bateu a animação "Universidade Monstros" , que arrecadou R$ 6,7 milhões em sua segunda semana em cartaz.

O terceiro lugar ficou para a comédia "Minha Mãe É Uma Peça" , que levantou R$ 4,4 milhões. Baseado na peça de Paulo Gustavo, o filme já foi visto por 1,2 milhão de espectadores.

"Todo Mundo em Pânico 5" estreou na quarta posição, com R$ 1,8 milhão e "Os Amantes Passageiros", novo de Pedro Almodóvar, ficou em sexto com R$ 440 mil.

Completam o top 10 "Se Beber, Não Case! - Parte 3" (quinto, com R$ 807 mil), "Depois da Terra" (sétimo, com R$ 385 mil), "Além da Escuridão - Star Trek" (oitavo, R$ 285 mil), "Velozes e Furiosos 6" (nono, com R$ 270 mil) e "Faroeste Caboclo" (décimo, com R$ 174 mil).

_________________________________________________________________________________

Brasil I  Divulgado pôster e trailer de 'Faroeste Caboclo', inspirado em música do Legião Urbana   (08/04/13)

Foi divulgado, nesta segunda-feira (8), o pôster de Faroeste Caboclo, longa livremente inspirado na música homônima do grupo Legião Urbana, composta por Renato Russo. O cartaz do filme, que estreia nos cinemas no dia 30 de maio, traz em destaque os rostos dos protagonistas João de Santo Cristo, interpretado por Fabrício Boliveira (Tropa de Elite 2), e Maria Lúcia, papel de Isis Valverde.

O longa conta a história de Santo Cristo desde a infância humilde, no interior da Bahia, até a ascenção social, em Brasília. Na capital, ele conhece um primo peruano chamado Pablo (Cesar Troncoso), que acaba envolvendo-o no tráfico de drogas, e Maria, filha de um senador. A situação começa a se complicar quando o protagonista se encontra com o playboy traficante Jeremias (Felipe Abib), que, além de rival nos negócios ilícitos, disputa com ele o amor da mocinha.

Faroeste Caboclo tem direção assinada por René Sampaio, estreante em longas-metragens. Assista ao vídeo:


 

________________________________________________________________________________

Brasil I  Tom Cruise causa alvoroço ao deixar hotel em Copacabana    (30/03/13)

Tom Cruise causou mais uma vez um alvoroço ao deixar o hotel em que está hospedado no Rio de Janeiro. O ator, que está no Brasil para promover o filme "Oblivion", foi solicito aos fãs que se aglomeraram no local e tirou muitas fotos.

Tom cruise (Foto: henrique oliveira e roberto cristino/ foto rio news)
Ao canal programa Preview, que vai ao ar no dia 1º de abril, às 22h, no Telecine Pipoca, ele, que desembarcou no País na quarta-feira (27), falou sobre o longa. “O filme trata de muitos assuntos, incluindo memórias. Tem muitos efeitos e reviravoltas. Eu sempre faço como era feito na década de 50 nos filmes de faroeste, e isso é: como entreter as pessoas. Meu primeiro pensamento é esse. Temos cenários belíssimos e isso ajuda a instigar a imaginação do público”.

Para o ator, a mudança física é importante para caracterizar um personagem. "Em todos os filmes temos mudanças físicas. Seja ação ou ficção científica. Quando você filma, você tem que manter a aparência do começo ao fim. Nós temos que treinar bastante para estar pronto para todas as sequências com o mesmo ar saudável de 16 horas atrás”.

O destino de Cruise, que ainda deve passar alguns dias no país para descansar, não foi divulgado. O astro de Hollywood teria pedido aos seus assessores que arranjem um lugar privado para ele poder curtir a noite da capital fluminense. Já que está solteiro, ele quer conhecer as mulheres brasileiras, segundo fontes da imprensa nacional.

Tom Cruise (Foto: Marcello Sá Barretto/AgNews)
Tom Cruise (Foto: Marcello Sá Barretto/AgNews)
Tom Cruise (Foto: Fabio Martins/AgNews)
Tom Cruise (Foto: Fabio Martins/AgNews)
Tom Cruise (Foto: Fabio Martins/AgNews)
Tom Cruise (Foto: Fabio Martins/AgNews)
Tom Cruise (Foto: Fabio Martins/AgNews)
Tom Cruise (Foto: Marcello Sá Barretto/AgNews)
Tom Cruise (Foto: Marcello Sá Barretto/AgNews)
Tom Cruise (Foto: Henrique Oliveira e Roberto Cristino/Foto Rio News)
Tom Cruise (Foto: Henrique Oliveira e Roberto Cristino/Foto Rio News)
Tom Cruise (Foto: Henrique Oliveira e Roberto Cristino/Foto Rio News)
Tom Cruise (Foto: Henrique Oliveira e Roberto Cristino/Foto Rio News)


__________________________________________________________________________________

Brasil I  Estilista Clô Orozco é enterrada em São Paulo   (29/03/13)

O enterro da estilista Clô Orozco, marcado originalmente para as 12h desta sexta-feira (29), aconteceu um pouco mais tarde que o previsto, por volta das 13h30, no cemitério do Araçá, em São Paulo.

Orozco foi encontrada morta aos 62 anos na manhã de quinta-feira, num jardim ao lado do prédio onde morava, no bairro de Higienópolis, na região central da capital paulista.

Compareceram ao enterro os ex-maridos dela, o estilista Renato Kerlakhian e o sociólogo Carlos Alberto Dória. Além deles, a elite da moda brasileira prestou suas últimas homenagens a Orozco, com as presenças de Reinaldo Lourenço, Gloria Coelho, Giovanni Frasson, entre outros.

A estilista não deixou filhos.

O velório começou às 9h desta sexta, no galpão da Huis Clos, na Barra Funda.

VIDA

Dona da marca Huis Clos, uma das grifes mais longevas e sofisticadas do país, Clô Orozco foi nome de destaque da moda contemporânea brasileira e suas criações sempre estiveram pautadas pelo minimalismo e pela elegância.

Seu nome real era Clotilde Maria Orozco de García, e ela nasceu em São Paulo, em dezembro de 1950. Foi criada em Bragança Paulista, no interior do Estado.

Desde pequena, desenhava roupinhas em cadernos de escola. Mas foi só aos 20 anos, quando se mudou para São Paulo para estudar sociologia, que Orozco começou a costurar, informalmente, no ateliê de uma tia na rua Augusta.

Em 1977, criou a Huis Clos, nome original de uma peça de Jean Paul Sartre, de 1943, cujo título, em tradução livre, pode significar "porta fechada" ou "sem saída".

O último desfile realizado pela grife na São Paulo Fashion Week foi em janeiro do ano passado. Já a Maria Garcia, marca jovem do grupo de Orozco, desfilou na edição de outubro de 2012.

As grifes passavam por dificuldades e as recentes mudanças no calendário da moda do país interferiram em sua participação nos desfiles. "Tive de pular a estação para vender minha coleção comercial", disse à época.

________________________________________________________________________________

Brasil I  Somos Tão Jovens I Longa sobre R. Russo ganha pôster na véspera do aniversário do cantor   (26/03/13)

Nesta terça-feira (26), véspera do dia em que Renato Russo completaria 53 anos, foi divulgado um novo pôster do filme Somos Tão Jovens, que conta a trajetória do cantor responsável por liderar o Legião Urbano ao longo de quase duas décadas.

Com estreia prevista para o dia 3 de maio nos cinemas, o longa tem direção de Antonio Carlos da Fontoura e traz Thiago Mendonça na pele do cantor, morto em outubro de 1996. As canções exibidas na produção reproduzem exatamente o registro ao vivo de shows do grupo.

A direção-musical é de Carlos Trilha, produtor de dois discos solo de Renato Russo - The Stonewall Celebration Concert e Equilíbrio Distante.
_______________________________________________________________________________

Brasil I  Hoje I Novo longa de Tata Amaral divulga trailer oficial    (22/03/13)

Filme tem Denise Fraga e Cesar Troncoso como protagonistas e estreia em 19 de abril

O Filme "Hoje", novo longa de Tata Amaral que estreia no dia 19 de abril acaba de divulgar seu trailer oficial. A película tem como protagonistas a atriz Denise Fraga e o ator uruguaio Cesar Troncoso (Banheiro do papa), no ar na novela das 6 da Rede Globo "Flor do Caribe" como Dom Rafael.

O "Hoje", adaptação do livro "Prova Contrária", de Fernando Bonassi, é centrado em Vera (Denise Fraga) uma ex-militante política que recebe indenização do governo brasileiro pelo desaparecimento do marido, vítima da ditadura militar. Com o dinheiro, ela pôde comprar o tão sonhado apartamento e libertar-se desta condição de suspensão em que viveu durante décadas. Porém, no momento da mudança o marido retorna e a obriga a rever toda sua trajetória.

Grande vencedor do Festival de Brasília em 2011, o "Hoje" conquistou as premiações de melhor filme, atriz (para Denise Fraga), fotografia, direção de arte e roteiro, além do prêmio da crítica

O filme é o quarto longa-metragem da cineasta paulista Tata Amaral, diretora dos premiados "Um Céu de Estrelas" (1996), "Através da Janela" (2000) e "Antônia" (2006). Este último foi adaptado pela Rede Globo numa minissérie indicado ao Emmy, o ‘Oscar da televisão’.

Produzido pela Tangerina Entretenimento ("Antônia"), das sócias Caru Alves de Souza e Tata Amaral, "Hoje" é coproduzido pela Primo Filmes ("O Cheiro do Ralo"), dos sócios Matias e Joana Mariani, e pela HBO Latin America Originals. A distribuição está a cargo da H2O Films.


 

________________________________________________________________________________

Brasil I  Ao lado do marido, Megan Fox visita favela de Heliópolis em São Paulo; veja    (09/02/13)

A atriz americana Megan Fox aproveitou a passagem pelo Brasil para fazer uma visita à favela de Heliópolis, em São Paulo, e conhecer o projeto social Jovens de Responsa. De mãos dadas com o marido, o ator Brian Austin Green (conhecido por seu papel na série teen dos anos 90 "Barrados no Baile"), Megan chegou à comunidade por volta das 16h30 deste sábado, 9, e foi recepcionada pelos Jovens Alconscientes, que integram o projeto de prevenção cujo objetivo é promover o consumo consciente e evitar que menores de idade consumam bebidas alcoólicas.

Megan ficou impressionada ao assistir a shows de samba e apresentação de capoeira dos jovens que participam do projeto, que  completou três anos em 2012.

"Oh, meu Deus, uau!", disse ela, vibrando com a apresentação. Da janela, Megan acenou, mandou beijos e fez coração com as mãos para a comunidade, que foi à loucura. Ela também posou com as crianças do projeto, distribuindo muitos sorrisos.

Megan samba e reverencia bateria

Depois da apresentação, Megan e o marido seguiram para o anfiteatro, onde se sentou na primeira fila. Arlete Corrêa, gestora do centro de convivência da comunidade, agradeceu a presença de Megan e falou sobre o trabalho social.

Megan Fox (Foto: Léo Franco/ Ag.News)

"É um prazer receber a Megan, uma estrela internacional, e o seu marido. Tudo começou quando famílias da Vila Prudente vieram pra cá como lar provisório, após serem deslocados de lá. Acabaram ficando, mas fez-se necessário o direito à moradia, saúde, trabalho e educação. Educação passou a ser o objetivo principal. Queremos transformar Heliópolis num bairro educador", disse Arlete.

Megan foi chamada ao palco depois do fim da apresentação para ganhar um presente feito pelos jovens. Ela quis saber quem pintou a cestinha com flores. A atriz reverenciou a bateria e se arriscou a fazer uns passinhos de samba, para delírio geral.

Megan Fox sambando (Foto: Manuela Scarpa/ Foto Rio News)

Atriz segue para o Rio

No domingo, 10, Megan deve visitar o Cristo Redentor no Rio de Janeiro e à noite, marca presença no Camarote Brahma, do qual é garota-propaganda.  No comercial que gravou, Megan não samba nas imagens, como fez Jennifer Lopez em 2012, mas disse, em inglês, estar animada: "Estou muito empolgada para ir ao Brasil e curtir o Carnaval".

Assim como J.Lo, Megan chegou a arranhar no português. Quando o narrador afirma "no carnaval todo mundo pode ser quem quiser", ela responde: "Inclusive eu".

Família toda no Brasil

Megan é casada com o também ator Brian Austin Green, com quem tem um filho Noah, de 3 meses. Os dois também vieram ao Brasil junto com a atriz.

Megan Fox (Foto: Manuela Scarpa/Foto Rio News)

Megan Fox (Foto: Manuela Scarpa/Foto Rio News)

Megan Fox (Foto: Manuela Scarpa/Foto Rio News)
Megan Fox (Foto: Manuela Scarpa/Foto Rio News)
Megan Fox (Foto: Manuela Scarpa/Foto Rio News)
Megan Fox (Foto: Manuela Scarpa/Foto Rio News)
Megan Fox (Foto: Manuela Scarpa/Foto Rio News)
Megan Fox (Foto: Manuela Scarpa/Foto Rio News)Megan Fox (Foto: Bárbara Vieira/ EGO)
Megan Fox (Foto: Bárbara Vieira/ EGO)
Megan Fox (Foto: Bárbara Vieira/ EGO)

_________________________________________________________________________________

Musa dos alternativos, Alessandra Negrini desfila no bloco de carnaval paulistano, Acadêmicos do Baixa Augusta    (02/02/13)

Um dos blocos de carnaval mais animados da cidade de São Paulo, Acadêmicos do Baixa Augusta, sai neste domingo, da rua Augusta e vai até a Praça Roosevelt. A Rainha de Bateria? Alessandra Negrini. Afinal, quem mais teria a cara de São Paulo e seus foliões "alternativos" do que ela? A concentração começa às 14h e terá Wilson Simoninha como puxador oficial e participação da banda do Bloco Quizomba e do DJ Tatá Aeroplano.  

________________________________________________________________________________

Yasmin Brunet: modelo entra para blogosfera    (29/01/13)

Yasmin Brunet é musa, a gente sabe. Não só por ser filha de uma, Luiza Brunet, mas é que a moça soube trilhar seu caminho de forma bem bacana. E ela avisa: agora fãs e internautas mais fashionistas poderão acompanhar seu dia a dia através de seu blog pessoal.

De volta ao Brasil após 8 anos morando em Nova York e de casamento marcado com o também modelo Evandro Soldati, Yasmin fala de dicas de beleza e moda, seus hot spots pelo mundo (ela começou com dobradinha sobre NYC) e posts sobre causas nobres. “Amo cinema, livros, viajar, maquiagem, descobrir novas culturas e fazer as pessoas se sentirem bem. Resolvi fazer esse blog para compartilhar minhas ideias sobre um pouquinho de tudo”, conta em seu “about”.

Yasmin também mostra no blog sua pegada Brigitte Bardot, defensora dos animais e a favor das minorias. Boa iniciativa, sempre. siterg

________________________________________________________________________________

Alice Braga corta os cabelos para interpretar empresária de moda em novo filme   (28/01/13)

Depois de manter os cabelos compridos para um filme que se passa em 1915, Alice Braga cortou os cabelos para seu próximo projeto, Latitudes - produção dela com a irmã e o cunhado, o diretor Felipe Braga -, em que interpreta uma empresária da moda. O cabelão tradicional deu lugar a um corte curto, na altura dos ombros. Com patrocínio da Wella, a atriz também aplicou coloração achocolatada para dar mais brilho aos fios. "Como estava fazendo um trabalho de época, tive que manter os meus cabelos muito compridos. Então, minha vontade era cortar tudo", brincou a atriz no anúncio da parceria com a marca de cosméticos ao lado do cabeleireiro Julio Crepaldi.

________________________________________________________________________________

Rachel Jesuton Amosu I Cantora inglesa, revelada nas ruas do Rio vira fenômeno musical   (16/09/12)

"Craziness", loucura em inglês, é um termo que Rachel Jesuton Amosu, 27, repete com frequência ao falar sobre seus últimos sete meses.

Neste período, ela deixou sua Londres natal para realizar um antigo desejo de morar no Brasil, mudou-se para o Rio com o marido, um chef de cozinha argentino, e foi viver no Chapéu Mangueira, favela no Leme (zona sul).

Para ganhar a vida, muniu-se de um amplificador --"Me custou R$ 2.700, o que era quase todo o dinheiro que eu tinha àquela altura"-- e foi cantar nas ruas da cidade, em locais movimentados como o largo da Carioca e a Lapa (no centro), Ipanema e Largo do Machado (zona sul).

Não demorou a atrair a atenção e os trocados dos passantes com sua voz poderosa, que lembra a de artistas populares que ela cantava, como Adele ("Someone Like You") e Amy Winehouse ("Back to Black").

As pessoas começaram a gravar suas cantorias públicas e a jogar os vídeos no YouTube --os primeiros são de quatro meses atrás.

O burburinho foi crescendo, assim como o número de fãs no Facebook (até a última quinta, eram mais de 25 mil "likes"), e de repente ela estava no programa de Luciano Huck, para onde voltou duas vezes.

Hoje, Jesuton tem gravadora (Som Livre), empresária, duas músicas à venda no iTunes (versões de "Wild Horses", dos Rolling Stones, e "Same Mistake", de James Blunt) e um disco a caminho, programado para outubro.

Ela começou a tocar em rádios cariocas e a ter uma agenda de shows --na próxima terça, se apresenta ao lado de Ana Carolina no Prêmio Multishow, cantando "The Blower's Daughter", de Damien Rice. Chega a São Paulo em novembro, com apresentações no Tom Jazz.

"Quem poderia imaginar essa loucura que está acontecendo? Eu não planejei vir ao Brasil para cantar nas ruas e gravar um disco", diz ela à Folha, num português com sotaque, mas compreensível e razoavelmente articulado.

Se não planejou nada do que lhe aconteceu nos últimos meses, é certo que essa filha de um nigeriano com uma jamaicana sempre teve clara vontade de cantar.

"Eu canto desde criança e sempre gostei da sensação física que me dá. Não importava quão tensa ou deprimida eu estivesse, quando eu começava a cantar era uma experiência purificadora."

A timidez excessiva somada a uma criação que valorizou o foco nos estudos, no entanto, fizeram com que ela não sonhasse com uma carreira de cantora.

Graduada em ciências humanas pela universidade de Oxford, na Inglaterra, e mestre em desenvolvimento internacional pela George Washington University (EUA), Jesuton ("filha de Jesus", no idioma nigeriano de seu pai) passou um tempo no Peru fazendo trabalho voluntário.

Morando em Cuzco, começou a cantar em bares e desenvolveu a confiança para encarar uma plateia.

Também começou a alimentar a ideia de viver no Brasil e, quem sabe, de música; voltaria a Londres para acumular dinheiro antes de se mudar para o Rio.

A cantora se vê em um momento "interessante" para começar a carreira.

EXEMPLAR

"Antes, o poder estava todo com as gravadoras, que escolhiam quem queriam apresentar ao público. Hoje, as pessoas podem colocar um vídeo no YouTube e as gravadoras têm de prestar atenção ao que o público está vendo. Meu caso é exemplar."

Seu primeiro álbum mostrará os hits que ela já vinha cantando --de Adele, Amy, Stones--, mas também terá "Sodade", da cabo-verdiana Cesaria Évora, "O Mundo É um Moinho", de Cartola, e uma versão em inglês, feita por ela, para um sucesso de Cássia Eller, "Nós".

Quando mira o futuro, mantém os pés no chão. "Isso é o que está acontecendo hoje, amanhã provavelmente as coisas vão mudar. Eu vou seguindo o fluxo." folha

_________________________________________________________________________________

Sabrina Sato posa de patins e calcinha para revista Alfa; veja fotos   (07/09/12)

A apresentadora Sabrina Sato, 31, abriu sua casa para ensaio da revista "Alfa".

Segundo a revista, a integrante do programa "Pânico na Band" reagiu com naturalidade às propostas feitas, de andar de avestruz a entrevistar senadores.

Solteira, ela topou fazer fotos sensuais e engraçadas.

_______________________________________________________________________________

Marisa Monte: 'Não preciso seduzir a torcida do Flamengo inteira. Encantar alguns já me satisfaz'    (31/08/12)

Marisa Monte chegou aos 45 anos no auge profissional e em turnê de sucesso pelo País. A revista Bravo aproveitou esse momento e conseguiu uma exclusiva com a geralmente arredia cantora e compositora e leva ela para a capa da edição de setembro. Marisa falou sobre a turnê Verdade Uma Ilusão e sua relação com a crítica musical.

"Não tenho a menor pretensão de criticar a crítica. Eu comento o meu trabalho e assino embaixo. O crítico escreve o texto dele e assina embaixo. Pronto, cada um é cada um! A amizade permanece igual. (risos) Construo o que posso, o que julgo mais bacana, com imensos carinho e dedicação. Muitos se arrepiam e me agradecem: 'Nossa, que coisa maravilhosa!' E há aqueles que torcem o nariz: 'Negócio chato, meu Deus!' Numa boa", disse.

Marisa foi mais longe no argumento: "Não preciso seduzir a torcida do Flamengo inteira. Encantar alguns já me satisfaz. Na verdade, a opinião do público e da crítica deixou de me surpreender. Aprendi que, quando falam de mim, fãs e desafetos estão falando de si mesmos, do modo como encaram as relações, os problemas, os sonhos. Sirvo apenas de pretexto."

A cantora também falou sobre o passar do tempo, e os 45 anos recém-completados. A idade, para ela, pesa? "Nem um pouco! Considero a velhice o preço justo que pagamos pela vida. O correr do relógio não me atormenta. Mesmo porque ninguém fica velho de repente. O negócio vai acontecendo devagarzinho. Dá tempo de a gente se acostumar."

________________________________________________________________________________

Alinne Moraes I Namorado faz foto da atriz na banheira e posta no Instagram   (15/08/12)

Alinne Moraes nunca aceitou convites para posar nua em revistas masculinas.

Mas para as lentes do namorado, Mauro Lima, ela topa. Na banheira, a atriz foi fotografada em momento íntimo pelo diretor, que publicou a imagem em preto e branco no Instagram, na noite dessa terça-feira (13).

Alinne começou a namorar Mauro em junho, logo após romper seu relacionamento com Felipe Simão.

_________________________________________________________________________________

Foto de Luiza Brunet seminua clicada por Bruce Weber é leiloada por R$ 50 mil   (09/08/12)

Uma foto de Luiza Brunet seminua, tirada por Bruce Weber no hotel Copacabana Palace, no Rio, em 1986, foi leiloada nesta quinta-feira (9) por R$ 50 mil --o lance mínimo.

O leilão, que reuniu 40 fotografias de colecionadores particulares foi realizado no Museu da Casa Brasileira, em São Paulo, e teve parte da renda revertida para a Childhood Brasil, organização criada em 1999 para lutar pelos direitos das crianças.

A imagem que alcançou a maior quantia no leilão foi fotografada pelo americano Man Ray --um dos expoentes do movimento surrealista--, vendida por R$ 100 mil. A foto mostra a rua Sade, na França, em 1937.

O leilão colocou à venda, ainda, originais de Richard Avedon, Man Ray, Karl Lagerfeld, Cecil Beaton, Henri Cartier-Bresson, Annie Leibovitz, Robert Doisneau, Lewis Carroll, Jean Manson, Thomas Farkas e Marc Ferrez

Fotografia da rua Sade, tirada por Man Ray em 1937

________________________________________________________________________________

 2º Edição da Marcha das Vadias reúne centenas na Avenida Paulista  (26/05/12)

Centenas de pessoas se reuníram neste sábado (26) na Avenida Paulista para a segunda edição da Marcha das Vadias, protesto contrário ao machismo que teve origem no Canadá e se espalhou pelo mundo.

Segundo pessoas que participaram da organização, às 13h30 o ponto escolhido para o início da passeata já reunía mais que as cerca de 300 pessoas que participaram no ano passado.
Policiais que acompanhavam a movimentação no canteiro central da Paulista estimaram a participação de cerca de 200 pessoas no mesmo horário, mas o número parecia crescer a cada minuto com a chegada de mais gente.

O grupo se reuniu no canteiro entre a Rua da Consolação e a Bela Cintra, para pintar cartazes e os corpos de mulheres e homens que se juntaram à causa. Depois, o planejado era descer a Rua Augusta em direção ao Centro e terminar o trajeto na Praça da República.

"A gente escolheu a Augusta por ser justamente um local de prostituição, onde as mulheres costumam sofrer preconceitos", explicou Maiara Moreira, estudante de História que participou da organização do evento, feita pelo Facebook. Segundo ela, a marcha não tem uma organização estabelecida, mas foi feita espontaneamente pela internet por diversos apoiadores.

O evento em São Paulo criado no Facebook tinha mais de 1.500 presenças confirmadas, segundo Maiara.

Em 2011, o protesto também desceu a Augusta e parou em frente ao clube de comédia stand-up Comedians, por conta de um comentário do comediante Rafinha Bastos que foi considerado preconceituoso. Bastos é um dos donos do estabelecimento.

"De um ano para cá, as marchas se espalharam pelo Brasil. Este ano, acho que tem um contexto mais político. A internet tem ajudado a popularizar o que é o feminismo", afirma Bruna Provazi, jornalista e integrante do movimento Marcha Mundial das Mulheres, que tem representação em 53 países.

Segundo Maiara, um dos proósitos da marcha este ano é pedir mais debate sobre a Medida Provisória nº 557, que tramita no Congresso. Ela institui o Sistema Nacional de Cadastro, Vigilância e Acompanhamento da Gestante e Puérpera (mulher que deu à luz recentemente) para Prevenção da Mortalidade Materna. "Esse sistema pode agir como uma forma de monitorar abortos ilegais, e achamos que ele precisa ser mais discutido", diz. G1

_________________________________________________________________________________

Lázaro Ramos estrela o filme "O Vendedor de Passados", ao lado de Alinne Moraes  (11/03/12)

A especialidade de Vicente é criar passados para clientes que buscam biografias alternativas de si mesmos.

Para construir seu mais novo personagem no cinema, Lázaro Ramos acabou misturando o trabalho com sua história familiar. "Tenho poucas fotos da minha mãe, que se perderam quando ela morreu. Esse filme me incentivou a fazer, com uma prima, nossa árvore genealógica", diz.

Alinne Moraes e Lázaro Ramos, protagonistas de 'O Vendedor de Passados', em Campinas

O processo se tornou tão pessoal que até fotos de sua família serão usadas no filme "O Vendedor de Passados", de Lula Buarque de Hollanda (de "Casseta & Planeta - A Taça do Mundo é Nossa"), que deve estrear no final do ano.

O filme aborda o romance entre o vendedor de passados e uma cliente (Alinne Moraes) em busca de uma biografia em que seja criminosa. Ramos foi convidado há cinco anos para o projeto, que já recebeu 15 tratamentos de roteiro. "Tive de ler o livro [homônimo do angolano José Eduardo Agualusa, que inspirou o longa] de novo."

O papel se encaixa bem no atual momento da carreira dele, que despontou há uma década no cinema em "Madame Satã", de Karim Aïnouz, perfil do lendário bandido da Lapa carioca dos anos 1930, e hoje procura personagens mais contemporâneos, com "questões menos épicas".

"Como ator, acho dificílimo fazer um personagem contemporâneo. O que somos nós, como é que a gente conta a história que estamos vivendo? É muito mais fácil você fazer um filme de época. Você colocou a roupa antiga e construiu o personagem."

O ator de 33 anos, que começou a carreira no teatro, tem planos de dirigir um filme, mas o projeto caminha lentamente. "Fiz um argumento de duas páginas e mandei para um amigo que me respondeu com dez páginas de comentários. Ainda estou pensando nisso tudo."

Na seara televisiva, o programa criado por ele, "Espelho", estreia sua sétima temporada no dia 19, no Canal Brasil.

ADAPTAÇÃO

A obra de Agualusa traça um paralelo político entre o vendedor de passados e a história de Angola, que tenta se reconstruir após 27 anos de guerra civil.

Ao adaptar o volume, o diretor ignorou elementos surreais, como o narrador que é uma lagartixa, e transportou a trama amorosa para o Rio. "A gente tem muito 'favela movie'. Falta um filme no cinema brasileiro que se encontre com o público", diz ele.

O longa relaciona os passados forjados pelo protagonista a cirurgias plásticas e perfis em redes sociais na internet. "Um travesti pode ter uma necessidade física de mudar de sexo e, a partir daí, mostrar que tem um passado feminino, com fotos, histórias", afirma o diretor, imaginando um possível interessado nos serviços de Vicente.

Conhecida por papéis em novelas, como a tetraplégica Luciana de "Viver a Vida" (2009), Alinne Moraes vê relações do filme com seu último trabalho, "O Homem do Futuro" (2011). "A gente falava exatamente sobre isso, sobre como, ao mudar um segundo, se pode mudar toda a história."

"Bem resolvida" com seu passado, Alinne Moraes diz que fez exercícios para se aproximar da personagem por não se identificar com ela. "Sempre comentei isso com minha mãe, que não queria mudar nada porque senão não seria quem sou hoje."

MATHEUS MAGENTA

ENVIADO ESPECIAL A CAMPINAS

_______________________________________________________________________________

Angélica está grávida do terceiro filho, confirma a assessora de imprensa do casal, Juliana Cookie  (06/03/12)

Angélica está grávida do terceiro filho. A informação foi confirmada nesta terça-feira (6) pela assessora de imprensa do casal, Juliana Cookie. "Sim, ela está grávida de dois meses, mas não tenho mais informações", limitou-se a dizer.  A apresentadora já é mãe de dois meninos: Joaquim, que completará 7 anos na quinta-feira (8) e Benício, de 4. 
Pouco depois, Angélica usou seu Twitter para falar sobre o assunto. "Alô queridos! Estou grávida do meu terceiro filho! É verdade! E estamos muito felizes! Obrigada por tanto amor!", afirmou a apresentadora.  

 Há duas semanas, Angélica desmarcou algumas gravações do programa “Estrelas”, alegando mal estar e indisposição, o que reacendeu os boatos de que mais um filho estaria a caminho.

Em setembro do ano passado, a página no Facebook da irmã de Angélica, Marcia Marbá, foi hackeada. A pessoa que invadiu a conta afirmou que a apresentadora estava grávida do terceiro filho, mas a informação foi prontamente negada pelo casal.

"Sei que é um assunto familiar, mas colocaram em algum canto no Facebook que a Angélica esta grávida. Ela NÃO esta. Valeu", disse. Angélica também aproveitou o serviço de microblog para desmentir a notícia. "Vamos la: NAO estou gravida..., colocaram uma noticia FALSA no facebook da @kpmarcia ..., falta do que fazer...bjs". postou.

Nome de menina

Embora a gravidez tenha sido negada, o casal já havia tornado público há algum tempo seu desejo de aumentar a família. De acordo com a coluna "Diário da Fama", do jornal "Diário de S. Paulo" Angélica já teria inclusive revelado a amigos qual nome dará para a filha, caso engravide de uma menina neste ano: Antônia, em homenagem à avó do marido. 
Em entrevista a QUEM em 2010, a própria apresentadora já tinha dito que pensava em ter mais um filho. "Ano que vem", afirmou na época. Em outra ocasião, Angélica também falou sobre a relação do marido com os filhos. “Admiro a disposição, o carinho e a paixão com que ele vive a paternidade, aproveitando todos os momentos como pai", comentou.

_______________________________________________________________________________

Will Smith e Josh Brolin conversam com jornalistas no Rio para divulgar "Homens de Preto 3"  (23/02/12)

Will Smith e Josh Brolin estão no Brasil para divulgar o terceiro filme da série "Homens de Preto". Ao contrário dos personagens que só vestem roupas escuras, os atores escolheram ternos de cores claras para o encontro com os jornalistas, no hotel Copacabana Palace, na tarde dessa quinta-feira (23). Muito animados os dois pareciam estar amando o Brasil.

Will chegou falando em português: “tudo bem? Estou feliz de estar aqui no Brasil”, arriscou. Josh já faz até trocadilhos com o nome de pontos turísticos da cidade. “Cheguei e fui para a shit island (Ilhas Cagarras). E fiz um poo lá”, brincou referindo-se ao nome do local.

Outro momento inusitado da coletiva aconteceu quando três fotos de celebridades brasileiras foram mostradas para os dois atores que interpretam especialistas em aliens.

Questionados sobre qual dos famosos poderia ser um extra-terrestre, eles educadamente preferiram ser discretos. Na opinião deles, o jogador Neymar poderia ser Justin Bieber, Susana Vieira e Valeska Popozuda poderiam ser a madrasta de Josh Brolin. “É por isso que eu amo o Brasil. Só aqui acontecem essas cenas inusitadas”, afirmou Will.

Mesmo sobre protestos da direção para que não revelasse detalhes da produção, Will Smith contou que a cantora Lady Gaga faz uma participação como um alien.

A franquia foi retomada após dez anos do lançamento de "Homens de Preto 2". Na sequência, o agente J, interpretado por Will, volta ao tempo para salvar o mundo e a vida de K, personagem de Tommy Lee Jones. Em 1969, ele conta com a ajuda do jovem agente K vivido por Brolin. “Quando tivemos a idéia de fazer uma continuação, ficamos animados. Concordo que o intervalo foi longo demais, mas foi preciso para criar uma história consistente. Não queríamos apenas uma continuação”, disse Smith.

Os efeitos 3D também foram motivo de piada durante o encontro com a imprensa. “Fiquei com medo de ver minhas orelhas em 3D, mas achei que ia ser engraçado para as crianças”, brincou Will.

“Acho que fui chamado porque minha cabeça é muito grande e ficaria ótima em 3D”, acrescentou Josh. No mesmo clima de brincadeiras, Will completou: “Ele é o único ator que consegue ter a cabeça maior que a de Tommy Lee”.

O ator veterano, que também participa do filme, mas não veio ao Brasil, foi lembrado por causa de seu peculiar humor. “Quando o Will está próximo, o Tommy é ótimo. Fica até divertido, mas quando ele não está não há humor algum”, revelou Brolin sobre o companheiro de cena.

Questionado sobre a possibilidade de voltar no tempo, Will disse que preferiria voltar para ontem, com Barack Obama como presidente dos Estados Unidos. “Quanto mais voltasse no tempo, mais difícil seria para o meu povo”, disse ele, fazendo referência à segregação racial a à conquista dos direitos dos negros.

Will também aproveitou para falar sobre seu próximo projeto: o filme "After Earth", em que contracena com seu filho, Jaden Smith. “É uma grande oportunidade trabalhar com os filhos porque você dá o seu melhor. Minha cria está me assistindo”.

Sobre as peripécias de Willow, a caçula fashionista, ele brincou: “vocês acreditam que ela raspou o cabelo agora? Eu não mando em nada.  Ela me lembra que tenho um universo inteiro para aprender”.  Luisa Girão, iG Rio de Janeiro

_______________________________________________________________________________

Christiane Torloni comemora 55 anos neste sábado  (18/02/12)

A atriz Christiane Torloni, que completa 55 anos neste sábado, na pele da vilã Tereza Cristina, de "Fina Estampa"

Uma das melhores de sua geração, a atriz Christiane Torloni(18.fev.1957, Rio de Janeiro - RJ), filha dos atores Monah Delacy e Geraldo Matheus, já recebeu quinze indicações para o prêmio de melhor atriz, levando oito deles e outro pelo conjunto de sua obra.

Está em cena desde os 18 anos, com grandes atuações na tevê, cinema e teatro.

Entre as personagens cheias de personalidade e charme que muitas vezes ditaram a moda nas ruas estão a Jô Penteado de "A Gata Comeu" (1985), cujo corte de cabelo virou mania nacional na época.

Também são marcantes a Fernanda de "Selva de Pedra" (1986), a Dinah de "A Viagem" (1994), as gêmeas Vivi e Fernanda de "Cara & Coroa" (1995), Helena de "Mulheres Apaixonadas"  e a inesquecível Hayde de "América" (2003).

Atualmente, ela vive a malvada socialite Tereza Cristina, um dos personagens de maior destaque em "Fina Estampa"

No teatro, La Torloni, como também é conhecida do público e da mídia, trabalhou com grandes diretores, sempre atraída por montagens de textos clássicos como "As Lágrimas Amargas de Petra von Kant" (1979), de Fassbinder, "Hamlet", na qual interpretou a rainha Gertrudes em uma memorável montagem de José Celso Martinez Corrêa em 1994, e "Salomé" (1997), de Oscar Wilde.

A atriz também é presença marcante no cinema, em filmes como "Beijo no Asfalto" (1981), "Aguenta Coração" (1982) e "Cinema de Lágrimas" e "Perfume de Gardênia", em 1995.

Em 2010, participou de "Chico Xavier", no qual interpreta uma mãe cujo filho foi assassinado acidentalmente.

Na vida real, Christiane também vivenciou a dor de perder o filho em 1991, quando atropelou acidentalmente o próprio filho Guilherme (um dos gêmeos de seu primeiro casamento, com Dênis Carvalho), então com 12 anos. A tragédia fez com que ela fosse morar em Portugal durante três anos. F5

____________________________________________________________________________

Atriz Karin Roepke, namorada de Edson Celulari diz que quer se casar na igreja  (31/01/12)

A atriz Karin Roepke, 30, namorada de Edson Celulari, 53, disse que quer se casar na igreja.

"Ah, claro que quero casar na igreja! Espero que um dia aconteça! Certamente irá", disse à revista "Contigo!".

Os dois se conheceram no musical "Hairspray" e estão juntos há seis meses.

"Eu sempre tive relacionamentos longos, mas estava solteira há um bom tempo. Agora estou namorando há uns seis meses. Nos conhecemos no (musical) Hairspray, mas não rolou nada na época, era só um contato profissional, o Edson ainda estava casado", disse.

Depois do fim do musical eles se reencontraram na casa de um amigo, o ator Frederico Reuter, 35.

"O elenco virou um grupinho e a gente se encontra sempre, sai para jantar, vai ao teatro. Foi nessa que a gente começou... E estamos aí. É um início de namoro."

A revista chega às bancas na próxima quarta.

_______________________________________________________________________________

"Gianecchini está curado", diz amiga do ator  (21/01/12)

Os amigos mais íntimos de Reynaldo Gianecchini estão comemorando. Neste sábado (21) receberam a notícia de que a medula do ator "pegou". Ou seja: o autotrasplante ao qual foi submetido no dia 12 de janeiro de 2012 foi eficaz.

"O termo correto neste caso é dizer que houve um enxertamento de medula bem sucedido. A quimioterapia em altas doses destruiu sua medula original e agora ele recebeu, no lugar dessa, uma medula preservada", explica o médico Celso Massumoto, diretor clínico e hematologista da clínica Oncocenter, de São Paulo.

O ator, que foi diagnosticado com um linfona não-Hodgkin em agosto de 2011, passou por várias sessões de quimioterapia antes da operação. Segundo uma pessoa próxima de Gianecchini que conversou com o iG, o que "os médicos diziam era que se a medula pegasse ele estaria curado".

Massumoto é mais cauteloso: "Ainda não se pode dizer que ele está curado, isso vai depender do funcionamento dessa medula nova". Sobre a data em que o ator deve ter alta, ele diz que "normalmente, a partir do dia que a medula passou a funcionar, o paciente poderá sair em 10 ou 15 dias".

Esse período de recuperação da medula exige isolamento do paciente, para evitar que ele pegue alguma infecção, já que está com o sistema imune extremamente frágil.

Ainda de acordo com a amiga de Gianecchini, "os últimos dias foram de muita ansiedade para ele e sua família", mas agora veio a notícia de que a operação foi bem sucedida. (iG)

________________________________________________________________________________

Sergio Brito: R.I.P.  (17/12/11)

Existem nomes que, quando falados, nos remetem à coisas bem específicas. Assim é com o de Sergio Brito. O ator, de 88 anos, foi um mestre nos palcos. Tanto dos teatros quanto da vida. Sergio estava internado há cerca de um mês no Hospital Copa D’or, no Rio de Janeiro, por conta de problemas no coração. Na manhã deste sábado (17.12), por complicações, ele não resistiu.  O velório deve ser realizado na Assembleia Legislativa do Rio. Foram 65 anos de carreira, repleta de prêmios e realizações. Brito foi – é – o cara. E deixará saudades. siterg

____________________________________________________________________________

Marisa Monte lança 8º CD "O que Você Quer Saber de Verdade", e quebra o sossego dos últimos anos   (30/10/11)

Marisa de Azevedo Monte passa ilesa pelos olhares de mais de 30 pessoas de uma equipe de TV que grava na porta do parque das Ruínas, no bairro carioca de Santa Teresa, onde foram feitas algumas fotos deste ensaio. Talvez porque ela não se pareça com Marisa Monte.

A carioca de 44 anos usa uma malha cinza, calça skinny e óculos de casco de tartaruga. Nos pés, bota de couro vinho e salto quadrado, amarrada atrás como um espartilho. Os cabelos também estão amarrados, num coque alto. Nada fluido, florido nem molinho como a imaginação tende a vestir a cantora. E sua boca não é vermelha nessa tarde de terça.

É que a faceta cantora de Marisa Monte anda ficando mais em casa. "Trabalhei demais até os 35. Tinha turnê de 80 shows que acabava tendo 120. Não quero mais isso, não", comenta com o fotógrafo Walter Firmo, logo que chega.

A cantora Marisa Monte, que lança seu 8º CD, em ensaio especial para a revista Serafina

Os dois se conheceram na sessão de fotos para a Serafina. Firmo fez história retratando sambistas desde 1960 e Marisa sonhava em ser fotografada por ele.

Ela aparece pouco na mídia. E quando o faz é com intuito certeiro. Dessa vez, a ideia é promover o lançamento do CD "O que Você Quer Saber de Verdade" neste 31 de outubro, no Brasil e em mais 30 países. Além de apontar por quem, onde e como preferia ser clicada, o "entourage" ao seu redor pediu que a reportagem respeitasse seu silêncio. Não daria entrevista.

Grandes colaboradores dela, procurados pela reportagem, também optaram por não falar. Caso de Carlinhos Brown e Arnaldo Antunes, parceiros de composição, que alegaram estar muito ocupados.

Mas Marisa não se opôs à presença do repórter na sessão de fotos. E falou abertamente nas cinco horas de sessão. Cumprimentou todo mundo com dois beijos, comeu um sanduíche de
queijo amarelo na hora do almoço. Mais antidiva, difícil.

"Ela comprou fotos minhas", disse o fotógrafo Firmo antes de a cantora chegar. O retrato de Pixinguinha ela deu para o pai. O de Clementina de Jesus, de costas, ficou com ela. A compra dos dois somou R$ 30 mil. Dinheiro que ela tem, mas em que não se liga. "Não sou do tipo de pessoa que quer ter um jatinho. Nunca tive o sonho da ilha própria", continua no set.

Mais antidiva, improvável.

Duas horas de maquiagem, cabelo e escolha de roupas e sai do camarim Marisa Monte: vestido fluido, cabelo solto, boca carmim e uma sandália dourada. A gravação pela qual ela passou batida pausa para ver passar a cantora, agora com a cara que sua música teve durante a carreira.

Ela se apoia na parede de tijolos aparentes. Vira-se de costas e mostra o zíper do vestido, que travou e não conseguiram fechar. "Não faz mal. Tá tudo bem." Ao fazer as primeiras poses, pede: "Posso segurar o vestido, pra ele não sujar?". Mais antidiva, impossível.

Terminada a sessão em que sentou numa cadeira de palhinha, imitando Pixinguinha em foto dos anos 1960, Marisa improvisa. Sobe no parapeito do prédio, com vista para o Pão de Açúcar. Abre os braços sobre o muro, a uns cinco metros do chão, sem nada que a segure em caso de queda.

"Adoro seu perfil", diz o fotógrafo. "Eu também adoro meu perfil", responde. Fazem então várias fotos dela de lado, e sua desenvoltura deixa claro que é dona do próprio nariz.

DONA DO NARIZ

Mesmo: Marisa é a feliz proprietária de tudo o que gravou na vida. São 115 obras e 310 fonogramas que lançou desde 1987, quando iniciou o ofício. Conquistou a independência de fazer o que quer.

Isso permite que ela hoje escolha o que grava e o que lança e relança. Sem alarde nem avisar gravadora. O novo álbum, por exemplo, foi gravado em seis meses, com viagens a São Paulo, Nova York, Los Angeles e Buenos Aires.

Ela diz no site oficial que o CD é seu oitavo. Exclui da conta "Infinito ao meu Redor" (2008), trilha do documentário autobiográfico de mesmo nome, e "Tribalistas" (2002), com Carlinhos Brown e Arnaldo Antunes. "É um projeto coletivo", explica ela na página da internet.

Por mais que negue "Tribalistas" como obra própria, é desse álbum que saiu "Velha Infância", a música mais executada de sua carreira no rádio, tanto na categoria compositora quanto como cantora, atesta levantamento feito pelo Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição) para a Serafina.

Para o CD, Marisa aprendeu a "falar" com um novo instrumento. "Ela descobriu no uquelele uma maneira de se expressar que tem muito a ver com ela", diz Adriana Calcanhotto, amiga de Marisa desde que esta foi ver sua primeira apresentação no Rio, em 1989.

O instrumento é primo havaiano do machete. "Os portugueses levaram a viola, chamada de braguinha, para a ilha no fim do século 19", diz o luthier Marcelo Silva, que produz uqueleles. "É como se fosse um cavaquinho, bem brasileiro, mas virado ao contrário."

É que as cordas do uquelele fazem o caminho inverso dos outros parentes do violão: as de cima são as primas, de som mais agudo, e as de baixo são os bordões, notas mais graves. A inversão da lógica no instrumento em que ela diz ter se encontrado vale também para sua carreira.

VOZ PELADA

Marisa Monte surgiu para o público de uma vez, como uma erupção. "Ela contrariou os hábitos e as regras", diz Nelson Motta, que a produziu para o pop quando a cantora ainda pertencia ao universo erudito e cantava ópera, no fim da década de 1980.

"Com ela, eu consegui fazer um trabalho sem nenhuma concessão." Por liberdade total, Motta quer dizer apresentar a cantora com um CD ao vivo, sem truques de gravação em estúdio nem programas eletrônicos para melhorar o timbre. Ela estreou de voz pelada.

O resultado foi "MM", álbum que vendeu meio milhão de cópias e emplacou "Bem que Se Quis" como trilha de novela global. Pronto: nascia junto à década a primeira --e única?--- diva dos anos 1990.

Desde então, Marisa vendeu 10 milhões de CDs. Recolocou Tim Maia na moda musical. Pôs o samba de volta em posição cool e ganhou três Grammy. "Ela toma as escolhas certas, sempre. Faz o que quiser", diz Motta. "Parece um roteiro pré-escrito em que tudo dá certo."

Resolvida a vida profissional, os últimos anos da cantora foram dedicados à pessoal.

"Tem uns três anos que a Portela não vê a Marisa", conta Tia Surica, sambista da Velha Guarda da Portela, grupo retratado no documentário "O Mistério do Samba", que Marisa produziu e protagonizou.

O filme estreou nos cinemas em 2008. A data coincide com o nascimento de Helena, filha de Marisa e de Diogo Pires Gonçalves. Ele é empresário e agente de atores e de outros cantores, como Silvia Machete, mas não da própria mulher.

"Eu tenho família. Dois filhos, uma de três [anos, Helena] e outro de oito [anos, Mano Wladimir, filho do músico Pedro Bernardes]. Não dá para levar a mesma vida de antes", diz a cantora a Firmo.

Desde que virou mãe de dois, a escola de samba azul e branco da rua Clara Nunes, em Madureira, saiu da sua rotina.

A sambista Surica diz que, mesmo à distância, a comunidade "morre de amores por essa menina. Sempre morreu".

O pai de Marisa é Carlos Monte, figura central da Portela, que voltou à diretoria da agremiação em 2004. "Quando eu tenho uma necessidade, ligo para ela, deixo recado e resolvo o que tenho que resolver", continua Tia Surica. Mas e a saudade? "Saudade também, mas ligo mais por coisas práticas, ela é muito prática", conta a tia de consideração.

O hiato de três anos, em que Marisa só participou de alguns shows, como o da cantora mexicana Julieta Venegas, foi acompanhado por poucos amigos. Calcanhotto foi um deles: "Acho incrível poder desfrutar do silêncio com alguém de quem a gente gosta muito".

O lutador Anderson Silva diz que adorou gravar o clipe de "Ainda Bem", música nova. Nele, Silva e Monte dançam num encontro silencioso, enquanto ela canta ao fundo.

E a volta da cantora parece que será feita do mesmo silêncio, quando não estiver cantando. Marisa Monte não está no Facebook. Teve uma conta por dez minutos e cometeu suicídio virtual. Explicou depois, em carta aos fãs, que a decisão foi "ao me dar conta da demanda".

Quem quiser romper o silêncio dela que compre seu CD novo. Ou entre no perfil dela no site de perguntas e respostas FormSpring, onde ela adota o nome Procure Saber (formspring.me/mmprocuresaber) e explica sua quietude: "Muito tempo se perde com informações sem a menor relevância. Tempo para mim é precioso e tenho preferido usá-lo com outras coisas".

CHICO FELITTI
DE SÃO PAULO

__________________________________________________________________________________

Atriz Fernanda Montenegro chega aos 82 anos como dama da TV, do cinema e do teatro  (16/09/11)

Descendente de portugueses e italianos, Fernanda Montenegro (16.10.1929, Rio de Janeiro - RJ) nasceu Arlette Pinheiro Esteves da Silva, mas achava que o nome de batismo não combinava muito com a carreira.

Adotou Fernanda por ter, segundo ela, uma sonoridade que remete aos personagens dos romances de Balzac ou Proust. O Montenegro veio de um médico homeopata que não chegou a conhecer, mas era amigo da família e operador de "milagres".

Seu nome apareceu pela primeira vez quando ela trabalhava no rádio, fazendo traduções e adaptações de peças literárias para o formato de radionovelas.

Junto com colegas como Sérgio Britto, Ítalo Rossi, além de seu próprio marido --Fernando Torres--, conferiu maior dignidade ao teatro brasileiro a partir da década de 50.

A estreia se deu com a peça "Alegres Canções nas Montanhas" (1950).

Montenegro é retratada por Luciana Whitaker enquanto discursa

No começo dos anos 1960, já estabelecida em São Paulo, atuou na televisão encenando mais de 170 peças no programa "Grande Teatro Tupi" e, em 1963, começou a participar também de telenovelas.

Mas foi somente a partir de 1979 que sua presença se tornou mais marcante na telinha.

Entre as mais de vinte novelas que estrelou na Globo estão "Guerra dos Sexos" (1983), "Rainha da Sucata" (1990), "Belíssima" (2005) e "Passione" (2010).

No cinema, a atriz estreou em 1964, em uma adaptação do diretor Leon Hirszman de "A Falecida", obra de Nelson Rodrigues.

Seu mais estrondoso sucesso foi com o filme "Central do Brasil" (1998), pelo qual foi indicada ao Oscar de atriz.

Ainda com o sucesso em outras áreas, o teatro jamais deixou de ser sua prioridade. Em 1982, ela ganhava, por exemplo, os prêmios Molière especial e de melhor atriz por sua atuação em "As Lágrimas Amargas de Petra von Kant".

Entre as peças de maior sucesso destacam-se ainda "O Beijo no Asfalto" (1961), "Dona Doida" (1987), "The Flash and Crash Days" (1993) e "Viver Sem Tempos Mortos" (2010), que lhe rendeu o prêmio de melhor atriz na 22ª edição do Prêmio Shell de Teatro de São Paulo.

_______________________________________________________________________________

"O Homem do Futuro" recicla ficção científica hollywoodiana  (02/09/11)

A ficção científica é um gênero sem nenhuma tradição no cinema brasileiro. O realismo fantástico até dá as caras de vez em quando, mas aquela ficção de raiz, com cientista maluco e tudo, permanece praticamente inédita. Isso até "O Homem do Futuro", que estreia nesta sexta-feira (02), dirigido por Cláudio Torres ("A Mulher Invisível"). O filme estrelado por Wagner Moura é tão radical nesse sentido que recicla boa parte do que já se fez na seara da viagem no tempo, por onde o roteiro trafega.

O sentimento de déjà vu acompanha o espectador por algum tempo. A principal influência para a história, escrita pelo próprio Torres, parece ter sido a trilogia "De Volta para o Futuro". Também comparecem "Carrie, a Estranha", "Exterminador do Futuro", "Efeito Borboleta", Tim Burton e alguns elementos típicos da sociedade norte-americana, como o tradicional baile de formatura, convertido numa festa a fantasia de final de ano. Lá pelas tantas, depois de ouvir um bom número de frases clichês do gênero ("esta noite somos deuses!", "em que ano nós estamos?"), já se aprende como o jogo funciona e a jornada flui sem muitos solavancos.

O filme segue Zero (Wagner Moura, no modo caricatura ligado no máximo), pesquisador brilhante, professor excêntrico e homem amargurado. Sempre de jaleco branco e olhar vidrado, Zero, vulgo João, está trabalhando num projeto que pode mudar o mundo, algo que envolve um conversor de partículas, micro buracos-negros e alguma outra expressão tirada de "Física para Leigos". Contrariando as ordens da chefe (Maria Luísa Mendonça, mulher do diretor), o cientista dá início a um experimento e viaja 20 anos no passado, para 1991. Ao longo da história se entende que ele tentava encontrar uma forma alternativa de energia – mas para isso ele precisava entrar numa cápsula e se trancar lá dentro?

A questão é que Zero volta para um dia fundamental de sua juventude, quando ainda estava na faculdade, gago e nerd da cabeça aos pés. Naquela noite, ele passaria por uma experiência traumática nas mãos de sua paixão, a belíssima Helena (Alinne Moraes), e do valentão Ricardo (Gabriel Braga Nunes). Convencido de que se mudasse o rumo dos acontecimentos sua vida deixaria de ser miserável, Zero segue em frente e, moral da história, descobre que estragou tudo no futuro. No meio do caminho, ainda aparece Otávio (Fernando Ceylão), o amigo gordinho que emula, sem muito sucesso, o britânico Nick Frost ("Todo Mundo Quase Morto").

A trama não guarda muitas surpresas para quem conhece o riscado. O que importa, na verdade, é criar o clima de comédia romântica, grande sacada de Cláudio Torres, ciente do que o povo gosta e do que o mercado quer. Por isso não adianta ficar questionando por que diabos Alinne Moraes – linda no telão do cinema, que valoriza seu rosto muito mais do que a TV – daria bola para o personagem de Wagner Moura. Afinal, não se trata de uma comédia romântica corajosa ou com diálogos inteligentes: o negócio aqui é jogar para ganhar, sem subverter regras ou arriscar. Essa parcela ficou a cargo da extravagância da ficção científica.

O que não quer dizer que o roteiro não tenha seus momentos iluminados. A história, sim, fica confusa em algumas partes – inclusive na atrapalhada reviravolta final –, mas o diretor tem bom timing cômico e soube tirar graça do que se perdeu no passado (como os celulares gigantescos e a liberdade de se acender um cigarro dentro de um bar). Atenção também para as piadas com Michael Jackson e o Museu de Arte Contemporânea de Niterói.

A parte técnica de "Homem do Futuro", por sua vez, não deixa nada a desejar. Os efeitos especiais são convincentes, de uma forma pouco explorada no cinema nacional, e conseguiram até converter o Teatro Municipal de Paulínia, cidade onde parte das cenas foi filmada, num arranha-céu futurista. Pena que não investiram também na maquiagem – os personagens do passado e futuro ganham no máximo um penteado diferente.

E Wagner Moura? Parece se divertir como nunca dentro de uma fantasia de astronauta, brincando bastante nos três momentos que seu personagem experimenta ao longo da história. Sem se dar por satisfeito, ainda canta a música-tema e faz covers de "Inútil", do Ultraje a Rigor, "Tempo Perdido", da Legião Urbana, e "Creep", do Radiohead. E ele se sai muito bem. É seu carisma, no fim das contas, que segura "O Homem do Futuro" e faz a comédia valer a pena. Está aí mais um forte candidato a reforçar sua fama de imbatível no cinema brasileiro. [Marco Tomazzoni]

_____________________________________________________________________________

Miguel Falabella, Fernanda Montenegro e outros famosos dão adeus a Ítalo Rossi (03/08/11)

O ator morreu na terça-feira (2), aos 80 anos, no Rio de Janeiro

 Fabio Cordeiro/Revista QUEM

Fernanda Montenegro (à esq.), Nathália Timberg (centro) e Eva Wilma


Marília Pêra, Maria Zilda Bethlem e vários famosos foram ao velório de Ítalo Rossi na manhã desta quarta-feira (3), no Cemitério São Francisco Xavier, no bairro do Caju, no Rio de Janeiro. O ator morreu em decorrência de complicações respiratórias, aos 80 anos, na terça-feira (2), após passar dois dias internado no Hospital Copa D'Or.

"Penso nele com graça e humor, sempre às gargalhadas nos bastidores. No espetáculo 'O Marido vai à Caça',  a Fernanda Montenegro e ele sempre tinham que parar a peça porque estavam às gargalhadas. Ele me chamava de filhinha e eu o chamava de paizinho. O Ítalo morreu mas deixa uma graça para sempre para nós", disse Marília, emocionada.

 Roberto Filho/AgNews
Miguel Falabella chora próximo ao caixão

Diogo Vilela, que trabalhou com o ator em "Toma Lá Dá Cá", comentou como eram os intervalos das gravações do seriado. "Me divertia muito com ele, o assunto era sempre interessante. Toda vez que a gravação era interrompida, não conseguiámos parar de conversar, era incrível, eu não sentia a tensão de gravar. Ítalo era muito importante, um legado da cultura brasileira, o nosso grande ator, e passar um dia com ele era muito especial."

Miguel Falabella chegou chorando muito e abraçou Diogo. "Tive a honra de trabalhar com ele na peça 'Um e Outro' e escrever o seu Ladir para ele em 'Toma Lá Dá Cá'. Tinha que ser um ator da grandeza do Ítalo para interpreta-lo, e conquistou o Brasil com uma frase, 'É mara'", recorda, elogiando em seguida."É um grande amigo, alegre, maravilhoso, profissional generoso e do bem, da velha guarda, no bom sentido. Vai fazer muita falta, é uma grande perda."

 Roberto Filho/AgNews
Antônio Pitanga (à esq.), Diogo Vilela (ao centro) e Arlete Salles

Antônio Pitanga também compareceu. "O Ítalo era muito divertido, um ser humano por inteiro, de uma sensibilidade aflorada. O conheci na década de 50, na primeira novela diária, 'Morta Sem Espelho', era uma pessoa magnânima. Você entende o quanto a profissão é valiosa através dos colegas. Ele é um exemplo. A gente hoje reverencia e tira o chapéu para ele. A matéria se vai, mas o pensamento fica para todo o sempre."

Letícia Spiller, que contracenou com o ator na novela "Esplendor" (2000), levou flores e chorou segurando a mão dse Ítalo, ao dar adeus ao corpo. Guilherme Rossi, sobrinho neto de Ítalo, falou sobre o tio. "As pessoas só o conhecem como ator, não sabem a pessoa iluminada que ele era. Um coração que não se encontra mais". Antonio Grassi relembrou com saudade. "Assistí-lo era sempre um grande privilégio,um homem de grande humor, alegria contagiante e dedicação impressionante. A arte dele é eterna. O diretor teatral Sérgio Britto foi ao cemitério com três amigos. "Eu amava o Ítalo, era um grande amigo e ator, o que dizer mais?".

 Fabio Cordeiro/Revista QUEM
Eva Wilma assina o livro de presença

Fernanda Montenegro e Nathália Timberg chegaram às 15h30. "Não vou olhar, não quero ver ele morto. Desde 1954, 1955 trabalhamos juntos, quase 20 anos se vendo todo dia, na TV, no teatro... Ítalo só vivia para o palco, se realizava no palco, era alegre e doce, muito querido e íntimo. É uma perda que não se pode fazer nada, que nada consola, insubstituível por todas as razões", disse Fernanda. "Fiquei muito assustada com a morte dele. Por volta dos 70 e 80 anos, as baixas são dolorosas". 

 Fabio Cordeiro/Revista QUEM
Fernanda Montenegro consola Nathália Timberg
Nathália foi consolada por Renata Sorrah. Eva Wilma falou sobre o amigo. "Só tenho coisas boas dele. Fizemos uma grande amizade, é um parceiro fantástico, grande ator e grande companheiro". Arlete Salles, que também contracenou com ele em "Toma Lá Dá Cá", fez coro. "As lembranças são lindas, de um grande ator e homem elegante, culto e adorável. Nunca vou esquecer a frase que conquistou o Brasil, 'é mara'. Ele deixou uma história linda".

Com 55 anos de carreira, Ítalo participou das novelas "Senhora do Destino" (2003) e "Belíssima" (2005). Um de seus últimos papéis marcantes foi no elenco do humorístico "Toma Lá, Dá Cá", da TV Globo, em que interpretou o personagem Seu Ladir. O enterro está marcado para as 16h. (Quem)

 Roberto Filho/AgNews
Marília Pêra se despede do amigo Ítalo Rossi durante velório no Rio de Janeiro

Fábio Cordeiro / Revista QUEM
Marília Pêra (à esq.) e Maria Zilda (à dir.)

 Fabio Cordeiro/Revista QUEM
Letícia Spiller, Arlete Salles (ao centro) e Miguel Falabella conversam


 Fabio Cordeiro/Revista QUEM
Miguel Falabella e Diogo Vilela consolam Sérgio Britto (de casaco azul)


 Fabio Cordeiro/Revista QUEM
Nathália também recebe o abraço de Renata Sorrah

 Fabio Cordeiro/Revista QUEM
Fernanda e Nathália dão adeus ao amigo

_______________________________________________________________________________

Norma me livrou do domínio de Maria de Fátima, diz Glória Pires (03/07/11)

A vingança veio a cavalo para Norma (Glória Pires), a mocinha cada vez mais vilã de "Insensato Coração".

Na novela das 21h da Globo, ela foi enganada, humilhada e até presa por um crime que não cometeu, mas, nesta semana, finalmente pôde dar o troco.

Confrontou seu algoz, Léo (Gabriel Braga Nunes), que manteve em cativeiro, obrigando-o a comer do chão, o que levou a novela a recordes de audiência: na quinta, marcou 44 pontos (cada ponto equivale a 58 mil domicílios na Grande São Paulo).

As maldades devem continuar. "Norma e Léo vão se alternar nos papéis de caça e caçador", diz Ricardo Linhares, um dos autores.

Norma está fazendo justiça com as próprias mãos, o que é condenável", resume Linhares. "Mas, hoje, a moral do público é elástica."

O convite para viver Norma bateu, literalmente, à porta de Glória. Ela estava morando em Paris, em 2008, quando o coautor Gilberto Braga foi até lá convidá-la.

"O papel foi criado para ela", diz Braga, sem conseguir citar outra pessoa que poderia fazer a personagem. "Felizmente não preciso."

Leia abaixo a íntegra da entrevista que a atriz deu, por telefone, à Folha.

Folha - Como surgiu o convite para viver a Norma?
Glória Pires - O Gilberto me chamou. Quando eu me mudei para Paris, em fevereiro de 2008, ele foi de férias e me ligou de lá. Ele me fez o convite, me perguntou se eu teria interesse, se eu gostaria, se ele poderia me reservar para a novela dele, que ele estava pensando em alguma coisa bem legal. Na época, eu ainda não sabia o que era, mas prontamente disse que lógico, estava afinzaça de fazer alguma coisa bacana. No ano seguinte, ele voltou já com a sinopse e com a ideia da Norma.

Você gostou de cara da personagem?
Eu já gostei pela proposta do Gilberto de fazer uma personagem que nos livraria do domínio de Maria de Fátima. Eu fiquei animada com essa possibilidade.

A Maria de Fátima ainda é muito presente para você?
Ela é muito presente ainda para nós. ["Vale Tudo"] é uma novela que agora foi reprisada e que revelou o quanto ela foi especial. Eu tinha a impressão de que aquela novela tinha sido mesmo incrível, apesar de todos os problemas que aconteceram. Foi uma novela que foi aumentada em muito. Isso sempre gera uma barriga e a trama dá uma desandada. Mas, com tudo isso, a novela ficou intacta. E alguns personagens, como a Maria de Fátima e a Odete Roitman [Beatriz Segall], ainda ficaram muito fortes.

E teve confiança de que o Gilberto te daria uma personagem para apagar a Maria de Fátima da lembrança de todos?
Nós temos uma história. A gente fez alguns trabalhos bem legais. Eu fiquei instigada com o convite. Achei que seria uma coisa muito legal. E ela, embora tenha demorado muito para engrenar --eu fiquei cerca de 20 capítulos fora do ar--, depois que sai da prisão fez tudo em um ritmo muito acelerado. As coisas vêm acontecendo num ritmo mais parecido com o de uma minissérie do que com o de uma novela. Veio tudo em cima do laço e eu acho que o que está dando mais sabor é isso, que as coisas foram acontecendo em um ritmo alucinante.

Você assiste à reprise de "Vale Tudo" no canal pago Viva?
Não assisto. Assisti duas únicas vezes. O horário para mim é muito difícil. Nesse horário do almoço, eu raramente eu estou em casa. E, à noite, é muito tarde. Em geral ou estou na rua ou dormindo. Se eu estou em casa, raramente estou assistindo televisão.

E as suas filhas, que ainda não haviam nascido ou eram muito pequenas na época, o que têm achado?
A filha pequena [Ana] estuda. Na hora do almoço está na aula e na hora que passa à noite não está mais acordada. A filha adolescente [Antonia], na hora do almoço está também trabalhando e estudando. À noite, às vezes, ela assiste, mas não é sempre. Ela está curtindo a repercussão da novela, porque tem todas essas coisas de Facebook e de Twitter. Ela fica bem por dentro da repercussão da novela. A Cleo [Pires, também atriz] assistiu bastante no início, mas agora viajou. Ela era muito pequena quando a novela foi ao ar. Agora, tendo se tornado atriz, ficou muito impressionada com a qualidade das cenas, do texto, da interpretação das pessoas. Achou diferente do que se faz hoje em dia e achou muito moderno.

Consegue ver semelhanças entre a Maria de Fátima e a Norma?
Elas têm semelhança nas armações. O momento em que a Norma sai da cadeia e começa a ir em busca da forma como ela vai chegar ao Leonardo, ela fica bem parecida com a Maria de Fátima. Nas tramas, nas armações, nessa coisa de armar situações para que tudo se defina para o lado dela. Por exemplo, no caso do rapaz que está na vaga da Fabíola [Roberta Rodrigues], que ela quer morar lá para se aproximar do Milton, ela vai, descobre tudo do cara, pega uma prostituta, arma toda uma história para a Fabíola chegar no apartamento na hora que eles estão... Esse tipo de armação é bem Maria de Fátima. Eu acho que é o estilo Gilberto. É o estilo que ele tem de realizar essas proezas.

O Gilberto Braga é o seu autor?
Seu eu dissesse isso eu estaria sendo injusta com outros trabalhos que eu fiz. Costumo dizer que sempre tive muita sorte. Desde muito jovem eu tive excelentes oportunidades, trabalhos incríveis. Poder fazer a Ana Terra [de "O Tempo e o Vento"] foi uma coisa maravilhosa, uma coisa totalmente nova para mim. Poder fazer a Maria Moura [de "Memorial de Maria Moura"], poder fazer as gêmeas [Ruth e Raquel] de "Mulheres de Areia", que foi um desafio também incrível... Então, o Gilberto é um grande parceiro, sem dúvidas, uma pessoa que eu admiro. Adoro o universo gilbertiano e pretendo ainda fazer muitas coisas legais com ele. Personagens incríveis, que é sempre o que eu busco.

Você fez alguma preparação específica para a personagem?
Não teve uma preparação específica. A Norma é uma técnica em enfermagem. Ela não transitava no mundo do crime, nem era presidiária, ela era uma mulher simples. O trabalho que teve foi de caracterização, de desglamurização. O Gilberto queria que ela fosse uma mulher muito descuidada, muito feia, uma pessoa que não demonstrasse nenhum tipo de cuidado, de vaidade ou de interesse. A vaidade é uma arma de sedução e a Norma não tinha nenhum alvo a ser seduzido. Ela era uma mulher fechada para a vida, fechada para a sedução, para o amor, para tudo. E os elementos já estavam todos ali. Não havia necessidade de buscar alguma coisa que não estivesse ali, no próprio texto.

A virada da personagem já estava programada. Não foi algo que te pegou de surpresa...
Não, isso estava programadíssimo. Inclusive hoje, numa cena que nós gravamos, o Gabriel [Braga Nunes], que foi a última pessoa a ler a sinopse, porque entrou por último na novela, chamou a atenção para o fato de que na sinopse a cena estava descrita com os mesmos detalhes que veio no capítulo. Estava super-programado, super-definido que seria assim. O Gilberto é muito organizado. A sinopse dele é bem detalhada.

Como trabalhou essa mudança da personagem? São praticamente duas pessoas diferentes...
Eu diria que são três personagens, porque tem também esse meio de caminho que aconteceu. O momento em que ela bota em prática tudo o que ela pôde aprender no tempo de prisão. Eu acho que eu fui favorecida pelo tempo que isso levou para acontecer. Isso ajudou a fazer esse movimento de uma forma... Também eu já não aguentava mais! Eu não aguentava mais aparecer na televisão horrorosa daquele jeito. Na hora que finalmente a coisa se definiu, foi um alívio. É um teste de humildade, ainda mais com essa televisão LED, com esse HD infernal. Eu tenho ódio de quem inventou isso. Certamente, foi inventado para apreciar a vida sexual dos insetos, das amebas. Isso é uma coisa muito válida, mas botar na cara de um ser humano, ninguém merece. Eu tinha vontade de saber de quem foi essa brilhante ideia. De quem foi esse momento de lucidez de trazer isso para a cara do ser humano. É um crime, os atores todos deveriam processar. Qualquer virada brusca está lá a ruga, a mancha na pele... É um inferno. E nunca é suficiente estar magro demais para o HD.

Você é muito vaidosa?
Na verdade, eu nem sou, porque se eu fosse, eu nem aceitaria fazer esse tipo de personagem que fica 60 capítulos o cão chupando manga. Eu não sou a pessoa mais vaidosa do mundo, mas eu acho uma injustiça com todo mundo que trabalha com isso --com os atores nem se fala--, mas tudo fica mais difícil.

Então, não tem problema de encarar personagens "feios"?
Já encarei várias vezes. Eu não tenho essa problemática da aparência, da estética... Claro que eu quero estar bem. Acima de tudo, quero estar saudável. A minha maior preocupação é estar com o meu corpo funcionando corretamente. A beleza é o resultado de uma saúde boa, de bons hábitos. Só os cremes, os tratamentos estéticos, não vão resultar em uma coisa a longo prazo. O tempo tem a ação dele e isso tem que ser respeitado. É uma vida que acontece. Não pretendo ter 60 anos com cara de 20. Não tenho esse grilo. Minha filha vai ter filho e eu vou ser avó. Para mim isso não é um problema, pelo contrário. Eu acho isso o máximo, se eu puder ter saúde para curtir, como eu curto o meu filho de seis anos, de brincar, de jogar bola, de correr, de pegar ele no colo, de lutar, se eu puder ter saúde para aproveitar, eu vou estar feliz da vida.

Aos 47 você continua recebendo bons papeis, qual é o segredo?
Eu não sei, eu tenho sorte, eu acho, porque as pessoas me chamam para coisas ótimas. E eu não recuso. Se é uma coisa que tem a ver comigo, que está falando comigo naquele momento, vem de encontro a um desejo meu, a uma coisa que eu tenho pensado, perfeito, eu vou e faço. Eu adoro trabalhar.

Muita gente considera você a melhor atriz da sua geração...
Nossa, que responsa! Olha, eu fico feliz que o trabalho que eu faço agrade tanto às pessoas assim, mas eu não acho que existe ninguém melhor do que ninguém. Essa coisa de "a" melhor atriz... Isso é tão relativo. Isso está muito ligado às oportunidades que você tem de mostrar o seu trabalho. Eu realmente sempre trabalhei muito. Férias é uma coisa que está na minha vida há pouco tempo. Eu sempre fui muito focada no meu trabalho, sempre quis muito alcançar um lugar. Mas, ao mesmo tempo, eu não fico pensando se eu alcancei esse lugar, se eu cheguei aonde achava que seria o ideal. Eu não penso nisso. Eu sou movida pelo dia-a-dia, pelo futuro, pelas novas possibilidades. Eu sou uma pessoa bastante contemplativa, introspectiva até, mas profissionalmente eu acho que a minha carreira foi o oposto disso. Eu sempre fui muito de agir, de fazer. Eu tive muitas oportunidades. Além da sorte que fez com as pessoas me oferecessem sempre coisas muito bacanas. Acho que isso trouxe uma exposição, uma galeria de personagens fortes, marcantes. Talvez o fato também de eu já ter tanto tempo, uma carreira já de 43 anos, também influencie. Eu não levo isso para a minha vida. Fico feliz quando as pessoas torcem, dizem que acompanham, que rezam por mim, pela minha família... Eu acho bacana, acho que essa energia tem muito valor.

Você, de fato, sempre trabalhou muito em TV e cinema. Por que nunca foi seduzida pelo teatro?
Eu já tentei produzir uma peça, mas não foi uma experiência boa e eu nem queria falar sobre isso porque isso envolve outras pessoas, que são pessoas de teatro e, para poder explicar o que aconteceu, eu vou ter que envolver essas pessoas. Então vai ficar muito ruim para elas.

Agora falando especificamente da sua personagem atual: Norma é uma vilã? Ou uma justiceira?
Eu não considero ela uma vilã nem uma justiceira. Considero ela uma personagem humana colocada em uma novela. Ela é uma personagem com todas as tintas do ser humano, os altos e baixos, as dúvidas, o ódio, o desejo de vingança, os arrependimentos, a culpa. Tudo isso são sentimentos humanos. Só que ela está inserida numa dramaturgia de telenovela. E eu acho muito interessante todas essas cores fortes porque eu adoro novelão. Acho que a gente está trazendo uma coisa muito legal, que estava um pouco adormecida no gênero. Acho que por isso o público está reagindo.

O clima nas gravações das cenas em que a Norma se vinga do Léo é pesado?
As cenas são fantásticas, são deliciosas, a gente morre de rir comentando. Na época da prisão, era complicado. Eu chegava bem arrasada. Mas agora é um cansaço mental, de muito texto, diferente daquele clima de gravar na penitenciária. Você imaginar aquela situação e estar tão próxima daquilo é uma barra pesada. Eu caí doente no dia que eu gravei pela primeira vez no presídio de verdade.

A Norma ainda é apaixonada pelo Léo?
Ela descobriu a paixão com ele e caiu do cavalo. Não é só o fato de ela ter ficado presa tantos anos por uma coisa da qual ela era inocente. O fundo disso aí tudo é a paixão que ela sentia e o sentimento de rejeição. Isso que está trazendo ela para frente, para se vingar desse cara. Ao mesmo tempo, vontade de ter ele e vontade de matar ele. Essa coisa louca que é a paixão.

Mas acha possível que os dois ainda fiquem juntos na novela?
Romanticamente, acho impossível. São universos completamente diferentes. Nunca vai haver um encontro verdadeiro de amor.

Como tem sido a reação das pessoas na rua?
Tem gente que defende e que ataca como se estivesse falando de uma pessoa real. Muitas pessoas são induzidas pelo que leem nos sites. A história ainda não aconteceu, elas não visualizaram ainda a tal situação que o site disse que vai acontecer. Daí elas comentam sobre isso. Eu não posso confirmar, não acho graça em contar novela, acho que o interessante é assistir. Então, as reações são muito variadas. Também não tenho saído tanto assim. Já encontrei uma mocinha engraçada que disse que estava adorando todas as maldades e que ela tinha mesmo que sacanear todo mundo. Eu não acho que ela está sacaneando ninguém. Em alguns momentos, ela arma uma situação, mas de prejudicar realmente ainda não teve ninguém realmente prejudicado impunemente. Algumas pessoas falam que ela está ficando muito má. Quero ver que horas que ela vai sacanear o Léo. As pessoas só querem isso, na verdade. Ninguém está nem lembrando que ela matou a Araci [presidiária vivida por Cristiana Oliveira], que ela botou a toalha molhada no Teodoro [personagem vivido por Tarcísio Meira, que morreu de pneumonia]... As pessoas querem saber que horas ela vai pegar o Léo.

E como lida com o assédio da imprensa? No final da década de 90, você chegou a mudar de país após um boato envolvendo a sua família [de que o cantor Orlando Morais teria tido um caso com a enteada, Cleo].
Esse assédio no nível que está hoje foi uma coisa que me pegou quando eu já tinha bastante estofo. Hoje em dia, com esse monte de veículos e essa necessidade de informação, se cria esse tipo de coisa. Mas aquilo não teve relação nenhuma com o assédio que a imprensa possa ter tido ou tem na minha vida. Aquilo ali é uma coisa bem mais grave, que tem a ver com esses crimes de internet que a gente vê hoje. Foi uma coisa maluca que alguém lançou e que toda a imprensa foi atrás, acreditando ou não, mas cumprindo seu papel de informar. Só que quando a gente descobriu que era com a gente, porque a nota não dava nomes, apenas insinuava, soltamos um comunicado dizendo que não existia nada daquilo e nem todo mundo corrigiu a informação. [Vitor Moreno - SP]

________________________________________________________________________________

Sônia Braga: "Eu e Gisele Bündchen somos as verdadeiras belezas brasileiras", diz a atriz (17/06/11)

Atriz brasileira desfilou para Adriana Degreas nesta sexta-feira (17), no penúltimo dia de SPFW e logo após concedeu uma entrevista coletiva para a imprensa

Sensação de desfilar

"Eu adoro um tapete vermelho e a passarela é o tapete vermelho ao quadrado. Só encarnei o personagem antes de entrar na passarela e minutinhos antes quase esqueci que ia entrar".

Preparativos para o desfile

"Se você sabe um mês antes que vai entrar na passarela é bom fazer um regiminho, tomar bastante água e ficar se cuidando".

Dicas de programas culturais

"É até estranho mas estou aceitando sugestões. Acho que todo mundo deveria fazer como era nos anos 60, a gente se reunia para assistir a um filme e depois discutia sobre ele. Isso é a cultura que está acabando. Estamos nos desencontrando. Vamos voltar a ir às praças  e conversar. Sinto falta deste pensamento". 

"Possuo muitos livros e revistas de moda. Tenho uma coleção enorme e volta e meia acho importante folhear para fazer pesquisas para futuros personagens".
A atriz também respondeu com humor quando um jornalista perguntou se ela achava que assustava os homens. "Ué, isso você tem que perguntar pra eles. Homens, homens?", brincou.

Alex Palarea / Agnews

Você foi referência de beleza nos anos 70. O que acha da referência que a Gisele Bündchen trouxe?

"Nos anos 70 a imagem da Gabriela trouxe a mulher brasileira gostosa e sedutora. No nosso tempo existia isso nos padrões de beleza. A Gisele recuperou esta outra mulher que é do sul. Eu e a Gisele somos as verdadeiras mulheres brasileiras pois o que o Brasil oferece é diversidade".

Sylvia Gosztonyi / Revista Quem
Projetos profissionais

"Tenho um filme para sair e já estou conversando com os diretores, mas não posso falar mais nada sobre isso. Agora existe um outro projeto pessoal. Me dêem 5 anos e desenvolverei esta mulher: uma mulher brasileira da minha geração que faz tudo isso que estou fazendo, é bonita e no dia de hoje está vendo este evento pela televisão. Essa mulher não está se encontrando muito. Ela é moderna, gosta de ser chique, mas também é generosa. Uma mistura da mulher brasileira que não vemos no cinema hoje em dia. E não precisa ser eu a atriz, pode sera Débora Duarte por exemplo, que é maravilhosa e da minha geração. Devemos isso para o nosso público e se ninguém investir neste projeto, eu mesma investirei".

Sylvia Gosztonyi / Revista Quem
Assédio da imprensa
"Do fundo do meu coração confesso que sempre espera frisson. Eu amo conversar e dar entrevista,gosto desta preocupação de vocês. O único problema da entrevista é a distorção. Há um tempo atrás disseram que nao gosto de photoshop. Mas isso é mentira, eu faço photoshop, que mulher não gosta. Gosto disso inclusive para investir no meu futuro como editora".
Sylvia Gosztonyi / Revista Quem

________________________________________________________________________________

Ator Fábio Assunção sobre as drogas: "Isso marcou minha vida" (29/05/11)

O ator fala pela primeira vez sobre os seus problemas com as drogas, como vem se tratando e porquê desistiu de Insensato Coração

Fábio Assunção tem muito o que comemorar. Há 3 semanas, o ator se tornou papai novamente quando a mulher, a fotógrafa Karina Tavares, deu a luz a pequena Ella Felipa. Fábio também é pai de João, de 8 anos, do relacionamento anterior com a empresária Priscila Borgonovi. Além disso, o ator estreia em julho sua nova peça, a primeira desde 2000, chamada "Adultérios", de Woody Allen.

Em meio a tantas boas notícia, o ator ainda precisa enfrentar a curiosidade das pessoas em relação ao seu drama com as drogas. “Se eu não tivesse essa tensão, seria um cara confortável com uma coisa que me fez mal”, justifica Fábio em uma franca entrevista a revista "Serafina", do jornal "Folha de São Paulo", na qual fala sobre seus problemas com o uso de entorpecentes.

“É desconfortável saber que alguém vai clicar meu nome e encontrar essa discrepância (sobre a sugestão que o Google faz quando o nome dele é digitado: "Fábio Assunção drogas"). Isso marcou minha vida, mas minhas vitórias também marcaram. É uma questão de tempo isso mudar”, disse. 

Fábio também fala sobre sua internação em um clínica nos Estados Unidos em 2008, quando saiu na metade da novela Negócios da China. “Fui lá porque, na primeira vez em que fui no Narcóticos Anônimos, saiu no jornal. Minha condição de vida não permite o anonimato, mas é uma deselegância enorme falar assim de um local de compartilhamento e de privacidade", revela.

O ator também conta sobre sua decisão em abandonar as gravações da novela Insensato Coração, no fim do ano passado. “O tratamento envolve você estar em casa, com sua família, e com a pessoal com quem você faz análise. Fui para o Rio gravar e fiquei num hotel sozinho. Teria de ficar 11 meses. Depois de duas semanas, desisti”, disse.  
Fábio também revela que continua em tratamento: “Tenho psiquiatra uma vez por mês e faço duas sessões de análise por semana.”

__________________________________________________________________________________

Ator Wagner Moura não decepciona em "Vips" (25/03/11)

Três encarnações diferentes de Wagner Moura em "Vips": camaleão inspirado em fatos reais

Grande vencedor do Festival do Rio, onde conquistou quatro prêmios, "Vips", trabalho de estreia em longa-metragem do diretor publicitário Toniko Melo, é um fruto incomum no cinema brasileiro, assim como os recentes "Reflexões de um Liquidificador" e "Corpos Celestes". Não só por ser uma parceria bissexta com um estúdio de Hollywood – a Universal Pictures bancou boa parte do orçamento de R$ 8 milhões –, o que lhe garantiu apuro técnico, visual e, na teoria,comunicação fácil com o público, mas também pela história redonda e com perfil pouco explorado no país. A grande vitória do projeto, porém, tem nome e sobrenome: Wagner Moura.

 

VIPs 28Jan2011

O ator aparece em quase 100% das cenas do filme, inspirado no livro "Vips - Histórias Reais de um Mentiroso", de Mariana Caltabiano, que também dirigiu um documentário sobre o personagem. Hoje na cadeia, Marcelo Nascimento da Rocha era um famoso estelionatário, cujo principal feito foi se passar pelo filho do presidente da companhia aérea Gol num carnaval fora de época de Recife, em 2001, inclusive dando entrevista para Amaury Jr. Os roteiristas Bráulio Mantovani ("Tropa de Elite 1 e 2", "Cidade de Deus") e Thiago Dottori partiram da história real para criar, como enfatizaram à imprensa, uma obra de ficção.

Pinceladas dos fatos até povoam a trama, como o caso em Recife, mas não há nenhum compromisso com a realidade, embora nem o filme ou sua campanha promocional tratem de deixar isso claro. Não é por nada que o verdadeiro Marcelo, além de tentar se promover, já anunciou o desejo de processar os produtores.

 

vips 01

A ameaça produz notícias, mas "Vips" passa ao largo da polêmica. No filme, Marcelo é um adolescente confuso no Paraná, que sofre com a ausência do pai. Introvertido, alimenta um perfil emo e sonha em ser piloto. Desde cedo já demonstra talento para imitar os colegas e logo a habilidade se mostra útil quando ele dá vida a uma personalidade camalêonica para compensar suas frustrações. Foge de casa, faz um trambique para arranjar uma passagem e consegue emprego num aeroclube no Mato Grosso do Sul. Sempre com um novo nome, visual e lábia invejável, segue em frente até se envolver com o tráfico, contrabando e, finalmente, encenar a farsa em Pernambuco.

A princípio, tudo sugere que "Vips" é um filme de golpe, com um quê das artimanhas da trupe de "Onze Homens e Um Segredo" e um parentesco em primeiro grau com "Prenda-se Se For Capaz", de Steven Spielberg. Toniko Melo utiliza, sim, ingredientes do gênero, mas aqui as raízes são mais ousadas, profundas. O Marcelo da ficção tem uma forte psicopatia. Seus personagens não são só muleta para conseguir o que ele quer – se transformam em alteregos reais, nos quais acredita piamente. É uma fôrma vazia à procura de identidade. A figura do pai tem sua influência, mas o papel da mãe cabeleireira – interpretada com excelência por Gisele Fróes –, ansiosa para que o filho "seja alguém" na vida, se revela bem mais interessante.

 

vips 02

O sucesso dependia do desempenho de Wagner Moura e, como é de praxe, ele não decepciona. Seja como adolescente perdido, piloto marginal, Renato Russo paraguaio ou herdeiro da Gol, o ator se desdobra (são ao menos seis visuais) e convence em toda e qualquer ocasião. Os cabelos e maquiagem ajudam, claro, mas as cenas dramáticas, tensas ou aquelas em que ele apenas se diverte – as referências samurai e o grito de "Tora! Tora! Tora!", por exemplo – transformam o farsante problemático numa pessoa de verdade. Um "tour de force" que, nas mãos certas, parece trivial.

O filme já valeria só por ele, mas há mais a ser visto. Embora o componente policial seja um pouco frágil e o verniz psicológico não esconda uma rachadura aqui e ali, "Vips" é entretenimento de qualidade. A produção da O2 Filmes é prodigiosa, das locações distantes às complexas (e caras) tomadas áreas. A bela trilha sonora de Antonio Pinto ("Senna", "Lula", "O Senhor das Armas"), então, combina música clássica, jazz e programações, num trabalho que tem seus toques de Henry Mancini. Em qualquer filme hollywoodiano tudo isso é mais do que cotidiano, mas no cenário raquítico do audiovisual brasileiro, feito à base das disputadas leis de incentivo, aponta novos rumos para o mercado, de sofisticação técnica e de dramaturgia.

VIPs 28Jan2011 02

Um dos diretores da série "Som e Fúria", Toniko Melo usa uma curiosa solução visual para ilustrar a identidade dividida de Marcelo - espelhos, imagens fragmentadas e máscaras estão espalhadas ao longo do filme. O passado do cineasta na publicidade fica evidente em alguns exageros, mas não compromete o todo, que tem a função de divertir. É verdade que Melo tinha ambições maiores – cita Sidney Lumet e Paul Thomas Anderson como influências –, mas a puxada de tapete que surpreende o espectador perto do final comprova o norte rumo à tradição do bom cinema comercial, o que não é nenhum demérito. "Vips" une pretensão e despretensão na medida certa. Um produto refinado, pronto para consumo. Assista sem ressalvas.

___________________________________________________________________________________________________________________________________________

Atriz Mayana Moura: "Estou namorando, estou apaixonada" (10/02/11)

Atriz participou de evento de beleza nesta quinta-feira (10)

Por Sonia Vieira e Flávia Faccini

Mayana e o namorado, Guilherme Dalvi
 
Mayana Moura participou de uma mesa de debates organizada pela marca de cosméticos Koleston na manhã desta quinta-feira (10), em um restaurante da cidade de São Paulo. O evento contou com a participação do cabeleireiro Júlio Crepaldi, da jornalista Lilian Pacce e do médico Jorge Forbes.

A atriz falou sobre sua vida pessoal. "Estou namorando, estou apaixaonada por um menino que chama Guilherme [Dalvi]. Estou com ele desde a festa da Neon [marca pela qual desfilou na SPFW] e não vou mais falar sobre isso. Vocês sabem que eu não gosto de falar muito sobre isso [vida pessoal]", disse.

Guilherme Dalvi é fotógrafo e tem 24 anos. Ele colocou no Facebook que está "em um relacionamento sério". Trabalha com moda e é muito amigo do Dudu Bertholini, estilista da Neon.

 

Beleza

Sobre beleza, Mayana disse que gosta de fazer alterações em seu visual. “Esta mudança no meu cabelo, eu sempre gostei, independentemente de novelas e trabalhos. Mudar o visual ajuda a compor na construção e na desconstrução do personagem”, contou. “Só uso um bom shampoo e um spray. Quando meu cabelo estava curto, era elegante e rígido. Agora, é um cabelo com mais personalidade", disse.

A atriz também deu um dica de belza: usar batom vermelho.

 

Carnaval

Mayana também comentou sobre sua participação no desfile da escola de samba carioca Unidos de Vila Isabel, pela qual sairá em um carro alegórico. “Gosto de Carnaval., mas quando não estou participando, estou no ar condicionado”, disse a atriz, que afirmou ainda que sabe sambar. “É a primeira vez que desfilo. Estou animada.”

Ela contou que não está fazendo nenhuma preparação, como a intensificação de atividades físicas. “Fisicamente, não estou me preparando. Estou me preparando para psicologicamente”, contou.

 Cinema

A atriz também comentou os rumores de que irá viver uma prostituta brasileira em um filme ao lado de Lenny Kravitz. “Fiz um teste para o papel. Não acho esse assunto polêmico”, afirmou, referindo-se ao papel que pode interpretar.

Editora Globo
Mayana Moura participou de uma mesa de debates de uma marca de cosméticos em São Paulo

Francisco Cepeda/AgNews  

________________________________________________________________________________________________________________

O filme "Lula - O Filho do Brasil" fica de fora do Oscar deste ano (19/01/11)

Nesta quarta-feira, a Academia anunciou os nove filmes que disputam uma vaga para concorrer a uma indicação ao Oscar. Os longas foram selecionados de uma lista original com 66 títulos, enter eles, o filme de Bruno Barreto sobre a trajetória do ex-presidente Lula.

Os indicados indicados serão anunciados na próxima terça-feira, 25. Serão cinco concorrente à estatueta.

Entre os pré-indicados, está o mexicano "Biutiful", de Alejandro Gonzalez Inarritu, que estreia em São Paulo amanhã.

Javier Bardem em cena de "Biutiful", que estreia amanhã em São Paulo

Javier Bardem em cena de "Biutiful", que estreia amanhã em São Paulo

 

Veja a lista completa

"Biutiful", de Alejandro Gonzalez Inarritu, México

"Tambien la Lluvia", de Iciar Bollain, Espanha

"Hors la Loi", de Rachid Bouchareb, Argélia

"Incendies", de Denis Villeneuve, Canadá

"Em um Mundo Melhor", de Susanne Bier, Dinamarca

"Dogtooth", de Yorgos Lanthimos, Grécia

"Confessions", de Tetsuya Nakashima, Japão

"Life, above All", de Oliver Schmitz, África do Sul

"Simple Simon", de Andreas Ohman, Suécia

____________________________________________________________________________________________________________________________________________

Fashion Rio: “Gosto de moda, mas não sou das mais antenadas”, diz Camila Pitanga (15/01/11)

FÁBIO MARTINS/QUEM

Camila Pitanga circulou no Fashion Rio na noite deste sábado (15). Elegante, a atriz usou um look todo preto para visitar o stand do canal GNT e comentar o desfile de Andrea Marques.

“Conheço a Andreia desde a época em que ela trabalhava na Maria Bonita Extra. Ela que me ensinou a me vestir. Eu gosto de moda, mas não sou das mais antenadas. Conheço alguns estilistas brasileiros e acho bacana porque acho que a moda dialoga com as artes plásticas e essa mistura de artes me interessa”, disse ela, antes de assistir ao desfile.

FÁBIO MARTINS/QUEM

Camila Pitanga e a estilista Andrea Marques
 


A atriz ainda contou que, com o passar dos anos, têm se interessado mais por moda. “Se você me perguntasse um tempo atrás o que eu mais gostava de vestir, eu ia ter responder vestido para todas as ocasiões. Hoje em dia, eu já gosto de usar macacão, calça, mas tudo depende da temperatura.”

Na ocasião, ela estava muito sorridente, foi muito assediada pelos fãs enquanto circulava pelo Píer Mauá, onde é realizado o evento de moda. Camila voltará às novelas em “Insensato Coração”, interpretando a personagem Carolina, que será apaixonada pelo mulherengo André Gurgel, vivido por Lázaro Ramos.

Fabio Martins/Revista Quem

_____________________________________________________________________________________________________________________________________________

"Tropa de Elite 2" tem maior bilheteria da história do Brasil (28/12/10)

O último final de semana trouxe mais recordes para "Tropa de Elite 2". O longa de José Padilha tornou-se a maior bilheteria da história no Brasil, arrecadando R$ 102,6 milhões, à frente do segundo colocado, "Avatar", com R$ 102,3 milhões, até então o campeão do ano e de todos os tempos. O terceiro colocado no ranking é "A Era do Gelo 3", com R$ 80 milhões e público de 9 milhões de pessoas.

No início do mês, "Tropa de Elite 2" já havia conquistado o título de filme brasileiro mais visto nos cinemas – até agora, há 12 semanas em cartaz, a sequência acumula 11 milhões de espectadores. O recorde anterior pertencia a "Dona Flor e Seus Dois Maridos", dirigido por Bruno Barreto em 1976, que contava com 10,73 milhões de espectadores.

"Tropa" está atualmente sendo exibido em 105 salas no país. A carreira do filme no exterior está prevista para o primeiro semestre de 2011. "Estamos montando a apresentação do 'Tropa 2' em festivais, o que pode influenciar o valor e a recepção do filme em alguns países. Nos Estados Unidos, por exemplo, o primeiro 'Tropa de Elite' tinha um preço de negociação antes do Festival de Berlim. Depois de ganhar o prêmio, esse preço mudou", explica o produtor executivo James D'Arcy.

_______________________________________________________________________________________________________________

Fernanda Montenegro leva a filha e o neto a inauguração da exposição de painéis “Guerra e Paz”, de Candido Portinari (21/12/10)

Fernanda Montenegro levou a filha, Fernanda Torres, e o filho, Antônio, ao teatro

Fernanda Montenegro realizou um programa cultural, na terça-feira (21). A atriz, que dá vida a personagem Bete Gouveia em “Passione”, participou da inauguração da exposição de painéis “Guerra e Paz”, de Candido Portinari. A cerimônia aconteceu no Teatro Municipal do Rio de Janeiro.

Para o evento de arte, a estrela não deixou de levar a filha, Fernanda Torres – que recentemente participou de um dos episódios da série “As Cariocas” – e do neto, Antônio. O público prestigiou algumas apresentações de dança e de música, como a de Milton Nascimento.

_____________________________________________________________________________________________________

Camila Pitanga se despede do "Som Brasil" para gravar novela "Insensato Coração" (17/12/10)

Camila Pitanga apresenta "Som Brasil" pela última vez, nesta sexta-feira (17). A atriz se despede do cargo de apresentadora para se dedicar às gravações da próxima novela das 21h, "Insensato Coração".
Desde de 2008, Camila apresentava e contava histórias de compositores no palco do programa musical. Para a TV Globo, a atriz afirmou que aprecia a música brasileira.

A atriz viverá uma das personagens centrais da trama (Carol) de Gilberto Braga e Ricardo Linhares. A previsão é de que "Insensato Coração" vá ao ar no próximo mês de janeiro.

_____________________________________________________________________________________________________________

Lázaro Ramos grava cenas da novela 'Insensato Coração' no Rio (06/12/10)

O ator Lázaro Ramos gravou cenas de 'Insensato Coração' nesta segunda-feira, 6, na lagoa Rodrigo de Freitas, Zona Sul do Rio. Nas cenas, o personagem de Lázaro aparece tomando água de coco, correndo pela lagoa e dando aquela olhadinha indiscreta para as mulheres que passam. Que trabalho duro!

_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Ana Paula Arósio está com salário suspenso, diz revista “Veja” (05/12/10)

RIO DE JANEIRO - A saída de Ana Paula Arósio do elenco de “Insensato Coração” virou sinônimo de prejuízo tanto para a produção quanto para a própria atriz. Segundo a revista “Veja” que chega às bancas neste domingo (5), Ana Paula está com o salário suspenso como forma de punição contratual por desistir da trama de Gilberto Braga. “Insensato Coração” tem estreia prevista para janeiro de 2011 como substituta de “Passione”, de Silvio de Abreu. Do jeito que a banda toca, já se cogitou esticar a atual trama por conta dos problemas com “Insensato”. Contudo, Abreu já afirmou que isso não irá acontecer. Além de Ana Paula, que foi substituída por Paola Oliveira, Fábio Assunção também avisou na última semana que deixa o folhetim. Gabriel Braga Nunes foi o nome escolhido para ocupar o lugar vago. ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Não gasto a paciência com drogados, diz Aguinaldo Silva sobre Fábio Assunção (01/12/10)

O autor de novelas Aguinaldo Silva alfinetou o ator Fábio Assunção, que deixou o elenco de "Insensato Coração", próxima novela das oito da Globo, após as gravações já terem começado. "Fábio Assunção diz que ainda não está preparado para um trabalho longo na tevê. Mas podia ter descoberto isso antes de começar a gravar", escreveu no Twitter. "Num caso como este, a gente é solidário, mas também não pode passar a mão na cabeça: o errado é ele, e não nós", continuou. "E depois, droga é droga, cara. Tem o drama pessoal de cada um, mas tem o drama maior, que resulta em traumas como este recente do Rio", comentou. "Eu, por exemplo, não gasto um milímetro da minha paciência com drogados", afirmou. Assunção, que abandonou a novela "Negócio da China" em 2008 para se tratar de dependência química, disse em comunicado à imprensa que não quer "colocar em risco o êxito do que venho construindo e nem o andamento e a organização da novela e dos meus colegas". ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Globo confirma que Fábio Assunção pediu afastamento de 'Insensato Coração' (29/11/10)

(Fábio Assunção e Karina Tavares) A Rede Globo confirmou, em comunicado oficial, a saída de Fábio Assunção de "Insensato Coração". Segundo a assessoria de imprensa da emissora, foi o próprio ator que pediu o afastamento alegando não estar apto a cumprir a grande carga horário necessária para se protagonizar uma novela. Fábio seria o vilão Leonardo na trama de Gilberto Braga e Ricardo Linhares. O nome do substituto ainda não foi divulgado. Veja o comunicado na íntegra: "Em reunião agora à tarde com a direção da Rede Globo, o ator Fabio Assunção solicitou o seu afastamento da próxima novela das oito, ‘Insensato Coração’. Com o início da primeira semana de gravação em estúdio, o ator avaliou que, neste momento, não tem a disponibilidade necessária para cumprir a carga horária deste protagonista. A emissora concordou em dispensá-lo, pretende contar com ele em outras produções e estuda quem vai substituí-lo na novela de Gilberto Braga e Ricardo Linhares. O cronograma de gravações dos demais núcleos de ‘Insensato Coração’ será mantido pelo diretor Dennis Carvalho." História se repete _ Ana Paula Arósio viveu uma história bem parecida com a de Fábio Assunção em outubro. A atriz, que seria protagonista de "Insensato Coração", faltou a gravações em Florianópolis e foi afastada da trama. Em seu lugar, foi escalada Paola Oliveira.(Ego) ________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Robert Pattinson e Kristen Stewart posam para foto com fã mirim no Rio de Janeiro (05/11/10)

Robert Pattison e Kristen Stewart posaram para fotos com uma fã mirim, ao desembarcar no Rio de Janeiro na manhã desta sexta-feira (5). Bastante animada, a garota chamada Bruna manifestou sua alegria no Twitter depois de ter encontrado os ídolos. "Ai Meu Deus! Acabei de ver o Rob e tirar uma foto com ele! O Rob tava muito cheiroso! Ele agradeceu o presente e disse que estava muito feliz, e falou um monte de coisas que eu não entendi graças ao meu belo inglês!" Robert Pattinson e Kristen Stewart chegaram ao Brasil na sexta-feira (5) para rodar cenas do quarto e último filme da saga "Crepúsculo", "Amanhecer", que tem estreia prevista para julho de 2011. Parte das filmagens deve acontecer no bairro da Lapa, no Centro do Rio e também no município de Paraty, no Sul do estado.

Na segunda-feira (8), eles embarcam de helicóptero para Paraty. O plano inicial é que o embarque aconteça no heliponto da Lagoa, na Zona Sul do Rio. Como a produção ainda não encontrou um local adequado para acomodar os atores em Paraty-Mirim, a equipe considera a possibilidade de que eles façam a viagem de helicóptero diariamente para o Sul do estado retornando ao Copacabana Palace, onde inicialmente estarão hospedados, até o fim das filmagens. _________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Atriz Deborah Secco segura as lágrimas ao assistir trailer de “Bruna Surfistinha”, diz jornal (29/10/10)

Deborah Secco se emocionou demais ao ver pela primeira vez o trailer de “Bruna Surfistinha”, no qual ela é protagonista, nesta sexta-feira (29), segundo o site da “Folha de São Paulo”. A atriz que está em Florianópolis participando da apresentação do longa-metragem ao mercado cinematográfico, disse que não consegue ver trechos do filme sem chorar e que não vai economizar esforços para divulgar a produção. “Foi um trabalho único, com um diretor que confiou em mim. Às vezes eu estava tão Bruna que nem conseguia voltar a ser Deborah”, afirmou para os jornalistas presentes. “Há personagens que mudam a vida de uma atriz. E esse personagem mudou minha vida."
____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Atriz Mariana Ximenes é fotografada em 3D (26/10/10)

Se uma Mariana Ximenes posando em uma fotografia é bom. Imagine uma Mariana ‘pulando’ da imagem? Em terceira dimensão? Agora você já pode saber como a atriz ficaria desse jeito olhando a foto acima, assinada pelo fotógrafo Yuri Graneiro. Ele está usando a técnica fotográfica - que é sensação na Europa -, e pretende inaugurar exposição “Alma Carioca em 3D”, na qual vai reunir celebridades nos principais cartões postais do Rio de Janeiro. Promete! ________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Atriz Cláudia Raia muda o visual e fica loira (18/10/10)

Cláudia Raia mudou radicalmente o visual. A atriz tingiu os cabelos de loiro por conta da nova fase de sua personagem, a divertida perua Jaqueline na novela "Ti-ti-ti", informou o site da trama das 19h. De acordo com o site, Cláudia passou o domingo (17) no salão do cabeleireiro Wanderley Nunes, em São Paulo, para realizar a mudança no look. É a primeira vez que a atriz fica loira. _____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Em "Como Esquecer", Ana Paula Arósio vive romance lésbico (15/10/10)

O tema de "Como Esquecer", que entra em cartaz nesta sexta-feira (15), já está entregue em seu título: como esquecer – no caso, um grande amor. Já na primeira cena, vemos Ana Paula Arósio aos prantos, rasgando fotos da namorada que a deixou. Sim, namorada: a personagem principal é lésbica. E sim, quem espera ver a estrela da Globo em cenas de nudez e sexo com uma mulher vai encontrar. Mas não seria justo reduzir o filme ao mero interesse erótico: pelo contrário, trata-se de uma história de dor e superação às vezes bastante pesada. Mas sempre sensível.

Na trama, Ana Paula Arósio é Julia, uma professora de literatura abandonada pela namorada. Na tentativa de superar a perda, ela busca o apoio do melhor amigo (Murilo Rosa), enquanto tenta lidar com as investidas de uma aluna (Bianca Comparato) e uma pintora (Arieta Corrêa). Ana Paula se sai muito bem num papel difícil, conferindo profundidade a uma Julia que, nas mãos de uma atriz menos talentosa, seria simplesmente antipática. Ela torna a dor e a dificuldade de se envolver de sua personagem reais.

O resto do elenco não está no mesmo nível de Ana Paula. Murilo Rosa resvala na caricatura no papel do melhor amigo gay, mas mesmo assim consegue convencer. Natália Lage, que interpreta uma jovem grávida que divide a casa com Ana Paula e Murilo, também não compromete. O maior problema está nos dois interesses amorosos da personagem principal: a aluna de Bianca Comparato e principalmente a pintora de Arieta Corrêa têm comportamentos e falas inverossímeis, que destoam do tom íntimo e contido do filme. (Augusto Gomes) _____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Tropa de Elite 2 bate recorde de bilheteria e fatura R$ 28 milhões (14/10/10)

Com mais de três milhões de espectadores, o filme Tropa de Elite 2 já bateu todos os recordes de bilheteria e público do País para a primeira semana de um filme desde 1991. O longa metragem deverá chegar, ainda hoje, a uma renda de R$ 28 milhões. Atrás do Tropa 2, figuram fenômenos de bilheteria, como Homem Aranha 3 (2,7 milhões de pessoas), A Era do Gelo 3 (2,5 milhões) e Avatar (1,5 milhão).[Guilherme Barros] __________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Gilberto Braga: "Acho a atitude bastante antiprofissional" (13/10/10) _ Gilberto Braga, autor da novela "Insensato Coração", disse em entrevista à QUEM nesta quarta-feira (13), que achou a atitude da atriz Ana Paula Arósio bastante antiprofissional. "Acho a atitude bastante antiprofissional e ainda não tenho notícias de quem vai fazer o papel", disse Gilberto Braga sobre o caso.

A atriz, que estava escalada há mais de um ano para viver a protagonista da trama, chamada Marina, foi afastada da novela após não comparecer às gravações dos primeiros capítulos, realizadas em Florianópolis, segundo confirmou o assessor da artista Paulo Marra. Apesar da confirmação, Paulo diz que a atriz não irá comentar sobre o assunto. "Essa foi uma resolução pessoal, de ordem particular, e ela não vai se manifestar à respeito. " Ana Paula Arósio mudou o visual, aderindo ao cabelo curtinho, justamente para viver a personagem Marina, protagonista da novela que substituirá "Passione" no começo de 2011. Em entrevista coletiva no último dia 7 de outubro, a atriz falou sobre sua personagem, que viveria um triângulo amoroso com os atores Eriberto Leão e Fábio Assunção, e dos planos de engravidar: "Estou treinando bastante para ter um bebê, mas só depois da novela, pois minha personagem, Marina, não fica grávida".

(Ana Paula Arósio com o marido Henrique) Comunicado oficial _ A assessoria da Rede Globo divulgou um comunicado oficial na noite desta quarta-feira (13), comentando o afastamento da atriz Ana Paula Arósio da novela "Insensato Coração", escrita por Gilberto Braga e Ricardo Linhares e com direção de núcleo de Dennis Carvalho. "Ana Paula Arósio, a protagonista escalada para a trama, não compareceu às gravações e, por isso, a direção tomou a decisão de substituir a atriz. O trabalho da produção segue na capital catarinense, enquanto a emissora avalia quem irá assumir o papel de Marina." ___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ "Tropa de Elite 2" é a quinta maior abertura do cinema no Brasil (11/10/10)

Com ao menos 1,25 milhão de espectadores no primeiro fim de semana, "Tropa de Elite 2", longa do diretor José Padilha, é o quinto maior público de estreia da história dos cinemas brasileiros --o primeiro entre os filmes nacionais, superando o antigo recordista, "Chico Xavier", visto por 585 mil na abertura. A película estrelada por Wagner Moura, que vive o agora coronel Nascimento, também superou "Eclipse", da saga adolescente "Crepúsculo", como a maior estreia do ano.

Protegido por forte esquema antipirataria, "Tropa 2" está sendo exibido em 696 salas, número compatível com blockbusters internacionais ("Homem Aranha 3" saiu com 697 cópias). A média de ocupação dos cinemas também é alta: são 1.800 pessoas, em média, por local de exibição. Os números, baseados em uma projeção do FilmeB e da Rentrak, que medem a audiência de cinemas, podem ser maiores: não consideram sessões iniciadas na noite de ontem e salas que informam as bilheterias hoje. ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Atriz Lilia Cabral recebe o carinho de fã no camarim (07/10/10)

Lilia Cabral arrancou lágrimas de uma jovem fã depois da exibição da peça "Maria do Caritó", no Festival Internacional de Teatro de Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, na noite de quarta-feira (6). A garotinha não segurou a emoção e chorou ao encontrar com a atriz no camarim. Na produção, estrelada também por Leopoldo Pacheco, Lilia interpreta Maria, uma solteirona prestes a completar 50 anos que deseja encontrar um marido, mas enfrenta a fúria do pai e de toda a cidade, porque acreditam que ela é santa.

A personagem vive fazendo simpatias para Santo Antônio, o santo casamenteiro. O texto foi escrito especialmente para a atriz por Newton Moreno, autor de "As Centenárias" – peça encenada por Marieta Severo e Andréa Beltrão. “A Maria, na verdade, é um personagem trágico. Não podia ter um presente melhor. Sempre busco autores nacionais”, afirmou Lilia.

Lilia Cabral e Leopoldo Pacheco

_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Corajoso, "Tropa de Elite 2" traz tudo aquilo e mais um pouco (06/10/10)

Um filme corajoso, com uma história mais violenta e mais complexa. Eis um possível resumo de "Tropa de Elite 2", a continuação da luta do Capitão Nascimento por um Rio de Janeiro livre do tráfico de drogas. A pré-estreia aconteceu nesta terça-feira à noite, em Paulínia, cidade vizinha a Campinas, para uma plateia formada pela equipe e elenco do filme, distribuidores, patrocinadores, políticos locais, gente do cinema em geral, jornalistas e críticos vindos de todo o Brasil. Aplaudido várias vezes durante a exibição -- especialmente quando o Capitão Nascimento surra sem dó nem piedade um deputado safado --, "Tropa de Elite 2" é corajoso por não repetir a fórmula do filme anterior.

Em vez disso, o diretor José Padilha foi além. Estão lá as pancadarias, os tapas na cara, o saco de plástico para sufocar o traficante. Estão lá o Capitão "Rambo" Nascimento, as traições, a corrupção. Mas tudo corta mais fundo nesta continuação: políticos se unem aos policiais corruptos numa constante luta para se dar bem. Em um prólogo que se passa quatro anos antes de agora (mas, mesmo assim, depois do filme original), acompanhamos a saída de Nascimento da chefia do Bope. Chegamos então aos dias de agora, quando o herói é subsecretário de segurança pública do Rio de Janeiro. Está separado da mulher e seu filho é um adolescente. Entre seus adversários, está um deputado do bem, defensor dos direitos humanos, mas que não entende a linguagem da violência das ruas.

Na secretaria, Nascimento parece ganhar a guerra contra as drogas, mas não percebe que policiais do mal tomam o lugar dos traficantes nas favelas e passam a controlar os locais, aterrorizando os moradores. São as milícias, e essa é a nova luta do ex-capitão. Será que ele vai vencer mais essa? Isso você não vai saber aqui, mas sim a partir desta sexta-feira nos cinemas.

(Folha) ________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Atriz Gloria Pires será lésbica em novo filme de Bruno Barreto (30/09/10) _ O cineasta Bruno Barreto, que fez parte de sua carreira nos Estados Unidos, usou o Festival do Rio para anunciar uma coprodução internacional. O novo filme do diretor, "A Arte de Perder", será feito em parceria entra a produtora fundada por seu pai nos anos 60, a LC Barreto, e a Goldcrest, empresa por trás de produções como "Gandhi" (1982) e "Quarto com Vista" (1984). Trata-se do primeiro projeto da LC desde "Lula, o Filho do Brasil", dirigido por Fábio Barreto, irmão de Bruno."Lula", apesar de lançado com forte ofensiva de marketing, fracassou nas bilheterias.

"A Arte de Perder" será baseado no livro "Flores Raras, Banalíssimas", de Carmen Lucia de Oliveira, e terá roteiro de Carolina Kotscho, corroteirista de "Dois Filhos de Francisco". À entrevista coletiva realizada hoje de manhã, no pavilhão do Festival do Rio --onde acontecem rodadas de negócios e debates-- Barreto fez questão de levar a atriz Glória Pires, já confirmada no elenco. O livro de Oliveira conta a história de amor, vivida no Rio dos anos 1950, entre a poeta Elizabeth Bishop e a carioca Lota de Macedo Soares. A intenção do diretor é filmar "A Arte de Perder" em 2011. _______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Angélica passeia com Christiane Torloni na chuva em Londres (29/09/10)

Angélica postou uma foto em seu Twitter nesta quarta-feira (29) em que aparece ao lado de Christiane Torloni em Londres. A apresentadora, que está na cidade para gravar episódios de seu programa, "Estrelas", caminhou ao lado da atriz pelas ruas da cidade. Angélica e Christiane se protegeram da chuva com guarda-chuva transparentes. "Estamos fazendo matérias para o 'Estrelas' em Londres. Tudo lindo, fora o trânsito. Eu e Chris Torloni na chuva londrina", escreveu a apresentadora. ________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ "Nosso Lar" lidera as bilheterias no Brasil mais uma vez (26/09/10)

"Wall Street - O Dinheiro Nunca Dorme", que estreou na sexta-feira com Michael Douglas e Shia LeBeouf, ficou em quarto lugar nos cinemas brasileiros, arrecadando US$ 812 mil (cerca de R$ 1,4 milhão) em 153 salas, de acordo com números da 20th Century Fox divulgados hoje nos EUA. O filme dirigido por Oliver Stone abriu em primeiro lugar nos EUA e Canadá, com US$ 19 milhões.

A distribuidora também afirmou que "Nosso Lar" liderou as bilheterias brasileiras com US$ 1,7 milhão em 405 salas em três dias. No total, o filme espírita já foi visto por mais de 3 milhões de pessoas e acumula US$ 16,3 milhões em quatro semanas em cartaz. Na semana passada, "Nosso Lar" liderou a bilheteria em termos de público, mas perdeu em termos de arrecadação de ingressos para "Resident Evil 4", em 3D. Fernanda Ezabella de los Angeles) _____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Deborah Secco e Roger Flores são fotografados juntos em uma churrascaria na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro (22/09/10)

Deborah Secco e Roger Flores não admitem que estão juntos, mas na tarde do último domingo (19), eles almoçaram em uma churrascaria na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, na companhia da filha do jogador, Lara, de 11 anos. Como a atriz se apresentaria mais tarde com a peça "Mais Uma Vez Amor", em São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos, eles foram embora separados. Na despedida, trocaram olhares e um beijo. Roger deixou o local com a filha no carro da atriz, enquanto Deborah seguiu em um automóvel da produção da peça. No último dia 14, durante coletiva da VII Festa Internacional de Teatro de Angra, Deborah apareceu usando uma suposta aliança de brilhantes no dedo anular, mas evitou falar sobre a reconciliação com Roger. "Sobre isso eu não falo", disparou a atriz ao ser questionada a respeito do anel.

______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Angélica posa para a Playboy em uma homenagem à tcheca Olga Schoberova (20/09/10)

(Olga Schoberova na capa original e Angélica, na reprodução do clássico) _ Angélica posou para a edição brasileira da "Playboy". Não se trata, no entanto, de um ensaio nu, mas de uma reprodução de uma das chamadas "capas clássicas" da publicação. A apresentadora do "Estrelas" e mulher de Luciano Huck prestou uma homenagem à tcheca Olga Schoberova, que estampou a edição norte-americana da revista em março de 1964. O clique é assinado por Christian Parente, com produção de Kika Paulon e beleza de Celso Kamura, cabeleireiro que há anos é responsável pelos looks de Angélica. _____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Jornalista Fátima Bernardes comemora aniversário em família (18/09/10)

William Bonner e Fátima Bernardes fizeram um programa em família, na noite de sexta-feira (17), para comemorar o aniversário da jornalista, que completou 48 anos. Após apresentarem mais uma edição do "Jornal Nacional", eles curtiram um jantar junto com os filhos, os trigêmeos Laura, Beatriz e Vinícius. Dentro do restaurante Antiquarius, a família se divertiu reunida enquanto apreciavam os pratos servidos.

Já do lado de fora do estabelecimento, no Rio de Janeiro, William foi clicado papararicando os garotos. Em um dos momentos, ele foi clicado medindo a altura de dois dos filhos dele. Para o fim de noite em família, Fátima foi vista usando calça jeans e blusa. Já o marido, apareceu com camisa e calça. Os garotos escolheram para o jantar looks despojados.

William paparicou os filhos __________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Atriz Carolina Ferraz autografa livros em São Paulo (16/09/10)

Carolina Ferraz recebeu o carinho de amigo e distribuiu autografos na livraria da Vila Lorena, em São Paulo. A atriz lançou a publicação “Na cozinha com Carolina”, na quinta-feira (16). Para a ocasião, Carolina apostou em um vestido e sandálias. No dia anterior, ela prestigiou uma exposição de auto-retratos de Fernanda Young.

__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Drica Moraes e Lima Duarte participam de campanha contra a leucemia (15/09/10)

Drica Moraes gravou uma participação na campanha "Se toca. Quanto antes você descobrir, melhor", promovida pela Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia (ABRALE). A atriz, que se recupera de um transplante de medula, fez sua primeira aparição em uma propaganda após ser diagnosticada com leucemia. A iniciativa, que está sendo lançada nesta quarta-feira (15), faz parte do Dia Mundial de Conscientização sobre Linfomas. Lima Duarte, que há 4 anos apoia a causa, também participou do Movimento contra o Linfoma.

(A atriz sendo maquiada antes da gravação)


________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Glória Pires: "Gostamos de estar juntos, mesmo com eventuais dificuldades" (13/09/10) _ Glória Pires volta à TV em janeiro, quando será Norma em "Insensato Coração", de Gilberto Braga e Ricardo Linhares. A última novela da atriz foi "Paraíso Tropical", em 2007. Logo depois, ela decidiu se dedicar à família e, com o marido, o músico Orlando Morais, e os filhos Antonia, 18 anos, Ana, 10, e Bento, 5, passou dois anos em Paris. Nesse período, só trabalhou no cinema ("Se Eu Fosse Você 2", de Daniel Filho; "É Proibido Fumar", de Anna Muylaert e "Lula — Filho do Brasil", de Fábio Barreto).

Recentemente, lançou sua biografia "40 Anos de Glória", biografia e tem percorrido o Brasil dando autógrafos. Em entrevista ao jornal "O Dia", Glória falou sobre família e sua temporada fora do país. Sobre a carreira internacional do marido: “O Orlando está finalizando seu segundo projeto do período europeu e pretende lançá-lo em breve. Para mim, foi uma experiência genial, abriu muito meus horizontes.” Filhos: "Eles estudaram nesses dois anos e nem poderia ser diferente, pois estão em idade escolar. A vida diária também fez com que nós usássemos muito o francês”.

O casamento de 21 anos: "Gostamos de estar juntos. Vivemos a vida real e ela pode ser bela. Para nós, tem sido, mesmo com eventuais dificuldades." De volta às novelas: "Normalmente, dou um tempo entre as novelas, em geral de dois anos. Às vezes, acontece de dar uma ‘emendada’, mas é raro. Gilberto tem um papel importantíssimo na minha carreira. ‘Dancin’Days’ me colocou num lugar especial, quando tinha 14 anos. De lá pra cá, nos encontramos em outros trabalhos, sempre com muito prazer. Há dois anos e meio, assim que me mudei para Paris, Gilberto estava de férias na cidade, me procurou e me convidou para a novela. Me falou do que pretendia e confiei nele, como sempre." ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Taís Araújo comemora os três anos da festa Bailinho, no Rio (12/09/10)

Taís Araújo aproveitou a noite de sábado (11) na edição especial da festa Bailinho, comandada pelo DJ Rodrigo Penna, na Praça Tiradentes, centro do Rio de Janeiro. A atriz chegou sem o marido, o ator Lázaro Ramos, e acompanhada de um grupo de amigas. Usando uma camisa branca e saia rosa, ela dançou num palco montado no meio da pista de dança e colocou o papo em dia com amigos. Ela, que chegou às 11 da noite só deixou o local por volta das 3 da manhã.

Além de Taís, Bruno Mazzeo também foi ao evento, que teve Maria Rita como DJ convidada. O ator chegou já de madrugada com amigos e conversou pé do ouvido com uma loira a noite toda. Selton Mello, Lúcio Mauro Filho, Ana Lima, Rafael Almeida e Natália Lage também prestigiaram a festa.

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Atrizes Patrícia Pillar e Vera Fischer vão ao teatro (03/09/10)

Patrícia Pillar, Vera Fischer e outros famosos se encontraram na noite desta quinta-feira (2), no Centro Cultural do Correios, no Centro do Rio de Janeiro, para assistirem à peça ''Tudo Que Eu Queria Te Dizer''. A apresentação do espetáculo foi prestigiada também por Herson Capri, Arlete Salles, Silvia Buarque, Renata Sorrah, Zezeh Barbosa e Jacqueline Laurence.

Herson Capri, Jacqueline Laurence, Arlete Salles e Vera Fischer posam para fotos

Renata Sorrah e Zezeh Barbosa __________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ "Karate Kid" atrai 375 mil espectadores no primeiro fim de semana (31/08/10)

Em seu fim de semana de estreia, o remake do clássico de 1984 "Karate Kid" liderou as bilheterias brasileiras. Segundo o site Filme B, "Karate Kid" reuniu 375 mil espectadores, gerando uma renda de R$ 3,6 milhões. Na versão de 2010, os protagonistas são vividos por Jaden Smith e Jackie Chan. Em segundo lugar, aparece o líder do fim se semana anterior, "O último mestre do ar", de M. Night Shyamalan. Em terceiro, continua "A Origem", que está em sua quarta semana de exibição.

Confira a lista dos cinco filmes mais vistos no Brasil e sua renda de bilheteria:

1º "Karate Kid" - R$ 3.642.374,00 2º "O Último Mestre do Ar" - R$ 2.886.566,00 3º "A Origem" - R$ 1.458.470,00 4º "Meu Malvado Favorito" - R$ 1.423.397,00 5º "Par Perfeito" - R$ 980.335,00 ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Deborah Secco exibe boa forma ao se apresentar em Salvador (28/08/10)

Deborah Secco exibiu suas belas curvas em uma apresentação no Sesc Casa do Comércio, em Salvador (BA), na noite de sexta-feira (27). A atriz apareceu no palco apenas de lingerie branca. Parte do espetáculo "Mais Uma Vez Amor" aconteceu na plateia, próximo ao público. A estrela comentou sobre a apresentação no Twitter. "'Mais uma vez amor' em Salvador!! Sencasional!! Plateia lotada aplaudindo de pé!!! Muito obrigada!! Domingo sessão extra as 18hs!! Ate lá!!", escreveu ela que atua ao lado de Erom Cordeiro.

Os atores também se apresentaram na plateira, pertinho do público _______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Equipe de 'Passione' faz festa surpresa para Tony Ramos que completa 62 anos (26/08/10)

O ator Tony Ramos teve uma grande surpresa de seus colegas na gravação de Passione na tarde desta quinta-feira (26), nos estúdios do Projac, no Rio de Janeiro. A equipe da novela preparou uma festa surpresa para comemorar os 62 anos do intérprete de Totó. Com a ajuda de Edoardo Dell'Aversana, o Dino, para apagar as velas, Ramos contou com a presença dos colegas Aracy Balabanian, Miguel Roncato, que interpreta Alfredo. Também estavam presentes os diretores Carlos Araújo, Luiz Henrique Rios e Denise Saraceni. ___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Tiroteio coloca em dúvida filmagem da série "Crepúsculo" no Rio (25/08/10) _ O presidente da RioFilme, Sérgio Sá Leitão, disse ontem à Folha que foi procurado por produtores de "Amanhecer", próximo filme da saga "Crepúsculo". Segundo Leitão, eles estavam preocupados com o conflito de sábado, na zona sul do Rio, que acabou com um hotel invadido e criminosos presos.

A empresa municipal criou, com a Secretaria estadual de Cultura, a RioFilm Comission, para atrair produções internacionais. Trazer cenas de "Amanhecer" é um dos objetivos. Aos produtores, disse que o conflito foi um "caso isolado" e garantiu segurança. Leitão aguarda a decisão neste mês. Um porta-voz da Summit Entertainment, produtora da série, disse à Folha que a empresa continua a examinar locações no país. _______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Mayana Moura conta que tem priorizado a carreira de atriz (24/08/10) _ Mayana Moura participou do Prêmio Multishow, no Rio de Janeiro. A atriz, que chegou ao local sem a companhia do namorado, Otto, mostrou o lado fashion e desfilou um look todo preto. “Otto vem para festa. Ele esta fazendo show, mas vem”, explicou ela, na noite de terça-feira (24).

A estrela, que ganhou fama ao viver Milena em “Passione”, contou que tem dado prioridade a carreira de atriz. “Não estou mais na banda Glam n' Glue e disseram que eu ia gravar um CD, mas não tem nada disso. Saí da banda porque estou dedicada somente à novela, mas, de qualquer maneira, vou estar sempre fazendo música”, garantiu. ____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Em entrevista ao "Jornal da Tarde", atriz Alice Braga falou sobre vida em Hollywood e disse que odeia o glamour (23/08/10) _ Alice Braga concedeu uma entrevista ao "Jornal da Tarde" desta segunda-feira (23) em que falou que o ator Wagner Moura foi o profissional que mais a surpreendeu. "Ele é tão intenso que não imaginava que ele era uma doçura. Ele é um mel, uma das pessoas mais quietas e carinhosas do mundo", afirmou a atriz.

Ela também falou sobre a vida em Hollywood. "É um universo irreal. Aquele monte de gente. É engraçado, eu vivo isso, mas sou pé no chão, tão All Star, jeans, camiseta, que quando vou nessas coisas, sinto que estou fora da realidade. Para mim, é como ir para Disney e não voltar. É assim que lido com isso." Alice afirmou ainda que não gosta do glamour. "Odeio. Essa é a parte da profissão que é difícil para mim. Morro de vergonha de tirar foto", conta. A atriz afirma ainda que não ganha "cifronas" e não se permite grandes luxos. "Meu carro é um Celta 1998 que meu pai me deu quando fiz 18 anos. Não tenho a menor vontade de trocar de carro. Acho que o legal de guardar dinheiro é poder ter um tempo para respirar". _______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Christine Fernandes avisa: “Me sinto sexy!” (17/08/10)

Christine Fernandes publicou, na noite desta terça-feira (17), uma foto que representa bem o seu atual estado de espírito: “Me sinto sexy!”, avisou a atriz no microblog para seus seguidores. ”Bumbum no avião voltando de Sampa”, disse Christine, que é casada com o ator Floriano Peixoto , com quem tem um filho, Pedro. ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Segundo jornal, longa "Como Esquecer" terá cenas da atriz Ana Paula Arósio se masturbando (16/08/10)

Ana Paula Arósio, 34, será a professora lésbica Júlia no filme "Como Esquecer", que estreia em outubro nas telonas e também tem a participação de Murilo Rosa. No trailer, ela aparece trocando carinhos com a personagem vivida por Arieta Corrêa. Segundo o jornal "A Folha de S. Paulo", no longa, a atriz aparecerá ainda em cenas de masturbação. Júlia é uma professora de literatura inglesa, que luta para reconstruir a vida após viver uma intensa e duradoura relação amorosa. _____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ 'Bróder' conquista três Kikitos e vence o Festival de Gramado (14/08/10) _ O drama Bróder, do diretor Jefferson De, foi o melhor longa-metragem brasileiro no 38º Festival de Cinema Gramado, cuja cerimônia de premiação foi realizada na noite deste sábado (14), com transmissão ao vivo pelo Canal Brasil.

(13/09/10) (O diretor Jefferson De e o ator Caio Blat, do filme 'Bróder', posam com seus kikitos) "Dedico esse filme ao maior líder da periferia, Mano Brown, e a Daniel Filho", afirmou um emocionado Jefferson De, que estreia em longa-metragem com a produção. Igualmente emocionado, o ator Caio Blat, que conquistou o Kikito de melhor ator pelo trabalho, declarou: "O Macu (personagem do ator no longa) foi o presente mais lindo da minha carreira. Hoje eu posso encher a boca e dizer: 'Eu sou negão!'". Caio, que atualmente roda Xingu no Norte do País, dedicou o Kikito às comunidades que o acolheram durante as filmagens.

O longa-metragem acompanha 24 horas na vida de três amigos da periferia de São Paulo, interpretados por Caio Blat, Silvio Guindane e Jonathan Haagensen. Bróder levou ainda os kikitos de melhor diretor (Jefferson De) e ator (Caio Blat). Também com três estatuetas ficou Não Se Pode Viver Sem Amor, do cineasta chileno radicado no Brasil Jorge Durán: fotografia (Luis Abramo), roteiro (Dani Patarra e Jorge Durán) e atriz (Simone Spoladore). Os nacionais O Contestado - Restos Mortais, de Sylvio Back; Enquanto a Noite Não Chega, de Beto Souza; e Ponto Org, de Patricia Moran saíram sem kikitos da cerimônia. Entre os concorrentes latino-americanos, o chileno Mi Vida com Carlos, de German Berger, faturou os troféus de melhor filme e fotografia, e o argentino La Vieja de Atras os de roteiro e ator (Martin Piroyansky, dividido com Gabino Rodriguez, de Perpetuum Mobile). ____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Atriz Mariana Ximenes vira diabinha sexy em ensaio fotográfico (10/08/10)

Mariana Ximenes mostrou toda sua sensualidade em um ensaio fotográfico ousado para a edição de agosto da revista "Rolling Stone". Com o título de "Os Anjos e Demônios", a atriz usou roupas decotadas e brincou com o lado maléfico de sua personagem na novela "Passione" usando um chifre de diabo. As fotos foram feitas por Bob Wolfenson e o figurino ficou por conta de Alexandre Herchcovitch e Daniel Raad. Em entrevista à publicação, ela falou sobre como tem sido interpretar a vilã Clara no folhetim de Silvio de Abreu. "Sempre desejei o ofício de ser atriz. Fazer personagens diferentes, trabalhar com pessoas bacanas que me instigassem, provocassem, ensinassem."


____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Filme de Leonardo DiCaprio "A Origem" estreia atrás de animação no Brasil (08/08/10)

Leonardo DiCaprio e seu time de invasores de sonhos, do filme "A Origem", perderam para um vilão desajeitado, embora em 3D, nas bilheterias de cinema do Brasil nesse final de semana. "A Origem", que ficou três semanas seguidas em primeiro lugar nos EUA, estreou no Brasil em segundo, atrás de outro lançamento, "Meu Malvado Favorito", animação sobre um vilão que quer roubar a lua.

Ainda que o filme 2D com DiCaprio tenha estreado em mais cinemas no Brasil do que "Meu Malvado Favorito", 312 salas contra 278, a animação é em 3D, ou seja, os ingressos são mais caros.

"Meu Malvado" foi a maior abertura de um filme da Universal no Brasil e a oitava melhor estreia de uma animação no país, segundo o próprio estúdio. O filme fez R$ 5,6 milhões em ingressos vendidos em três dias. Já "A Origem", da Warner Bros., foi visto por 312 mil pessoas desde sexta-feira nos cinemas brasileiros, arrecadando R$ 3,5 milhões.

Nos EUA, "A Origem" perdeu o posto de primeiro lugar para a estreia da comédia "Os Outros Caras", com Will Ferrell e Mark Wahlberg, que interpretam policiais atrapalhados em Nova York. A comédia vendeu US$ 35,6 milhões (R$ 62,3 milhões) em ingressos em três dias nos EUA, contra US$ 18,6 milhões de "A Origem". O filme com DiCaprio já acumula US$ 227 milhões em quatro finais de semana em cartaz. ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Taís Araújo vai a festa de aniversário de Isabel Fillardis (06/08/10)

Taís Araújo foi à festa de aniversário da atriz Isabel Fillardis. A atriz se reuniu com celebridades no bar do Londra, no hotel Fasano, no RIo de Janeiro. A festa aconteceu na quinta-feira (5). Sheron Menezes, segunda colocada do quatro "Dança dos Famosos" e o fotógrafo e colunista de QUEM Fernando Torquatto também apareceram.

Além das atrizes, Sheron Menezes (à direita) também apareceu

 

Badge

Carregando...

U/Fashion Films

models.com

Holiday

coverholiday

Holiday magazine releases an all Scotland issue More...

Vídeos

  • Adicionar vídeo
  • Exibir todos

We are so Droeë

Make Me A Monster!

Publication: Dazed & Confused October 2009 Model: Guinevere van Seenus Photographer: Daniel Jackson Fashion Editor: Karen Langley Hair: Teddy Charles Make-up: Lisa Houghton

fashion editorials.com

Editorial Exclusive : Veronika V(Wilhelmina LA) by Ted Emmons for FE!

Photographer: Ted Emmons @ 7 Artist Management  Stylist: Rafael Linares @ One Represents  Stylist Assistant: Frida Lofgren Manicurist: Karen Guiterrez @ Nailing Hollywood Mua: Brittany Meredith Hair: Sal Salcedo Model: Veronika V. @ Wilhelmina  

Smile

Kati Nescher, Alessandra Ambrosio & Edita Vilkeviciute in Vogue Spain November 2014 by Alexi Lubomirski


Triple beauties Edita Vilkeviciute, Alessandra Ambrosio & Kati Nescher sit pretty with natural set make-up and dressed in attire by the fall collection by Christian Dior for the November issue of Vogue Spain, with photography by Alexi Lubomirski.


Geral Cinema

'Big Hero 6' explora amor japonês por animações em Festival de Tóquio renovado

Foto: Mario Anzuoni/Reuters
Os personagens de animê japoneses Hello Kitty e Doraemon exibiram seus dotes no tapete vermelho nesta quinta-feira, quando a animação da Disney Operação Big Hero 6 deu a largada no Festival de Tóquio, de cara nova e investindo no amor dos japoneses por animações....

© 2014   Criado por universomovie.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço